História Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Rap Monster, Soonyoung "Hoshi", Suga, V
Tags Bangtan Sonyeondan, Bts, Hoseok, Imagine Kim Taehyung, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Seventeen, Taehyung, Yoongi
Visualizações 2.229
Palavras 2.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiee, me desculpem por estar postando muito tarde, é que eu faço os capítulos de madrugada, mas prometo que o próximo eu posto em um horário apropriado.

BOA LEITURA !

Capítulo 5 - Kiss?


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung(V)-I hate you, but I love you. - Capítulo 5 - Kiss?

- S/N! Você já amou alguém? - Pergunta Jimin.

Isso é sério? Ele realmente fez essa pergunta um tanto patética? E por que eu ainda fico sensível? Eu tinha apenas 14 anos! Droga!


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


- Não vamos falar sobre isso meninos, por favor! - Fala Yang visivelmente incomodada. 

- Desculpe S/N... oh, me desculpe! - Fala Jimin um tanto nervoso.

- Tudo bem. - Sorrio. - Só foi meio repentino...

- Foi totalmente repentino, às vezes nem penso no que falo, me desculpe mesmo, perdoe o ChimChim!

- Está desculpado, ChimChim. - Rio pelo apelido. 

Logo vejo Jin, Yoongi, Namjoon e Hobi se aproximando. 

- Oi, pessoal! - Falaram os quatro juntos. 

- S/N, está tudo bem? - Pergunta  Hobi preocupado, tão fofo. - O Jimin fez alguma coisa para você? Ele sempre faz algo, não deixa passar uma, não é, Jimin?! - Pergunta ele com um olhar mortal para Jimin.

- Não é nada, Hobi, o ChimChim não fez nada, senta aqui com a gente, vocês também meninos.

- Você me chamou de ChimChim! Que fofa! - Fala Jimin apertando minhas bochechas, que pegaram uma tonalidade avermelhada. 


Na próxima, a sua bunda não me escapa. Sorte sua que está sentado. 


- Então, S/N, estuda aqui há quanto tempo?  - Pergunta Tae, dou graças a Deus por ele mudar de assunto.


Taehyung, você é demais, cara!


- Estudo aqui desde que me mudei para Seul, minha mãe, meu pai e eu viemos por conta do trabalho, desde que meu pai faleceu, eu e minha mãe sempre demos apoio uma a outra, Yang Mi também foi a primeira pessoa que me acolheu e me ajudou. - Falo sorrindo para Yang Mi.

 - Sinto muito pelo seu pai. - Tae sorrindo gentilmente.

- Oh, não sinta, apesar de não ter o conhecido, sei que era um bom homem, e isso já basta.

- Que bom que pensa assim! - Fala ele abrindo seu sorriso retangular. Mas que fofo!

- Então, de onde vocês são? - Pergunta Yang. 

- Daegu. - Fala Yoongi concentrado em seu lanche. 

- Na verdade, todos moramos aqui mesmo, mas nascemos em locais diferentes. Acho que não é interessante para você. - Fala Namjoon. 

- É sim, podem falar, faz tempo que não converso com meninos bonitos. - Fala Yang e vejo Jungkook engasgar brevemente tirando risadas do outros. 

- Desculpe, nosso maknae é um pouco tímido. - Fala Jimin batendo nas costas de Jungkook que tinha suas bochechas avermelhadas. Fofo.

- Me desculpe, não sabia que não gostava de elogios. - Fala Yang encarando Jungkook com um semblante preocupado. 

- Não... não é isso! - Fala Jungkook balançando as mãos em sinal de negação. - Só me desculpe.

- Oh, nem nos apresentamos decentemente para sua amiga, nos desculpe. Sou Kim Namjoon, me chame de Namjoon. - Fala Namjoon se curvando brevemente.

- Sou Jung Hoseok, mas apenas Hoseok está bom, Hobi para os mais íntimos. - Fala Hoseok rindo de uma forma engraçada esticando o braço para bagunçar meus cabelos.

- Kim Seokjin, me chame de Jin. - Fala Jin sorrindo docemente. 

- Min Yoongi, só Yoongi ou Suga se preferir. - Fala Yoongi erguendo seu olhar para Yang. 

- Vocês três eu já conheço. - Fala Yang encarando Taehyung, Jimin e Jungkook. - Bom, sou Byun Yang Mi, favor não usar o sobrenome, somente Yang está bom.

- Muito prazer, Yang. - Fala Jin e Yang sorri.

Vejo algumas meninas passarem atrás de Jungkook e cutucarem seu ombro, o mais alto vira para trás encarando as meninas um tanto confuso, as meninas estavam entre risadinha e fazendo corações com as mãos em direção a Jungkook.

- Começou, até que demorou! - Fala Jin. 

- Começou o que? - Pergunto. 

- Jungkook é bem popular entre as garotas, mas ele nem olha, é tão tímido que não sabe lidar com isso. - Fala Jin.

- Hyung! - Exclama Jungkook.

- O que? É verdade mesmo, todos sabemos. 

- Jungkook recebe muitas cartinhas, bilhetes com números, presentes...mas nunca faz nada, ele sempre joga fora. - Fala Hobi encarando Jungkook, que mostra a língua ao amigo. 

- Podemos falar de outra coisa que não seja a minha pessoa? - Pergunta Jungkook. 

- Calma, Jungkookie. - Fala Yoongi apertando a bochecha do maknae. 

- Jungkook é o mais novo? - Pergunto. 

- Sim, sim, é o nosso maknae, JK! - Fala Jin.

- Fez 17 anos faz dois meses. - Fala Taehyung.

- Sou mais velha que você, Kookie. - Falo sorrindo para o mais novo que sorri de volta com seus olhinhos fechados.

- Oh, "Kookie"? Adorei. - Fala Jimin rindo. 

- Não é para me chamar assim! - Fala Jungkook encarando Jimin.

- E por que ela pode? Eu também sou mais velho que você. - Pergunta Jimin com os olhos semicerrados. 

- Porque ela falando é fofo, você já é estranho! - Fala Kookie rindo e Jimin faz careta. 

Vejo outras meninas passarem e acenarem para Jimin e Hoseok, mas diferente de Jungkook, eles retribuíram sorrindo. 


Biscateiros!

 

- Por que exatamente vocês estão aqui? Sem querer ser grossa. - Fala Yang. 

- Mas já sendo, não é, Yang! - Falo a repreendendo. 

- S/N foi a primeira pessoa que reconhecemos, e não conhecemos ninguém aqui, desculpe se incomodamos. - Fala Jin.

- Não, não é isso, vocês são legais, eu só não estava entendendo, não incomodam. - Fala Yang.

- Foi ideia minha e do Jimin vir aqui, nos desculpem. - Fala Taehyung. 

- Vocês me interpretaram mal! Não incomodam, podem ficar, eu só queria saber. 

- Yang é idiota, não liguem para o que ela fala. - Falo.

- Vamos para outra mesa, eu entendo de indiretas, e essa foi uma. - Fala Yoongi se levantando. 

- Não! Meu Deus, de verdade, desculpe, não quis dizer isso! - Fala Yang passando por cima de Namjoon, pegando no braço do Yoongi e o puxando para baixo o fazendo sentar novamente.

- Acreditem, não falei por mal, me desculpem se fui desagradável. - Yang se levanta e se curva logo voltando a sentar. 

- Yoongi-hyung é dramático, não ligue. - Fala Taehyung rindo e Yoongi sorri mandando o dedo do meio a Taehyung. 

- Mais educado, impossível. - Fala Namjoon e Yoongi direciona seu dedo a ele arrancando risadas de todos nós. 

Olho para os meninos um a um e paro em Yoongi quando vejo que o mesmo me encarava, olho para o lado um tanto incomodada, o olho de canto de olho e ele ainda me encarava. 

- É... - Falo desconcertada.

- Você não é coreana, não é? - Pergunta Yoongi encarando profundamente meu rosto. Nego com a cabeça. - Isso que eu estava vendo, você tem traços ocidentais, de onde é? 

- Brasil. Sou do Brasil.

- Hum, interessante. - Fala Hobi.

- Ela veio para a Coreia do Sul com 10 anos de idade, já faz bastante tempo. - Fala Yang Mi.

- Então você é brasileira! Nunca tinha conhecido uma brasileira. - Fala Taehyung. 

- Eu também não. - Fala Kookie. 

Ouço o sinal bater me fazendo tomar um susto e tanto.

- É hora de ir. - Fala Kookie se levantando junto aos outros. 

Yoongi, Namjoon, Jin e Hoseok vão na frente para a sala deles, e logo após, Yang, Jimin, Taehyung, Kookie e eu pegamos o caminho para a nossa.

ChimChim novamente coloca seu braço em volta do meu ombro, mas dessa vez eu tiro, ele não faz ideia do perigo de estar tão próximo a mim, sua bunda estava quase tomando vida própria aos meus olhos. 

Tae, Hobi e Yang dão um pequeno riso quando eu rejeito o braço do ChimChim, Jimin faz uma cara confusa mas não voltou a colocar seu braço novamente. Chegamos na sala e nos sentamos, percebi que no caderno de Yang Mi estava escrito "SUGA" e alguns corações desenhados em volta... hum.


[Quebra de tempo...]


As aulas acabaram e nós fomos dispensados, saímos da sala e me despedi dos meninos.

- Tchau meninos até amanhã! - Falo acenando para cada um deles, primeiro acenei para Jin, ele retribuiu e foi na frente, depois Namjoon que também retribuiu e foi atrás de Jin, depois Hobi, Kookie, Yoongi e o ChimChim, chegou a vez de Tae, quando fui ver não tinha ninguém com a gente, todos já tinham ido na frente e Yang Mi ainda estava dentro da escola.

- Foi bom te conhecer, S/N, sinto que seremos grandes amigos.

- Também gostei de conhecer vocês! - Falo sorrindo e o mesmo aperta minhas bochechas.

- Tão fofa!....Me desculpe ,S/N.  - Fala Tae comprimindo os lábios. 

- Pelo que? - Pergunto confusa.

- Por isso! - Ele beija minha bochecha e sai correndo - Tchaaau S/N! - Fala ele de longe.

Eu só conseguia rir naquele momento.

- Que maluco! - Falo para mim mesma rindo, mas não tinha percebido que Yang estava se aproximando.

- Falou alguma coisa, S/N? 

- Não, não falei nada. 

- Então vamos? Espera...mas cadê os meninos? - Pergunta ela olhando em volta.

- Eles já foram.

- Poxa, nem para se despedirem de mim! - Fala ela fazendo bico.

- Ah, para de ser dramática, você demorou um tempão para sair! - Falo rindo e ela me acompanha.

[...]

Cheguei em casa, fui para a cozinha onde minha mãe se encontrava.

- Oi!

- Olá, meu amor! - Fala ela dando um beijo em minha bochecha. - Como foi seu dia? 

- Normal, chegaram 7 alunos novos, eles eram legais, conversamos bastante, sua filha não é tão estranha assim, vamos comemorar! 

- Que bom filha, quanto mais amigos melhor, mas os conheça primeiro, não quero que você tenha amizades falsas, você não precisa disso, as pessoas são falsas, querida! E pare com isso, você não é estranha!

- Sim mãe, eu sei disso. Sou estranha sim!

- Traga-os aqui qualquer dia, quero conhecer seus novos amigos. - Fala ela sorrindo lindamente. Minha mãe era linda.

- Sim, mãe. - Falo retribuindo o sorriso.

Subo para o meu quarto e tiro meu uniforme, coloco uma roupa bem confortável, uma regata branca e um shorts de moletom cinza, deito em minha cama e ouço meu celular vibrar, vou ver e era uma mensagem de Yang Mi. 


**Mensagem  On.**


YM: S/N??

Eu: Oi! Aqui!

YM: Eu queria saber se você tem o número dos meninos?

Eu: Huuum, por que safada? Haha.

YM: Por nada, eu hein! Só queria saber, gostei deles, eles parecem legais!

Eu: Sim, também achei, e não, eu não tenho o número dos meninos, amanhã você pede para eles!

YM: Eu não, que vergonha, imagina, não vou pedir não!

Eu: Aaaaaaaah senhorita Yang Mi, já ia me esquecendo, a senhora pode me explicar o que era aquilo no seu caderno? Hum?

YM: Aquilo o que? A única coisa que tem é matéria da escola!

Eu: Não se faça de boba, eu vi seu desenho, estava escrito Suga com um monte de corações...eu sei bem o que é isso. Amor.

YM: Claro que não, só escrevi porque gosto desse nome!

Eu: Uhum...sei!

YM: Bom, estou falando que não é, acabamos de conhecer os meninos, acredite se quiser, S/N, eu tenho que ir, minha mãe está me chamando, bjsss!♥

Eu: Bjss♥♥


*Mensagem  Off.*


Desliguei o celular e fui para a sala assistir meus doramas, eu adorava doramas, principalmente aqueles bem melosos, sim eu amava. Minha mãe veio assistir comigo.

- Ai filha, eu amo esse dorama! - Fala ela se sentando ao meu lado.

 - Eu também, omma!

- Filha? - Ela olha para mim.

- Oi? - Pergunto sem tirar o olho da televisão.

- Amanhã eu vou ter um jantar com todos do meu trabalho, vão os funcionários e suas famílias. E o meu chefe e sua família também, então não posso faltar, e já que você é minha família...

- Tenho que ir mesmo?! - Olho para ela com cara de cachorro abandonado. 

- Por favor, meu amor? - Pergunta ela apertando minhas bochechas.

- Tudo bem, mãe, eu vou. - Falo e vejo ela sorrir.

- Obrigada, meu amor, comprei um vestido novo para você, pois vai ser em um restaurante, então vai ser formal.

- Tenho que ir de vestido? - Pergunto fingindo uma cara de dor e minha mãe ri.

- Sim, filha, vai ser formal! 

- O vestido eu até aceito, mas não vou de salto, me desculpe, mãe.

- Está bem, filha, só de você ter aceitado ir comigo e usar o vestido já me alegrou! - Fala ela sorrindo.

- Obrigada, mãe. - Falo apertando seu nariz.

Acabamos de ver os doramas e minha mãe foi fazer o jantar, subi para o meu quarto e fiquei estudando até o jantar ficar pronto, minha mãe me chama e eu desço, comemos e fomos dormir.






CONTINUA....






Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpem qualquer erro ortográfico, obrigado por ler!
Até o próximo!
BJÃO♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...