História Imagine jungkook (híbrido) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Híbrido, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Sobrenatural, Suga, Taehyung
Visualizações 192
Palavras 988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ayo desculpe se demorei pra postar novo cap
Espero que gostem
Desculpe qualquer erro
Boa leitura

Capítulo 6 - Poxa tae!


Fanfic / Fanfiction Imagine jungkook (híbrido) - Capítulo 6 - Poxa tae!

Acordo com uma peso em meus braços logo olho para os mesmos dando visão de kook dormindo, estranhei pos eu havia capotado de sono mas não lembro de está com alguem muito menos com ele, eu estava pensando em sair mas eu não queria acorda-lo vai que ele é frágil? Apenas um movimento e ele já acorda, ele parece estar num sono tão bom e profundo, aish s/n vc precisa levantar para de ser frouxa e levanta da cama, quando ia levantar o mesmo se mexe logo se aconchegando mais em meus braços, colabora comigo kook vamos ser coperativos 

Quando eu mais tentava sair tudo era em vão, até que desisto suspirando frustrada logo olhando pro kook ele era muito fofo, seus lábios semi abertos mostrando seu dentes de coelhos, o modo como ele encolhia parecendo um bebe dormindo , suas orelhas baixas se mechia constantemente até que resolvo acariciar elas delicadamente até elas pararem de se mexer, e ele logo se virando pra outro lado deixando meus braços livres, logo saiu de lá devagar para não acorda-lo fechando a porta e dando graças a deus por finalmente sentir seu braço que daquele jeito já tava ficando dormente

Logo desço pra fazer algo pra comer pos estava com uma baita fome, logo que término de fazer alguma coisa para eu comer meu celular começa a tocar mas resolvo ignorar mas ele continua tocando e tocando reviro os olhos e resolvo atender, quando pego o celular vejo que é o número do jimin rapidamente atendo com esperanças de ouvir a voz do meu precioso gnomo mas posso ouvir alguem chorando no fundo 

- jimin está tudo bem com vc?

Jm - s/n...

- jimin o que está havendo?

Jm - me perdoe..

- jimin? Jimin? Me responde jimin

Ele havia desligado eu jogo meu celular no sofá logo passando a mão pelo meus cabelos, jimin era como meu irmão meu precioso irmão eu o amava como um, saber que alguém pode está o machucando fazia meu sangue ferver, logo sinto dois braços em minha cintura me puxando pra um abraço, aquilo me acalmava mas não completamente eu estava completamente preocupada com o jimin, kook parece perceber isso tentar me acalmar de todas as formas ele me solta ao saber que nenhuma funcionava

Jk - o que a s/n tem? - falava ele preocupado 

- angústia muita angústia kook

Jk - kook não gosta de ver s/n assim 

Eu me sento no sofá suspirando fundo, logo kook se senta ao meu lado ficamos em silêncio por algumas longas horas até kook pegar minha cabeça a encostando em seu colo logo acariciando meus cabelos, fico sem saber mas ele começa a cantar logo fecho os olhos aproveitando o doce som daquela voz por incrível que pareça aquela voz era tudo que precisava ouvir agora, yoongi jimin tantos problemas girando em volta em apenas uma coisa eu, jimin havia saído da gangue do yoongi por mim mesmo sabendo que Yoongi é mais perigoso do que aparenta, tanto que foi capaz de botar fogo na casa de jimin com os pais juntos, tenho medo do que yoongi é capaz de fazer com o jimin

Todos que sairam da gangue de yoongi sofreram consequências desagradáveis, se eu perder o jimin eu não sei o que seria capaz de fazer mas uma coisa era certa eu iria fazer yoongi sofrer o tanto que ele faz os outros sofrerem, fazer o pobre príncipe se engasgar com o próprio veneno, sou interrompida com kook falando 

Jk - dormiu?

- não não - falo abrindo meus olhos - estava apenas pensando, vc tem uma ótima voz

Falo o olhando sorrindo o mesmo cora e eu me levanto logo olhando a tv, vários programas e nada de interessante era sempre a mesma coisa kook parecia incomodado com algo até que ele me olha logo falando 

Jk - eu queria lhe perguntar se v- antes de ele termina a frase alguem toca a campainha 

Jungkook on

Quando ia terminar de perguntar se a s/n queria ser minha noona alguém toca a campanhia, eu logo abaixo minhas orelhas suspirando logo quando eu tinha tomado coragem pra finalmente perguntar isso tudo desmorona, logo s/n vai abrir a porta logo dando de cara com tae logo o encaro com um olhar mortal, ele que teve a idéia e ainda me atrapalhar

Th - vim buscar o kook

- eu não vou ir! Irei ficar com minha futur- sou interrompido novamente 

Th - então eu fico também 

Interrompido pela segunda vez, pela mesma pessoa que ótimo logo eu fecho a cara s/n e tae ficam conversando e rindo, e eu apenas queria falar uma simples pergunta mas não dá porque o senhor tae fica trapalhando, eu apenas queria ao lado dela mas não sei porque um ser tem que atrapalhar tudo, logo s/n convida tae para comer juntamente com ela e eu e ele obviamente aceita, então s/n me chama para ajudar ela a chance perfeita está bem na minha frente, aproveite kook vamos lá 

 - s/n o que eu queria lhe dizer - interrompido novamente 

Th - eu também quero ajudar

S/n - claro vem tae 

Esse taehyung tá brincando comigo já é a terceira vez, assim eu nunca vou conseguir pedir pra s/n ser minha noona, eu apenas suspiro e começo a ajudar eles em silêncio enquanto ambos conversavam, aquilo me incomodava mas eu não deixava transparecer, logo terminamos e começamos a comer e tae e s/n apenas conversavam até que eu sem paciência termino a comida e saiu de lá logo s/n vem até mim 

S/n - porque saiu daquele jeito kook? A algo que queira me falar?

- sim tem eu queria lhe perguntar se

Logo tae chega e eu já estressado suspiro e fomos embora mas antes ouço s/n gritar

S/n - me fala o que vc queria depois kook, tchau!

Logo viro pra mesma sorrindo depois me virando para frente logo fechando a cara, ah taehyung depois de hoje vc não passa seu coincidere um gato morto!.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...