História Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Rap Monster, Soonyoung "Hoshi", Suga, V
Tags Bangtan Sonyeondan, Bts, Hoseok, Imagine Kim Taehyung, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Seventeen, Taehyung, Yoongi
Visualizações 1.903
Palavras 2.910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiie

BOA LEITURA!♥

Capítulo 12 - Taehyung, idiot


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 12 - Taehyung, idiot

Estava ótimo com o Tae, porém fiquei com sede por causa das balas, então falei para ele que iria beber água e que logo voltava. Saí da sala e fui em direção ao bebedouro, passei no banheiro e me arrumei um pouco no espelho, fui andando em direção à sala novamente mas quando parei em frente à porta da sala arregalei os olhos.

Taehyung estava se agarrando com uma garota.


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Olhei mais de perto e sim, ele estava aos beijos com ela... sim, Lee. Ela está em todo lugar, é só eu sair 5 minutos que ela já aparece. Sai demônio! 

E o pior, Taehyung não estava afastando ela, ele deixava, não vou mentir que não teve um incômodo ao ver isso, sei que ele e eu não temos nada, mas...

Puta merda! 


S/N  Off.

----------------

Taehyung  On.


S/N tinha ido beber água e eu fiquei na sala com seu celular ouvindo música, eu sei que é feio mexer no que não é seu, mas eu fiquei curioso, então comecei a mexer em seu celular, não tinha senha, fui até sua galeria, tinha várias fotos dela sozinha, ela era muito fofa, tinha fotos com Yang Mi, outras com sua mãe - aquela moça bonita do jantar - e uma uma foto dela com um menino, eles estavam abraçados, parece ser bem antiga.

Deve ser antigo namorado, espera... eu conheço ele, eu conheço esse infeliz, ele é da minha antiga escola. Aish, ele é meu amigo, não o vejo desde que mudei de escola. 

Não acredito que ele nunca me contou sobre S/N, e por que ela ainda tem uma foto dele no celular? Coitada, ela deve ter sofrido, ela não pode se apegar ao passado, ela ainda não o esqueceu completamente, se tivesse esquecido não teria uma foto dele no celular, mas eu a entendo.

Sou tirado dos meus pensamentos por Lee que acaba de entrar na sala, e ela estava com um gaze gigante no nariz. Mas que coisa esquisita, seria feio eu rir, eu ainda tenho respeito. 

- Taezinho! Que bom que te encontrei, me falaram que você estava sozinho na sala com a bastarda, fiquei preocupada. - Fala ela se aproximando.

- Pare aí mesmo! 

- Taezinho, não me evite, meu amor! Você acha que eu sou trouxa? Sei que seu pai só quer que você se aproxime de mim pela porcaria de um investimento, então vou facilitar para você e deixar que faça o que ele quer. - Fala ela dando passos longos até mim e se sentando em meu colo - já que eu ainda estsva sentado na cadeira - e entrelaçando suas mãos no meu pescoço. As tiro rapidamente e me levanto.

- Se você sabe de tudo, por que faz isso? Se sabe que meu pai só quer te usar? - Pergunto erguendo uma sobrancelha. 

- Eu quero que você me use,  Taehyung, não desaponte seu pai, me beije e faça o que ele quer! - Fala ela sorrindo provocativa. 

- Eu não vou te beijar só porque quer, caso não saiba, as duas pessoas precisam querer, e eu não estou no clima!

- Ah, vai sim, e se você resistir vai ser bem pior, falo para o meu pai que você foi grosso comigo e seu pai não vai mais ser amiguinho do meu papai, vem Tae! - Fala ela se jogando pra cima de mim e me beijando.

Eu não podia afastá-la, senão,  meu pai iria me matar por não me aproximar dela. Eu estava quase vomitando, beijar é bom, mas quando é forçado é horrível, e não está bom, tenho certeza que ela também está odiando. 

Eu realmente não achava que ela poderia dizer essas coisas, se rebaixar assim, eu vi que ela tinha alguns atritos com S/N e Yang Mi, mas achava que era só com elas, coisas particulares, mas não, não é legal o que ela está fazendo. No jantar ela não foi muito agradável, mas pelo menos não falou nada de chantagem ou algo ruim.

Vejo uma sombra na porta, quando me separo de Lee essa sombra já tinha sumido, eu estava torcendo com todo o meu coração para que não fosse S/N, fui atrás para ver se conseguia descobrir quem era

Não encotrei ninguém, então resolvi procurar por S/N, não a encontrei em lugar nenhum, com certeza era ela aquela sombra, será que ela viu? Mas também não temos nada, o que ela teria que dizer! Mas é meio chato de qualquer jeito...

Decido voltar para a sala para ver se ela já tinha voltado, e no caminho passei pelo pátio e vi ela, ela estava ajudando Yang Mi a limpar o pátio. Vou até o professor. 

- Professor, o senhor sabe porque S/N está limpando também? - Pergunto me aproximando.

- Ela chegou aqui e pediu para ajudar na faxina, ela disse que não queria mais ficar na sala. - Aish, por que isso acontece comigo?

- Obrigado, professor! - Falo e volto para a sala e me sento, Lee já tinha saído, fiquei pensando em tudo o que aconteceu.

Ao me lembrar do beijo que dei em S/N um sorriso bobo escapa de meus lábios, mas também pensava em como ela ficou ao me ver beijando Lee, eu devo ter a confundido, uma hora eu beijo ela, depois ela me vê beijando Lee, o que ela deve estar pensando?


Taehyung  Off.

---------------

S/N  On.


Depois de ver Taehyung beijando Lee, eu saí dali o mais rápido possível, precisava de Yang, então fui até ela, primeiro pedi ao professor para que eu pudesse ajudar Yang a limpar, eu não queria voltar para a sala, ele deixou e eu fui até Yang Mi. 

- S/N? O que faz aqui? Por que esta com essa cara? O que aconteceu? É a piranha da Lee de novo, não é? Eu sabia que devia ter quebrado aquele nariz! - Fala Yang negando com a cabeça. 

- Como assim quebrar o nariz?  O que você fez, Byun Yang Mi!? - Pergunto com minhas sobrancelhas arqueadas.

- Eu não fiz nada... - Ela fala olhando para baixo. - Yah, eu dei um soco bem merecido nela, sem dó! E não use meu sobrenome, sabe que eu odeio! - Fala ela com o nariz empinado. 

- Não vou te xingar, quero te agradecer, eu não estava mais aguentando de tanta vontade que eu tinha de fazer isso, e você já fez, então obrigada, e eu gosto de te irritar com o sobrenome. - Falo começando a varrer o chão com Yang.

- O que aconteceu? Por que está com essa cara? - Pergunta ela parando de varrer e olhando para mim.

- Então, as suas suspeitas estavam certas, Taehyung tinha algumas intenções a mais sim. - Ruborizo.

- Sabia! Eu não disse?! Você deveria me ouvir mais S/N! - Somente assinto. - Você sabe que não deve me ouvir, não é? Pelo amor de Deus!

- Eu sei, só assenti para ignorar mesmo. 

- Nossa, grossa! - Fala Yang com um ar de ofendida, somente rio. - Mas fala, o que o bonitão fez?

- Estávamos na sala porque o professor disse para ficarmos lá até vocês terminarem aqui, e nós fomos, resultado disso, nos beijamos. - Falo suspirando pesado. 

- Hum, eu já imaginava, e por que dessa sua cara?

- Por que eu saí para beber água e quando volto ele estava lá com Lee...

- Fazendo o que? Beijando? 

- Sim.

- Mas que sem vergonha, cachorro, ele vai ver só, espere eu eencontrá-lo.

- Não faça nada com ele, nem toque no assunto perto de ninguém!

- Mas... - Ela fala mas eu a corto.

- Mas nada, foram só alguns beijos mesmo, e não tem nada demais, ele é livre para fazer o que bem entender, eu já o alertei sobre ela, mas quem decide é ele.

- Tudo bem, fica bem, mana, eu sempre vou estar do seu lado para te dar apoio, você sabe disso! - Fala ela me dando um tapa na testa. 

- Seja menos agressiva. - Falo com a mão na testa. 

- Oh, me desculpa, donzela! - Fala Yang me abraçando e balançando nossos corpos de um lado para o outro.

- Você é ridícula! - Falo rindo a empurrando e bagunçando seus cabelos.  

- Nós somos, amor!

Somos interrompidas pelo professor que se colocou bo centro do pátio e se pôs a falar.

- Vamos voltar para a sala, acho que já aprenderam o suficiente, a aula está acabando e vocês ainda tem a sala para arrumar. 

Guardamos os materiais de limpeza e fomos rumo à nossa sala, ao cruzar com Jimin passando pelo pátio em meio aos alunos, dou um fraco tapa em sua cabeça o vendo olhar para trás assustado. Saio correndo atrás de Yang.

- Abusada! - Grita Jimin lá atrás. 

Chegamos em nossa sala, e lá estava Taehyung sentado em sua carteira cochilando com a cabeça na mesa. O pessoal começou a arrumar as carteiras que estavam bagunçadas e já estava tudo pronto.

O sinal bate e já podemos ir embora, pego minha mochila e lembro do meu celular, onde ele está? Aish,  deixei com o Taehyung. Vejo o mesmo se aproximar de Yang Mi, ela o olha confusa, vejo que ele entrega meu celular a ela, quando ele se distância vou até Yang.

- O que ele falou? - Pergunto em seu ouvido.

- Nada, ele só me entregou seu celular e saiu. - Fala ela me entregando o aparelho.

- Ok, obrigada! - Falo e ligo meu celular. Meu papel de parede tinha mudado, tinha uma imagem de Taehyung e no meio estava escrito "Desculpa" com pequenos corações em volta. 

Taehyung estava atrás de mim, mas eu nem dei bola. Saímos da sala e Yang Mi disse que tinha que ver o trabalho com Taehyung, me lembrei que tinha que falar com Kookie também, então fui junto com ela.

Na frente da escola estavam o ChimChim, Taehyung, Kookie e o Jin, fomos falar com eles

- Oi, meninos! - Yang e eu falamos. 

- Oi! - Responderam uníssonos. 

- Bom, Kookie, preciso falar com você. - Falo apontando para ele.

- Com ele? Por que com ele? Pode falar comigo! - Fala o ChimChim parando em minha frente.

- Depois eu falo com você,  ChimChim, prometo! - Falo.

- Então me passa seu número? - Pergunta ele dando um sorriso muito fofo que seus olhinhos se encolheram formado um lindo eye-smile.

- Aish... tudo bem, ChimChim! - Falo e ele me entrega seu celular e eu salvo meu número. 

- Pronto, agora vem, Jungkook. - Falo e ele vem até mim.

- A gente precisa falar sobre o trabalho! - Falo.

- Oh, verdade, tinha me esquecido! - Fala ele colocando a mão na testa.

- Então eu vou te passar meu número e a gente combina o dia que poderemos fazer! - Falo e dou um sorriso.

- Ok! - Ele fala me entregando seu celular e eu salvo meu número. - Então tchau! - Fala ele sorrindo e acenando pra mim.

- Tchau, Kookie! - Falo acenando de volta, volto a atenção para Yang Mi que falava com Taehyung, logo ela termina a conversa e olha pra mim.

- Bom, vamos? - Pergunta Yang.

- Espera só mais um pouco, o Namjoon e o Yoongi estão vindo aqui! - Falo dando um sorriso divertido para Yang Mi que enruga a testa tentando fazer uma expressão brava. 

- Oi, pessoal - Falam os dois.

- Oi. - Falamos.

- S/N? Posso falar com você? - Pergunta Yoongi. Ok, isso é estranho. 

- Hum, Ok. - Falo e ele me puxa para um banco que tinha não muito longe dos outros.

- Bom, não é nada demais, é só uma curiosidade... por que Yang Mi me puxou até a sala de vocês hoje? - Pergunta Yoongi.

- É que nós estávamos jogando verdade ou desfio, e chegou a vez de Yang, falaram para ela trazer para o meio do círculo a pessoa que ela acha a mais bonita da escola. - Falo e ele me olha incrédulo. 

- Eu? Mas eu não sou o mais bonito da escola! Claro que algumas garotas ficam em cima, mas isso é com todos! - Fala ele aparentemente surpreso. - NÃO. 

- SIM. - Falo.

- NÃO. - Ele fala novamente. 

- SIM. - Falo rindo. 

- NÃO. - Fala novamente. 

- Vou te falar um segredo, mas não fala para ela que eu te falei! - Falo baixo no caso dos outros escutarem. - Ela escreveu "SUGA" no caderno dela com vários corações. - Falo e ele arregala os olhos.

- Nossa! - Fala ele com uma expressão realmente engraçada, eu não podia fazer outra coisa além de rir.

- Nossa! - Falo rindo de sua reação. - Bom, Yoongi, pense nisso, Yang Mi é uma ótima menina, tenho que ir, tchau! - Falo acenando para ele, e ele acena de volta.

Voltei até onde estavam os meninos e Yang Mi. 

- Agora podemos ir? - Pergunta Yang.

- Sim, vamos, tchau, meninos! - Falo puxando Yang Mi, começamos a andar em direção a nossas casas.

- Você gosta do Yoongi? - Pergunto.

- Não, por que? - Pergunta ela.

- Por nada, só para saber mesmo! - Falo desconfiada.

- E você, gosta do Taehyung? - Ela pergunta afiada. 

- Eu não também. - Falo.

- Uhum, 'tá bom - Fala ela erguendo uma sobrancelha.


[Quebra de tempo...]

Cheguei em casa, cumprimentei minha mãe e fui para o meu quarto, estava muito cansada.

Vou para o meu quarto jogando minha mochila em qualquer canto e meu celular em cima da cama, entro no banheiro tirando meu uniforme e entrando no chuveiro para tomar banho. Era disso que eu precisava, relaxar. 

Saio do banheiro já enrolada em minha toalha e ali mesmo me troco colocando um pijama de gatinhos extremamente fofo que consistia em uma blusa de manga longa e uma calça bem soltinha. Se era vergonhoso? Sim, mas as únicas que já me viram com esse pijama são minha mãe e Yang, e as únicas que sabem da existência disso também, então não vejo problema enquanto ele ficar às escondidas. 

Ouço meu celular apitar indicando que havia chegado alguma mensagem, me aproximo o pegando em minhas mãos vendo um número desconhecido na notificação na tela de bloqueio, mas foi só eu entrar no chat que identifiquei Jungkook. 


**Mensagem  On.**


Kookie: Oi S/N, é o Jungkook, queria saber que dia a gente pode fazer o trabalho?

Eu: Oi Kookie, pode ser depois de amanhã, sábado! Você tem algum compromisso? 

Kookie: Pode ser, não tenho nada marcado, pode ser na sua casa? 

Eu: Claro, minha mãe vai adorar te conhecer! Pode ser às 14:00?

Kookie: Ok, até amanhã na escola, bjs😘💖

Eu: Até, bjs💝😘


*Mensagem  Off.*


Guardei meu celular e vou até minha mochila pegando meus cadernos para estudar. Essa vida não é fácil, preciso manter minhas notas.


                     [...]


Já estava anoitecendo, desço para jantar, minha mãe já estava me esperando. 

- Vem comer, filha. 

- Estou indo. - Falo pegando um prato. 

- Como foi seu dia? - Pergunta ela.

- Que cliché, mãe! - Falo rindo abafado. 

- Não posso saber como foi o dia da minha filha preferida? - Pergunta ela rindo sem mostrar os dentes. 

- Mãe, eu sou sua única filha.

- Por isso que é minha preferida. -Fala ela soltando uma gargalhada. 

- Foi bem, normal como sempre. -Falo.

- Hum, você está bem? Está estranha... 

- Estou bem. 

- Então se alimente bem! - Fala sorrindo simpaticamente para mim, retribuo com um sorriso sem abrir a boca.

Comemos e eu fui para o meu quarto e minha mãe para o dela, fui dormir.



NO DIA SEGUINTE...


Acordo antes do despertador, não estou muito disposta, mas hoje tinha prova. Vou tomar banho, faço minhas higienes matinais, coloco meu uniforme, passo rímel e base, desço cumprimento minha mãe, pego uma pera e vou para a escola, vou bem devagar pois ainda estava bem cedo.

Cheguei e Yang não estava lá, não estranhei, eu estava muito adiantada, logo avisto Jimin, ele estava vindo na minha direção. 

- Oi, amorzinho! O que faz aqui tão cedo? 

- Oi, ChimChim, gosto de chegar mais cedo, pensar na vida. - Falo sorrindo. 

- Entendo. 

Logo começamos a falar sobre assunto idiotas, bem aleatórios, estávamos quase falando sobre como a capivara da África é inteligente, mas eu estava me divertindo. Yang Mi chega e se junta a nossa conversa super produtiva.

Os alunos já estavam chegando, os meninos já estavam com a gente, menos Taehyung. O avisto, ele estava se aproximando com Lee enganchada em seu braço. Era só o que me faltava, agora tenho que aturar isso.

- Oi, gente! - Fala ele abraçado com Lee sorridente. Seria um pecado muito grande desejar que Kim Taehyung explodisse na minha frente agora?

- Oi! - Todos responderam, menos eu. Ah, não sou obrigada! 

- Olá, pessoas! - Fala Lee em um entusiasmo incrível. Mas para sua infelicidade, o que é a causa da minha felicidade, ninguém abriu a boca e fingiram como se ela nem estivesse ali. 


Eu adoro esses meninos!


Todos sabiam o que ela tinha falado, mas diferente de Taehyung, eles levaram em consideração em como eu ia me sentir. Poxa, Taehyung estava na sala quando ela falou aquelas coisas, ele viu e ouviu tudo. Ele é idiota ou o que? Ninguém gostava dela.

- Gente, ela está falando com vocês! - Fala Kim Taehyung. 

- Quem se importa? - Pergunto revirando os olhos.

- Uh, toma! - Sussurra Hobi e os outros prenderam a risada. 

- Hyung! - Exclama Taehyung.

- O que? - Pergunta Hobi rindo com uma cara de inocente. 

Prendo o riso me levantando e entrando na escola antes de qualquer outra fala, olho para trás vendo todos se levantarem tomando o mesmo destino que o meu, menos Taehyung, ele ficou lá com a magrela cabeçuda.






CONTINUA...















Notas Finais


Bom, não sei se vocês estão gostando dos capítulos grandes, é que eu me empolgo às vezes e escrevo de mais haha mas espero que gostem.
Desculpem qualquer erro, até o próximo!
BJÃO♡♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...