História IMAGINE Kim Taehyung e Jeon Jungkook (Anjo e Demônio) - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, IU, TWICE
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Dahyun, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Ji-eun "IU", Lisa, Lu Han (Luhan), Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sana
Tags Romance
Visualizações 184
Palavras 1.490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei gente...
Me perdoem por dizer que postaria capítulo ontem, foi erro meu, mas estamos aí com um novo capitulo pra vocês.
.

.

.
B
O
A
.
L
E
I
T
U
R
A
.
A
N
J
O
S
😇

Capítulo 43 - Confusão


 

S/n - On

 

- Quanto tempo, não? - ele realmente parecia surpreso ao encontrá-la aqui.

- Realmente... Mas que honra é essa de ganhar sua atenção novamente? - ela de início soou triste, mas se contradisse ao ironizar com sua pergunta.

- É que...

- Ele não te deve satisfação garota. - A cobra cortou aquele Papinho completamente enciumada.

- IU! - Jungkook a repreende.

- O QUÊ? - a essa hora a garota parecia uma fera.

- Me desculpa pela minha namorada, é que...

 

Ele até tentou se desculpar pela implicância de sua namorada, mas ao minha amiga escutar tais palavras: "minha namorada", seu comportamento mudou, ela ficou séria e um tanto aparentemente magoada.

 

- Não precisa se desculpar. Ela tem razão... Você realmente não me deve mais nenhuma satisfação. E pra início de conversa a gente só não se fala mais porque você se afastou.

- Tô boiando na treta - Yoongi havia ficado sem reação, não só ele, como também eu.

 

Por um instante nem me lembrara ao certo de nada, devido a isso cometi o pequeno erro de cogitação ao pergunta:

- Vocês se conhecem?

 

Foi a pergunta mais idiota que eu fiz em toda a minha vida, mas eu estava em outro mundo, fazer o quê?

 

Meu amigo ao meu lado deu um risinho debochado, Jungkook e Momo pareceram meio sem graça com a simples pergunta, IU e Tae me olharam incrédulos com dúvidas se eu havia mesmo perguntado aquilo.

 

- S/n minha querida em que mundo você está agora, volte para a Terra - Yoongi me orientava tentando entender se podia existir um ser tão inocente assim. - É claro que eles se conhecem, afinal nós quatro - insinuou fazendo um círculo com o dedo colocando a mim, ele, Momo e Jungkook - estudamos na mesma sala.

 

Mais uma vez me sentir uma completa idiota. Como eu pude me esquecer disso?

 

Mas é claro... S/n você é uma IDIOTA!

 

- E-eu me esqueci disso - respondo com um sorriso amarelo - Ué... - paro um pouco e penso - mas o Jungkook nem fala com as meninas, então...

- Então? - Meu amigo tentava entender minha linha de raciocínio.

- Como ele pôde chegar assim tão de repente e dizer um "A quanto tempo, não?" - tento ao máximo fazer a voz grossa do Demônio o imitando descaradamente em sua frente. - Vocês eram amigos antes? - novamente dando uma de Sherlok Holmes dirijo meu olhar aos dois que ainda se encaravam com espanto - Ou vocês se conheceram em algum lugar - seguro meu maxilar um tanto curiosa.

 

- Bom nós... - Jungkook até tentou nós explicar, mas antes minha amiga pôde ser mais ágil na resposta.

- Isso não importa mas... - ela o interrompe se expressando num tom sério. Foi ali que pude percebe o quão intrometida eu estava sendo - Talvez um dia eu te conte, por enquanto vamos apenas voltar a comer ambos em paz - disse não apenas para mim, e sim a todos.

- Agora você falou minha língua - após o veredito final meu amigo sem esperar ataca a carne que devido a confusão formada naquela mesa permanecia intacta.

 

Taehyung e eu nos entreolhamos achando aquilo absolutamente estranho demais. Jungkook agora se mostrara desconfortável logo que foi-se intitulado que todos voltassémos a comer. Uma vez ou outra ele se colocava a olhar de relance para Momo e isso ele não podia negar. Na maioria das vezes ela o olhava de volta o que fazia o mesmo fingir estar encarando apenas a parede atrás dela. Como consequência disso criei um interesse imenso em saber o que se passara entre aqueles dois. Algo já aconteceu entre eles, afinal se não tivesse ocorrido nada, por que IU teria ficado tão enciumada daquele jeito?

 

Fato foi que o almoço foi um pouco pertubador para todos, menos para Yoongi que sem se importa com nada devorava tudo o que via pela frente. Era até engraçado a forma que ele comia, quando ele enfiava um grande pedaço que mal caberia na extensão de sua boca o fazendo criar uma grande bochecha com comida.

 

- Terminei! - Momo foi a primeira.

 

Por sequência se revelavam que terminava. Yoongi como todos imaginavam foi o último. Minha amiga parecia bastante desconfortável com o fato de o Demônio não deixar de encara-lá um instante sequer, e isso não era o pior, de quebra ela ainda trouxe maus olhados vindos da cobra. Por esse motivo, eu acho, ela disse estar indo embora.

 

- Você vem comigo? - ela se dirigia a Yoongi.

 

Ele de início não queria acompanhar ela, mas com uma encarada brava que ela lhe dera, sua resposta acabou sendo contrária ao que ele queria. Entretanto o garoto que por mais que paressece ter batido a cabeça muito forte, ainda entendia quando alguém se sentia mal por algo e ansseiava companhia.

 

Ele então o fez. Assim que os dois se despediram Jungkook subiu para o seu quarto dizendo querer ficar sozinho. IU também subiu choramingando atrás dele o fazendo parecer sem paciência.

 

- Enfim sós - Foi o que Tae disse depois de cogitar que não havia mais ninguém para atrapalhar nós dois. Ele vinha caminhando até mim, porém sua felicidade de "estar a sós" foi totalmente cortada ao vermos o grupo de garotos que passaram o dia praticamente fora e que retornavam agora.

 

- E aí gambada - Hoseok já entra fazendo alarme como sempre.

- Era só o que me faltava - ele bufa com raiva e senta insatisfeito. Eu apenas rio do jovem emburrado, até bravinho ele ficava bonito... Meu pai.

- Oi gente! Como foi hoje sem a gente? - Jimin perguntava talvez insinuando que tivéssemos aproveitado muito o dia sem eles. Se é isso que ele pensa, está muito errado.

- É né... - Fazer o quê meu povo?

 

                .   .   .

 

Quando todos estavam dormindo eu aproveitei o tempo que me restava para aproveitar um pouco com meu namorado, porque o coitado passou o dia todo tentando ter um momento legal comigo, mas sempre tinha alguém pra atrapalhar, infelizmente. Por isso resolvi por mim mesma fazer uma coisa que incluísse somente nós dois. Pra isso tive de esperar todos do dormitório dormirem. Usei uma toalha quadriculada que tinha guardada, preparei alguns lanchinhos, pus numa cesta e deixei perto de uma árvore lá fora. Como eu sabia que Jungkook não estava no quarto onde basicamente os dois dividiam e devido a isso bati a porta sem medo.

 

Não demorou muito para que a mesma fosse aberta revelando Taehyung que ao abri-la tinha uma cara de sono e coçava seus olhos freneticamente na certeza de conseguir enxergar quem o pertuba. Ele me encara confuso mas mesmo assim dá um sorriso ao me ver.

 

- O que faz aqui? - ele estava surpreso comigo em sua frente.

- Bom eu... Resolvi consertar um erro que cometi hoje.

 

Meu pronunciamento não o ajudou muito, pois se antes ele parecia confuso, agora sua reação após minha fala não se caracterizava uma das melhores.

 

- Que mal entendido?

- Só vem comigo - nem me importo com a confusão que eu fizera em sua cabeça apenas o puxo para fora onde eu teria meu momento "a sós" com ele.

 

Quando paro de puxá-lo, ele fica sem entender o porquê de estarmos ali.

 

- Eu queria me redimir por ter estragado tudo o que você queria ter feito comigo hoje. Por isso resolvi fazer eu mesma nosso momento juntos.

- Cê tá falando sério? - ele me olhou surpreso - e o que você preparou? - ele me fitava querendo saber quais os planos para a noite.

- Aqui! - aponto para o pano estendido no chão e pra cestinha de piquenique que estava bem ao lado da árvore - Vamos aproveitar! - disse animada.

- Então... - ele observava tudo com um sorriso enorme - por onde começamos?

 

          .   .   .

 

No outro dia acordo com um sono terrível. 

Queria o quer querida? Cê foi dormir umas três a quatro da manhã. 

Me obrigo a levantar para ir a escola. Com a mesma rotina de sempre, tomo meu café e vou rumo ao colégio.

 

Chegando lá vou para o meu armário no qual despejo meu material e pego alguns livros que seriam usados hoje. Sou surpreendida com uma mão batendo no armário ao lado do meu me fazendo prestar atenção em quem o fazia e também me dando um susto de leve.

 

- E aí princesa, de boa? - não sei se ficava brava pelo susto ou se ria das vestimentas do jovem a minha frente.

- Yoongi? O que houve? - a única coisa que fiz foi tocar na cabeça dele e medir sua temperatura, vai que o pobre esteja passando mau. - você tá bem?

- Mais bem do nunca, gata - ele tira minha mão de sua testa e num movimento rápido a beija. 

 

Ok, isso foi estranho...

 

 

 

 

 


Notas Finais


Continua...
.
.
.
Meu povo lindo do meu coração eu necessito saber a opinião de vocês sobre como anda a Fanfic. Estou muito insegura sobre o caminho que ela tá levando.
.
.
.
Até o próximo... 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...