História Imagine Jackson Wang (GOT7) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Fanfic, Got7, Imagine Jackson, Jackson, Wang
Visualizações 36
Palavras 875
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem, tenham uma ótima leitura 💕

Capítulo 4 - Reencontros


Fanfic / Fanfiction Imagine Jackson Wang (GOT7) - Capítulo 4 - Reencontros

Um ano depois eu consegui uma vaga em uma universidade da Coreia do Sul e em poucos dias eu iria viajar. 

Desde os meus 12 anos eu sonhava em estudar lá e agora eu realizaria esse sonho.

* * *

Era chegada a hora da viagem, eu estava triste pois eu ia ficar longe da minha família, mas ao mesmo tempo muito feliz pois eu realizaria o meu sonho de estudar na Coreia.

Dentro do avião eu me lembrei do Jackson, mas não dei muita importância já que eu estudaria em Busan, uma enorme cidade, as chances de que eu o encontrasse por lá eram mínimas.

Após longas horas de viagem, cheguei ao lugar de destino, fui direto ao meu apartamento.

Eu estava sentindo uma enorme dor de cabeça então fui até a farmácia comprar remédios. Assim que sai de lá, achei melhor voltar para casa, mas eu simplesmente não me lembrei o caminho de volta e comecei a andar por uma rua que parecia cada vez mais estranha e escura.

O medo começou a tomar de conta e as lembranças de minha viagem, no dia em que me perdi para ser mais específica, estavam voltando cada vez mais. Eu estava me sentindo fraca, minha dor de cabeça estava aumentando e eu simplesmente não conseguia encontrar o caminho de volta, eu estava sentindo minhas pernas enfraquecerem e em poucos segundos eu caí e após isso não me recordo de mais nada.

Abri os meus olhos lentamente, ainda estava muito fraca e tudo que consegui enxergar foi alguém me segurando nos braços em um lugar que parecia um hospital, não sei ao certo,  tudo o que ouvi foram duas pessoas conversando.

-qual é o seu nome? -uma moça disse.

-Jackson. -uma voz grossa e rouca respondeu, tive a impressão de já tê- la ouvido.

-Você será responsável por ela?

-sim.

-tudo bem, vamos levá-lá para um quarto. 

Senti me deitarem em algum lugar e me carregarem até uma sala, porém assim que me colocaram lá eu apaguei novamente e não consigo me lembrar mais o que aconteceu.

Algumas horas depois eu acordei. Não sabia ao certo o que havia acontecido, então decidi levantar, tudo o que queria era ir embora daquele lugar.

-Ei, espere. Você não pode se levantar assim, deite-se novamente, vou chamar o médico. -Ele saiu, não olhei para o seu rosto, mas sabia que sua voz era familiar. Ele volta pouco tempo depois com o médico.

-Olá (S/n). Você está bem?

-Sim, só um pouco fraca, mas está tudo bem.

- Você teve uma queda de pressão e te trouxeram para cá. Acho melhor você descansar um pouco, amanhã mesmo você já poderá ser liberada.

-Okay.

Eu me deitei novamente e olhei para o moço sentado em uma poltrona ao meu lado.

-Jackson? -disse surpresa, não sabia o que fazer. -O que faz aqui?

-você estava desmaiada próximo a minha casa, então eu te trouxe aqui.

-ah, muito obrigada.

-você... Você está bem?

-já estou muito melhor agora.

-que bom... Eu preciso ir, mas depois eu volto, okay?

-Okay. -o olhei e ele saiu.

Eu realmente tenho muita sorte. Acabo de chegar e já começo mal. Primeiro com uma forte dor de cabeça, depois me perdendo, e em seguida desmaiando, o Jackson me encontra e me traz aqui. Agora não sei com que cara vou conseguir olhar para ele, eu rejeitei o seu pedido de namoro e agora ele me ajudou nessa situação em que eu me encontrei. Nós nem conversamos sobre o que aconteceu antes de eu voltar para o Brasil, de certa forma eu nem sei se quero falar com ele sobre isso, e muito menos se quero vê-lo  de novo.

(...)

Assim que fui liberada, preparei minha bolsa que estava em cima da poltrona e assim que saí do quarto esbarrei em alguém.

-Me perdoe, não estava prestando atenção.

-tudo bem. -o mais alto falou. -Eu posso te acompanhar até em casa?

-Jackson? Bom, não precisa eu posso ir sozinha.

-não é bom deixar uma moça sair assim sozinha. Me deixe acompanha-la. -o olhei e dei um suspiro.

-está bem, vamos.

Fomos andando e em momento algum eu falei com ele, eu não sabia o que dizer.
Faltavam poucos metros até chegar em casa e então ele começou a falar.

-o... o que você fez durante esse tempo? Ele hesitou, mas depois conseguiu falar.

-o que quer dizer? -perguntei, mas já sabia o que o mesmo queria.

-digo... Depois que você voltou ao Brasil? -Ele parou e virou-se para mim.

-Jackson, me perdoe pelo que aconteceu antes de eu ir embora. Eu me sinto mal até hoje.

-(S/n), vamos apenas deixar isso no passado, eu gostei de ter te encontrado pois eu ainda sinto sua falta, mas como sei que você não quer nada comigo, vamos apenas esquecer tudo isso e ser apenas amigos.

-Não sei se posso fazer isso. -Eu apenas saí e fui direto para o meu apartamento.

Quando o Jackson me disse aquelas coisas eu não sabia o que dizer, mas acho que uma amizade com ele não seria nada legal pois todas as vezes que eu o visse, tudo o que aconteceu voltaria a minha memória.

Eu sinto falta do Jackson até hoje, mas não acho que começar um relacionamento com ele seria bom, pois depois que eu terminasse os meus estudos na faculdade, eu voltaria ao Brasil, e não queria que o Jackson estivesse por perto quando eu fosse, pois assim nós sofreríamos, como aconteceu da última vez.


Notas Finais


Até o próximo capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...