História Imagine Jimin: Loba vermelha - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Visualizações 137
Palavras 1.365
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Estranho ......


Fanfic / Fanfiction Imagine Jimin: Loba vermelha - Capítulo 13 - Estranho ......

 

 

Eu olhei para ele com uma cara de sem entender nada, o que o Jimin esta fazendo aqui ?

Não ........... Kero.

Ela armou isso tudo, será que ele sabe que é tudo armação ou ele esta como eu que não estou entendendo nada ?

 

Jimin: O que você esta fazendo aqui ?

 

É ele não sabe de nada, mais ele esta sendo muito cuidadoso com as palavras, é eu ainda tenho uma grande problema que tenho que resolver, essa é uma oportunidade perfeita, odiando confessar a Kero foi de uma grande ajuda, mesmo que ela tenha me assustado um pouco.

 

(S/N): Também não sei........a kero me trouxe para cá .

 

Eu fique sem palavras, sabe como você sabe que erro feio mais não consegue se desculpa por mais que tente ?

Esse era o meu caso, mais dessa vez eu não ia pode deixa essa passar.

Eu respirei fundo, juntei minha coragem que era muito pouca por sinal e comecei.

 

(S/N): Jimin eu preciso falar com você.

 

Ele olhou surpreso para min, e ficou super  constrangido.

 

Jimin: Se for por causa daquele di.........

 

(S/N): Sim é  esse dia mesmo e você vai ter que me ouvir.

 

Ele olhou para min surpreso com a minha atitude e ficou calado, como não tinha ninguém pensava  naquele parque eu podia falar sobre o assunto livremente, peguei o braço do Jimin e o levei para um lugar onde podíamos sentar no chão, aquilo era um campo lindo, me sentei no chão e olhei para frente, jimin fez a mesma coisa e esperou eu falar alguma coisa.

 

(S/N): Antes de mais nada eu queria pedir desculpas.

 

Jimin: (S/N) ......

 

(S/N): Eu..... fui muito má com você.....a culpa de aquilo tudo ter acontecido não foi sua......eu queria me desculpar pelo meu ato.

 

Olhei para os meus pés esperando a resposta do Jimin.

Para minha surpresa eu só ouvi um sorrisinho.

 

Jimin: Seriamente eu achei que você ia me ignora por um bom tempo.

 

Eu o olhei, serio que ele não esta bravo comigo ou magoado com o meu ato ?

 

Jimin: Mais é bom saber que você não vai me ignora.*Sorriso*

 

(S/N): Serio que você não esta nem um pouco bravo ?

 

Jimin: não, devia ?

 

(S/N): Sim. Você tem muitas razões para ficar bravo.

 

Eu o olhei incrédula, serio que ele não estava nem um pouco bravo pela minha atitude .

 

(S/N): Serio ? Nem um pouquinho?

 

Jimin: Não nem um pouco, eu entendo o seu lado, e se alguém descobrissem, o perigo que você e seus pais estariam correndo.

 

Quando ele falou dos meus país eu coloquei minha mão no colar, eu queria muito saber onde eles estão. O Jimin viu minha reação e mudou de assunto rapidamente.

 

Jimin: Bom ........mais resumindo  você esta perdoada .

 

Eu fiquei feliz por sabe disso, pelo menos eu e o Jimin  estávamos de bem um com o outro, mais amanha eu vou ter uma conversa com uma certa Kerolaine.

Depois desse pequeno falatório, nós começamos a conversa de assuntos mais leves, o jimin não perguntava sobre minha família ou sobre o meu passado, eu acho que ele entendia como eu me sentia sem saber quase nada sobre min.

Mais estava ficando tarde e eu já estava bem atrasada para casa.

Mais eu não conheço  esse lugar então como eu vou voltar ?

 

(S/N):  Ai não.

 

Jmin: O que foi ?

 

(S/N): Lembra quando eu falei que a Kero que me troce para cá ?

 

Jimin: Lembro

 

(S/N): Eu não sei onde isso aqui fica então ....

 

Jimin: entendi tudo * sorriso * vem eu te levo.

 

(S/N): Você veio para cá de carro ?

 

Jimin: sim

 

(S/N): Jimin  por que você veio aqui ?

 

Jimin : eu estava andando pela a cidade então parei aqui.

 

Muito estranho, mais eu vou aceita dessa vez.

Nós  fomos até o carro, o caminho foi muito silencioso, mais foi bom.

 

QUEBRA DE TEMPO

 

Segamos em casa, eu sai do carro e o Jimin foi junto para me acompanhar.

Segamos até a frente de casa e eu pensei em pedir algo que era necessária .

 

(S/N): Jimin vamos acabar de fazer o trabalho ?

 

Ele me olhou com uma cara de surpreso .

 Jimin: Tem certeza disso ?

 

Ele ainda tinha receio de alguma coisa acontecesse.

 

(S/N): Sim, e ainda mais meus “Pais” estão em casa.

 

Jimin : Por que você fala de seus pais entre aspas ?

 

Eu queria que ele não percebesse isso, mais eu acho que posso conta já que ele sabe a verdade ou a metade da  verdade.

 

(S/N): Depois eu te conto agora vamos.

 

Eu entrei dentro de casa junto com o Jimin que entrou logo atrás, meus “pais” estavam na cozinha, eu entrei junto com o Jimin.

Quando meus “pais” virão o Jimin ficaram com uma cara que eu não entendi, será que eles descobriram que o Jimin sabe da metade da verdade?

Espero que não, mais eles estavam com a cara de espantados não com raiva.

 

(S/N): Você estão bem ?

 

O Jimin os olhou por um tempo, depois ele foi até eles os cumprimentado.

 

Jimin: Prazer eu me Chamo Park Jimin *Sorriso*

 

Eles o olharam por um tempo, eles estavam em choque ?

Eu mão sei o que eles estavam pensando e isso me deixavam angustiada.

Minha “mãe” foi a primeira a crebra aquele silencio.

 

“Mãe” :  Prazer Park Jimin,  eu sou Ágata e esse é o meu Marido  Ricardo. *sorriso*

 

Jimin : Prazer em conhece- los.

 

“Mãe”: Então o que o trás em nossa casa ?

 

Jimin: Eu vim fazer o trabalho da escola, eu e sua filha somos uma dupla .

 

Minha “Mãe” estava muito feliz e o meu “pai” não era diferente, mais eu me pergunto por que tanta felicidade eu só trouxe um amigo de escola para casa nada de mais.

 

“Mae”: Que bom, pode fazer seus trabalhos nós não vamos atrapalha, mais se precisarem de algo n se incomodem de nós chama. *sorriso *

 

Sim eles estão ficando meios estranhos.

 

(S/N): Bom ...... nós  já vamos, vamos Jimin.

 

Eu sai de lá antes das coisas ficarem mais estranhas

Mais por que tanta felicidade só por causa que viram o Jimin ?

E essa não era a primeira vez que eles viram ele, bom pelo menos minha “mãe” o viu, e ficou meio estranha, mais eu me pergunto o por que ?

Com esses pensamentos eu entrei no meu quarto e comecei a casa o livro para eu e o Jimin ter como base, quando eu o peguei o olhei para o Jimin, ele estava na sacada do meu quarto olhando o por do sol, fui ate ele e olhei para frente vendo aquela coisa maravilhosa.

 

Jimin: Lindo não é ?

 

Ele falou isso sem olhar para min.

 

(S/N): Sim, muito.

 

Nessa hora eu senti uma coisa estranha, como se aquela cena já tivesse acontecido, não seu mais aquilo para min pareceu que já tinha ocorrido.

Se aquilo já tinha acontecido por que eu não me lembrava ?

Eu fechei os olhos e respirei, depois os abri, nn hora que os abri o Jimin olhou para min um pouco com medo ?

Não sabia o cara dele estava bem estranha.

 

Jimin: Que foi ?

 

(S/N): Nada não.

 

Sai da sacada e me sentei em cima da minha escrivaninha e coloquei o livro lá em cima.

 

Jimin : Vai me conta o que que aconteceu ?

 

Como minha cadeira tinha ródias ele me virou para min o olhar.

 

(S/N): Relaxa Jimin não é nada .

 

Jimin: Por favor me conta você não confia em min ?

 

Nessa ele me pegou, bom eu n posso fala que a minha mente foi apagada pela minha própria mãe, então vou fala uma meia verdade.

 

(S/N): É que a cena que aconteceu na sacada para min foi como se já tivesse acontecido antes.

 

Ele me olhou surpreso mais n disse nada, ele estava pensando em algo mais eu não sei o que, cadê o poder de ler pensamentos quando se precisa ?

 

Jimin: Tudo bem, deve ser coisa da cabeça mesmo.*sorriso*

 

(S/N): Sim deve ser........... vamos começar ?

 

Jimin: Sim vamos.

 

E começamos a fazer o trabalho da escola.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...