1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Jung Jaehyun My Vizinho se tornou meu Marido. >
  3. Parece que você gostou de algo?

História Imagine Jung Jaehyun My Vizinho se tornou meu Marido. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiro Episódio do Imagine Jung Jaehyun My Vizinho se tornou meu marido, espero de verdade que gostem, ele também esta disponível no YouTube.
Desculpe pelos erros ortográficos ❤
Ah, ja ia esquecendo, não se esqueçam de favoritar, beijos. Boa leitura👍❤😊

Capítulo 1 - Parece que você gostou de algo?


Fanfic / Fanfiction Imagine Jung Jaehyun My Vizinho se tornou meu Marido. - Capítulo 1 - Parece que você gostou de algo?

 

Sexta - feira_Quatro da Tarde.


Jaehyun e Winwin estavam tentando carregar uma banheira nova para o banheiro de Jae, o mesmo havia se mudado recentemente para Seocho-gu, Coreia do Sul, ele passou quatro anos no Estados Unidos, trabalhando o Inglês, Sim, Jae é Professor de inglês e Coreano, porém ele decidiu voltar para sua cidade Natal. Onde começou a trabalhar atualmente na escola A Seoul High School.

O mesmo havia estudado naquela escola a muito tempo atrás, também terminou o Ensino médio nela, na época, ele era um ótimo jogador de basquetebol e era conhecido como Tiger Blue (Tigre azul), sempre quis ser professor, essa profissão é algo que ele ama muito.

Hoje faz 7 meses que ele está na coreia. Dong Si Cheng ou mais conhecido como Winwin, mora junto com ele a dois meses, o mesmo viaja muito a trabalho então as vezes ele fica na casa do Jaehyun. Amanhã mesmo ele tinha que ir viajar, mais alguns de seus negócios.

SiCheng: Caaara, eu estou pensando seriamente em te deixar levar essa banheira para dentro sozinho, por que isso tem que pesar tanto?.- o mesmo diz com o rosto vermelho, enquanto carregava para dentro o objeto grande e pesado.

Jaehyun: Nem pense nisso.- Eles deixaram a banheira no chão para descansar.- Ou te deixo sem comida até amanhã e como tudo sozinho. - Winwin riu e respirou fundo algumas vezes antes de falar, para recuperar o fôlego. 

SiCheng: Você ja come tudo sozinho mesmo.- Ambos caíram na gargalhada e Jaehyun passou a mão na barriga, Winwin olhou para o jesto do mesmo.- ja está com fome? Credo Jaehyun você acabou de comer.

Jaehyun: É muita comida para conseguir esse tanquinho aqui meu filho.- Ele alisa o abdômen exposto.- Percebeu que eu to começando a ficar vermelho?.- ele analisa os braços. 

SiCheng: Sim, culpa sua né, gosta de ficar exibindo esses músculos todos.- Jaehyun rir do mesmo.- Você sabia que vamos ter uma vizinha nova?.- Jaehyun franse o cenho.- ela comprou aquela casa ali.- Ele apontou para o lado esquerdo.

Jaehyun: Como você sabe disso?.- ele o olhou.- Quer dizer que o homem acabou vendendo pra outra pessoa e não para você? - ele olhou novamente para a casa.- Que cretino.

SiCheng: Não foi bem assim, ela implorou e deu um pouco a mais do que ele cobrava, o proprietário disse que ela estava querendo fugir de alguém. - Jaehyun levantou uma sombrancelha.- ela veio ai ontem você não viu? Ela é uma mulher muito bonita.

Jaehyun: SiCheng Você acha todas as mulheres bonitas, então o seu depoimentos sobre ela não conta.- winwin riu. Ambos ouviram o som de carro parando logo em frente a casa na qual a mulher que Win se referiu havia comprado. 

SN desceu do carro e em seguida parou em frente a casa, seu filho de 15 anos JunHyuk (Win do MCND) também desceu. O garoto olhou para a casa em sua frente, com uma sombrancelha arqueada. 

Sn: Iai, gostou da casa? Eu pensei muito mas acho quê você não vai...- Win a interrompe rapidamente.

JunHyuk: mãe não se preocupe, eu gostei da casa, ela combina com a gente mesmo sendo diferente.- Sn concordou ouvindo a voz grave do filho, ele não estavam acostumado com esses tipos de casas mas ela achou agradável e bonita.- Você veio aqui ontem? para organizar tudo.

Sn: Sim, eu fiquei o dia todo arrumando com o designer de casa, aquele careca lembrar?.- Win riu.

Junhyuk: A cabeça dele é como uma bola de cristal, brilhante. Aliás eu vi o jeito que ele te olha.- levantou uma sombrancelha.

Sn: Ele é gay.- Win a olha serio e segundos depois concorda.

Junhyuk: Obrigada por me avisar, se ele tentar algo eu arranco as bola...- Sn deu pequenos tapinhas na cabeça do filho.

Sn: Fica na sua, ele não vai dar em cima de você. 

Junhyuk: Que bom porque eu gosto de meninas, nada contra os gays é claro, é só que... eu prefiro mulheres, elas tem...- Sn bateu de leve novamente na cabeça do filho, e ele entendeu que não deveria continuar.

Sn: Entendi senhor machão.- ele faz bico e ela vai até o porta malas, pegando uma caixa.- venha aqui, leva isso la pra dentro, eu vou estacionar o carro e entrar.

Junhyuk: tudo bem não demora, vou te esperar.- ele pegou a caixa e em seguida deu um beijo na mãe. Pegou as chaves e se virou indo direto para dentro da nova casa.

Quando Sn ia dar meia volta e fechar o porta malas, uma voz rouca mas suave a chamou, a mesma se virou e viu Jaehyun, caminhando em sua direção, aqueles olhos e aquelas bochechas coradas a deixava inquieta mas o que a encomodava de fato era aqueles músculos todos a mostra.

Jaehyun: Então é você que vai ocupar a casa ao lado da minha?.- Sn olhou para trás dele e viu SiCheng. 

Sn: Sim, e você mora ali?.- ela indicou com a cabeça. 

Jaehyun: Ah sim, eu sou Jaehyun. - Ele fez uma reverência.

Sn: Meu nome é Sn.- Ela fez um reverência se virou e pegou uma caixa atras do carro fechou o porta malas e começou a caminhar até o mesmo.- Bem foi bom conhecer você. - Jaehyun sorriu.

Jaehyun: Quer uma ajuda com a caixa?.- ele ergueu as mãos na direção dela.

Sn: Não.- ela desceu os olhos pelo bdômen dele.- eu...eu dou conta de carregar sozinha.- Jaehyun sorriu ao perceber para onde ela estava encarando, de provocação ele passou a mão pelo abdômen e a mesma desviou o olhar.

Jaehyun: Pareceu que você gostou de algo?- ela ruborizou um pouco mas o encarou.

Sn: O que você disse?.- Jaehyun sorriu e desviou o olhar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...