História Imagine Kim Taehyung - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bangtan Boys, Hyung, Imagine, Kim Taehyung, Tae
Visualizações 51
Palavras 255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura raposas ♡

Capítulo 6 - Coréia, cheguei!


Quando dei meu primeiro passo na Coréia, senti o famoso frio na barriga (literalmente, lá é muito frio) mas estava super animada. Mais à frente, havia diversas pessoas procurando outras, e de repente avisto uma moça que aparenta ter por volta de uns quarenta anos, cujo segurara uma pequena placa com meu nome escrito em rosa (por que rosa?)

S/n: Excuse me, do you speak english or Korean? *Com licença, você fala inglês ou coreano?*

XXXX: Menina do céu, sei nada do que tu falou não, visse. Mas mai neime is Terezinha.

S/n: Ah, você fala português... Estas a minha procura?

Terezinha: Sim, tu mesma bichinha.

S/n: Ah sim, desculpe me mas... Quem é você?

Terezinha: Oxe, eu meio que fui contratada pra ajudar tu nos primeiros dias. Vou mostrar pra tu onde tu vai morar e tudo mais...

S/n: Prazer em conhecê-la! Muito obrigada!

Terezinha: Imagina! Tu vai gostar daqui menina.

Eu estranhei e ao mesmo tempo amei seu sotaque e jeito de ser. Fomos conversando desde o primeiro momento em que a vi, até o suposto local que iria alojar-me.

Terezinha: Então, é aqui moça. - Ela estende os braços mostrando-me a casa.

S/n: Uau! É incrível! Obrigada, eu amei!

Terezinha: Eu moro à duas casas daqui. - Ela aponta até uma casa super fofa de cor esverdeada - Caso tu precise de alguma coisa, só dar um berro.

Faço sinal de afirmação com a cabeça, e ela jogas as chaves em minha mão (ou quase, pois deixo-as caírem afinal, sou muito desastrada) e logo juntei-as, abrindo a porta vagamente, pois queria surpreender a mim mesma. 


Notas Finais


O que vocês estão achando? Gostando ou achando entediante? ♡.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...