História Imagine Kim TaeHyung - Possessivo - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Jay Park
Personagens BamBam, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Suga, Tae, Taetae
Visualizações 1.632
Palavras 1.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pelos erros e espero que gostem desse cap♡♡♡

Capítulo 31 - Hotel No Japão


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim TaeHyung - Possessivo - Capítulo 31 - Hotel No Japão

HOTEL NO JAPÃO




- Ah... Sim... Hoje eu posso ficar com ela? Acho que temos muito o que conversar.

Taehyung- O dia todo?

- Pretendo ficar como acompanhante.

Taehyung- E o nosso aniversário? Precisamos ir hoje pro aeroporto... Você vai desmarcar isso? É algo importante pra mim... Muito importante.

- Tae... Minha mãe acabou de voltar do coma...

Taehyung- Eu sei S/n... Mas eu também preciso de você... Eu sei que sua mãe é importante, mas precisamos comemorar o aniversário do nosso casamento... Todos os anos nós deixamos o nosso aniversário passar sem comemorar, porque em todos os anos você dizia que me odiava, que eu era um inútil... E pelo que parece você é igual sua mãe nisso... - cruzou seus braços.

- Cala a boca Kim! - dei um tapa franco em seu ombro - Tudo bem... Podemos ir comemorar nosso aniversário ainda...

Taehyung- Deixa eu ver uma coisa... - pegou seu celular e viu a hora - Temos vinte minutos antes de começarmos a arrumar nossas coisas... Você vai ir ver se tem alguma coisa pra nos prevenir?

- Ah... Verdade... Vamos.

(...)

Tinha ganhado uma injeção para não ter filhos e etc, tipo... Toda semana ou é todos os meses eu tenho que ir no médico tomar de novo se não, eu poderei engravidar. Mas isso não me deixa estéril, apenas se tomar o tempo todo.

Taehyung- Eu acho que está bom apenas uma vez... Não quero que minha mulher fique estéril. - entrou no carro assim como eu e logo deu partida no mesmo.

- Isso só acontece se ficar tomando direto!

Taehyung- Tudo bem... Mas eu não quero te trazer mais aqui pra te dar isso... Eu começo a usar camisinha se for preciso... - falou olhando pra estrada e eu ri, mas logo lembrei do que minha mãe tinha falado.

- Kim... Vamos ficar por quanto tempo no Japão?

Taehyung- Eu estava pensando em apenas um mês... Mas como sua mãe chegou, podemos ficar por uma semana... Fiquei triste apenas por isso, queria aproveitar mais tempo com você.

- Tão fofo o meu marido! - coloquei minha mão em sua perna - Vamos ficar de mãos dadas.

Taehyung- Assim eu não vou me concentrar na rua... Depois podemos! - olhou pra mim e sorriu de lado e por isso eu fiquei séria - Estou brindando Jagi! - sorriu quadrado pegando em minha mão e entrelaçando nossos dedos.

(...)

Chegamos em casa e já fomos arrumar nossas malas, e assim que terminamos fomos pra um restaurante comer assim como o Taehyung tinha falado antes, mas em momento algum eu tirei o que minha mãe falou da minha cabeça.

Taehyung- Você está bem S/n? Estou te achando estranha desdo hospital... Aconteceu alguma coisa? - perguntou e eu neguei com a cabeça dando um pequeno sorriso de lado - Espero mesmo... Mas se estiver acontcendo algo, é só me falar. Estou aqui pra ajudar!

- Tudo bem Tae... Eu falo pra você sim. - voltei a comer e o Taehyung logo fez o mesmo.

Depois que almoçamos fomos pra casa novamente, pegamos nossas malas e fomos de táxi para o aeroporto.

Esperamos um pouco e logo entramos no avião que nos levaria pro Japão.

Taehyung- Você gosta mais de ir em um avião cheio de gente ou um particular? - olhou pra mim e eu pensei por um tempo até dar sua resposta.

- Prefiro em um avião cheio de gente.

Taehyung- Que bom, pensei que tinha errado... - respirou aliviado.

- Como assim?

Taehyung- Eu iria alugar um pequeno avião apenas para nós dois, mas pensei bem... E agora estamos aqui... Em um avião pra todos! - sorriu - Vamos tirar um foto! - pegou seu celular.

- Foto? Só porque você é bonito não precisa tirar foto com quem é feia!

Taehyung- Para de falar bosta! Você é maravilhosa e eu te amo! - me deu um selar - Vamos tirar uma foto porque quero colocar uma foto minha e sua nas minhas redes sociais! - sorriu e então nós dois tiramos as fotos que ele tanto queria.

QUEBRA DE TEMPO

Já era noite assim que chegamos no Japão, nós usamos do avião esperamos um pouco pra pegar nossas malas logo pegamos as mesmas, pegamos um táxi s fomos pro hotel onde ficaríamos.

Taehyung- Acertei de novo? - perguntou assim que entramos naquele quarto lindo - Achei que você gostaria mais de um hotel do que de uma casa...

- Aaah eu adorei! - falei olhando em redor - Você pensou em tudo... Mas... Eu não tenho nada pra te dar... - olhei pro Taehyung.

Taehyung- Você não precisa me dar nada, apenas ficando do meu lado já é o suficiente! - fechou a porta e se aproximou de mim me dando um selar demorado - Quer tomar um banho? - perguntou olhando nos meus olhos com um pouco de malícia, e novamente eu lembrei do que minha mãe falou.

- É... Talvez depois... Estou cansada. - me soltei dos braços do Taehyung e me aproximei da cama que tinha pétalas de rosas vermelhas.

Taehyung- Cansada? - perguntou em um tom triste - Pelo menos você pode entrar no banheiro pra ver o que eu pedi pra fazerem pra você? - perguntou e eu o olhei confusa mas logo me levantei da cama e entrei no banheiro que era lindo e que estava todo arrumadinho, com uma frase na parede escrito "Eu amo você" em inglês... Um balde de gelo com um champanhe dentro, tudo tão bonito, fofo e chique ao mesmo tempo.

- Wow... Isso ficou tão lindo. - olhei cada detalhe do banheiro vendo até a banheira cheia de bolhas e espumas com pequenas pétalas de rosas também espalhadas por cima.

Taehyung- Então você gostou, certo? - perguntou e eu assenti com a cabeça sem olhar para seu rosto já que ele estava atrás de mim - E então? Quer entrar nessa banheira com o seu Oppa? - perguntou novamente e dessa vez eu me virei e o encarei.

- Apenas tomar banho...

Taehyung- "Apenas"? - perguntou confuso em um tão desanimado - Aaah S/n! - me abraçou - O seu Oppa precisa de você! - beijou meu pescoço e eu logo me separei.

- Apenas vamos tomar o banho! - comecei a tirar minha roupa e o Taehyung apenas ficou olhando - Não vai tirar?

Taehyung- Eu gosto dessa visão, por isso tenho que aproveitar! - sorriu e eu logo entrei na banheira que estava com a água morna.

- Vou terminar aqui e você não vai mais entrar!

Taehyung- Não! Me espera! - tirou todo a roupa e logo entrou - Você é tão linda! - sorriu de lado - Tenho tanta sorte em te ter como esposa.

- E eu posso dizer que tenho sorte em te ter como meu marido! - sorriu de lado assim como Tae que corou.

Taehyung- Eu estou tão feliz por saber que estamos nos dando certo.

- Eu digo o mesmo.

Taehyung- Eu tenho que te falar algo antes que você fique com raiva de mim... - falou e na hora eu fiquei séria apenas esparando ele falar - Eu ... Meio que vou trabalhar aqui no Japão também ... Então provavelmente irei ficar mais de um mês aqui, e depois dessa semana você vai voltar pra Coréia... Espero que você não fique com raiva de mim por causa disso, eu apenas preciso comandar uma empresa do meu pai que fica aqui no Japão.

- E você vai me deixar sozinha? É isso mesmo? Eu vou ficar sem o meu marido por mais de um mês? Você vai ficar em um país estrangeiro, apenas trabalhando? Como eu posso ter certeza disso?

Taehyung- Apenas confie em mim!

- Eu não consigo confiar em você nesse tipo de coisa, como posso garantir que você está trabalhando sem saber que você pode estar me traindo com qualquer mulher japonesa?

Taehyung- S/n você é tudo que eu quero. Não vou te trair... - colocou uma de suas mãos molhadas em meu rosto e eu logo à tirei do local - Não fica com raiva de mim hoje... Espera pra depois dessa semana, eu não quero que você fique com raiva de mim quase no dia do nosso aniversário de casamento.

- Como você pôde fazer isso comigo? Deveria ter me dito antes!

Taehyung- Assim você não viria comigo pro Japão... Apenas não fica com raiva de mim, por favor ...

- Como você quer que eu não fique com raiva de você? Isso é impossível!

Taehyung- apenas tente confiar mais em mim, eu não vou fazer nada além de trabalhar enquanto você estiver fora. Eu estou jurando e prometendo pra você!

- Aish... - respirei fundo - Tudo bem Kim... Vou dar um trégua. - falei e o Taehyung riu.

Taehyung- Obrigado amor!

- Ok... - fechei meus olhos tentando relaxar.

(...)

Depois que terminamos o nosso "Banho" eu e o Taehyung saímos do banheiro de toalha e eu fui procurar uma roupa na minha mala mais do nada o Taehyung me jogou na cama e eu fiquei sem entender.

Taehyung- Pretendo te deixar toda marcada hoje. - sussurrou de uma maneira sexy no meu ouvido fazendo os pelos do meu corpo arrepiarem.

Tae começou a dar beijos molados em meu pescoço e alguns chupões fortes que provavelmente ficaria muito marcado. E enquanto ele marcava meu pescoço eu senti sua mão percorrer meu corpo nú até meu íntimo onde ele começou a mexer em meu clitóris.

Meus gemidos saíam baixos e manhosos... Mas eu logo pensei melhor e tirei sua mão do local e por isso o Taehyung olhou pro meu rosto confuso.

- Eu não quero... Estou cansada.

Taehyung- Eu posso fazer tudo... Eu meio que preciso muito de você. - se aproximou do meu ouvido - Meu amiguinho está precisando da sua ajuda, eu estou sentindo ele tão duro aqui embaixo, e tudo por sua causa. - mordeu de leve minha orelha.

Eu queria... Mas não podia.

- Eu não quero Tae.

Taehyung- Você está bem? - olhou pro meu rosto novamente.

- Apenas estou cansada eu já disse... Vamos dormir, ok?

Taehyung- Dormir? Mas eu estava pensando em coisa diferentes, como... beber champanhe, vinho... - foi interrompido.

- Eu apenas quero dormir... Vamos nos trocar e ir dormir.

Taehyung- Você vai mesmo me fazer bater uma, S/n? - perguntou e eu assenti com a cabeça - Aish! - saiu de cima de mim - Tudo bem... Me desculpe por insistir... Vou ir me arrumar no banheiro. - pegou sua toalha e saiu andando pro banheiro onde ele fechou a porta.




Contínua...









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...