História Imagine Kim Taehyung... My Killer - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bts Killer
Visualizações 50
Palavras 1.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 7 - Comemoração?


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung... My Killer - Capítulo 7 - Comemoração?

Capitulo anterior

Esse dia não é pra mim.

Cade você Baek?

Me ajuda, eu sinto tanta sua falta.

Cade você Baek – acabo gritando enquanto olhava nosso porta – retrato juntos, em um show da nossa banda favorita.

Capitulo de hoje…

 

Acabo adormecendo diante tudo aquilo que havia acontecido.

Acordo muito cedo que o esperado, me levanto com a força do meu ódio.

 

Desço as escadas e me deparo com a arma que eu queria em uma cesta de flores, junto a elas um cartão.

 

Cartão:

Park S/N, eu e os meninos te amamos muito, principalmente eu meu amor, o que a Jennie disse foi realmente uma calunia, um absurdo.

Hoseok e Yoongi já cuidaram dela, não queremos nossa pequena longe de nós, por favor volte.

Se resolver voltar, o que esperamos que aconteça estaremos na lanchonete Boob's no final da sua rua ás 4 horas.

Te amamos, mas todo mundo sabe que eu te amo mais meu amor.

 

Kim Taehyung.

 

Acabo deixando umas lágrimas solitárias cairem, mas rapidamente as limpo.

 

--- O que está acontecendo comigo? Eu nunca fui assim, ninguém nunca me tratou assim.

 

Entre ir ou não, resolvo finalmente ir para apenas escutar o que eles tenham a dizer, e depois resolvo se volto ao '''squad'' ou não.

 

Tomo um banho feliz por ter ganhado a arma mais cara do mundo? Talvez, ela era exatamente como eu queria totalmente preta fosca.

 

Fico pensando em quantas pessoas poderei matar com essa arma, ou melhor onde atirei com essa arma.

Em meio esses pensamentos psicopatas coloco uma t- shirt com estampa de uma caveira, uma calça jeans, um tênis da vans, uma máscara e um boné. Ambos na cor preta.

 

Almoço um almoço rápido, mas especificamente um lámen.

Termino de almoçar e vejo que já era 3:35. Então corro pro quarto, passo somente um deliniador, pego minha querida arma nova, e a coloco na cintura, minha carteira e coloco em uma bolsa de lado, também preta. É claro.

 

Pego meu carro e vou até a lanchonete no final da minha rua, que era o que o cartão falava.

Chegando lá avisto os meninos sentados com máscaras e bonés pretos no final da lanchonete..

Dou um sorriso de lado e caminho até as pestes.

 

Eles estavam destraídos com alguma coisa dentro da cozinha da lanchonete, sigo o olhar do mesmos e vejo um homem maltratando uma faxineira.

Dou um beijo na bochecha do Yoongi que estava ao meu lado, mas não se quer tinha percebido minha presença ao seu lado.

 

O mesmo se desperta do seu '' encontro ''' com a cozinha e sorri pra mim.

 

Vou até Taehyung e dou um selinho no maior, fazendo o mesmo virar – se pra mim e dar aquele sorriso quadrado que só ele tem.

 

--- Ah, ok eu venho aqui e vocês nem percebem minha presença? Ah ok, vou embora então.

Ameaço a andar mais antes Tae me puxa me fazendo sentar em seu colo, coro com isso e ele sussura no meu ouvido:

 

Tae: Fico feliz por ter vindo meu amor. –- o maior beija meu pescoço

 

Todos exceto: eu, Taehyung, e Yoongi: Ah então é assim? Só o Yoongi e o Tae que ganham beijo?

Os meninos fazem cara emburrada enquanto Taehyung e Yoongi riem.

 

YG E TAE: Quem pode, pode.

 

– Deixem de besteira.

 

Vou até eles e dou um beijo em cada um.

 

– felizes meus amores?

 

Todos: Mas que nunca.

 

Rio e logo aponto para a cozinha e logo sussuro:

 

--- Não seria melhor cuidarmos dali ?

 

Todos: não trouxemos armas, eles sussuram de volta

 

Rio e logo aponto pra minha cintura.

 

Os mesmos assentem com a cabeça, e como havia trago 5 armas 3 iriam ficar levando o pessoal pra fora, então ficaram assim:

 

OS QUE VÃO PRA DENTRO:

 

S/N

TAEHYUNG

 

JIMIN

 

YOONGI

 

JUNGKOOK

 

OS QUE IRÃO PRA FORA:

 

HOSEOK

 

JIN

 

NAMJOON

 

Logo faço sinal com a cabeça pra Namjoon que logo entende o recado e vai retirando o pessoal de dentro da lanchonete.

 

Vou com os meninos até a a cozinha da lanchonete e dou um tiro na porta que estava trancada.

 

– SOLTA A GAROTA AGORA.

 

XXX: Olha só, mais uma pra me satisfazer, o mesmo me puxa fazendo com que minha arma caísse no chão.

 

– VOCÊ ME SOLTA, VC NÃO SABE O QUE EU POSSO FAZER.

O homem não se quer dá importância pro que eu acabo de dizer e começa a tirar minha blusa.

Logo os meninos, junto a Taehyung, é claro arrombam a porta e :

 

Tae: SOLTA MINHA MULHER PARÇA, QUER SAIR VIVO DAQUI NÃO É?

 

XXX: Vocês me matarem? O homem ria em desdém, afinal essa belezinha é sua mulher?

O homem aperta meus seios e taehyung já puto de raiva dá um tiro no coração do homem me soltando logo em seguida e me abraça chorando.

 

Tae: Eu nunca mais vou deixar você entrar em um lugar assim sozinha, meu amor.

 

– Tae, tá tudo bem agora meu amor, digo limpando as lágrimas que caiam do rosto de maior.

 

Tae: Eu tive tanto medo de te perder meu amor, Eu te amo minha sociopata. Mas mesmo sabendo que você tem capacidade de matar uma pessoa, todos nós rimos da fala do meu namorado.

 

– Eu to bem ok? Eu te amo meu psicopata, meus olhos já se encontravam marejados, assim como o de todos presentes naquela sala, ou melhor cozinha.

 

--- Mas já passou, vamos comemorar minha volta? Digo tentando animar todos ali.

 

JK: Só se a gente for dormir na sua casa depois Noona.

 

JM: Concordo com o Jungkook.

 

Tae: Epa epa epa, que palhaçada é essa com MINHA namorada?

 

Hoseok: Ah Taehyung larga de ser um '''psicopata ciumento''' porra, todos sabemos que a S/N é melhor amiga de todo mundo aqui e a sua namorada é claro ok?

 

– CHEGA!!!! Digo gritando para todos finalmente prestarem atenção em mim.

 

– Sim, Jungkook e Jimin todos podem dormir lá em casa. Segundo, Meu amor você sabe que eles são meus melhores amigos, e você meu namorado que eu amo ok?

Não que eu não ame vocês meninos, rio com meu próprio comentário.

 

JK E JM: AEEEEEEEEEEEE

 

Hoseok: Bom mesmo ser nossa melhor amiga viu dona S/N.

 

Tae: Ok eu já entendi, vamos logo comemorar então.

 

TODOS: PIZZARIA.

 

Tae: E depois?

 

TODOS: MATAR ALGUEM.

 

Todos fizermos high five (aquele toque com as mãos sabe? )

 

e caminhamos ( obviamente de van ) até a pizzaria não tão movimentada de Hongdae.

 

Para os psicopatas, as outras pessoas são meros objetos ou coisas, que devem ser usados sempre que necessários para a satisfação do seu bel- prazer.

.

.

.

.

.

.

.

.

Continua?


Notas Finais


Boa leitura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...