História IMAGINE JUSTIN BEBER- O meu novo professor - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, Nina Dobrev
Personagens Justin Bieber, Nina Dobrev
Visualizações 102
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdoem erros e obrigado por ter acompanhado

Capítulo 25 - Cap. 25- Adeus justin


Nova York, Estados Unidos.

P. O. V nina.

Já estávamos todo na escola e justin já iria partir da li mesmo, informou a todos e se despediu de um por um... Quando ele ia entrando no carro eu fui atrás.

- A sua aluna predileta, como não se despede?

- Você não é minha aluna predileta mas eu ia me despedir calma- ele sorriu e naquele momento me encantei...

- Como não, tá achando que ter uma das melhores notas da sala com um professor que te odeia e fácil? 

- Deve ser quando o professor aumenta suas notas em segredo- ele disse sussurrando pra fazer segredo.

- Eu não acredito- gargalhei e em seguida saiu de mim um sorriso que ele retribuiu.

- Essas mini férias engordou você mesmo né dona nina... - Ele passou a mão em  minhaa barriga.

- Com um professor que me dá hambúrguer do mc Donald ainda... não tem nem como não engordar né.

- Sim nina...- ele riu- Quer saber? 

-O que ?

- Entra nesse carro, vamos agora no mc Donald antes que eu pegue meu voo

- Eu não negaria jamais- entrei animada.

(...)

Justin me parecia uma pessoa com dinheiro pois não tinha pena de gastar, comprou os melhores hambúrguers e refrescos pra nós é ainda me levou em lojas pra me comprar presentes eu não neguei ele dizia que " me devia" Eu não podia olhar pra algo que ele comprava. Mas pra quem tem carros e comprou a melhor casa de uma rua ele provavelmente ganhou uma herança.

(...) 

Ele havia me deixado na porta de casa cheia de bolsas.

- Então é isso...- ele disse encostado na porta do carro.

- Sim isso...

- Obrigado É perdão por tudo nina...aquela casa e sua-  apontou pra casa que era dele aqui e não entendi.

- O que?- ele me roubou um beijo e entrou no carro.

2 dias depois...

P. O. V Justin 

Eu já estava em Los Angeles e mesmo que achasse que não iria superar a parada com nina foi tranquilo, meus empregados fizeram uma festa em uma cobertura minha e me animaram bastante... Eu senti uma gratidão por ter aquelas pessoas assim exeto hanna que castiguei mesmo com o pedido de nina... nova York ficou em nova York em Los Angeles eu vou ser sempre o mesmo e velho justin de sempre, por que sempre vai ser só assim que as coisas funcionam

P. O. V nina.

Era manhã e eu tomava café no meu quarto  até que recebi uma mensagem inusitada.

Clínica de aborto: Filha, eu sou a moça que atendeu você... Eu preciso me desculpa e peço que respire fundo 10 vezes... te ver orando naquele dia me fez lembrar do quanto me arrependi com meu aborto.

Flashback on

- Pai, pelo amor tenha piedade da minha alma e me ilumina, me dá uma boa decisão a tomar e se for de ser me tira daqui nesse instante.

- Filha está tudo bem? - uma senhorinha de cabelo grisalho me perguntou.

- Sim senhora.

Flashback off.

Clínica de aborto: Eu não desejo tal arrependimento a ninguém, então uso um método que fez cerca de 20 ou mais crianças existirem hoje, eu mando mensagem pra que a mãe compareça uma semana depois e conto que seu filho ainda está no ventre... mas como você é jovem decidi esperar um mês por que sei que o arrependimento iria demorar... por isso disse que era normal a menstruação não vir e enjoos as vezes para que você tivesse tempo de digerir tudo.

Flashback on

- Filha é normal você passar mal e não menstruar ok? Não estranhe se não vier esse mês ou se você sentir enjoos constantes e desmaiar as vezes.

Flashback off

Clínica de aborto: Mas eu já estou tão velhinha que me esqueci... trabalho em uma equipe de poucas pessoas e só hoje me mostraram seu relatório corri para mandar mensagem, um aborto nessa altura e arriscado mas se realmente estar no seu coração, vem que vou ser o mais cuidadosa possível mas se todas as noites pensou no seu anjinho e não deixou o arrependimento de lado nem por um minuto, mantenha ele no seu ventre. Parabéns pela bênção de ter um bebê e ele está aí nesse momento provavelmente prestes a começar a se mecher. Não se pergunte como nem por que apenas aproveite esse momento... se nao quiser sua criança, doe pra alguém que queira não é errado, tenho alguns números e posso passar. Bom dia, passar bem.

Naquele momento eu realmente senti um chutezinho e havia sentido a um tempo mas como ia imaginar? Desmaiei sozinha na cama com o susto ou felicidade não sabia decifrar.


End.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...