História Imagine Hot One Direction - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Personagens Originais
Visualizações 237
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Zayn


Fanfic / Fanfiction Imagine Hot One Direction - Capítulo 9 - Zayn

 

Meu nome é (S/n), mas todos me chamam de (S/a), namoro Zayn Malik, o ex integrante da boyband britânica One Direction, há 2 anos,e moramos juntos há três meses. Nesse momento estou na minha cama com meu notebook lendo alguns imagines hot feito pelas fãs dele enquanto Zayn tomava banho, mas você deve estar se perguntando "Por que ela está lendo e não fazendo?" Tem um detalhe, eu sou virgem e está sendo uma tentação morar junto com ele, ver Zayn de cueca pela casa me faz ficar louca, mas por esse "medo" de transar eu me controlo.

Zayn saiu do banheiro só de toalha e com pingos por todo seu abdômen e foi aí que eu tive a certeza que estava pronta e que não aguentaria mais esperar.

- Zayn, Falei manhosa. 

- O que foi (S/n)? Falou procurando uma roupa para vestir. Eu e Zayn brigamos hoje mais cedo,  nós fomos em um almoço em família e uma prima de Zayn ficou se jogando em cima dele, Zayn diz que é maluquice minha, mas aquilo era muito óbvio só ele não percebeu. 

- Deite aqui, Falei mais uma vez manhosa. Zayn se virou, olhou para mim e em seguida para cama e depois para mim novamente- Vem? Fiz biquinho e Zayn se deitou, coloquei o notebook no criado ao lado da cama e me aconcheguei para perto de Zayn- Você ainda está bravo comigo? Eu queria dizer que estava pronta para me entregar a ele, mas primeiro tinha que acabar com essa briga. 

- Claro que sim (S/a), você vê coisa onde não tem.

- Ela estava quase esfregando os peitos na sua cara. 

- Nós estavamos apenas conversando, Alterou o tom de voz e se sentou. 
- Ninguém conversa daquela maneira, Fiz o mesmo que Zayn.
- Você está achando o que? Que eu iria transar com ela lá?

- Vai saber, está sem isso há dois anos. 

- NÃO É PORQUE VOCÊ NÃO ME DÁ O QUE EU QUERO QUE EU VOU TE TRAIR E ALÉM D... 

- EU ESTOU PRONTA! Não aguentei e falei logo de cara fazendo Zayn arregalar os olhos, me encostei na cabeceira da cama e fechei os olhos tentando não chorar, até que sinto as mãos de Zayn envolverem minha cintura. 

- Eu não quis te forçar a nada meu amor, me desculpe.

- Você não me forçou, eu realmente quero, Me inclinei e comecei a distribuir beijos pelo pescoço de Zayn.

- M-mas e se eu te machucar? Me aproximei de seu ouvido e sussurrei. 

- Eu quero você Zayn, Apertei seu membro por cima da toalha, Zayn agarrou minha cintura e me virou bruscamente na cama.

- Não me provoque, ainda é sua primeira vez, Ri sarcástica. 

- Acha que eu não aguento? Troquei as posições e joguei meu cabelo para um lado só. 

- Digamos que eu sou mais experiente, Zayn disse, passei minha unha por todo seu abdômen e percebi seus músculos se contraírem com meu toque. 

- E eu posso ser melhor que todas com quem você já praticou essa "experiência". 

- Pode mesmo? Apertou minha bunda me fazendo gemer baixo, não respondi só desci com os beijos pelo seu pescoço e deixei alguns chupões que iriam ficar marcas, fui mordendo seu abdômen e desfazendo o nó da toalha, assim que a tirei me surpreendi com o que vi.

- Zayn, como isso vai entrar em mim? Zayn deu uma risada gostosa. 

- Calma princesa, faz seu trabalho que depois eu faço meu, Não perdi tempo e abocanhei o membro de Zayn fazendo o mesmo dar um gemido alto, comecei a masturbar o que não cabia em minha boca e Zayn pressionou mais seu quadril contra mim, sinal que estava perto de seu orgasmo, não queria deixa-lo gozar, pelo menos não agora, parei com tudo e Zayn me olhou incrédulo. 

- Isso é por não ter feito nada enquanto aquela vadia dava em cima de você, Sorri provocativa e  Zayn me jogou do seu lado na cama subindo, em cima de mim. 

- Você não deveria ter feito isso, vou me controlar porque você ainda é virgem, mas na próxima eu não perdôo, Me beijou ferozmente e arrancou minha blusa, sorrindo logo que viu que eu não usava sutiã- Mais perfeita do que eu imaginava, Sorriu meigo e eu corei- Vou tentar ser fofo e romântico, pode ser? 

- Deve ser, Fiz cara de brava, Zayn riu e me beijou mais uma vez, só que dessa vez mais calmo, uma de suas mãos desceram para meus seios os apertando de leve, gemi entre o beijo e Zayn desceu para meu pescoço e suas mãos foram para meu shorts, descendo o zíper e me deixando só de calcinha.

- Sabe...quando você usava esses shorts super curtos, minha vontade era te agarrar e transar com você em qualquer lugar. 

- Agora você pode, Puxei Zayn para um beijo e o mesmo rasgou minha calcinha, foi descendo os beijos pelo meu corpo, chegou em minha intimidade e começou a fazer movimentos circulares com a língua, agarrei em seus cabelos e Zayn segurou em minha bunda me puxando mais pra ele me fazendo gritar de prazer, mas bem na hora que eu estava prestes a gozar ele para igualmente eu fiz com ele. 

- E isso é por ter me provocado, Me beijou. 

- Idiota, Apertei seu membro mais uma vez e Zayn mordeu meu lábio, saiu de cima de mim e pegou uma camisinha no criado mudo.

- Princesa, está pronta? Respirei fundo e assenti- Eu te amo, Me beijou e foi me penetrando lentamente, cravei minhas unhas em suas costas e algumas lágrimas saíram dos meus olhos-Calma, vai ficar tudo bem meu amor, Zayn começou a fazer movimentos devagares e eu já não sentia mais dor. 

- Zayn t-tem como você ir mais r-rápido? Zayn riu, acho que pela minha ingenuidade.

- Assim? Começou a estocar rápido. 

- Ah...isso! Zayn começou a chupar os meus seios e eu a arranhar suas costas. 

- Ah...v-você é bem apertada, escolhi a mulher certa, Sorriu e eu o beijei- Mas quando eu resolver te arrombar não quero reclamação, Começou a ir mais forte e rápido, vi que ele estava ficando cansado então resolvi tentar uma coisa, troquei as posições. 

- Me ajuda? Zayn deu um risinho e repousou suas mãos em minha cintura, me empurrando para cima e para baixo, logo suas mãos se tornaram inválidas e só eram usadas para apertar minha bunda ou minhas coxas, porque eu já conseguia me movimentar sozinha levando Zayn a loucura, sua boca estava em meus seios e pescoço, prolongando a sensação de prazer, Zayn decidiu assumir o comando de novo só que dessa vez se apoiou na cabeceira da cama e começou a ir bem mais rápido, não sabia que aquilo era possível mas estava muito bom. Senti minha intimidade se contrair e minhas pernas ficarem trêmulas, o membro de Zayn endureceu mais dentro de mim ficando um pouco maior e aquilo foi o meu fim, cheguei ao orgasmo levando Zayn junto comigo, o mesmo se jogou em cima de mim tentando recuperar a respiração, depois que isso aconteceu me pronunciei.

- Zayn, eu não aguento seu peso, Zayn riu e me virou sem sair de mim, fiquei em seu colo e nos encaramos. 

- Valeu a pena esperar dois anos, Zayn quebrou o silêncio e rimos. 

- Foi perfeito. 

- Você é perfeita. 

- Eu te amo Zayn. 

- Eu também te amo, Nos beijamos, um beijo cheio de amor e agradecimento- E não vai ser nenhuma prima minha que vai mudar isso, Rimos.

- Quer dizer que tu admite que ela estava dando em cima de você? Falei brincalhona. 

- Eu não admito nada, Sorriu. 

- Ah é? Então está bem, Me levantei um pouco. 

- NÃO! Me puxou de volta e acabou me dando uma estocada- Oh... Eu admito...mas eu continuo achando que você exagerou. 

- Talvez um pouco, Fiz sinal de pouco com a mão. 

- Um pouco? Fez o mesmo sinal e eu assenti- Acho que não, Foi me virando e se deitando sobre mim novamente, beijando meu pescoço. 

- Por hoje chega Zayn, O selei e me virei para o outro lado, Zayn deu uma risadinha.

- Ok, mas você não perde por esperar, Me envolveu em seus braços e dormimos.
 


Notas Finais


Espero que gostem e me digam o que acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...