1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Jin-Amor En La mafia >
  3. The true Cap-34

História Imagine Jin-Amor En La mafia - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente tudo bom?
Espero que sim❤

Bom...me desculpem se o cap estiver pequeno o próximo vai vir um pouco maior.

Espero que gostem e boa leitura❤

Capítulo 36 - The true Cap-34


Fanfic / Fanfiction Imagine Jin-Amor En La mafia - Capítulo 36 - The true Cap-34

°•S/N P.O.V•°

Sentia o clima pesado em nossa mesa isso me assustava e não conseguiria pensar na reposta com cuidado mas fingia que não estava acontecendo nada...Tenho consciência do que o Jin faz não é certo tinha um sentimento ruim às vezes me pergunto se ele confia realmente em mim.

Ichiro:S/N?.-Ichiro me tira de meus pensamentos.-Você aceita a proposta na Kang's?.

S/N:Como disse vou pensar na proposta.-Eu saío do estabelecimento começo a checar e me dou conta que esqueci o celular na casa do Jin!.

°•Quebra de Tempo•°

Carly:S/N você voltou?.

S/N:Sim deixei meu celular aqui.

Carly:Se quiser eu pego ele pra você.

S/N:Não precisa eu vou até o quarto para buscá-lo.

Eu entro no quarto as roupas dele estavam largadas pelo quarto todo meu celular estaria lá jogado não lembro muito do que aconteceu ontem.

Vasculho pelas roupas jogadas e lençois no chão.em meio a bagunça vejo algo debaixo da escrivaninha era um diário.

Vi um diário vomuloso em sua capa
Dizia propriedade Kim Zeyu...abro o diário e vejo algo que me assustou.

Eram fotos das minha mãe e não eram fotos normais!eram fotos dela saindo do trabalho,Fotos delas com Hyun com o rosto dele riscado Fotos dela dentro de casa!.

01/01/2009
"Eu amo tanto ela que chega a doer!Catarina por que quer ficar com esse homem sem rumo!."

12/4/2010
"É tão errado te amar?!,por que me deu um tapa!você não me ama?!."

26/8/2016
"Você acabou se casando com ele não é? Se você não for minha Katarina você não vai ficar com ele!."

As frases de um verdadeiro louco e psicopata.

Jin:S/N?.

Jin estava atrás de mim vendo também o conteúdo do caderno.

S/N:O que é isso?.-O caderno estava em minhas mãos e Jin congelou.

Jin:Era do meu pai...

S/N:Tem mais algum segredo que preciso saber.-Jin apenas abaixa a cabeça e saío da casa.

°•Quebra de Tempo•°


Depois de um tempo vou até minha casa e esbarro em Ichiro.

Ichiro:S/N?.-Ele fala colocando suas mãos sobre minhas bochechas.

S/N:Estou bem Ichiro eu só briguei com meu ficante...-não sei se nosso namoro ainda está de pé.

Ichiro:Oh entendo...

S/N:Ichiro eu aceito trabalhar na Kang's quando começo?.

Ichiro:Amanhã as 7:00.-Ele me olha satisfeito.

Chego em casa e tomo um banho quente para ficar mais calma.

Coloco meu pijama e deito na cama ainda um pouco culpada por brigar com Jin mas acho que eu preciso de um tempo.

°•Um mês depois•°

Eu sou secretária particular de Ichiro eu estava organizando algum dos papéis e evidências de crimes antigos,Eu ganhava uma quantia boa
8349,10 won por mês achava estranho ganhar isso por que Seoul não havia tantos casos assim.

Ichiro:S/N?.

S/N:Olá.

Ichiro:Eu preciso que me acompanhe a um lugar haverá uma reunião importante lá.

S/N:Onde será?.

Ichiro:Não tem necessariamente no mapa...Lá não tem sinal.-Deveria ser algo bem confidencial mas estranho.

S/N:Vamos quando?.

Ichiro:Agora mesmo.-Ele pega uma das malas que estavam perto de sua mesa.

S/N:Agora?.-Eu rapidamente tento acampanhar seus passos acelerados.

Hyun:Trouxe minha mala.-Ele entrega a mala.

Nós entramos no carro.

Ichiro dirigia enquanto havia um silêncio mortal no carro.

Nós paramos em um casa velha e abandonada eu começo a ficar apavorada Ichiro e Hyun olham para os lados desconfiados.

S/N:Ichiro?é mesmo esse lugar que iremos ficar?.-Falo saindo do carro com um pouco de medo.

Ichiro:Sim,mas S/N sugiro que fique aqui em baixo.

S/N:Tudo bem.-Eu sento em um velho sofá.

Hyun:Pode ficar com minha mala S/N?.

S/N:Sim.

°•Dez minutos depois•°

Me canso de ficar sentada começo a andar pela casa,no andar de cima era estranhamente conservada parecia abtavel.

Enquanto o chão do andar térreo era imundo o de cima parecia constantemente lavado e também era muito estranho eles virem para uma casa no meio do nada para terem uma reunião.

Vejo a sala onde eles estavam Yuki estava lá por que ele estaria lá?,Chego mais perto da porta.

Ichiro:Temos que planejar bem esse confronto logo!.

???:Por que nós simplesmente não vamos na frente da mansão do Kim e atiramos em sua cabeça.-Ele ri com seu próprio comentário isso me assusta.

Hyun:Você sabe bem que precisamos nos preparar.

Yuki:Era mais fácil eu enviar uma bomba de presente para Seokjin!.-Jin?! Ele é um Kim?!.

Ichiro:Uma bomba Yuki!?.

Yuki:Sook é claro!.

Hyun:Precisamos planejar para matar o Líder Kim Seokjin.

Com o choque acabei esbarrando em um vaso fazendo o chocar ao chão.

Ichiro:Vá atrás dela e a apague.

Hyun:O que vão fazer com minha filha?.

Yuki:Não vai acontecer nada.

Um homem forte e grande me encara e vai em minha direção.

Eu corro em direção a floresta acabei correndo demais e fiquei perdida e para piorar um louco atrás de mim no meio dessa corrida eu tropeço em um raiz de uma árvore meu joelho estava ralado.

S/N:Saía de perto de mim!.-Eu jogo uma pedra em sua cabeça mas não deu certo.

??:Sua...

Vejo alguém pegando o homem pelo pescoço o paralisando.

Jin:S/N?!.

S/N:JIN?!.-Ver Jin aquele momento me assustou um pouco.-O que faz aqui?.

Jin:Preciso falar com você eu escondo isso há muito tempo.-Eu o olho desconfiada.-Só que não aqui eu sei aonde fica a estrada para Seoul.

Eu subo na moto e o mesmo a liga me perguntava o que ele fazia lá.

Por impulso o agarro enquanto o mesmo dirigia a moto em uma velocidade elevada.

°•Quebra de Tempo•°

Chegamos na casa dele eu desço da moto mancando e me apoiando em seus ombros por sua vez ele apoia em minha cintura.

Ele me leva até seu quarto e eu sento em sua cama.

Jin:O que você machucou?.

Eu aponto para meu joelho sangrando,Ele pega um pouco de Algodão,curativo e água para limpar o ferimento.

S/N:Arde!.

Jin:Pelo menos não foi tão grave.-Ele se levanta guardando os primeiros socorros.

S/N:Jin...

Jin:S/N?.

S/N:Obrigada pela ajuda.

Jin:Não precisa agradecer.-Ele se senta próximo a mim e leva sua mão até as minhas.-S/N eu sou o chefe da Máfia Kim filho de Kim Zeyu...

Aquilo saiu realmente saiu de sua boca não podia acreditar que ele era um Kim esse tempo todo...Não consigo odia-lo por isso e também sei que ele não tem culpa...

Jin:Eu escondo isso de você desde que chegou em Seoul.-Ele me olhou nos olhos.-Sei que deve me odiar agora mas...não aguentava mais esconder isso de você a mulher que amo.-Seus olhos estavam lacrimejando.-Eu não queria te perder por ser um Kim,S/N!.

Eu estava sem palavras Jin nunca contou por que me amava?!.

Jin:Eu deveria ter contado isso à você a cinco anos atrás.

Não me sentia traída ou com raiva dele meu amor por Jin era algo que sempre se manteu em mim.

S/N:Jin...-Eu pego suas mãos.-você não tem motivos para se sentir culpado.

Jin:Você vai embora de Seoul já que descobriu quem matou sua mãe?.

S/N:Não minha missão não está completa ainda!.

Jin:Não?!.

S/N:Não está,tenho que ficar com meu Kim Seokjin.-Eu o abraço carinhosamente.

Jin:Então você quer ficar em Seoul?.

S/N:Eu vou ficar por que minha vida é aqui meu amor!.

Jin me beija calmamente de repente Yoongi aparece na porta.

Yoongi:Sem querer atrapalhar o casalzinho se pegando mas preciso falar com você Jin.

Jin:S/N vem comigo.-Ele pega uma de minhas mãos e Yoongi me encara.

Yoongi:Ela sabe?.

S/N:Sim eu e Jin conversamos.

Yoongi:Venham comigo Senhor e Senhora Kim.-Diz Yoongi em um tom debochado.

Os garotos inclusive minhas amigas estavam na sala.

Dahyun:O que a Senhorita faz aqui?.

S/N:Estou acompanhante de Seokjin.

Ela me olha com um olhar furioso mas permanece em silêncio.

Jin:Os Hangul estam na floresta esse exato momento em uma casa abandonada.

Jin coloca fotos em cima da mesa inclusive nós saindo do carro.

Dahyun:Você é uma Hangul Senhorita?.

S/N:Não fui batizada por essa família eu vivi minha vida inteira no Brasil.

Sunny:Tome cuidado com as palavras Dahyun ela é nova senhorita Ki...-Carly tampou a boca de Sunny.-Cala a boca.-Diz sussurando.

Carly:Prossiga Jin!.

Jin:Acho que estam planejando um confronto.

Namjoon:Eles sempre fazem isso.

Jin:Sim mas como sabe Yuki é muito apressado e odeio planejar!.

S/N:Me desculpe interrompe-los mas o que é um confronto.

Dahyun:É espécie de guerra entre duas famílias no nosso caso Hangul e Kim.

Eu acabo entendendo tudo Ichiro na verdade é Sook meu pai voltou a fazer trabalhos sujos para os Hangul eu estava decepcionada.

A reunião acaba vejo Jin de outro jeito agora,quando eu saí de Seoul ele tinha muitas responsabilidades era um adolescente com obrigações de adulto lidar com assasinatos,drogas,Armas e inclusive meus amigos estavam nisso.

Fui para o quarto dele para verificar se não esqueci nada no meio da mata.

Entro no quarto minha bolsa estava em cima de uma cadeira meu celular,documentos estavam certos.

Sinto uma mão em volta de minha cintura de baixo de minha camisa envolvendo em um abraço Jin beija meu pescoço.

Jin:S/N você está muito tensa vamos nos divertir um pouco!.-Diz maliciosamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...