História Imagine Jeon Jungkook - Bad boy - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias 4Minute, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Hyun A, Jungkook, Mark, Personagens Originais
Tags Bad Boy, Bangtan Boys, Bts, Dorama, Escolar, Hentai, Jeon Jungkook, Jeonkimminanalu, Jungkook, Nerd, Popular
Visualizações 474
Palavras 1.419
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CHEGUEI
Boa leitura ♥a♥

Capítulo 13 - XIII


Fanfic / Fanfiction Imagine Jeon Jungkook - Bad boy - Capítulo 13 - XIII

[Povo Jungkook]

Fui pegar as bebidas pra mim e pra S/n, de repente sinto alguém se aproximar e fechar meus olhos.

— adivinha quem é? — era uma voz muito parecida com a da minha menina.

— Hum....S/n?

— acertou! — a menina me vira e junta nossos lábios rapidamente.

Antes que o nosso ar acabasse faço por abrir os olhos mostrando outra garota,eu não havia beijado a minha menina,meu coração apertou no mesmo momento.Empurro a tal menina e vou à procura doa meninos, precisava saber se S/a tinha visto aquilo.

— Meninos — vou em direção dos mesmos que estavam bebendo. — Vocês viram a S/n?Pelo amor de Deus me falem que ela não saiu daqui..— falo me desesperando.

— Primeiro, se acalma.Segundo,  o que você fez Jeon Jungkook?Terceiro, eu não vi ela — Yoongi fala tomando a bebida de seu copo.

— Na verdade...eu vi ela saindo da casa à alguns minutos atrás — tae fala tomando sua bebida.

— Eu também vi, ela parecia estar com raiva. — Namjoon fala.

— Caralho, merda!O que eu fiz?! —falo me desesperando totalmente.

— é exatamente o que eu quero saber.—yoongi fala sarcástico — Vamos,fala logo o que você fez Jeon. — explico a situação pros mesmos enquanto me acalmava.

— Você tá bem fudido JK. — suga fala tomando mais um gole de sua bebida.

—Você tá me tranqüilizando muito viu! — coloco as mãos na cabeça puxando os fios em forma de frustração.

— Mals ae.

— Vai atrás dela cara — hobi fala colocando a mão em meu ombro em forma de consolo.

— S/a já deve está em casa,ela não vai abrir a porta pra mim...

— Cara, vai pra casa,descansa e pensa em como falar pra ela amanhã o que aconteceu.. — jin fala calmo.

— Você tem razão,espero que ela entenda,obrigado meninos. — me despeço dos mesmos.

Vou em direção a porta e acabo reparando na mesinha ao lado da mesma,lá avistei o anel que tinha dado a S/a mais cedo,pego o objeto e vou em direção a minha casa.

No meio do caminho começo a liga-la mas foi em vão.Quando cheguei em casa tentei mandar mensagens de texto mas nada dela responder.

E ali meu conciente já não falava por ele mesmo, começei a quebrar as coisas  do meu quarto para me acalmar mas era em vão, me agacho é começo a gritar pro nada e quando to vejo minhas lágrimas desciam desesperadamente, ninguém nunca mecheu comigo daquele jeito, não podia perder a minha garota que eu tanto amo.

Depois de me acalmar decido arrumar meu quarto quase destruído, acabo por ver que havia derrubado uma foto nossa, que nesse momento estava coberta por cacos de vidro da moldura, pego a mesma e à olho um pouco embaçada por causa das lágrimas que ainda insistiam em cair, acabo por sentar ao lado da cama me apoiando na mesma e fico olhando pra foto,  por quê o destino é tão cruel quanto quer?Minha menina deve está destruida e é por minha culpa, nunca irei me perdoar por isso.

(...)

[Pov S/n]

Acordo com a cara toda vermelha por causa do choro, vou até o banheiro e faço minhas higienes,ligo o choveiro quente e fico pensando na noite passada, juntamente com a água do banho caiam minhas lágrimas,meu coração estava despedaçado,desligo o choveiro e me enxugo com a toalha enrolando-a em meu corpo,separo um langerie preto e meu uniforme,visto-os.

 Desço as escadas,  ignoro meus pais que estavam na cozinha e vou em direção a escola.

Chegando lá vou direto pra sala,passando pra chegar lá acabo vendo Jungkook e seus amigos ,  todos olharam pra mim,ignorei os mesmos e entrei na sala.

Sentei em uma das cadeiras da frente e esperei de cabeça baixa o professor chegar, quando o mesmo chega, Jungkook e os meninos entram na sala, acabo então olhando pros mesmos.

Percebo que o rosto de Jungkook também estava vermelho, uma parte de mim ficou preucupada com o mesmo mas a outra que dominou se deu de ombros.

Continuei a olhar para o quadro onde o professor estava dando aula mas não estava conseguindo prestar atenção pois estava muito abalada com o que tinha acontecido.
(...)

A aula estava entediante, por um momento sinto meu estômago virar e uma ânsia se fez presente, rapidamente saio da sala e vou em direção ao banheiro. 

Saio praticamente correndo,entro em uma cabine vazia e ponho tudo pra fora,  dou descarga ,  lavo minha boca e fico olhando-me no espelho.

— Será? — falo pra mim mesma.

[Pov Jungkook]

Eu ficava olhando pra S/n a aula toda,quando de repente ela sai correndo da sala com a mão na boca.Eu e os meninos olhamos entre sí preocupados.O que será que está acontecendo com a minha menina?

[Pov S/n]

Fraca,fragil,isso é que eu estava me sentindo,andava sem forças,não havia comido nada no café da manhã.

Todos tiram a atenção pra mim quando entro na sala.

— Posso saber por que a senhorita saiu da sala sem autorização? — o professor fala.

— Eu passei mal, me desculpe professor.

— Tudo bem, que isso não se repita, hum? — concordo com a cabeça — Você está bem? — Concordo novamente.

Depois a aula segue normalmente.

(...)

O sinal toca para o intervalo, todos estavam saindo da sala, vou em direção a porta mas sinto alguém me segurar e me puxar pra trás pelo pulso.

— Podemos conversar? — não havia mais ninguém na sala, apenas eu e o jungkook.

— eu e você não temos nada pra conversar agora me deixa ir embora! — tento me desprender mas foi em vão.

— S/n deixa eu te explicar o que aconteceu aquela noite por favor!

— Você não precisa me explicar nada,eu vi você beijando aquela menina,aquilo já prova tudo! — meus olhos lacrimejavam de uma forma que uma piscada faria uma cachoeira.

— Me dá 3 minutos pra eu te explicar o que aconteceu por favor S/n. — o maior fala tristonho.

— 3 minutos apenas. — ele explica tudo o que aconteceu pra mim. — como quer eu acredite nisso?

— S/n eu tô falando a verdade!Por favor me perdoa,não queria ter beijado ela.Eu não consigo viver sem você pequena! — seus olhos estavam marejados e seu rosto estava com a coloração avermelhada.

— Eu não sei Jungkook — coloco uma mecha do meu cabelo pra trás — Você me magou muito e...

Sinto uma tontura enorme e me apoio na mesa que estava do lado e Jungkook acaba por segurar meu braço mas foi em vão, minhas pernas ficaram banbas e a tontura aumenta, em um piscar de olhos apago totalmente,  desmaiando.

(...)

Acordo na infermaria,estava levando soro, Jungkook estava conversando com a enfermeira, eles notam que  acordei e se aproximam.

— S/n você tá melhor? — ele fala preucupado.

— O que aconteceu? — falo coçando a cabeça — e porquê eu tô com esse soro?

— Você estava muito fraca S/n,teve que tomar soro,a senhorita tem que cuidar melhor da sua alimentação..— a enfermeira fala.

— Eu passei mau hoje mais cedo,deve ser por isso da fraqueza..-falo ainda meio sonolenta.

— você comeu algo estragado?

— Não sei,eu já posso voltar a aula?

— Você vai ficar aqui pra enfermeira fazer alguns exames,nada de aula..

— tá — me deito emburrada na maca onde estava, já jungkook volta pra sala de aula.

— então S/n,a quanto tempo você está passando mau? - fala anotando algo na prancheta.

— acho que à três,quatro dias.Estou tendo umas tonturas e nesses últimos dias vomitei , acho que deve ser alguma virose..

— pode ser — ela olha novamente pro papel — ou talvez — suspira — você esteja grávida.. — quando ela falou isso fiquei desesperada

— Não,  eu não posso tá grávida,eu não tô preparada pra isso,Não! — começo a chorar.

— Se acalme,você ainda nem sabe se tá gravida.— deixa a prancheta de lado e senta do meu lado — Faz o seguinte,vai em uma farmácia,compra um teste de gravidez e vê se você tá grávida ou não,dependendo do resultado você vai ao médico.

— Está bem, então eu vou indo .— a enfermeira retira o soro.

Saio da escola e vou à uma farmácia perto da mesma comprar o  bendito teste de gravidez,pego o mesmo e vou pra fila do caixa,pago ao atendente e vou em direção a minha casa.

Chegando lá vou direto pro banheiro,ninguém estava em casa , me deixando um pouco mais tranquila.

— Vamos ver o que vai dar... — faço os devidos procedimentos necessários e espero o resultado sair, enquanto o teste ficava no banheiro, eu andava no quarto de um lado ao outro, agoniada.

Meu despertador toca, o teste já estava pronto, vou até a porta do banheiro e respiro fundo, dou mais um passo e pego, de olhos fechados,  o teste.

Quando abro os olhos vejo que o resultado deu...









— Positivo?!



Notas Finais


Eicha
Nova grávida do momento ~ risos
Falo nada
Tá quase acabando a fic :'s
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...