História Imagine-Jung Hoseok (HOT) Sua Submissa - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope)
Visualizações 248
Palavras 496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 25 - Céu estrelado


Fanfic / Fanfiction Imagine-Jung Hoseok (HOT) Sua Submissa - Capítulo 25 - Céu estrelado

P.o.v's (S/n)

--Você aceita namorar comigo?


...


Sim,esse sentimento no qual eu me negava a acreditar e a cda vez florescia mais e mais dentro de mim era recíproco.


--T-tente adivinhar...--respondi com os olhos marejados e um sorriso no rosto.


--Isso é um sim?--disse sorrindo largo,mas um pouco timido.


--Eu te amei em segredo...Por tanto tempo--se levantou e me beijou,um beijo calmo.


Foi inevitável que as lagrimas tomassem conta de meu rosto.


--Você é tão importante pra mim mas...eu só pude perceber a pouco tempo,eu te amo (S/n).--sorri fraco em meio as lágrimas.


(...)


Aquela foi sem dúvida a melhor noite de minha vida!Passamos a nós olhar de maneira diferente e agora não precisávamos negar ou reprimir esse sentimento.


Não rimos tanto quanto quando estamos no cassino,mas sem sombra de duvidas estavamos mais felizes,e muito!


Comemos toda a nossa comida acompanhado de um champanhe e no final Hoseok pagou a conta,indo para o estacionamento do local.


Como de costume abriu a porta do carro para mim e deu a volta no carro para se sentar em seu banco,colocamos o cinto e ele manobrou o carro saindo daquele local.


Em alguns minutos percebi que não era l caminho de casa....Estávamos nós afastando da cidade


--Daddy,aonde vamos?


--Não precisa me chamar assim mais--disse Hoseok--chame da forma que preferir--abriu um sorriso--vamos aonde as estrelas tem mais luz...


--Certo Hobi--sorriu quando o chamei assim--e por que..?


Sorriu antes de falar.


--É um lugar especial,quero te mostrar.


(...)


Após sairmos de Seul andamos cerca de 20 min e subimos com um carro por um grande morro,e a beleza do local era inexplicável 


Havia varias árvores e nenhuma casa,ou algum tipo de construção por perto,nem mesmo luz.


A iluminação era feita apenas a partir do brilho das estrelas e do reflexo da lua,como Hobi havia falado,aquele era o local ondre as estrelas tem liberdade de brilhar mais forte,por não ter interferncia de nenhuma outra luz.


Hoseok estacionou o carro em meio a algumas arvores e abriu o porta luvas,retirando de la uma manta.


Deu a volta no carro e abriu a porta para mim.


--Venha amor--estendeu a mão e eu rapidamente a peguei saindo do carro.


Era a primeira vez que ele havia me chamado assim...


Ao sair ele se dirigiu até a frente do carro onde estendeu a grande manda sob o céu estrelado,fez sinal para que eu me sentasse e assim fiz.


Sentou ao meu lado e em seguida deitou,apoiando a cabeça nós braços,em seguida me deitei também admirando cada estrela que iluminava aquela escuridão na minha frente.


--Lindo não?--disse Hoseok e soltou uma risada nasal--Aqui é especial para mim pois era o único local onde eu me sentia longe da pressão,longe de responsabilidades,longe de tudo.Você é a primeira pessoa que eu trago aqui,e sabe porque?


-Não...


--Pois você é a primeira e única coisa que eu não quero longe de mim momento algum..--sorri boba.


--Eu te amo tanto...--ele sorriu e deu início a um beijo calmo,que logo foi rettibuido por mim.


Aos poucos o beijo foi ficando mais quente e intenso,surgiu algumas mãos bobas e quando menos percebi eu já estava sentada em seu colo.







Continua....







Aviso: PROXIMO CAP 18,PULE CASO NÃO TIVER INTERRESE!!!



Notas Finais


Obg por ler ❤

Perdão pelo cap pequeno e por demorar postar ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...