História Imagine Min Yoongi- Criminal Love - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Criminal, Hot, Min Yoongi, Suga
Visualizações 131
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Êhh olha quem apareceuuu!!! GENTE ANTES DE TUDO!! Essa fanfic está quase chegando ao fim :'(


Boa leitura!

Capítulo 17 - Is it crazy to say it's reciprocal?


Fanfic / Fanfiction Imagine Min Yoongi- Criminal Love - Capítulo 17 - Is it crazy to say it's reciprocal?

— Obrigada por tudo e me desculpe por descobrir a verdade tarde demais..

     (...)

Me sentei no chão, ainda segurando a carta e a Loli, apoiando minhas costas no guarda-roupa. Continuo chorando por um tempo, ainda sem acreditar que meu pai tenha feito tudo isso.

Não acredito que senti raiva da Lyn quando ela tentava me afastar do meu pai. Ela só queria me proteger...

Será que Yumi sabe o monstro que é o seu marido?

 

Acordo de meus devaneios ao escutar a porta ser aberta.

Min Yoongi On *

Olho para cama e não vejo Sn, passo os olhos pelo quarto e avisto a menor sentada o chão.

Yoongi- S/n, Porque está sentada aí? Está cheio de poeira, você pode adoecer! — Me aproximo — O que é isso? — Refiro-me ao papel em suas mãos.

Sn- Lyn deixou uma carta pra mim antes de morrer. — Me olhou cabisbaixa — Minha babá contou tudo... Quem é o meu verdadeiro pai e tudo o que  ele fez. Ele... ele é um monstro! — Colocou as mãos na cabeça. — Como eu não percebi isso?

Yoongi- Calma! Sn, olha pra mim.— ela obedece — Eu sei que deve ser dificil descobrir tudo isso, mas você precisa se acalmar, ok?

Sn- Não consigo! É muita informação. Meu Deus, Yoongi! Ele matou seu pai, e provavelmente mais gente morreu nas mãos dele! — me olha em tom de desespero.

Yoongi- Por favor, tente se acalmar! — Sn me encara com os olhos cheios de lágrimas. — Você precisa ser forte com tudo isso! — Não penso duas vezes, acolhendo-a em meus braços e abraçando o mais forte possível.

Passaram-se algumas horas e eu havia dormido agarrado a Sn.

Yoongi- Vejo que o meu abraço te acalmou, não é? — Brinquei, ao ver a menor me encarar sorridente.

Sn- Você me traz paz, Suga.. — Sorri abobalhado com suas palavras. — Agora que sei toda a verdade, não quero ficar brigada com você...

Yoongi- Oh, é tão bom ouvir isso! — Apertei mais o abraço.

Sn- Eu quero te ajudar, Suga. — A olho desentendido — Quero acabar com o meu pai junto com você. Quero vingar a morte da Lyn!

Yoongi- V-você tem certeza disso, Sn? — Perguntei de olhos arregalados.

Sn Assentiu.

Sn- O que pretende fazer? Digo, qual era o seu plano?

Yoongi- Te sequestrar... — Sn riu — Recuperar o dinheiro da minha família e... matá-lo. — Ditei em um tom mais baixo.

Sn- Oh...

Yoongi- Você não precisa matar ele.. Eu entendo o seu lado. — Sorri fraco.

Sn- Com o que posso ajudar então?

Yoongi- Continue fingindo ser uma vítima de sequestro. — Brinquei. — E com o dinheiro da minha família... Não tenho nenhuma pista de onde possa estar.

Sn- No Meu Nome! — Disse com a voz alterada.

Yoongi- Ham? — Olhei-a desentendido.

Sn- O dinheiro da sua família está no meu nome. Em uma conta, nome. É por isso que eu era “tão preciosa” para o app... Seung.

Yoongi- Como Assim? Como sabe disso?

Sn não disse nada, apenas me entregou a tal carta para que eu lesse.

Era realmente perturbador. Lyn contava tudo o que sofreu de forma tão trágica...Me senti mal pela pobre babá. Lágrimas desceram pelo meu rosto, mesmo não tendo a conhecido, era algo frustrante de se ler.

Sn- Yoon... — Limpou o meu rosto — Como faremos para passar o dinheiro para o seu nome novamente? Seung não pode nem desconfiar.

Yoongi- E-eu.. eu não sei ainda, meu amor... — eu ainda estava desnorteado com a carta.

Sn- Eu te amo. — Sorriu.

Yoongi- Seria loucura dizer que é recíproco? — Sorri largamente ao ver o brilho em seus olhos.

A menor quebrou a pouca distância entre nós, beijando-me os lábios.

 

 


Notas Finais


Por hoje é só... espero que tenham gostado ^^

Vou tentar trazer o próximo cap assim que chegar aos 100 fav. Vou tentar hihihi ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...