1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Min Yoongi ela me mudou (sendo refeita) >
  3. Sera que devo confiar mesmo?

História Imagine Min Yoongi ela me mudou (sendo refeita) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Esqueci de avisar, eu estou refazendo essa fic, porque ela foi excluída pela porra do spirit então, para não ficar enjoativo não farei igual a original, algumas coisas serão diferentes

Capítulo 7 - Sera que devo confiar mesmo?


Fanfic / Fanfiction Imagine Min Yoongi ela me mudou (sendo refeita) - Capítulo 7 - Sera que devo confiar mesmo?

LEAIM A FUCK DAS NOTAS DO AUTOR E AS FINAIS POR FAVOR !!!

Você teve um monte de momentos que não duraram para sempre
Agora você está na esquina tentando juntá-los
Como amar
Como amar

Por um segundo que você esteve aqui, por que você está lá?
É difícil não olhar a maneira que você move o seu corpo
Como se você nunca teve um amor
Nunca teve um amor

Quando você era apenas uma garota nova, mas tão preciosa
Mas agora você cresceu tão estilosa, é como uma benção
Mas você nunca conseguiu ter um homem olhando cinco segundos pra você
Sem você ficar insegura

Você nunca se dá crédito, então quando você envelhecer
Parece que você voltará atrás umas dez vezes
Agora você está sentada aqui neste maldito canto
Olhando através de todos os seus pensamentos e olhando sobre seu ombro


How to love - Lil Wayne





Eu ia dar o fora mais o inspetor me obrigou a ir junto. Enquanto íamos na ela da diretora guardei meus fones.

Eu estava na sala mais minha cabeça estava tão lonje, aquilo não me interessava Taehyung não era nada meu, nenhum deles eram e não podiam ser... Não queria cometer o erro do ano passado, disse que não veria problema em tê-lo como amigo por pura impulsividade, estou melhor sozinha...

- Posso sair? Não tenho nada haver com isso, sou aluna nova não lembra diretora?
- Mas estava lá.
- Eu só desci do lado dele na escada. Já tem gente demais que pode ajuda-la a resolver isso. - A mesma revira os olhos.
- Ok pode ir.

Me retiro de lá e coloco meus fones e vou até o pátio rumo onde almoçamos, andando na última mesa.

Fico lá analisando a minha atual situação, escola nova, pessoa a novas, mais sera que não são iguais as que eu conheci? É uma interrogação grande mais...Não tô afim de resolver isso agora, estou bem sozinha, ter amigos seria bom mais também ficar sozinha não é um problema. Lembro que não tomei meu remédio então vou até o inspetor.

- Pode abrir a sala? Preciso pegar uma coisa.
- Espere um pouco, tenho que resolver algo e logo abro. - Ele diz de forma aspera e entra na diretoria.

Espero o babaca fazer não ser o que torcendo para não ter um troço na frente de todo mundo.

Finalmente, ele retorna e faz o que pedi, vou até minha bolsa e engulo o comprimido a seco. Desço as escadas rumo ao lugar onde estava mais ele já estava ocupado por cinco pessoas. Bufo e me sento na mesa vizinha, não prestava atenção no que eles diziam, realmente não era da minha conta e interesse.
- Ei.- Me viro em direção os dono da voz grossa e vejo ser Taehyung que ocupava o lugar ao meu lado.- Vem quero te apresentar aos meus amigos.- Ele já entrelaçava os nós de meus dedos com os dele, fiquei olhando aquele contato...fazia tempo que ninguém fazia aquilo ou qualquer outra coisa, eu fico nervosa e tento achar a minha voz.
- Olha...Eu....não posso.- Ele se vira para mim e uni suas sombrancelhas em sinal de confusão.- Isso...- A ponto para nossas mãos e os amigos dele.- ...Não é pra mim tá, é melhor você ficar longe de mim.

Sim pessoas comuns com personalidade de merda diriam que é puro drama,mais eu não me importo. Me solto de sua mão e tento andar para outra direção. Tento ir rápido até o banheiro e assim adentro o mesmo e vou até a última cabine, me permito sentar naquele chão sujo e chorar, me lembrando de tudo do ano passado, cada palavra, cada falso abraço, tudo estava lá...E eu não conseguia bloquea-las, colocava as mãos fortemente na boca, para que ninguém ouvisse nada.

Amizade de verdade? ISSO NÃO EXISTE, é apenas algo bonitinho que vemos nos desenhos animados que passavam na TV quando éramos crianças. Fico o máximo que posso lá, mais sabia que não ficaria de aula vaga para sempre. O sinal estridente toca e assim limpo meu rosto e saio da cabine vi umas duas meninas mais ignoro e lavo o rosto, olho no espelho que tem acima da pia e vejo que não há resquícios de nada. Ponho meus fones e fico mexendo no meu celular até entrar na sala. Ignoro Taehyung completamente.

Q.D.T

O sinal anunciando que poderíamos ir embora bate, eu tenho um costume de sempre ser a última a sair da sala quando já estava indo, Taehyung parecia estar me esperando sair da sala.
- Sn....
- O que é?- Digo calma.
- É que eu estou com dinheiro sobrando e.... queria que fosse comigo e os meninos na sorveteria.
- Olha. - Ele me corta.
- Antes que não aceite, saiba que estará me fazendo um favor, queria uma companhia diferente hoje.- Como eu disse o segundo nome do Taehyung só pode ser insistente, eu realmente gostaria de poder tomar sorvete com um amigo, mais não dá não confio em ninguém e não posso confiar...se aquilo acontecer de novo...Não sei se me recuperaria. Antes que jegue Tae já estava me levando.
- O que você tá fazendo Taehyung?- Ele ri.
- Eu esqueci de dizer que não aceitava um Não como resposta.
- Garoto me solta, eu preciso ir para minha casa.
- Pode ir depois do sorvete.- Ele se vira de frente para mim para me encarar.
- Por favor.- Bufo, era algo que talvez eu sairia ganhando, então derrotada apenas assinto.

Ele me leva até o estacionamento dos alunos, irônico todos aqui são menores de idade mais podem não só ter carros como um lugar para guarda-los. Lá estava o Jeep Commander que havia me dado carona hoje de manhã, o dono estava na frente junto de um garoto de cabelos de um laranja vivo diferente dos de Taehyung que eram várias tonalidades mais claro, atrás estava o tal Jimin e Jungkook. Para nós podermos ir todos, eles tiveram que se espremer para mim poder entrar.
- Olha realmente não é necessário, posso deixar para outro dia.
- Relaxe Sn, não é nenhum encomodo para mim.- Diz o dono do carro me olhando.- E muito menos eles.- Diz olhando os meninos de da um sorriso fechado.
- Pode vir Sn, sou Hoseok a propósito.- Diz o de cabelos alaranjados fortes para mim estendendo a mão. Olho sua mão receosa mais mesmo assim a toco e ele sorri largamente para mim, ele era bonito eu tinha que admitir.
Decido que tudo bem ir, podia ser....divertido né?
Respiro fundo e apoio a cabeça no vidro.
- Nossa, como a professora de português é insuportável cara.- Murmura o que imagino ser Jimin e todos começam a conversar, até me incluírem na conversa:
- Ela é tão chata, né Sn?
- Com certeza.- Digo torcendo o nariz ao lembrar dela.
- Ei que tal sairmos para o shopping no final de semana?- Sugere Hoseok e todos parecem concordarem.
- Eai Sn, quer ir com a gente?- Taehyung pergunta e sorri, com seu famoso sorriso quadrado.
- Vou ver se tenho tempo livre e te respondo na sexta ok?
- Sim.


Notas Finais


Os capítulos começaram a ficarem curtos mesmo, para que eu possa postar de forma mais continua ok? Espero que estejam gostando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...