História Imagines Hot (BTS) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Imagine Bts
Visualizações 2.412
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláaaa, pessoinhas! Tudo bem com vocês? Bom, espero que esteja.

Espero que gostem! Qualquer erro me avisem. Bjs da Gabi sz

Capítulo 7 - Jimin e Taehyung, os amigos da faculdade


Fanfic / Fanfiction Imagines Hot (BTS) - Capítulo 7 - Jimin e Taehyung, os amigos da faculdade

Marcamos de beber um pouco em minha casa. Eu, Taehyung e Jimin, meus amigos da faculdade. Fazíamos isso algumas vezes, mas em barzinhos e nunca passávamos da conta. 

Comprei as bebidas e os meninos também levaram. Chegaram por volta das 19:00. Começamos a beber. 

— Tá bom, tá bom. Ó, vamos parar por aqui — falou Taehyung rindo.

— Ah, não! Nem tomamos uma quantidade para nos deixar bêbados. Estamos na minha casa, não tem problema, vocês dormem aqui  — disse me levantando.

— Ah, se a (S/N) está dizendo...

Fui até o som e coloquei uma música. Deixei meu copo na mesa da sala.

— Olhem como sou sexy — ri.

Comecei a dançar de uma forma sensual. Os meninos estavam sentados de frente para mim no sofá. 

Passei minhas mãos pelo corpo e subi um pouco minha blusa, mordi o lábio e depois a desci. Taehyung e Jimin me olhavam estáticos. 

Os chamei com a mão. Sorriso se formou no lábio de ambos e eles se olharam. Deixaram as garrafas e vieram até mim.

Eles começaram a remexer o corpo. Taehyung deixou os braços soltos e sorria. Jimin passou as mãos no cabelo e rebolava o quadril.

Ri ao ver a cena e fui até o meio dos dois. Voltei a dançar. Jimin foi para trás e Tae ficou em minha frente. Jimin colocou a mão em minha cintura e colou nossos corpos e o senti rebolar. Taehyung foi chegando mais perto e me beijou. Cedi o beijo.

Jimin colocou meu cabelo para o lado e depositou selos em meu pescoço. Separei minha boca da de Tae.

— Não sei o que está acontecendo, mas vamos nos divertir — sorri maliciosa olhando para ambos.

Peguei nas mãos dos meninos e fui os levando até meu quarto. Entramos e fechei a porta. Olhei para trás e eles me encaravam.

Tirei minha blusa e a joguei para o lado. Jimin e Taehyung se olharam novamente e fizeram o mesmo que eu. Jimin veio até mim e Tae sentou  na beirada da cama.

Jimin atacou meus lábios. Puxou meu corpo para si. Alisei seu abdômen e ele apertou minha bunda. Foi me lavando até a cama, ficou sobre mim.

Seus beijos foram para o meu pescoço. Fechei os olhos. Sua mão foi para o fecho de meu sutiã e o tirou. Jogou para o lado e abocanhou um de meus seios. Ele lambia e mordiscava, depois fez o mesmo com o outro.

 Fez uma trilha de beijos até chegar em meu umbigo. Suas mãos foram para minha calça e a tirou. Jimin olhou para minha calcinha e viu que eu já estava molhada, então sorriu de uma forma safada e beijou minha intimidade por cima do tecido.  Eu o olhava mordendo meu lábio. Desceu a peça até o joelho, passou seu indicador em meu clitóris e então, lambeu bem devagar me olhando. Arqueei as costas. 

Jimin começou a chupar meu clitóris. Gemi baixo. Então, senti ele inserir um dedo em minha intimidade e, em seguida, mais um. Com uma mão penetrava e a outra massageava um dos meus seios. Fechei os olhos e tentava conter os gemidos. Olhei para o lado e vi Tae sentado em minha poltrona, se masturbando. Sorri e mandei um beijo. 

Aproveitava o prazer que Jimin estava me dando. Já estava quase lá e então, ele retirou seus dedos e penetrou seu pênis de uma vez. Gememos alto. Jimin estocava fundo e eu me sentia nas nuvens. Agarrei o lençol. Ele apertava minha cintura. 

— (S/N)! 

Chegamos ao orgasmo. Jimin retirou seu membro e beijou minha intimidade. Ele olhou para o lado e sorriu para Tae, meio que querendo dizer que era a vez dele. 

Taehyung levantou rápido, já nu, veio em minha direção. Levantei um pouco meu tronco e mordi o lábio. 

— Nossa! — disse observando meu corpo.

Taehyung se posicionou em minha entrada, beijou minha barriga e penetrou devagar. Ele colocava e tirava, queria me provocar. 

— T-tae...

— O que você quer? Diz pra mim — pediu alisando minha intimidade com seu membro.

— Quero você dentro de mim. Me fode! 

— Tudo bem, minha linda. Seu pedido é uma ordem.

E penetrou com força. Ficou sobre mim e depositou chupões em meu pescoço. Puxei seu cabelo. Tae lambeu meus seios, então se endireitou e ficou segurando meu quadril. Olhei para Jimin e ele sorria.

— Fica de quatro — disse Tae  dando um tapa em minha coxa.

Fiz o que ele pediu. Penetrou mais uma vez. Jimin veio até a cama e se ajoelhou em minha frente e eu abocanhei seu membro. 

Taehyung começou a massagear meu clitóris. Eu já estava ficando louca. Ele ia penetrando com força e fundo, eu estava adorando.

Jimin pegou em minha nuca e inclinou minha cabeça até seu membro. Eu chupava com vontade. Taehyung estocava minha intimidade e Jimin, minha boca. Era delicioso escutar os dois gemendo alto. 

— E-eu vou... — falou Jimin em meio aos gemidos.

Já sabia que estava quase, então seu líquido despejou em minha boca. Engoli tudo com prazer. Jimin retirou seu pênis, abaixou e me beijou. Mordi seu lábio e o fazendo sangrar. Jimin sorriu e me deu um selo. Gemi muito alto pois Taehyung deu tapas em minha bunda, mas era bom.

Eu e Tae chegamos ao ápice juntos. Taehyung gozou em minha bunda. Cai de bruços na cama e os dois ao meu lado.

Minhas pernas estavam bambas. Respirávamos com dificuldade. Me virei e olhei para os belos rapazes.

— Nossa...

— Acho que realizei um sonho — disse Tae rindo.

— Foi bom demais — disse Jimin passando a mão na testa suada.

— Ô, se foi... 

Nós ficamos um tempo olhando para o teto. Me levantei e sentei no meio de ambos.

— Será que isso pode se repetir?

— Bom, eu topo! 

— E eu com toda certeza!

Começamos a rir. Olhei para os meninos e percebi que essa foi a melhor experiência da minha vida


Notas Finais


Gostaram???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...