História Imagine: Jung Hoseok - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 18
Palavras 1.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ressuscitei meus leitores!
Desculpem a morte, aconteceu coisas e eu estive sem celular. Consegui esse na misericórdia jwoxnwkss. Mas eis-me aqui. Boa leitura!

Capítulo 7 - Uma noite sem igual


Fanfic / Fanfiction Imagine: Jung Hoseok - Capítulo 7 - Uma noite sem igual

[...]

Isso está mesmo acontecendo? O que eu estou fazendo da minha vida? Aish! Estou enlouquecendo.

[...]

Depois que acabou o trabalho, me deparei com Hoseok vindo ao meu encontro. Meu coração começou a acelerar de uma forma incontrolável. Foi quando ele começou a dizer:

-Oi, S/N. Eu... Gostaria de lhe pedir desculpas por tudo que lhe disse mais cedo. Eu estava fora de mim. Não queria te fazer chorar. 

-Está tudo bem, Hoseok... 

Olhei no relógio e estava na hora de eu encontrar Jimin na saída.

-Eu preciso ir andando. Ultrapassei Hoseok indo em direção ao elevador. Mas sua mão pegou em meu braço e me fez virar para o mesmo. Eu não disse nada.

-Posso lhe deixar em sua casa? Ele fez uma cara de tristeza e desespero ao mesmo tempo. Como se tivesse juntado toda coragem do mundo para me dizer aquelas palavras que me comoveram bastante. 

-Hoseok, eu não posso... Me desculpa.

-É por conta do Jimin? Ele soltou meu braço enquanto olhava fixamente em meus olhos.

-Sim. Eu estou namorando com ele. Ele está me esperando agora...

-Me diga com sinceridade, você o ama? Ele se aproximou mais.

Eu gosto bastante do Jimin. Mas não chego a amar. Acho uma palavra muito forte no momento. 

-Eu... Gosto muito dele, e...

De repente um sorriso surge no rosto de Hoseok. 

-Por que está sorrindo desse jeito?

Ele coloca suas duas mãos em minhas bochechas. Meu coração entra em pânico, minhas bochechas ficam queimando. Eu deveria fazer algo.

Mas antes que eu fizesse algo, eu sinto aqueles macios lábios de Hoseok junto com os meus. Eu me deixei levar por um momento. Até que quando tento me afastar, ele me abraça, tornando nosso beijo mais duradouro. Eu tinha a certeza de que eu ainda amava aquele garotinho gentil e amável, mas agora, sabia mais que tudo que ainda amo, mesmo com o tempo, a mesma pessoa. Ainda amo Jung Hoseok.

Hoseok olha nos meus olhos e diz:

-Você será minha um dia, S/N. E vai me amar, mais do que já ama agora.

-Hoseok...

-Pode ir. Mas tenha consciência das coisas que eu lhe disse. Ele me deu um beijo na bochecha.

Eu saí de perto sem jeito e entrei no elevador.

-Ah, S/N...

Quando as portas estavam se fechando, Hoseok completou.

-Eu te amo. 

[...]

Na saída, como eu já sabia, Jimin estava me esperando, e ficou feliz ao me ver. 

-Por que demorou? Ele me beija.

-Eu só estava organizando uns papéis para levar para casa.

-Ah, tudo bem. Então, vamos logo. Estou ansioso para te dar a surpresa!

Entramos no carro e eu estava muito pensativa no que havia acontecido. Aquilo foi totalmente errado já que eu estou namorando e eu gosto bastante do Jimin.

[...]

Ao chegarmos em casa, Jimin entrou junto comigo, e disse para eu aguardar no sofá da sala. Eu obedeci.

-O que será que ele está tramando hein? Falo a mim mesma ansiosa para descobrir a tal "surpresa do Jimin".

Depois de uns minutos, finalmente  volta com um envelope em mãos. Dentro com certeza havia algum papel. 

-Aqui, S/N. Espero que goste! 

Peguei e abri o envelope. De dentro eu tirei dois papéis. Comecei a le-los e foi quando finalmente descobri do que se trata-va.

-Isso aqui é uma viagem para... A FRANÇA?! Eu fiquei muito impressionada. Eu nunca viajei para um lugar como a França. E vindo do Jimin era muito romântico.

-Você gostou, não é? Vamos viajar à sós para a França. Até porque quero ter um tempo com você, já que estamos muito ocupados no trabalho.

-Jimin, isso é incrível. Mas...

-O que foi, S/N? 

-Eu não mereço tudo isso de você. Uma culpa enorme começou a tomar conta de meu ser. Eu realmente não merecia.

-Ah, vamos. Claro que você merece. Você é maravilhosa como namorada. E merece um momento de laser. 

-Tem certeza? Mas e como fica meu trabalho? 

-Eu já acertei tudo. Arranjei uma substituta para você e eu. Sou bom nessas coisas. Ele sorrio. E também quero que você veja meu amor por você, e assim possa me amar... Ele se aproximou de meu rosto e começou a me beijar. Como não resistir? Talvez eu deva tentar com o Jimin, ele faz tanta coisa por mim, é gentil, amoroso, carinhoso, meigo, bonito, um excelente homem para uma mulher. 

-Essa viagem vai ser a melhor, vamos S/N. Por favor...

-Tá bem, seu teimoso! Rimos.

-Ótimo! Vamos daqui a 3 dias.

-Nossa, tão perto. Me deixou ansiosa agora. 

-Que bom. Só quero você Feliz comigo. 

Depois de conversarmos bastante, e uma chuva cair, Jimin disse que já ia embora. 

-Mas olha o tempo e a hora Jimin! Esta chovendo e está tarde.

-Então eu posso dormir juntinho de você? Ele me abraçou pela cintura aguardando a resposta.

-Claro que pode. Dei um selinho nele.

[...]

Quando nos arrumamos para dormir e fomos para meu quarto, Jimin ficou explorado minhas coisas. 

-Por que é tão curioso, Park Jimin?

-Eu gosto de ver as coisas que você tem. Só isso. Mas agora vamos deitar.

Me deitei ao lado de Jimin olhando aqueles seus olhinhos fofos.

-Você é muito linda, sabia? É a pessoa que sempre quis na minha vida.

-Tá me deixando com vergonha...

-Só por eu dizer essas coisas? Imagina quando fizermos o que eu quero fazer agora.

-Como assim? O que você quer fazer?

-Apenas me beije que eu te mostro.

Jimin se aproximou mais e me deu um beijo apaixonante. Me colocou em seu colo e começou a tirar minha blusa, e em seguida meu sutiã fazendo meus seios ficarem expostos na sua frente, e começou a apalpa-los enquanto me beijava.

Foi quando tomei a iniciativa de tirar sua calça junto com sua box para lhe chupar. Jimin gemia de vez enquando, mais ainda quando colocava tudo na minha boca. 

Depois ele me colocou de quatro e foi colocando seu pênis vagarosamente dentro de minha vagina. E a medida que ia colocando e tirado ele aumentava a velocidade me fazendo gemer cada vez mais. 

Antes de chegar ao ápice, tirou seu pênis de dentro de mim, e colocou na minha boca e foi quando gozou dentro da mesma. 

-Você é muito gostosa, sabia? 

-Aigoo... 

Depois de perceber tudo que tínhamos feito, me cobri com o lençol.

-Não precisa ficar assim. Eu já te vi sem roupa do mesmo jeito. 

-Idiota!...

Ele se cobre com o mesmo lençol e me diz:

-Eu amo muito você, S/N. Jamais irei lhe abandonar, eu prometo.

Jimin me beija novamente. Ele é sempre tão adorável. Depois de tudo dormimos juntos.

Foi nossa melhor noite até então. Agora tenho certeza que essa viagem irá ser a melhor! E espero que dessa vez eu esqueça totalmente Jung Hoseok. 



Notas Finais


Perdoem os erros se tiver.
Espero que tenham gostado, irei ser melhor no próximo.
Amo vocês, Até!

AAAAH, NÃO IREI SUMIR, OK? JISKSKSKS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...