História Imagine Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 575
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei...

Boa leitura. 📖❤ (Sei que ficou sem sal, mas nos próximos capítulos teram coisas impactantes, prometo)

FIGTHING! 💙

Capítulo 23 - Capítulo 23


Fanfic / Fanfiction Imagine Kim Taehyung (V) - BTS - Capítulo 23 - Capítulo 23

S/n: ta me machucando. 

Tae: por que resolveu repentinamente ser amiga deles? Meu amor, não seja tão ingênua. 

S/n: tudo bem... eu irei me afastar, afinal todos eles são um bando de imprestáveis. 

 Quando acabou a aula fomos à um parque de diversões e depois fomos para casa. Hoje s/n dormiria comigo. 23:30 estávamos assistindo um dorama na TV até decidirmos ir dormir, minha avó não estava em casa pois havia saído com o Jimin.

Tae: eu vou tomar um banho, não quer ir?

S/n: não, obrigado. 

Tomei um banho um pouco demorado, pois me distrair com meus pensamentos. Quais eram? Muitos, você não irá querer saber, acredite. Sai do banho enrolado na toalha s/n assim que me viu suas bochechas ficaram vermelha, ela tentou disfarçar. Sorrir de lado e me vesti.

Tae: eu te amo. *beija*

S/n: *beija*

Tae: *beija o pescoço da s/n* eu sou completamente louco por você. *fica entre as pernas dela*

S/n: Tae para.

Tae: estamos sozinhos em casa, que mal tem? 

S/n: eu não quero Taehyung. 

Tae: não recuse, sabe o quão difícil é manter o controle? *puxa a blusa dela.*

S/n: Taehyung...

Tae: prometo ser cuidadoso. Eu sei que você quer. *beija*

S/n: não é isso... Eu não quero.

Tae: por que? Você é virgem? *confuso*

S/n: *balança a cabeça negando*

Tae: okay... *abaixa a cabeça*

S/n: não fica assim, eu já tive namorados antes de você entenda... 

Tae: ta, você quer comer algo?

S/n: não estou com fome.

Tae: está bem. Agora deita aqui comigo. *deita* 

Tae: meu bebê... 

Acodei pela madrugada com cede, levantei-me com cuidado para não acordar ela, que dormia feito um anjo, quando voltri deitei na cama devagar e beijei sua bochecha. Me ajeitei melhor na cama e fechei os olhos sentindo s/n se virar de frente para mim e se aproximar do meu corpo, abracei a mesma como se fosse algo frágil e que poderia  se quebrar em mil pedaços se eu não tivesse cuidado.

No dia seguinte acordei sentindo um vazio na cama abri os olhos devagar e realmente a cama estava vazia levantei-me as pressas e desci as escadas a procurando. Escutei barulhos na cozinha, s/n estava na cozinha com uma camisa minha e um shortinho. 

Tae: por que não me acordou? Sabe que odeia acordar e não te ver na cama.

S/n: desculpa meu amor, eu queria fazer um café da manhã e entregar-lhe na cama.

Tae: e... *campainha toca* mais que merda. Oh... é uma carta (?)

S/n: carta? De quem? Tem remetente? 

Tae: ah... Não *abre* a carta é do meu pai, está mais para um convite do que uma carta.

S/n: não seria mais fácil ligar? 

Tae: esse é o meu pai. *sorrir* ele está convidando Jimin e eu para um jantar, em família, deve ser com a nova família dele, vai ser as 20:50.

Depois que tomamos café, s/n foi fazer compras na freira aqui perto, enquanto eu arrumava a casa. Lavei a louça, e varria casa, acho que era só isso, já que a empregada tinha feito uma faxina essa semana.

Tae: pronto.


Tae of


S/n on 


Saí para fazer compras, pois iria fazer o almoço, comprei tudo o que tinha que comprar então voltei para casa. Queria deixar tudo pronto antes de ir para casa, Taehyung iria ao jantar com seu pai então teria que passar suas roupas, cadê as empregadas? Taehyung não deixam elas trabalharem quando ele está em casa, então elas tem dias de folgas.

S/n: amor eu... 

Tae: gostou? *mostra um vestido brilhoso longo e colado com uma abertura de um lado até as coxas*

S/n: eu gostei sim, mas...

Tae: você vai comigo, você é minha namorada.

S/n: mas... É um jantar em família e...

Tae: não importa, não irei sem você. Sabe que não gosto desses tipos de coisas, não me sentirei bem. 

S/n: tudo bem... já avisou o Jimin? *ele confirma com a cabeça o vestido na caixa e se sentando no sofá puxando s/n.*

Já no carro indo em direção a casa do pai do meu namorado, Jimin ia atrás com sua namorada e eu é claro estava na frente com ele. Ele estava tão lindo, mais lindo que nunca de terno e gravata, Jimin não estava diferente dele, a namorada do Jimin se chama Yara e é linda, tem os olhos verdes e pele branca sem contar que é fofa.

O caminho foi divertido, várias piadas e risadas, até chegarmos na frente da casa, Taehyung respirou mundo e olhou Jimin pelo retrovisor. Estava parecendo mais uma missão secreta, ambos estavam sérios, Taehyung havia dito para mim não ser tão legal com deu pai. Ele sai do carro e abre a porta do carro para mim e para Yara, o mesmo segura minha mão e olha para frente vendo Jimin entrar na casa, então os seguimos.

A festa estava legal, para Taehyung nem tanto, principalmente quando nos sentamos para comer, servi o mesmo e depois me servi, sentia olhares sobre mim, eles me encaravam principalmente o pai do Taehyung.

Kim Woo: então, namoram a quanto tempo? *pergunta ao Taehyung*

Tae: vai fazer um mês semana que vem. *deixa os talheres e coloca as mãos nas pernas*

Kim Woo: e você Jimin?

Jimin: ah... umas três semanas...

Kim Woo: então, estou convidando vocês para passar uma semana no nosso sítio, o que acham...

Tae: por que isso do nada? 

Kim: quero passar mais tempos com meus filhos, algum problema? 

Taehyung estava sério e parecia preocupado com algo, mas por que ele trata seu pai com tanta frieza. Sei que eles nunca foram próximos, mas à algo a mais para serem assim, a verdade é que Taehyung não se parece com seu pai, mesmo sendo filho dele, ao contrário de Jimin. 

Quando o jantar acabou, voltamos para casa e Taehyung me levou até a minha, ficamos namorando por um tempo na frente de casa, até ele ir embora. Entrei em casa e só me joguei na minha cama, mas antes tirei minha maquiagem e me troquei. Fiquei pensando no que aconteceu para os dois serem tão indiferente um com o outro. Taehyung não ficou todo o jantar ao meu lado, principalmente quando seu pai chegava perto de mim, e foi nesses pensamentos que acabei adormecendo, pois deveria acordar cedo, Taehyung viria me buscar para irmos ao sítio de seu pai. 


Notas Finais


I'm sorry pelos erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...