História Imagine Kanato Sakamaki - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Visualizações 40
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom como já estou terminando o imagine do Shu , resolvi fazer um do Kanato.

Bom espero que gostem queridos leitores>S3

C/d/c= cor do seu cabelo.

Capítulo 1 - Como te conheci



1 ano e 5 meses atrás


P.O.V's Kanato Sakamaki


 Bom , eu nunca fui de me importar com os humanos mas apenas uma me chamo atenção, mexeu com meu conciente, seus olhos brilhavam como uma jóia rara, sua beleza natural e ao mesmo tempo deslumbrante, foi a única que se destacou em meio a multidão a sua volta.

 Seu rosto angelical como de uma menina meiga e fofa, sempre a observei de longe, tinha uma família perfeita, atenção tanto da sua mãe como do seu pai, com vários amigos a sua volta.
      

 A mesma aparentava ser tímida e indefesa, passou-se um ano e eu continuava a observa-la , até que um dia vejo a na mesma universidade que eu estudo , me preocupei pelo simples fato de que meus irmãos com certeza iria pertuba-la e seu cheiro era tão bom me perguntava se seu sangue também.
    

 Sem contar da sua doce inocência que me agradava ainda mas que sua beleza única e especial do jeitinho que era,  iria protege-la a qualquer custo e conquista-la , ainda me pergunto


" como consegue ver bondade em tudo? "

" Ter um sorriso tão lindo  ? "

"Ser tão fofa ? "



P.O.V's S/n


    Já faz uma semana que sinto ser observada , isso me deixa desconfortável, não tou muito animada pra prova de amanhã, mas tenho que me esforçar .


         Sentada no banco do parque, com um livro na mão, minhas pernas cruzadas, estava usando um vestido lilás meio rodado, só ouvia o barulho de Crianças correndo de um lado para outro, os pais que faziam somente olhar de vez em quando seus filhos.


       Sempre gostei de crianças, quando minha mãe disse que estava grávida de novo, dei pulinhos de alegria, meu irmão mais velho é insuportáveis ainda mas quando junta com sua Namorada, pra min ela não passa de uma cascavel, e por ironia do destino terei um irmãozinho.


       Agora voltando ao que interessa, vou me concentrar no livro, esculto ser chamada, uma voz familiar de mais , rolo meus olhos em direção a de onde vinha o som , era minha amiga , na verdade minha BFF.



(S/a)_ Eii S/n-chan , você não vai acreditar no que tenho pra te contar - fala me sacudindo de leve, mas foi o suficiente pra me deixar um pouco tonta.


(S/n)_ Humm , prosiga- apoio meus braços sobre minha perna assim mostrando interesse.


      Ficamos batendo papo até altas horas, cheguei em casa e recebir um sermão de meus pais , só pra completar meu irmão fico me pirasando, me pergunto se esse menino só cresceu no quesito tamanho.

[....]


3 meses depois

     Cheguei em casa morta de cansada, joguei minha bolsa em um canto qualquer da sala, minha salvação era que já fazia exatamente três meses que estou morando sozinha, só assim pra ter um pouco mais de liberdade.
   

 O ponteiro do relógio marcava 02:45 da manhã , fico fitando o relógio ainda sem acreditar, desde quando eu costumo a chegar tão tarde em casa!? , Sou interrompida de meus pensamentos ao receber uma notificação no meu celular.


- Ei S/n-chan queria saber se amanhã poderíamos nos encontrar na cafeteria!?
                                                               00:00


- Humm, S/n????
                    00:02


- Aishi ,responde
                00:03
   


       Era meu amigo, mas isso era horas pra se mandar mensagem pros outros!?, Peguei uma fatia da lasanha de mais cedo e comi, já enfrente a minha cama , fico folheando minhas anotações, amanhã seria uma dia bem agitado, mas a final como não poderia ser, já que pela manhã estudo na universidade,  a tarde coloco as coisas em ordem e a noite trabalho, não poderia ser diferente.


[.....]

     Acorde pela manhã feliz da vida afinal hoje não teria nem que ir a universidade muito menos trabalhar , se eu conhecê o ser humano que enventou as férias iria agradeçe-lo  pessoalmente.

Me espreguisei, meus olhos passeavam sobre o quarto, passei meus dedos sobre meu cabelo, estava meio que empolga e ainda assim o cansaço não se passava despercebido.


    Me levanto e vou em direção ao banheiro, me despir , assim logo após sentido o  contato da água fria que vinha do chuveiro em minha pele esposta,   Já em dentro do meu closet fico escolhendo uma peça de roupa adequada, hoje teria uma pequena

 reunião em família, já sabia do que se tratava afinal a única novidade que ronda nossa família e a gravidez de minha mãe.

     Ao chegar a residência bati na porta que logo foi aberta revelando minha mãe, dava pra notar um doce sorriso em seus lábios, ela deixou um espaço pra min passar.




(S/i)_ Eii S/n-chan, já sabe do que se trata o assunto !? .



(S/n)_ É sobre o nascimento do nosso irmãozinho né! - nega- oxxe é o que então!?


(S/p)_ É pra saber quando você vai arrumar um namorado, ou seja desencalhar.



(S/m)_ Querido - minha mãe o repreende- não liguei pro seu pai não filha.



Thainne_ Essa daí não vai desencalhar tão cedo.



(S/n)_ Ninguém te perguntou Serpente, se era só isso thau pra vocês , tenho mas o que fazer do que ouvir disaforo de uma mocreia mal amada.



(S/i)_ olha a língua pirralha.



(S/n)_ vá catar coquinho, até mas mami passar bem - Abro a porta e saio.





P.O.V's Kanato Sakamaki


     E lá estava eu mas uma vez observando-a de longe , seu semblante era de raiva, mas o que essa menina tem?, Até chateada e fofa, aos poucos começa a chuva , me aproximo dela e abro o guarda chuva .



P.O.V's S/n


         A chuva caia sobre meus cabelos, o frio começava a ser presente no meu corpo, maldita hora que fui vestir um vestido amarelo rodado que é um pouco curto, pensava em um milhão de xingamentos pra soltar pra quela sirigaita.

         Até que notei que as gotas de água já não me molhavam mas, virei-me dando de cara com um rapaz com cabelos roxos , olhos lilás gelei na hora , meu corpo já não conrespondia meus comandos, senti um frio na barriga, como se tivesse mil borboletas presentes, seu olhar me encantava, por mas que tentasse não conseguia para de admira-lo.

       Como um simples olhar de um rapaz desconhecido mexeu tanto comigo, não conseguia pronunciar uma palavra se quer, o que aconteceu a minutos atrás não me encomodava, seus lábios foram se aproximando de min e assim iniciando um doce beijo.




Agora





      Sentia meu corpo sendo sacudindo, meus sentidos voltando ao normal, a imagem da minha amiga se forma , consigo ouvir a várias pessoas conversando, só aí notei que tava de novo no meu mundinho particular, relembrando acontecimentos que mexem comigo.


(S/a)_ S/n Sakurai Miyamoto , tá prestando atenção!?



(S/n)_ Sobre o que mesmo!?- ela revira os olhos.



(S/a)_ Sobre o Guilherme que sumiu desde sema passada não o vejo, está tudo muito estranho tô quase acreditando no que a Cammili fala.


(S/n)_ Aish S/a tu acredita mesmo naquele filha de um égua!?



(S/a)_ Talvez, olha lá vem seu namoradinho- ela aponta em sua direção.


       Foco meu olhar sobre o seu e novamente sinto borboletas presentes em meu ventre, raios esse menino mexe tanto comigo , suas Íris lilás brilhavam mas do que nunca, aparentava tá mas feliz do que nunca.

       S/a ria disfarçadamente, só aí notei que tava parecendo uma besta que nem notei que o mesmo já se encontrava em minha frente, me fitando com suas Íris violetas.

       Aquele seu olhar me levava aficar tipo sem reação, mas o mesmo sorri e retribuo o beijando.

        Nunca pensei que iria me tornar namorada de Kanato, mas a vida é cheia de surpresas e essa foi uma das melhores, a primeira foi a notícia que vou ter um irmãozinho.

      O que me deixa mas ansiosa é pelo dia de amanhã .





Continuo??


Notas Finais


Tchauzinho>S3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...