História Imagine Jikook: O garoto que ele zuava - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine Bts, Jikook, Jimin, Jungkook
Visualizações 718
Palavras 1.537
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


NHAAAAAA!
VOLTEI POUHA KSKSKSKSK
SAUDADE QUE ESTAVA DOS MEUS MOCHIS SAFADENHOS ❤
Me desculpem mesmo pela demora da postagem.... eu realmente não consegui nem um minuto para poder escrever nessas férias....
MAS ESTOU DE VOLTA
E IREI POSTAR TODA SEMANA!
OLHA QUE COISA BOA KSKSKSK
bem, agora aproveitem a leitura!
Bjos❤

Capítulo 31 - Começando do zero


Fanfic / Fanfiction Imagine Jikook: O garoto que ele zuava - Capítulo 31 - Começando do zero

P.O.V LISA

Já faz 1 semana desde que estou aqui na casa do Jimin e do Jungkook, eles me tratam muito bem e me senti segura em contar sobre o aborto para o Jungkook, acho que ele merecia saber.... Quando ele soube ficou muito triste junto com o Jimin, e eles me apoiaram muito e continuam me apoiando. Eu tenho muita sorte de tê-lo como amigos.

Hoje é sábado, e também é dia de eu procurar um emprego para poder juntar dinheiro e poder alugar um apartamento para eu morar, o Jimin fala que isso é desnecessário mas eu não gosto de ficar dependendo das pessoas para sempre. O despertador toca, Mas eu já estava acordada pois a ansiedade não me deixou dormir. Levanto e vou correndo para o banheiro tomar um banho gelado porque hoje estava quente e depois do banho coloquei um vestido apresentável para uma entrevista. Para completar coloquei uma sapatilha e alguns acessórios para enfeitar um pouco mais. Antes de sair do quarto, me olhei mais uma vez no espelho e fui correndo para o andar de baixo. Chegando lá o Jimin estava fazendo o café ainda com pijama e uma carinha amassada de sono.

Lisa - Bom dia Chim Chim. - Falo dando um beijo em sua bochecha gordinha e macia.

Jimin - Bom dia Lisa, ansiosa para a entrevista?

Lisa - Até demais, espero que eu me dê bem. - Falo dando um suspiro.

Jimin - Você vai se sair Bem relaxa. Agora senta aí que o café está pronto. - O Jimin me coloca sentada na cadeira e me entrega uma caneca de cappuccino e alguns biscoitos. Após comer tudo, vejo que já estava na hora de sair, então coloquei a louça na pia e me despedi do Jimin que Estava mongando para a vida tomando o seu café na maior tranquilidade.

Chegando no ponto de ônibus logo chegou o ônibus que eu ia pegar e sem enrolar entrei no mesmo e me sentei em um banco. Chegando no local de entrevista, desço do ônibus e fico parada em frente à cafeteria onde eu ia fazer a entrevista.  Respiro fundo e entro no local, onde havia uma moça limpando as mesas para abrir a cafeteria em breve.

??? - Desculpe, estamos fechados ainda. - Fala a moça dando um pequeno sorriso educado.

Lisa - Na verdade eu vim para fazer a entrevista... 

??? - Ah! Então você que é a Lisa?

Lisa - Sim.

??? - Prazer Lisa, me chamo Caroline e sou a gerente dessa cafeteria. - Fala a moça se curvando em forma de cumprimento e faço o mesmo. - Bem, quem irá te entrevistar vai ser o meu irmão, que é o dono daqui. Venha, irei te levar até o escritório dele. - Eu apenas acenti e segui a moça até os fundos. Em questão de segundos, chegamos em frente à uma porta de madeira rústica bem moldada. A Caroline bateu na porta logo saindo um "entre" de dentro dela. A Caroline abriu a porta e notificou que era eu para fazer a entrevista. Depois de um tempo a Caroline olhou para mim e deu um sorriso. - Pode entrar. - Eu fiz como a moça pediu e entrei. Quando vi o escritório, fiquei encantada. Era toda decorada e muito linda. 

??? - Oi, pode se sentar Lisa. - Fala um moço de mais ou menos 25 anos, bem bonito por sinal. Como ele pediu, eu me sentei e o cumprimentei. - Bem, vamos começar a sua entrevista? - Meu Deus Maria Joseph, me ajude que eu tô precisando!

(...)

Depois de uma longa conversa com o dono da cafeteria, me despedi e saí de lá. Chegando na esquina, dei um grito alto de felicidade e uma senhora achou que eu estava passando mal. Mas eu estava mesmo, eu estava passando mal de tanta felicidade! Eu consegui o emprego! Aaah estou tão feliz!

Enquanto eu cantava "Oh happy day" e saltitava pelas ruas de Seul, as pessoas realmente passavam por mim e me olhava como se eu tivesse merda na cabeça, mas foda-se.

De repente, esbarro com uma pessoa é deixo cair a minha bolsa.

??? - Me perdoe moça! - Me levanto e quando ia pegar a minha bolsa, essa pessoa pegou para mim e me entregou. Quando eu vi o rosto dessa pessoa, era o Yoongi.

Lisa - Yoongi?

Yoongi - Lisa?

Lisa - Nossa que coincidência! Tudo Bem? - Pergunto pegando a minha bolsa.

Yoongi - Tudo. Mas e você, por que estava toda feliz saltitando pela rua e cantando "Oh happy day" que nem uma lombriga?

Lisa - É que eu consegui um emprego! Estou tão feliz! - Falo dando pulinhos de alegria.

Yoongi - Parabéns então. Acho que isso merece uma comemoração não?

Lisa - Sim!!! Vamos! - Eu puxo o Yoongi pelo braço e começamos a correr pela cidade que nem uns retardados. Resolvemos ir primeiro no fliperama. Começamos com um duelo de corrida de carro e acabei ganhando do Yoongi, depois fomos em um jogo de tiros onde o Yoongi ganhou dessa vez.

Depois de um bom tempo jogando e nos divertindo muito, resolvemos parar para comermos alguma coisa pois eu estava varrida de fome e o Yoongi também. Fomos para o Mac Donald's e ficamos por lá conversando.

Lisa - Obrigada Por comemorar esse dia tão feliz comigo. - Falo logo em seguida dando uma mordida em meu lanche.

Yoongi - Bem, quando eu disse que era para você comemorar, não era exatamente comigo no exato momento. - Fala rindo.

Lisa - Mas foi bom ficar com você. Você às vezes é mal humorado mas é uma boa compainha.

Yoongi - Ah, eu sou mal humorado então? - Pergunta Yoongi colocando a sua mãono peito e fazendo uma cara irônica.

Lisa - Às vezes... - Falo me segurando da risada.

Yoongi - Então toma! - Fala o Yoongi logo em seguida me atacando ketchup no rosto e dando gargalhada.

Lisa - Ah mas seu pestinha! - Ataco também o ketchup de volta no cabelo do Yoongi. E começamos a tacar comido um no outro, Mas a diversão terminou quando o gerente do Mac Donald's nos expulsou. Passei uma puta de uma vergonha mas o Yoongi só ria da situação. - O que tem de tão engraçado? - Pergunto dando um leve soco em seu braço.

Yoongi - A sua cara foi a melhor quando o gerente brigou com a gente. 

Lisa - E você não ficou com vergonha?

Yoongi - Não, ninguém paga as minhas contas para cuidar da minha vida, então eu faço o que eu quiser. - Dou um suspiro e retiro o resto de comida que estava no meu cabelo.

Lisa - Meu Deus, estamos imundos. - Falo dando risada e Yoongi concorda rindo também. Logo, sinto uma gota de chuva caindo em meu rosto. Olho para cima e o céu estava nublado, começando a chover mais forte.

Yoongi - Merda! Corre! - Yoongi me puxa pelo braço e corremos até um parque onde havia um lugar coberto. Chegando lá, estava tudo vazio. Sentamos em um banco e fiquei encarando a chuva. - Bem, pelo menos não estamos mais sujos de Mac Donald's. - O Yoongi fala dando uma pequena risada.

Lisa - Verdade. - Respondo dando uma risada nasal.

Yoongi - Eu... soube que você está morando na casa do Jimin, aconteceu alguma coisa? - Eu travei naquele momento, só de lembrar de tudo aquilo já me deixava deprimida. - M-Mas se você não quiser contar tudo bem, só quero saber se está tudo bem mesmo...

Lisa - Eu meio que briguei com os meus pais...

Yoongi - Entendi... não sei o motivo da briga mas espero que vocês fazem as pazes um dia.

Lisa - Acho que não tem perdão o que eles fizeram, ou que me obrigaram a fazer...

Yoongi - Como assim?

Lisa - Se você tivesse uma namorada, e ela engravidasse e no final descobrir que os pais dela a obrigaram a abortar, o que você faria? - Pergunto olhando no fundo de seus olhos puxados, com expressão de espanto. E meus olhos já estavam cheios de lágrimas.

Yoongi - Os seus..... pais fizeram isso? - Eu não respondi, apenas acenei com a cabeça e começo a chorar.

Lisa - Eu..... eu me sinto.... tão vazia Yoongi.... - Começo a soluçar e mais lágrimas saíam pelo meu olho. De repente sinto p Yoongi me abraçar e acariciar a minha cabeça delicadamente.

Yoongi - Você não precisa se sentir assim. Olha, eu estou com você e não precisa passar por isso sozinha. Eu vou estar aqui com você. - Eu apenas o abracei forte e deixei as minhas lágrimas caírem sobre o ombro de Yoongi.

Lisa - O-Obrigada por me apoiar... Agora o que eu tenho que fazer é começar do zero. 

Yoongi - E estarei com você. - Fala o Yoongi se afastando um pouco de mim e olhando nos meus olhos.

Depois de um tempo, fiquei um pouco melhor e a chuva passou. O Yoongi fez questão em me levar para casa. E fomos andando até a mesma. Na porta de casa, me despedi de Yoongi, dei um beijo e um abraço nele. Ah, ele tem um cheiro tão bom.... um cheiro amadeirado muito bom. Isso com certeza vai ficar nas minhas lembranças com ele. 



Notas Finais


Bem, foi ISSO!
Espero que tenham gostado e deixem nos comentários a opinião de vocês ❤
Até a próxima é um bjo💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...