História Imagine Kim Taehyung... My Killer - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bts Killer
Visualizações 54
Palavras 1.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Talvez eu fique sem postar amanhã.
Mas farei o possível.

Capítulo 6 - B-Baek?....


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung... My Killer - Capítulo 6 - B-Baek?....

Capitulo anterior....

--- TO COM VONTADE DE MATAR MAIS ALGUÉM, VAMOS?


 

TODOS, EXCETO TAE E EU : VAMOS.


 

Tae: Gente, tem uma puta lá em casa que eu esqueci lá a hora que eu fui pra escola, vamos mata - lá?


 

TODOS, EXCETO TAEHYUNG: O que estamos esperando?

Seguimos em direção a casa do meu mais novo namorado.... Kim Taehyung.


 

Capitulo de hoje.....


 

KIM TAEHYUNG ON:

Quando a S/N matou a puta da Rayssa, meu coração foi a mil por hora, no fundo sempre soube que ela era o grande amor da minha vida, agora?

Agora eu tenho completamente certeza.

Confesso que quando a S/N disse que a Rayssa já havia feito mal á ela, eu mesmo queria estourar a cara daquela vagabunda, mas deixei pra s/n fazer o trabalho, o que me surpreendeu, muito.

Fiquei bastante surpreso com o pedido de s/n, mas não hesitei em dizer á todos, sobre a puta Cleide que estava em minha casa, então levei - os pra lá, para terminar o serviço que deixei de fazer hoje de manhã.

--- CHEGAMOS PORRA.

S/N : É hoje que eu como vadia no jantar. ( referências )

YG: S/N, Eu já disse que te amo?

S/N: Érr. não.

YG: Eu te amo.

--- DÁ PRA PARAR COM A VAGABUNDAGEM AI? , digo com fogo nos olhos , olhando pra Yoongi, que dá um sorriso sacana.

JIN: Opa opa opa, deu né?

JIN: Ninguém quer matar um ao outro aqui, não é mesmo?

TODOS: Não omma.

JIN: OTIMO.

S/N: Mas vamos logo que eu e o Jimin vamos comer vadia no jantar, e já está escurencendo. digo rindo e Jimin logo começa a rir também.

Destranco as portas e S/N já entra esbarrando em tudo, principalmente nos meninos.

--- VEM JIMIN, LÁ EM CIMA.

Subo na frente dos dois, destranco a porta do quarto, e logo dou de cara com Cleide de langerie em cima da cama, antes de eu pedir para ela se trocar ela veem até mim e me dá um beijo.

S/N se desespera e já carrega a arma, e puxa os cabelos da Loira pra trás, fazendo a mesma se desgrudar de mim.

Cleide: OPPA, OLHA O QUE ESSA DESGRAÇADA FEZ COMIGO, ME AJUDA

permaneço surpreso e paralizado.

S/N: OLHA AQUI, QUEM VOCÊ PENSA QUE É?, s/n diz com raiva nos olhos e já era nitido isso.

Cleide: NAMORADA DO TAEHYUNG, MEU OPPA, COISA QUE VOCÊ NUNCA VAI TER, UM HOMEM DAQUELE, OLHA PRA VOCÊ UMA POBRE BRASILEIRA? OLHA SEU CORPO, ESSE BRAÇO CHEIO DE CORTES, ESSE CABELO E ESSAS ROUPAS

Cleide: VOCÊ ACHA MESMO QUE ME PASSA MEDO?

CLEIDE: É CLARO QUE NÃO, JÁ ESTA ATÉ QUE BEM CLARO ISSO.

S/N se deixa levar pelas palavras de Cleide e dá um tiro na barriga da garota, o que não a fez morrer na hora, o que achei estranho.

S/N: Jimin, termina o serviço pra mim. S/N joga a arma pro mesmo e desce , fazendo com que Jimin atire no coração da garota.

-- S/N, você realmente não acreditou nas palavras dela não é?

S/N: O que você acha Taehyung, ela tem razão.

Logo desce algumas lágrimas solitárias pelo rosto da menor.

A abraço e rapidamente limpo as lágrimas de seu rosto com meu polegar, em seguida a deitando em meu peito.

Como animais predadores, vampiros ou parasitas humanos, esse indivíduos sempre sugam suas presas até o limite improvável de uso ou abuso. Na matemática desprezível dos psicopatas, só existe o acréscimo unilateral e predatório, e somente eles são os beneficiados.

Logo todos os meninos descem com as roupas já limpas, o corpo retirado e o local higenizado e sem nenhuma pista, e obviamente a arma já limpa.

JM: Pequena, não se deixe levar pelas palavras daquela puta, ok?

S/N assenti e Jimin dá um beijo na cabeça da mesma.

--- Vamos fazer algo agora?, já está um tédio aqui.

S/N: Meu amor, já são 11:00 PM, amanhã temos que ir infelizmente pra escola, não seria melhor já dormimos?

-- É pensando por esse lado, você tem razão.

S/N: Vamos dormir aqui ou lá em casa?

YG: Eu estou definitivamente com muito sono, então prefiro ficar aqui mesmo, ok?

TODOS: NOVIDADE YOONGI.

YG: Até parece que vocês não me conhecem..

Todos rimos, e nos preparamos pra finalmente conseguir, ou melhor tentar dormir naquela noite.

6:15 AM

Acordei primeiro que todos eles, fiz minhas higienes matinais e ''pipopopo''' coloquei meu uniforme e fui acordar os outros, inclusive minha agora namorada.

--- Amor? Dou um selinho na mesma, que já se desperta.

S/N: Bom dia, meu amor.

– Vou acordar os outros.

S/N: Acho melhor eu acorda – los , não queremos morrer pela mão do Yoongi.

Demos risada e resolvemos que S/N iria acorda -los enquanto faria o café da manhã


 

Depois de muito esforço os meninos se levantaram, e por incrível que pareça todos aparecem arrumados na cozinha.

Tomamos o café como pessoas ''' normais '' o que deixamos de ser a muito tempo.

Hoseok: CARALHO, já são 7 da manhã, corre pessoal, o mesmo falava já correndo pra nossa van.

KIM TAEHYUNG OFF


 

PARK S/N ON:


 

Em um piscar de olhos, já estavamos todos a caminho da maldita escola, entramos na mesma com muito esforço e contra a nossa vontade é claro.

Recebemos, ou melhor recebi vários olhares por estar andando com o Taehyung que agora é meu NAMORADO, e os meninos, que são os mais populares e gatos de toda escola.

Como já era a ultima semana nem estava ligando MUITO para os olhares, mais mesmo assim continuava muito encomodada.

Até que Taehyung percebe e entrelaça nosso dedos e me da um beijo na bochecha, me fazendo sorrir com o tal ato do mesmo.

Até que mais uma puta pra coleção chega perto e me empurra pra longe de Taehyung, onde Yoongi me segura, para não sofrer um desastre, que iria provavelmente de encontro ao belíssimo chão.

XXX : Ô GAROTA, QUEM VOCÊ PENSA QUE É?

--- Alguém que pode tirar sua vidinha de merda.

XXX: Só por quê o Taehyung fez uma aposta com os meninos pra poder ficar com você?

– O que?

Jennie: Tá brincando Taehyung? É serio que você não contou nada a ela?, Nem vocês meninos? Coitada. - a menina diz rindo, me fazendo correr dali o mais rápido possível.

KIM TAEHYUNG ON:

Tae: COMO VOCÊ TEM CORAGEM? DE INVENTAR UMA PORCARIA DESSAS E AINDA AFASTAR MINHA NAMORADA?

JENNIE: S-sua namorada? Diz gargalhando alto, chamando atenção de todos que ali passavam.

JM: O garota de programa, só por quê nenhum de nós queremos você, que você precisa estragar a vida de todo mundo, ok? Vadia morre cedo.

Deixamos a Jennie, mais conhecida como puta da escola pra trás, e fomos a procura de S/N

PARK S/N ON:

Saio correndo em direção a uma sala afastada da escola, ali ninguém iria me achar, até por quê somente eu e o meu melhor amigo que infelizmente faleceu, Baekhyung sabemos daqui

Tá, mas como ele faleceu?

FLASHBACK ON:

Era uma noite chuvosa, eu e o Baekhyung estavamos tendo aquelas noite de melhores amigos, sabe?

Vendo filmes, bebendo e comendo algumas bobeiras, somente Baek tinha ingerido bebida alcoólica , então somente eu estaria lucida seguido a logica, não é?

Pois não, eu não havia ingerido bebida alcoólica, mas não estava consciente de mim mesma, porém era meia noite Baek resolveu ir embora, eu pedi para o mesmo ficar, mas não adiantou em nada, eu pedi uma ou duas vezes, não insisti o que me arrependo amargamente.

Baek pegou o carro , como a estrada estava molhada consequentemente estaria lisa.

O mesmo estava em alta velocidade, coisa de cem por hora?

Baek capotou o carro, que conforme o carro foi capotando ele caiu no rio, fazendo Baek falecer em seguida.

Fui saber da noticia no dia seguinte, chorei horrores, depois disso nunca mais fui a mesma pessoa.

Acho que já deu pra perceber o por quê do quarto cor – de – rosa. Não é?

Bom acho que não então, Rosa era a cor favorita do Baek, ele tinha me ajudado a pintar e a decorar o quarto.

Então pra nunca esquecer do meu melhor amigo que me ajudou nos momentos de dificuldades, tristezas, paranoias da minha vida, o considerava meu irmão mais velho, o mesmo foi quem cuidou de mim quando soube que meu pai abusava de mim, um ajudava o outro sabe?

Então….

Então hoje mesmo faz 4 anos que o mesmo se foi…

Mas nunca consegui esquecer o quanto ele foi importante na minha vida.

Eu sempre te amarei meu melhor amigo….

Flaskback off:

Percebi que já estava na hora de ir embora, quando ia levantar eu escutei uma voz..

A voz do Baek?

Baek: S/N seja forte minha princesa, nunca esqueça de mim, sempre lembre de nossos momentos juntos, eu te amo minha pequena.

Começo a chorar intensivamente, até que ouço o ultimo sinal, e logo sussuro:

–- Eu também te amo meu grandão –

Espero alguns minutinhos ali intacta só refletindo pelo '' conselho '' que havia recebido do Baek.

Logo saio da salinha onde estava escondida e vejo os meninos me procurando?

Me escondo atrás de alguma coisa, que não me lembro o nome, eles passaram sem olhar pros lados, e eu agradeço mentalmente por isso, pois o lugar que eu estava era muito obvio.

Vou para o portão e percebo que estava chovendo exatamente como estava na noite …. que o baek….. faleceu.

Ah eu sinto tanto sua falta Baek.

Coloco uma musica que nos dois amavamos, e começo imediatamente a relembrar todos os nossos momentos juntos.

E logo vejo um acidente acontecer ao meu lado, o surpreendente era que o carro fez a mesma coisa que o carro de Baek havia feito.

Começo a chorar por causa de não ter impedido Baek a sair de casa naquela noite, caminho ainda chorando e minhas lágrimas se mesclam com a chuva.

Chego em casa e logo percebo que:

Esse dia não é pra mim.

Cade você Baek?

Me ajuda, eu sinto tanta sua falta.

Cade você Baek – acabo gritando enquanto olhava nosso porta – retrato juntos, em um show da nossa banda favorita.


 


 

.

.

.

.

.

Eu te amo muito Baek…….


 

Continua?


 


Notas Finais


Estão gostando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...