História Imagine Jackson Wang (GOT7) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Fanfic, Got7, Imagine Jackson, Jackson, Wang
Visualizações 29
Palavras 1.868
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então meus amores, eu postaria esse capítulo hoje de noite, mas não terei tempo. Então decidi postar agora mesmo. Estou postando ouvindo Astro (confession, para ser mais específica) e agora quero chorar rsrs, espero que gostem, tenham uma ótima leitura ❤

Capítulo 6 - Despedidas


Fanfic / Fanfiction Imagine Jackson Wang (GOT7) - Capítulo 6 - Despedidas

Eu estava disposta a dar uma chance ao Jackson, por mais difícil que fosse futuramente, quando eu tivesse que voltar ao Brasil.

* * *

-Você tem planos para hoje a noite? -ele me olha com o olhar mais fofo que eu já vi.

-para falar a verdade, não. Por quê?

-Quer sair comigo hoje? Pensei que poderíamos ir comer alguma coisa e depois irmos ao cinema, o que acha?

-Sim, por mim tudo bem.

-Vou te buscar mais tarde então.

-Está certo

Ficamos conversando por mais um tempo, até que decidi voltar para casa.

Ainda era a tarde, então decidi arrumar o apartamento e estudar um pouco antes de me arrumar.

(...)

Antes do horário combinado fui me arrumar, coloquei um vestido vermelho, um sapato alto preto e fiz uma maquiagem e penteado não muito simples.

O Jackson e eu combinamos de nos encontrar em frente a Universidade e como faltavam alguns minutos para ele chegar, decidi ir logo.

Assim que cheguei, avistei o seu carro chegando e logo ele parou ali na minha frente, desceu e abriu a porta para mim, entrei e fomos ao restaurante. 

Quando chegamos, o garçom nos levou até uma mesa que ele havia reservado, nos sentamos e começamos a conversar.

-Estar aqui com você é a melhor coisa. -disse com um enorme sorriso.

-Eu também. -disse. -Mas tenho medo de te machucar, machucar os seus sentimentos.

-(S/n), eu sei que você nunca me machucaria. -disse colocando suas mãos em minhas bochechas. - Espero que dessa vez nós possamos ficar juntos e eu prometo que cuidarei de você e te protegerei.

-Você é maravilhoso. -dei um sorriso. 

-é, eu sei. -disse em tom de brincadeira e nós dois rimos.

Nós conversamos mais um tempo e após o jantar fomos ao cinema.

Assim que chegamos, compramos as entradas e entramos na sala. Nós sentamos na última fila e pouco tempo depois o filme começou. O filme era de suspense e ambos sentíamos medo, o Jackson sempre fechava os olhos nas cenas de susto e eu fazia o mesmo. Ele segurou minha mão e começou a apertar cada vez que se assustava.

-Jackson, por que escolheu esse filme? -disse rindo.

-Eu não sei, achei que não íamos prestar atenção.
- o que quer dizer?

-(S/n) acho que já deu para entender o que eu quis dizer. -ele me olha e em poucos segundos se aproxima lentamente de mim. - Eu te amo, e espero que possamos ficar juntos dessa vez. -ele coloca uma de suas mãos em meu rosto e começa um beijo calmo e romântico. Eu simplesmente adorava os seus beijos, eram incríveis.

Nos separamos devido a falta de ar, e não aguentamos continuar ali por medo do filme, então saímos antes mesmo dele acabar.

Ele me levou de volta para casa, assim que chegamos ele abriu a porta do carro para eu descer. 

-antes de entrar eu gostaria de dizer algumas coisas. -se aproxima e olha nos meus olhos.- você é simplesmente incrível, consegue me fazer sorrir de uma maneira inexplicável. Quando você foi embora, minha vida ficou completamente sem cor, não era mais a mesma coisa pois você não estava comigo. Algumas semanas atrás nós nos encontramos e descobrimos que o que sentíamos um pelo outro não havia simplesmente sumido. Hoje, apesar de não ter passado tanto tempo, estamos um pouco mais maduros, maduros o suficiente para conseguirmos fazer nossas próprias escolhas. -ele faz uma pausa e logo após ajoelha-se, tirando de seu bolso uma caixinha vermelha e eu tive uma leve impressão de que era aquela mesma caixinha de um ano atrás.- espero realmente que dessa vez as coisas possam dar certo para nós. Dessa vez, você me dará a chance de poder te fazer feliz como você realmente merece?

Eu simplesmente não sabia o que dizer, aquelas palavras haviam saído de sua boca de uma forma tão sincera, que achei que somente um sim não seria o suficiente, decidi falar para ele sobre os meus sentimentos.

-sim, eu aceito. Jackson, você é alguém com quem eu quero passar o resto dos meus dias, tenho certeza que o que eu sinto por você não é passageiro. Você me faz feliz, pelo simples fato de ser você. Tenho certeza que você cuidará de mim e me protegerá de tudo o que não me faz bem. Eu te amo. -ele colocou o anel e após isso levantou-se e me puxou para um beijo.

O Jackson sabia me fazer ficar tranquila se apenas estivesse ao meu lado, mas quando me beijava, era como se o meu mundo parasse, era como se estivessemos apenas nós dois ali e mais ninguém.

Eu não tinha ninguém da minha família aqui comigo, mas eu tinha a certeza de que o Jackson estaria ao meu lado em todos os momentos e as melhores coisas que me acontecessem seriam ao lado dele.

~alguns meses depois~

Eu estava feliz com tudo o que estava acontecendo entre mim e o Jackson, eu tinha a certeza de que ele era a pessoa certa para mim.

Nós estávamos no parque, embaixo de uma árvore observando as pessoas que estavam ali, famílias para ser mais específica, ele me olhou com aquele olhar sério que ele não sabe o quanto me deixa louca.

-o que foi, Wang?

-no futuro seremos nós. -ele aponta para uma linda família que passava do outro lado do parque.

-é mesmo. - eu sorri para o mais alto.

-sim. Não me imagino daqui a alguns anos sem você. Eu te amo.

-Eu também te amo. -dou-lhe um selar.

Fomos atrapalhados quando o meu celular toca.

-filha? -minha mãe falava com voz trêmula.

-mãe? O que aconteceu? Você está bem?

-não muito, mas o problema não é comigo, e sim com sua irmã.

-Mas o que aconteceu com a Alice? -falo olhando para o Jackson e deixando lágrimas escaparem.

-amor, está tudo bem? -ele pergunta preocupado. Apenas segurei sua mão.

-ela está muito doente, você precisa voltar. -minha mãe disse chorando.

-Mas o que aconteceu exatamente?

-Me desculpa, não posso falar por telefone. Mandarei o dinheiro para comprar sua passagem.

-tudo bem.

Após a ligação eu não disse sequer uma palavra, apenas abracei o Jackson o mais forte possível e comecei a chorar. Ele Não falou nada, apenas deixou que eu me acalmasse.

(...)

Mais tarde, no dormitório, eu não estava me sentindo muito bem, então deixei que o Jackson ficasse comigo. Eu estava sentada na cama quando ele chegou e me entregou um copo com água.

-Eu não vou perguntar nada, conte-me apenas quando estiver pronta. -ele ia levantar, mas eu segurei sua mão.

-aconteceu alguma coisa com a minha irmã, mas eu não sei o que foi, minha mãe não me contou direito, apenas disse que eu preciso voltar ao Brasil. A minha irmã é muito importante para mim, assim como você, eu não sei o que fazer.

-(s/n), a sua família é importante, se eles precisam de você lá apenas vá, não se preocupe comigo. Eu darei um jeito para nos vermos de novamente em breve. -Eu o olhei e o abracei fortemente, tentei segurar o choro mas não consegui.

-Me desculpa.

-Não se preocupe, eu sou o seu namorado, tenho que estar ao seu lado em todos os momentos. Quando você vai?

-comprarei as passagens para amanhã.

-tudo bem.

* * *

Acordei cedo para resolver algumas coisas da faculdade antes de viajar, e organizar as minhas coisas. 

No dia anterior, antes do Jackson voltar para casa, fomos comprar as passagens, acho que não preciso nem dizer o quanto que eu sou grata por ele estar ao meu lado, ele tem me ajudado muito.

Poucas horas antes do avião partir, fui para o aeroporto. O Jackson havia prometido que ia comigo, mas algo deve ter acontecido já que o mesmo ainda não havia chegado. Tentei ligar para ele diversas vezes, mas nenhuma das vezes ele me atendeu.

-atenção senhores passageiros, o vôo com destino ao Brasil partirá em 5 minutos.

Eu fiquei procurando para ver se ele estava chegando, mas tudo isso foi em vão, já que eu não estava o encontrando, por algum motivo eu estava sentindo que ele não viria.

~Pov's Jackson~

Eu estava em meu quarto terminando de me arrumar para ir com a (s/n) ao aeroporto quando o meu pai me chamou. Desci as escadas e fui em direção a cozinha, lugar onde o meu pai se encontrava.

Assim que cheguei o meu pai estava caído no chão.

- PAI? ACONTECEU ALGUMA COISA? ME RESPONDE, FALA COMIGO.

Eu gritava, mas era tudo em vão, ele simplesmente nao reagia.

Chamei uma ambulância, que assim que chegou o levou direto para o hospital.

Assim que chegamos, levaram ele para um quarto para fazerem alguns exames nele.

(...)

-Doutor, como está o meu pai?

-ele vai ficar bem, o caso dele não é nada grave, mas ele terá que ficar aqui em observação.

Me sentei em uma poltrona no canto da sala e dei um leve suspiro em sinal de alívio,  e em poucos minutos minha mãe chegou e assim que todo o susto passou, olhei para o relógio e vi que faltavam poucos minutos para a viagem de (s/n) de volta para o Brasil.

Peguei o moletom que estava ao lado da poltrona e assim que saí do hospital peguei um táxi para ir até o aeroporto.

~(s/n) on~

Fiquei ali mais um pouco, mas percebi que o Jackson não viria. Então me levantei de onde estava e comecei a pegar minhas malas, mas assim que as peguei avistei o Jackson de muito longe, parecia triste e ao mesmo tempo ele me procurava desesperadamente. Coloquei minhas malas de volta no chão e fui em direção à ele, que por um momento desistiu de me procurar e assim que ia saindo eu o chamei.

-Jackson! -ele parou ainda de costas e eu o abracei fortemente. -achei que não viria. -ele virou-se, ficamos em frente um ao outro. Ele colocou suas mãos em minhas bochechas.

-ainda bem que ainda está aqui, achei que já estivesse ido. Eu te amo.

-Eu também te amo, você é a melhor coisa que me aconteceu.

-me perdoe pela demora, meu pai não estava bem, então tive que ficar com ele.

-tudo bem. Mas como ele está?

-bem melhor.

-que bom então.

-atenção passageiros com destino ao Brasil, o avião partirá em um minuto.

-você precisa ir. -ele me disse com lágrimas nos olhos e eu comecei a chorar e o abraçar fortemente.

-Eu te amo muito, espero que possamos nos ver em breve.

-Eu também te amo muito, farei o possível para que isso aconteça. -ele me beija.

Peguei minhas malas e antes que eu saísse, o olhei e dei um leve sorriso. Ele retribuiu.

As coisas nem sempre são como pensamos. Achei que nunca encontraria o Jackson novamente, mas por mais que eu tivesse tentando evitar, isso não aconteceu. Espero que nós possamos nos ver de volta em breve, também espero que fique tudo bem com o pai dele e que ele fique bem enquanto estou fora. Espero que minha irmã fique bem, para que possamos todos voltar com nossas vidas normais.

O motivo para eu estar com o Jackson é pelo simples fato de que ele me faz feliz, hoje, vejo que fiz a escolha certa. Eu o amo, e sou grata por tê-lo na minha vida.

"Quanto tempo mais
Você vai gastar se preocupando? Essa é a pergunta
Estou me preparando para ir pra guerra
Contra as coisas que te incomodam, sim, senhor
Meu humor muda junto com o seu
Eu fico tão nervoso quando te vejo triste
Mas apague tudo, como uma onda levando a areia
Suas preocupações se vão, apenas a felicidade permanece" (Look, GOT7)





Notas Finais


Então foi isso, espero que tenham gostado. Muito obrigada a todos que leram até aqui, por terem acompanhado e favoritado. Não sei quando voltarei com imagine novo, mas já comecei a escrever, vou tentar terminar o do Mark para postar logo. Beijos gente, até o próximo imagine/fanfic ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...