História Imagine Kim Taehyung (BTS) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias A Rainha Vermelha, Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Rosé, Tristan
Tags Bts, Kim, Taehyung, Taetae
Visualizações 130
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo 3- o outro príncipe


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung (BTS) - Capítulo 3 - Capítulo 3- o outro príncipe

P.O.V. S/N

Estava a caminho do salão onde o rei e a rainha queriam conversar com os funcionarios sobre o evento que se iniciaria hoje, ouvi dizer que as princesas ja chegaram e se acomodaram em suas habitações. Estava imaginando como são e estava curiosa sobre seus poderes, seris mru primeiro duelo, todos foram permitidos a assistir o duelo das princesas, dizem que é algo perigoso e que já ocorreram mortes de vermelhos (empregados do castelo), pois eram, chamas, agua, ventos cortantes, raios atirados, os prateados ficavam protegidos em barreiras, e haviam curandeiros, prateados que tinham o poder da cura, então qualquer ferimento de prateados os curandeiros iam a postos, os empregados iam por sua conta e risco e se por acaso ocorressem incidentes eles estavam proibidos de curar vermelhos! Eles realmente não se importavam com meu povo.

De repente, presa em meus pensamentos, esbarro em alguém e acabo caindo para tras.

- aaii... perdão! Estava distraida. - ao olhar era alguém jovem, talvez da minha idade e muito bonito, ele me olhava com um ar preocupado.

- Não se preocupe, eu também estava distraido não te vi, me de a mão. - assim fiz, o olhei com um sorriso em agradecimento e o mesmo sorriu, achei fofo, parecia um coelho haha!! - Meu nome é Jungkook, prazer! Você é...

O fiquei encarando ainda atordoada com a queda... ou por seu cavalheirismo e seu sorriso... ELE É O OUTRO PRINCIPE

- hmm.. desculpa, meu nome é S/N senhor! Preciso ir, me desculpa novamente.

- tudo bem, fique tranquila, vai até o salão? Para a reunião certo? - acenei e ele deu um sorriso... de deboche -boa sorte, vai precisar! - assim saindo de minha vista.

Ok então... pensei comigo mesma!

Chegando no salão estava o rei e a rainha, essa rainha me dava medo, as pessoas tinham mais medo dela do que do rei, mas seu filho Jungkook não parecia nada com a cara emburrada dela, ele parecia gentil. 

- Bom dia a todos, vim para esclarecer algumas situações das proximas semanas. Como todos sabem, estaremos recebendo as 3 princesas dos reinos do sul, leste e oeste, espero que elas sejam bem tratadas, pois 1 delas será a futura rainha! Qualquer coisa fora do comum, qualquer reclamação, a pessoa em questão será levada a forca por desacato! Entendido? - diz a rainha fria como prata.

Assim nos retiramos, em 1 hora seria o duelo, e eu estava ansiosa e ao mesmo tempo apreenciva para saber quem casaria com o Taehyung. Será que eles são felizes mesmo casando sem amor? Pretendo casar com alguém que me ame, afinal essa era a unica regalia dos vermelhos  que os prateados jamais conseguiriam ter. Coitado do Taehyung ele foi gentil até mesmo com alguém que tentou assalta-lo... e sem eu perceber estava rindo ao me lembrar da cena.

- Posso saber por que da risada senhorita s/n? -aquela voz me arrepiou e num passe rapido me virei assustada, fazendo Taehyung rir da situação. - só pode estar pensando besteira ou em coisa errada pra se assustar dessa forma!

- eii... não nego, estava pensando no dia em que te conheci, e onde estou agora 

- vai fazer algo agora? Tenho 1h, poderia me fazer companhia?

- claro, vamos, mas temos que voltar logo,o duelo vai começar.

Dito isso, seu rosto fica com um expressão indecifravel, parecia... triste, assustado. Acho que minha pergunta anterior foi respondida, até os prateados ficavam tristes com casamentos sem amor.

Ficamos caminhando em silencio, as vezes pegava o principe me olhando curioso, analisando todas minhas expressões. Quando finalmente parou, me fazendo olha-lo.

- eu estou com medo... precisava de ar e uma companhia, alguém que sei que não me julgaria! Não quero casar uma estranha, as vezes daria tudo pra trocar de lugar com meu irmão. - disse suspirando e abaixando a cabeça. Eu não estava preparada pra essa confissão.

- Ficaria suspresa se não estivesse assustado, fico feliz que se abriu e se sente confortável comigo majestade. - disse isso me curvando

- Por favor, sem majestade, apenas Tae, gosto de me sentir normal perto de algumas pessoas, e isso só posso com meu irmão e Jackson... e se permitir, com você ladra vermelha. - ele disse isso rindo

- HA HA HA - disse com tom de deboche - ei precisamos ir o duelo vai começar em 5 minutos.

- Claro, vai na frente, não podem  os ver juntos. - acenei sorrindo, e ele sorriu, e que sorriso era aquele, não havia reparado até agora. Shiiu mente, para de pensar essas coisas ele é prateado e você, uma vermelha, um verme perto deles.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...