1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine: Kim Seokjin- Namorado perfeito. >
  3. O procurado!

História Imagine: Kim Seokjin- Namorado perfeito. - Capítulo 65


Escrita por:


Capítulo 65 - O procurado!


Fanfic / Fanfiction Imagine: Kim Seokjin- Namorado perfeito. - Capítulo 65 - O procurado!

Estavamos aflitas, tipo há todo momento ficamos conversando através de sussurros. Essa situação até que estava engraçada, Kayla ao perceber nossa "missão" soltou uma risadinha. Menos mal, pelo menos estávamos nos divertindo...É "estavamos" nos divertindo até o Jungkook aparecer. Que droga.

Jungkook- O que vocês estão fazendo por aí?  - pergunta meio curioso. 

S/n- Queremos saber a onde o tal Jini mora.  

Jungkook- Ah.  - sem animação. 

S/n- Você bem que poderia ajudar a gente... né?  - pergunto. Despois pensei e olhei para a kayla. Ela me olhou franzindo a sobrancelha. 

Jungkook- Tá eu ajudo.  - diz.  - Vocês ja procuraram por onde??

S/n- Já procuramos perto da casa da kayla, da sorveteria e nada. 

Jungkook- Será que ele mora aqui, nesse bairro?

S/n- Eu não sei. E que nas duas vezes que vimos ele, foi tudo perto da casa da kayla. 

Nossa caminhada pela busca do Jini até então era silenciosa, tentei quebrar o silêncio porém Jungkook foi mais rápido. 

Jungkook- Não precisamos ficar calados. Isso assusta.  - diz sorrindo. 

S/n- Olha que engraçado, eu ia dizer a mesma coisa.   - digo. 

Kayla- É né.  - diz kayla sem muita animação.

S/n- Eu sei que essa pergunta pode ser chata e não muito bom pra vocês dois, mas o Mingau ficaria feliz se visse vocês felizes e então por que os dois não pedem desculpas um para o outro??

Agora eu quero ver.

Jungkook parou de andar 

Kayla parou de andar...

Jungkook- E-eu... - fiquei apenas observando.  - Eu sei que fui um egoísta, muito egoísta. Você é uma menina legal, além de... de... bonita. Desculpa por descontar minhas frustações em você. Do nada minha, minha ex-amiga aparece depois de tantos anos, eu amava muito ela. Perdidamente apaixonado por ela, e eu percebi que eu era um idiota... porque ela não gostava de mim. E aquilo doeu muito. E deixei de toda aquela dor me consumir e nem isso ela merecia. S/n uma vez me contou que uma garota tinha no celular dela umas mil fotos minha, eu naquele dia fiquei foi com medo... sei lá, vai que ela queria me matar e estava planejando. Só que ela me seguia nas redes socias, todo santo dia ela via minhas fotos. Curtia. Comentava. Compartilhava. E maioria daquelas fotos eram sempre com os meus amigos. Ela admirava todos. Até mesmo a s/n. E a irmã maluca dela. Ela tinha 19 anos, e morreu com caso grave de pneumonia.  - Estava descendo umas lágrimas pelas suas bochechas.   - Eu fui tão besta. Não queria me apaixonar por ninguém. Ela era uma amiga que eu nunca tive possibilidade de conhecer.  Ela não queria me pegar ou alguma coisa do tipo, ela queria ser minha amiga e eu não deixei... 

S/n- Isso não é culpa sua. 

Jungkook- Fiz tudo isso porque achava que todas eram iguais. 

Kayla- E-eu nem sei o que dizer...  - Ela me olha e diz.   - Eu me sentia um pouco sozinha, as únicas pessoas que me faziam companhia era minha avó e o meu tio. Minha infância foi divertida, mas mesmo assim eu sentia um vazio... e esse vazio era para ter sindo preenchido pelos amor dos meus pais. Eu tenho tanto medo de perder minha avó, que deixei de fazer muitas coisas pra estar perto dela. Nunca fui a uma festa. Eu não saio por aí com os amigos, porque eu não tenho amigos. Sempre me acharam estranha por não tanto de casa, sempre me convidavam... e eu sempre dizia que não. Por mais que minha vó diga que devo aproveitar a vida, eu não quero fazer isso sem ela. Ela praticamente trocou minhas fraudas, me viu dar os primeiros passos, eu me apeguei muito à ela. E não quero perde-la também. Eu não costumo falar da minha para as pessoas, porque se eu contar... elas vão sentir pena de mim. E... e realmente você jung-kook foi um idiota, mas suas qualidades são maiores que seus erros. 

Ela consegui!

Ela disse Jungkook! Ela disse Jungkook! 

Jungkook- Você, você disse meu nome...  - diz surpreso.

Kayla- Eu?  - acho que por conta da emoção ela nem percebeu. E ela sorri com a situação. - Eu não acredito que eu consegui falar seu nome! 

S/n- Nem eu.   

Jungkook- De verdade, me desculpa por todo.

Kayla- Está tudo bem.    - eu achei que Jungkook a abraçaria, mas não. Ela quem deu o abraço pelo que deu pra perceber, o abraço parecia ser muito bom porque ambos não queriam se soltar. 

E...

S/n- Gente... 

Kayla- Foco né, a missão. 

Jungkook- Missão.  

S/n- Tá.    - deixei um sorriso escapar. 

Kayla- O que foi? 

S/n- Nada. 

Até que enfim eles se resolveram, agora nós paravamos de rir. Pensei até que fosse um sonho, porque durante o pedido de desculpas kayla conseguiu falar o nome do kook direitinho. 


[...]

Jungkook- Gente quem é aquele?  - pergunta apontando para um ser que andava pela rua.

Kayla- Não é o Jin seu namorado s/n? 

S/n- Que? Mais o que ele está fazendo aqui? 

Jungkook- Sei lá. 

Kayla- Ele está vindo. 

No. 

Jin- O que vocês estão fazendo?  - diz sem paciência.  - EU procurei VOCÊ S/N por todo lugar!  

S/n- Estamos tentando procurar o Jini.  - digo.

Jin- Por que não disse que ia sair?  - diz franzindo a sobrancelha.  - Eu quase discute com uma senhora, porque a mesma achava que eu estava brincando com a cara dela. Um homem da fruteira quase me bateu. E a sua mãe quase me mata sem saber. E o jimim e sua irmã comeram todo o Kimchi que eu fiz. Hoseok estava rindo feito louco. Tae não queria mais sair do banheiro. E o Jungkook? Bom, ele disse que ia comprar umas verduras e nunca mais voltou...! 

Eu estava seria... mas por dentro eu estava morrendo de rir. 

Jungkook- Desculpa mamãe! 

Kayla- Ah, olha eu só estou ajudando eles. 

Jin- Você também kayla. 

Kayla- Eu o que? 

Jin- Eu fui na sua casa, achando que s/n estaria lá. E quem atende a porta e sua avó. Ela não parecia muito feliz, achou que eu queria te sequestrar! 

S/n- E o que você fez para que ela pensasse que você iria sequestrar a neta dela? 

Jin- Eu só disse... eu disse...- ele coça a cabeça, aquela cena até que era fofa. - Eu disse em coreano, porque achei que quem abriria a porta era você... 

Jungkook- Você bem que poderia ter levado uns tapas da avó da kayla. 

Kayla- Minha vó é coisa de outro mundo. Muito forte. Um menino foi levado pro hospital depois que me chamou de gata. 

Jungkook- Isso é sério? 

Kayla- Não. Mas o menino foi pro hostipal. 

Jin- Vejo que vocês já se resolveram. Ficaram até bonitos assim, fazendo piada. 

S/n- Jin a cada dia que passa me surpreendo mais com você. 

Jin- Eu preciso não me estressar. 

S/n- E você não vai. 

Jin- O que está querendo dizer?

S/n- que você não vai se estressar mais, porque amanhã nos vamos para a Coréia do Sul. 

Jin- Que? Quem de disse isso? 

S/n- Minha mãe. Ela tem voltar. 

Jin- Entendi. O Park Bom vai junto né?

S/n- É claro. 

Kayla- então quem banca tudo é o Park Bom?

S/n- Sim. Mais não é só por isso que você não vai mais se estressar... 

Quem entendeu, entendeu...

Jin- Ah.  - diz mostrando o sorriso mais lindo. 

Jungkook- Tô achando que nós dois estavamos sobrando aqui. 

Kayla- Eu concordo. 

Jin- E o jini? 

S/n- Eu não sei. 

Kayla- Desculpa ser pessimista...mas já está ficando tarde, e acho que ele não vai aparecer. E vocês tem arrumar as malas de vocês. 

Do nada, o clima ficou tenso. 

Jin- É. 

Jungkook- Bem que a gente poderia fazer alguma coisa, sei lá... 

Kayla- S/n está me devendo. 

Jin- Que tal uma comida Brasileira e Coreana na casa da senhora Stella feita por mim é claro. 

Kayla- Por mim tudo bem. 












               " Missão fracassada" 



Notas Finais


Estou achava minha história sem graça.
O que vocês acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...