História Imagine Kim TaeHyung - Barriga De Aluguel - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Imagine Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Taehyung, Suga, Tae, Taetae
Visualizações 785
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem os erros e pela demora kkk sou preguiçosa e as vezes não dá tempo

Capítulo 8 - Oque dizer?


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim TaeHyung - Barriga De Aluguel - Capítulo 8 - Oque dizer?

OQUE DIZER?




NO DIA SEGUINTE

Acordei fiz minha higiene pessoal e logo depois tomei meu café, fiquei um tempo assistindo filmes e séries na TV, pensando na minha resposta pro Hobi, até que fui tirada de meus pensamentos pelo barulho do meu celular tocando.

Peguei meu celular e logo atendi.

- Alô?!

Tae- Oi S/n! É o Taehyung, vamos tomar um café juntos pra conversarmos um pouco? Acho que seria bom.

- Pode ser, se a gente não demorar muito, eu tenho um compromisso hoje.

Tae- É apenas para bebermos juntos e conversamos.

- Tudo bem. Você vai vir aqui agora?

Tae- Bem... De Você quiser ir agora mesmo, eu irei pra sua casa te buscar.

- É eu acho que você pode vir me buscar. Vou me trocar rápido então!

Tae- Tudo bem. Nos vemos daqui a pouco. Tchau!

- Tchau! - desliguei e assim que desliguei o celular pude ouvir alguém bater na porta então fui até a mesma e abri-la.

Taehyung- Me desculpe chegar sem avisar! - sorriu quadrado - Bem, eu meio que já tinha preparado te chamar pra sair.

- Mas você é um homem bem estranho Kim Taehyung! - ri encarando o homem que riu comigo.

Taehyung- Eu sei disso... Posso entrar e te esperar aí dentro? - perguntou e eu assenti dando passagem pra ele entrar na minha casa é assim que ele entrou, eu fechei a porta e acompanhei-o até à sala onde o Taehyung se sentou no sofá.

- Vou me trocar então me espera aqui! - disse e assim que iria sair o Taehyung segurou meu pulso me fazendo olhar para seu rosto com uma expressão confusa.

Taehyung- Acho que você já está bonita com essa roupa. - sorriu de lado e eu corei com seu comentário - Podemos sair assim mesmo, você está linda.

Eu não conseguia dizer nada por estar com muita vergonha, então apenas assenti com a cabeça.

Taehyung- Então vamos! - se levantou do sofá segurando minha mão e então eu e o Taehyung saímos da minha casa r eu fechei a porta da mesma depois que peguei minha bolsa.

Eu e o Taehyung fomos pra uma cafeteira ali perto da minha rua, e ficamos em uma mesa de casal. Fizemos nossos pedidos e ficamos esperando os mesmos chegarem.

- Sobre o que você queria conversar comigo?! - perguntei olhando pro Taehyung que deu um sorriso de lado do nada.

Taehyung- Não sei se estou forçando muito as coisas, mas nós já somos amigos, não é?

- Sim, somos.

Taehyung- Então você pode parar de me tratar com tanta formalidade. - sorriu forçado - Eu sei que sou mais velho que você e que você está meio que trabalhando pra mim, mas não acho necessário me tratar com tanta formalidade. - disse pois esse tempo todo eu o tratava de um jeito formal, normal na cultura coreana quando você ainda não é muito íntimo de alguém.

- Oh... Ok... Tae. - falei e nós dois rimos do nada.

Taehyung- Eu realmente gosto assim... - sorriu olhando em meus olhos e eu não gostava muito de fazer contato casual com homens bonitos porque isso me fazia ter vontade de beija-los.

Garçom- Aqui está! - colocou o café quente de Tae em sua frente e o meu Milkshake na minha frente.

- Obrigada. - sorri e o garçom sorriu de volta indo embora.

Taehyung- Eu pensei que poderíamos conversar abertamente agora... - disse desviando seu olhar de mim para o café quente e eu apenas bebi um pouco do meu Milkshake - É verdade que você e o Hoseok se beijaram...? - perguntou e eu me engasguei na mesma hora - Você está bem?

- Claro... - coloquei minha mão no peito - E bem... Quem te falou isso...?!

Taehyung- O próprio Hoseok... Se quiser ainda da tempo pra pararmos com a barriga de aluguel.

- Eu vou continuar fazendo isso Tae, precisamos um do outro.

Taehyung- Eu não posso ter um filho da namorada do meu primo. - mordeu seu lábio inferior por estar nervoso - Eu posso te dar o dinheiro, e tentar fazer isso com outra mulher, eu sei que você precisa do dinheiro por causa da sua mãe!

- Tae eu não vou desistir disso, começamos e vamos terminar, eu e o Hoseok não temos nada, foi apenas um beijo... E eu preciso do dinheiro sim exatamente por causa da minha mãe, mas eu não vou desistir de fazer o que você tanto quer.

Taehyung- Acho melhor pararmos... - olhou pra mim.

- Kim! Você não quer mais ter o seu filho?

Taehyung- Quero... Mas... - foi interrompido por mim.

- Mas nada, apenas vamos continuar e mesmo se eu tivesse um relacionamento com o seu primo, eu não pararia com esse sonho seu...!

Taehyung- Obrigado. - sorriu de lado.

- Está tudo bem, apenas não vamos desistir, Ok?

Taehyung- Ok! - riu bebendo um pouco do seu café - Sabia que você é a primeira mulher que deixa confortável?

- Como assim?

Taehyung- Você é a primeira mulher com quem eu saio e que me sinto confortável de dizer algo. - falou enquanto olhava em meus olhos e por isso eu corei.

(...)

Depois de um tempo conversando em andando em uma praça ali perto, o Taehyung me levou pra casa, eu me arrumei pra sair e assim que o Hobi chegou nós dois saímos juntos.

- Um restaurante Hobi? Não acha que está muito confiante? - perguntei por estar um pouco nervosa assim que eu coloquei meus pés dentro do restaurante.

Hoseok- Nada disso. - riu me levando até onde seria a nossa mesa. Nos sentamos e assim que ele iria pedir o cardápio eu segurei sua mão - Quer deixar a comida pra mais tarde? - me encarou.

- Apenas peça um copo d'água.

Hoseok- Ok... - disse e assim ele fez, e pediu um copo d'água pro garçom - Já sabe a resposta que vai me dar? - perguntou e eu assenti.

- Hobi... Acho melhor continuarmos apenas amigos, eu gosto de você e tido mais, mas não sei se gosto como outra coisa. Hobi você é o meu Oppa que quando eu preciso você está lá, eu não quero brincar com os seus sentimentos. - disse do melhor jeito possível pra não magoar, e o Hobi logo abaixou a cabeça.

Hoseok- Poderíamos apenas tentar. - olhou pra mim novamente e falou sua frase em um tom baixo.

- Hobi... Vamos continuar apenas amigos... Ok?

Hoseok- Isso tem algo a ver com a Da Won ou com o Taehyung?

- Não Hobi!

Hoseok- Lógico que tem, ou a Da Won está pedindo pra você ficar longe de mim ou você apenas não quer porque vai ser mãe de um filho do meu primo... Você gosta dele também? É isso?

- Não é nada disso Hobi!

Hoseok- Eu estou indo. - colocou 1.000 Won encima da mesa e depois saiu sem dizer mais nada e eu apenas fui atrás dele.

- Hoseok me escuta! - segurei seu braço assim que saímos do restaurante.

Hoseok- Eu não quero ouvir mais nada. - se sentou e foi embora em passos rápidos.







Contínua...








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...