1. Spirit Fanfics >
  2. (imagine Jeon Jungkook) - The Danger ! >
  3. Estou ficando louca...?

História (imagine Jeon Jungkook) - The Danger ! - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pimpolhos kkkk, vim com mais um capítulo para meus bolinhos... Espero que gostem.

Bora lá então bebês 😘

Capítulo 19 - Estou ficando louca...?


Fanfic / Fanfiction (imagine Jeon Jungkook) - The Danger ! - Capítulo 19 - Estou ficando louca...?

Pvs ________ on

Uma semana depois

Eu fiquei aqui pensando, eu e o Jungkook transamos duas vezes sem camisinha, eu fiquei meia nervosa com isso, porque tipo. Se eu engravidar?? Mas acho que isso não vai acontecer, durante esses dias não sentir nada, então eu não vou engravidar, a menos que transamos novamente sem camisinhas.

— está pensando em que? - Jungkook me abraça por trás- vamos? Já peguei a chave do carro, mas... Estava pensando em que jagi-ah?

— nada de mais - me viro ficando de frente para ele, o mesmo mantia uma sombrancelha erguida- não é nada, vamos? Não quero se atrasar...

Assim fomos até o carro do mesmo para pegar caminho a faculdade, Jeon abriu a porta para que eu entrasse e foi o que eu fiz, depois ele deu a volta adentrando no mesmo e ligando-o, e seguiu caminho - eu estava um pouco zonza, apóie a cabeça na janela do carro e fechei os olhos com força quando bateu vontade de vomitar, essa sensação começou ontem... Mas não é gravidez, eu sei que não é-

— você não vai me dizer mesmo o que estar acontecendo né? - a voz séria de Jeon me fez arrepiar- se estar se sentindo mal tem que me falar, como vou te proteger se não confia em mim para me dizer o que estar sentindo? 

— não é nada Jungkook - olhei para janela vendo a rua- só não acordei nos melhores dias - suspiro pesado- mas eu posso te fazer uma pergunta? 

— claro que pode - o mesmo me olha de relance e sorrir- tudo que você quiser me dizer pode falar, estarei a todos ouvidos. 

— Jeon se eu engravidasse - ele freia o carro rapidamente, porém não aconteceu um desastre, ele conduzia o carro devagar-

— onde tirou essa história? - ele nem sequer me olhou- vou lhe responder, você não pode engravidar - o mesmo suspira- eu posso querer ter uma família com você, e você ter uma comigo - ele coça a nuca- mas é perigoso, você já corre perigo, não quero te perder - ele me olha e seus olhos estavam bicolores-

— por que não posso? - ele não responde- se eu ficasse grávida.... - olho para ele incrédula- quer me dizer que eu teria que tirar o filho de mim??? 

— é isso, ou você ou ele - Jungkook olha para frente- é muito perigoso uma humana engravidar de um vampiro.... - ele me olha novamente- imagine um híbrido que carrega dois seres no corpo, essa coisa poderia lhe matar, lhe sugar viva... Não quero te perder de nem uma forma - o mesmo suspira- eu preferia sua vida, do que de um ser que matou o amor da minha vida - não acredito que ele disse isso-

— mas não deixa de ser uma vida Jungkook, mesmo que eu morresse ou não, é um fruto do meu sangue, assim como o seu - fecho os olhos quando sinto uma vontade de vomitar- você não poderia deixar de amar um filho seu... Se você me ama de verdade aceitaria o fato de mim, preferir a vida do meu ventre do que a minha - abro a porta do carro para sair-

— aonde vai? - não ligo para o que ele disse e saio do carro- viu onde isso foi chegar - o mesmo abre a porta do carro- olha... Eu só não quero lhe perder tá bom? Mas você sabe que não pode engravidar - continuo caminhando sem dar ouvidos- volte aqui ________. 

Não estava nem aí, eu sei que eu poça estar sendo infantil, mas ele disse em matar uma criança. Como pode isso? E se eu engravidar? Seria uma irresponsabilidade minha quando dele, e se eu tiver que morrer que eu morra - sinto mãos me agarrar, era o Jungkook, ele é um híbrido, mesmo que eu corra ele irá me alcançar-

— pare de ser infantil - foi o que ele diz- vamos voltar para o carro e ir para faculdade - me solto de seus braços- por favor ________, viu eu não queria tocar no assunto por isso, mas eu mesmo disse que iria responder todas as perguntas, sabe por que? - continuo meu caminho- EU TE AMO ________ É POR ISSO CARA - ele grita e um sorriso se fez em meus lábios-

Mas eu não iria voltar assim, continuei o caminho, não sentir ele vindo atrás de mim, aquele mentiroso, me ama por palavra, nem para vim atrás de mim o desgraçado serviu - escuto uma buzina e era o Jungkook no carro, continuei andando e ele parou o carro saindo do mesmo-

— tá bom, eu vou pensar - eu paro de caminhar- podemos ter filhos, mas eu não aprovei ainda só vou pensar, mas por minha parte terá todo cuidado para isso não acontecer - me viro e sorriu pra ele- agora entra logo - ele abre a porta para que eu entrasse-

Caminhei até o carro, não seria o primeiro "dia de faculdade", a gente voltou a uma semana, minha amiga não pode ir lá em casa desde que voltou, segundo ela estar ocupada com as fotos de modelo, só mantive contato em redes sociais com ela. Toda vez que eu falava do Jungkook ela mudava de assunto, eu estou começando a ficar desconfiada com isso, ela pode ser a tal da Ester já que eu não há conheço.

Entro no carro, Jeon fecha a porta e eu coloco o sinto, depois o mesmo entra ligando o carro, mas antes de sair ele selou nossos lábios rapidamentes - as coisas estam muito calmas, Jugwon não apareceu, Luca sumiu os pais deles estão iguais malucos o procurando, meus pais estão viajando, Jungkook falou que os pais dele viu David rondando os becos de Deagu, então eles resolveram ir atrás de ajuda, já que uma batalha pode começar.

~``~``~``~``~``~``~``~``~``~``~``~

Nós já estávamos na faculdade, eu estava com uma terrível enxaqueca, as coisas que o professor de literatura dizia nada fazia sentido para mim, eu fazia o máximo possível para que Jungkook não percebesse como eu estou. Tudo que o professor dizia eu entendia como um nada, mas minha cabeça deve estar assim por causa da sonho que eu tive nessa madrugada.

Flashback on

Eu estava em uma floresta, corria de alguma coisa, mas eu não fazia a mínima ideia do que era, lágrimas caiam de meus olhos, minhas pernas estavam arranhadas. Meu joelho machucado, minhas roupas rasgadas - fui jogada no chão brutalmente, fechei os olhos na hora, eu soluçava alto, meu peito subia e descia por que buscava fôlego.

— muito bem amor - era uma voz de uma mulher- essa aí é forte, ela deu sorte de que não podemos atingir seu ventre - ouso uma gargalhada da mesmo- como o Jungkook ficará? Espero que ele morra.

— quer que eu faça o que com essa princesa? - era uma voz de homem, eu a conhecia de algum lugar, mas não conseguia ver seu rosto- se quiser eu posso matá-la e matar esse bastardo.

— não o bastardo é poderoso, vamos precisar dele - comecei a me depater entre choro- acabe com ela, pela cabeça, quero ver a cara do senhor Jeon Jungkook - ela chega perto- que bom que já estar com 8 meses querida - a mesma cuspiu em meu rosto, e eu só sabia chorar-

Sentir uma unha enorme passar em meu pescoço e subir para cabeça, feichei os olhos rapidamente, meu choro já era descontrolado, ela foi entrando devagar em minha cabeça, ouso um ruivo, mas não pude ver mais nada, minha cabeça doía muito a cabei por desmaiar, ou morrer.... Não dava para saber.

Flashback off

Sentir minha cabeça latejar, aquilo era horrível, não entendi o sentido desse pesadelo, coloquei as mãos na cabeça uma de cada lado, quando eu sentir aquela unha se aprofundar em minha cabeça novamente, passei a mão aonde estava perfurando e havia sangue ali, eu estou desesperada - começo a escutar vozes me chamamdo-

— amor você está bem? - era o Jungkook- precisa de algo? - minha vista era embaçada- me diga o que aconteceu...

Ouso um zumbido em meus ouvidos, fechei os olhos e coloquei a mão no ouvido, minha cabeça doía fortemente. A vontade de vomitar bateu, eu quero que isso seja só um pesadelo. - meu professor me chama-

— senhorita Song estar se sentindo bem?? - olho para o mesmo, mas eu via 4 dele- quer ir a enfermaria? - balancei a cabeça negando, e dou um sorriso falso-

— o que está acontecendo? - agora era o Jungkook, todos da sala me olhavam- por favor diga a verdade

— não é nada - o sonho veio na minha mente de novo- só preciso ir no banheiro, eu estou bem - olhei para o professor- o senhor me permite ir ao banheiro?

— claro que sim, qualquer coisa peça ajuda - sorrir e me levantei para ir a porta- se não estiver se sentindo bem vá a enfermaria.

Confirmei com a cabeça e sai da sala, passei as mãos em minha cabeça para ver se havia algo ali, não havia nada. Eu devo estar ficando louca, esse sonho estar me afetando, qual será o significado disso? - sigo caminho ao banheiro, os corredores estavam quase vazios, só alguns professores que passavam e alunos...-

Continua...


Notas Finais


Eu tive que dividir o capítulo...
Desculpem pexual kkkk

O que será que esse sonho significa??? Hum, o que vai acontecer?? Bora descobrir galera...

Comentem por favor para mim saber se gostaram ou não 🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...