História Imagine Jungkook- A irmã do meu amigo - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias 24K, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Jay Park, K.A.R.D, SHINee
Personagens B.M, Baekhyun, BamBam, ByungHo, Changsun, Chanyeol, Chen, Cory, D.O, DaeIl, D-Lite (Daesung), Eunwoo, G-Dragon, Hongseob, Hui, J.Seph, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeonguk, Jinhong, Jinjin, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Jonghyun Kim, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kisu, Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, MJ, Moonbin, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rocky, Rosé, Sanha, Sehun, SeokJun, Seungri, Somin, Suho, SungOh, T.O.P, Taemin Lee, Taeyang, Tao, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Jungkook
Visualizações 302
Palavras 1.912
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aee amores, mais um capitulo, desculpa a demora

Boa Leitura😽📚

Capítulo 26 - Zangada


Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook- A irmã do meu amigo - Capítulo 26 - Zangada

Anteriormente

S/n: MARK TUAN, VEM AQUI AGORA!!!

Atualmente

S/n on

Ouvi os passos rápidos do Mark subindo ligeiramente as escadas. Em poucos segundos a porta foi aberta.

Quando o mais velho viu o que eu segurava, arregalou os olhos.

S/n: O senhor pode me explicar o que é isso aqui?

Mark: Amor isso não é meu...- o interrompi

S/n: E estava debaixo da sua cama porque?

Mark: Porque... Porque o B-bambam deixou ai

S/n: Mesmo? E desde quando o Bambam vem dormir aqui, na sua casa e na sua cama. Heim??- disse e o Mark abaixou a cabeça- Fala sério Mark, revista da PlayBoy?

Mark: Desculpa, amor.

S/n: Onde arrumou isso?

Mark: Eu comprei.

S/n: Olha, vamos logo pra escola, se não vamos nos atrazar- falei calçando meu allstar.

Termiando de calçar, peguei minha mochila e desci indo pra sala, Mark veio logo atras com sua mochila nas costas.

Saimos de casa e o mesmo subiu na moto, logo me entregando um dos capacetes

S/n: Vai achando que eu vou de moto com você.

Mark: Vamos logo.

S/n: Prefiro ir de a pé.- falei virando as costas e começando a caminhar.

Ouvi os passos do mais velho começarem a me seguir.

O caminho até a escola foi de completo silêncio.

~~Na escola~~

Entramos e fomos direto pra sala. Havia vários alunos nos corredores, então deduzi que as aulas ainda não tinham começado.

Entramos na sala e nossos amigos estavam lá.

Me sentei em silêncio em minha cadeira, cruzei os braços e as pernas e fiz um biquinho fofo.

Jackson: O que aconteceu com ela?

Mark: Ela achou minha caixa.

Hui: Que caixa?

Bambam: Ele tem uma caixa com as revistas da PlayBoy dentro.

Hui: Vish.

Jinhong: E o que tem de tão importante nessas resvistas?

Sehun: Você é muito inocente, Jinhong- falou dando batidinhas no ombro do mais novo.

Me levantei brava e sai da sala.

Eu andava pelo corredor batendo o pé.

S/n: Eu posso estar sendo exagerada? Talvez. Mas fala sério, qual a necessidade dele ficar vendo fotos de mulheres sem roupa. Aff Mark Tuan, você me deixa tão brava, minha vontade é de te encher de murro e...

xXx: Tá falando com quem?

Me virei e vi Jungkook

S/n: Jungkook?

Jungkook: Quem mais poderia ser?

S/n: Esquece.

Jungkook: O que aconteceu?

S/n: Nada

Jungkook: Não acho que seja nada. Temos sentimentos por motivos.

S/n: Foi só o Mark.

Jungkook: O que esse idiota te fez?

S/n: Eu acabei de descobrir que o idiota tem uma caixa com revistas da PlayBoy em baixo da cama.

Jungkook: Nossa! Descessario.

S/n: Eu sei. É como se eu tivesse sendo traida.

Jungkook: Você é muito dramatica s/n.

S/n: Como é Jeon Jungkook?

Jungkook: Você é dramatica.

Comecei a encher o maior de tapas e a única coisa que ele sabia fazer era rir.

Para o meu azar, acabei tropeçando no meu próprio pé, quase ia batendo a cabeça se Jungkook não tivesse me segurado pela cintura.

Jungkook: Além de dramatica é desestrada.- cuchichou em meu ouvido

Eu olhava fixamente pro rosto do moreno a minha frente. Ele era tão lindo. Seu sorriso de coelhinho, sua pintinhas, sua boca levemente rosada.

Mark: Mas o que? Jungkook, solta minha namorada agora.

Jungkook soltou minha cintura de imediato. Mark veio na direção do moreno e quando ia depositar um soco em seu rosto, Jungkook segurou seu punho com a palma da mão.

Jungkook: Não se esqueça do favor que vou fazer a você.

S/n: Que favor?

Jungkook me olhou e saiu. Mark veio em minha direção e se sentou ao meu lado.

S/n: Que favor?

Mark: Confia em mim, você vai descobrir.

S/n: Não, eu não confio em você

Mark: Ah amor, pelo amor de Deus neh, eu tinha aquelas revistas muito antes de te namorar.

S/n: Ah, então as revistas tem um valor maior que eu? E o que importa se você tinha elas antes fe mim, poderia muito bem ter jogado elas fora assim que começamos a namorar.

Jinyoung: Nossa Mark, agora você não tem mais argumento.

Mark: Cala a boca Jinyoung. Vamos amor, isso é normal.

S/n: Normal? Se é normal vou chamar o Sehunnie pra gente ficar, isso parece normal pra você?

Mark: Não s/n, calma, isso ai já é exagero e...

xXx: Ei, o que vocês estão fazendo fora da sala de aula?

Vimos um dos monitores do colégio vir até nós.

Mark: Estavamos apenas resolvendo uns problemas e...

Monitor: Ótimo, podem resolve-los na sala da dirotora. As aulas já começaram a vocês ainda estão aqui.

Eu e os meninos fomos pra sala da diretora. Paramos em frente a porta e eu dei duas batidinhas na porta que em miseros segundos ouvi um entre.

Girei a maçaneta da porta e entrei juntamente dos outros meninos.

Diretora: Bom dia... Posso saber o que vocês estão fazendo aqui?

S/n: Desculpa diretora, mas não ouvimos o sinal tocar e acabamos de ficar conversando na quadra( eles estavam na quadra)

Diretora: Como não ouviram o sinal?

Mark: Estavamos discutindo.

Diretora: Ok, eu entendo que vocês devem ter perdido a hora, mas tudo bem, podem ir pras suas salas.

S/n: Obrigada.

Saimos da sala da diretora e fomos direto pra nossa. Entramos na sala e fomos o centro das atenções, mas quem se importa, pelo menos eu entrei na sala desde o primeiro horario.

Me sentei no meu lugar e prestei atenção na aula.

[...]

O sinal pra irmos embora tinha tocado, estava guardando minhas coisas na mochila assim que a professora deu o aviso.

Professora: Galera, quem vai amanhã no acampamento, coloque seu nome aqui na ficha pra confirmar.

Assim que guardei minhas coisas, me levantei e sai da sala sem ao menos esperar por Mark.

Fui embora da escola e não falei vom ninguem.

~~Na casa do Mark~~

Eu tenho uma cópia da chave da casa do Mark.

Entrei na casa dele e o mesmo não estava lá, provavelmente ainda deve estar na escola.

S/n off

Mark on

Eu não vi a s/n depois que a aula acabou. 

Poxa mano, ela não deveria ter achado aquilo... Quando vi ela com a caixa em mãos eu vi minha vida passar por diante de meus olhos, mas não aconteceu nada, ainda bem neh.

Mark: Eu vou embora, s/n deve estar lá em casa.

Bambam: Ok... Amanhã nos encontramos aqui pra ir pro acampamento?

Youngjae: E onde mais a gente se encontraria? O ônibus vai estar aqui, é obvio que vamos nos encontrar aqui.

Mark: Enfim, já vou em indo.

Sai da escola e fui pra casa

~~Em casa~~

Abri a porta de casa e senti um cheiro extremamente forte de queimado. Deixei minha mochila cair no chão e corri até minha area de lazer para saber o que estava acontecendo.

Cheguei lá e vi s/n perto do fogo.

Mark: Amor, o que é isso?

S/n: Suas revistas da PlayBoy.

Mark: O que?- arregalei os olhos- Você queimou minhas revistas?

S/n: Queimei mesmo.

Mark: Amor vem aqui.

S/n: Não.

Mark: Vem aqui- falei em um tom mais autoritário

A garota veio em passos lentos até mim. Quando estava chegando perto, a puxei pelo braço e a abracei.

Mark: Amor, não precisava disso, eu amo você, aquelas revistas eram apenas um passatempo meu antes de namorar contigo.

S/n: Jura?

Mark: Claro que sim.- lhe dei um selar.

S/n: Afinal de contas, porque estavamos brigando mesmo?- ela riu

Mark: Sapeca- sorri para ela- Vamos arrumar as coisas pro acampamento amanhã.

S/n: Mas amor, e o fogo?

Mark: Deixa ele termianar de queimar essas revistas- disse e ela sorriu

Mark off

Jungkook on

Se eu tô feliz? Demais, se eu tô triste? Também. O motivo? Por causa do Mark, se não fosse por ele, eu teria tido mais tempo com a minha s/n. Sabe, nada contra ele, mas foi demais ter tirado ela de mim.

Suga: O que foi Jungkook?

Jungkook: Nada, só pensando.

Jimin: No que?

Jungkook: Nada.

Tae: Tá pensando no quase beijo que ele de hoje na s/n e no quase murro que ele levou do Mark

Suga: Oi?

Jungkook: Tae, não era pra contar.

Jin: Se der treta com o Mark heim Jungkook, digo nada.

Jungkook: Não vai dar... Quem roubou a s/n de mim foi ele... S/n é minhas garota.

Suga: Sua teu nariz, Jungkook.

Jungkook: Credo hyung.

Jungkook off

S/n on

Arrumei minhas coisas e o Mark arrumou as dele. Coloquei apenas umas roupas, peças intimas, sabonete, escova de dentes, enfim... Tenho tudo isso e mais um pouco aqui na casa do Mark.

Peguei meu celular e fui olhar minhas mensagens e como sempre tinha uma mensagem do "G".

Mensagem on

G: Oi princesa.

S/n: Meu Deus,   você não cansa de me chamar não?

G: Porque eu não gostaria de chamar minha princesa.

S/n: Eu não sou sua princesa.

G: Então é minha BabyGirl.

S/n: Eu também não sou sua BabyGirl.

G: Cada dia que passa, você fica mais custosa heim princesa, o G oppa não gosta nada disso.

S/n: Teu nariz. Vem cá, porque ainda insiste em me chamar, mesmo sabendo que eu não dô a minima bola pra você?

G: Aii princesa, você não tem a minima ideia do que eu vou e o que eu quero fazer, por isso mesmo te chamo todos os dias.

S/n: Recomendo você parar. Sabe muito bem que eu posso falar as autoridades, não sabe?

G: Sei, e também sei que todos os seus amigos sabem minhas conversas com você.

S/n: Sinceramente, não foi minha intenção contar a eles.

G: Devia ter ficado de bico calado, princesa. Olha, tenho que resolver minhas coisas, beijos princesa.

Mensagem off

Pronto, ele descobriu, o que eu faço agora? Eu espero que nada de ruim aconteça.

Mark: Pensando?- falou parado na porta do banheiro

S/n: Sim.

Mark: No que?

S/n: É... Se eu coloquei tudo na mochila- inventei uma historia qualquer.

Mark: Hm, ok.- o mesmo disse e foi pro closet se trocar.

Em poucos minutos ele voltou e se deitou na cama, me puxando logo em seguida para deitar ao seu lado.

Mark: Amor.

S/n: Sim.

Mark: Me desculpa pelas revistas?

S/n: Claro. Aliás, foi exagero meu, eu não devia ter ficado brava com você.

Mark: Obrigado- ele disse e me deu um selinho- Ei, você sente saudades do seu irmão e dos outros?

S/n: Porque essa pergunta?

Mark: Curiosidade.

S/n: Bom, eu sinto, sinto muita falta de cada um deles.

Mark: E porque não volta pra eles?

S/n: Porque você disse que não era pra eu voltar.

Mark: Eu era um idiota. Não faça isso.

S/n: Sério?- falei o olhando.

Mark: Claro que sim, eles são sua família

S/n: Obrigada meu amor- falei subindo em seu colo e o abraçando.

Mark: Eu te amo.

S/n: Também.

Ele encostou seus lábios aos meus, iniciou um beijo calmo e cheio de amor. Quando a falta de ar se fez presente, nos separamos.

Continuei deitada em cima dele. O mais velho ficou fazendo um cafuné em mim e quando viu que eu estava prestes a dormir, puxou a coberta sobre nós dois.

S/n off

Jungkook on

A campainha havia tocado e contra a minha vontade eu fui abrir.

Abri a porta, revelando Hyuna que sem aviso prévio, me deu um abraço.

Hyuna: Aii Kookie, eu estava morta de saudades.

Jungkook: Mesmo?

Hyuna: Ai credo Jungkook, não estava com saudes de mim não?

Jungkook: É, mais ou menos.

Hyuna: Idiota.

Jungkook: Calma, tô brincando. O que veio fazer aqui?

Hyuna: Primeiramente queria perguntar se você vai amanhã pro acampamento e segundamente eu vim passar a tarde com você.

Jungkook: Respondendo sua primeira pergunta, sim, eu vou, e respondendo a segunda, ok.- disse e ela entrou.

[...]

Já era noite e eu havia passado a tarde toda com a Hyuna. Particurlamente, foi uma chatisse.

Se eu tivesse passado com minha pequena, seria a primeira maravilha do mundo.

Jungkook off

S/n off

Acordei meio desnortiada. Olhei pela janela e vi que estava escuro. Olhei pro lado e não vi Mark. Provavelmente deve ter saído.

Ouvi a porta ser aberta e Mark entrar pela mesma.

Mark: Que bom que acodou. Eu trouxe pizza.

S/n: Ebaaa, pizza- falei parecendo um criança.

Mark: Itii que bebezinha.

Desci juntamente de Mark e fui comer a pizza.

[...]

Eu e Mark tinhamos acado de arrumar a cozinha das coisas que haviamos sujado. Enquanto eu lavava ele guardava.

S/n: Pronto- falei me despriguiçando.- Eu vou embora agora.

Mark: Ah não amor, fica.

S/n: Amor, eu nem passei em casa hoje.

Mark: Dorme aqui, por favor- falou me abraçando por tras e passando a ponta dos lábios sobre meu pescoço me causando sertos arrepios.

S/n: Tá, tá, eu durmo.

Mark: Isso- ele me roubou um selinho.

S/n: Sapeca




Continua...








Notas Finais


Espero muito que tenham gostado. Demorei pra postar porque estava sem ideias, mas tá ai.

Desculpem os erros ou palavras sem sentido.

Beijos e fiquem com Deus amores💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...