História O pacto com o Diabo - Min Yoongi - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Min Yoongi (Suga)
Tags Min Yoongi, Morte, Suga, Terror, Violencia, Yoongi
Visualizações 720
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Namjoon??


Fanfic / Fanfiction O pacto com o Diabo - Min Yoongi - Capítulo 4 - Namjoon??

POVs S/N
Começo a me encolher na cama,naquele momento veio a tona.
                    "Isso não é um sonho!!"

~ CONTINUAÇÃO ~

O mesmo ia se aproximando de pouco a pouco e a um piscar de olhos minhas mãos estavam algemadas na cama ,eu tentava de todas as formas me soltar mas era inútil lutar por uma coisa que você sabe que nao vai dar certo. Derrepente so sinto alguém subindo em cima de mim,com o corpo quente e a respiração um pouco pesada. Fecho os olhos com força tentando acreditar que aquilo não era real. Mas paro meus pensamentos quando escuto um sussurro em meu ouvido:

(Y) Isso é um sonho agora para você? - fala com uma voz rouca que me deixou molhada e arrepiada em todos os lugares-

Ainda com os olhos fechados acinto com a cabeça que "sim" e só ouso um risinho do mesmo que estava satisfeito com a resposta. Começo a sentir beijos quentes  em toda a região de meu pescoço e não resisti e abri meus olhos.

(S/N) Pa-para por favor. -gaguejo-

(Y) -o mesmo para e olha para mim- Tarde de mais -sorri cheio de malícia e continua a torturar meu pescoço so que agora com chupões .

Eu não posso negar que "Isso é muito bom".

Assim que ele se cansa de meu pescoço,com muita pressa e agressividade ele rasga meu vestido e o joga em qualquer lugar do quarto,deixando meu corpo quase todo a amostra pois como o vestido tinha bojo não era necessário usar sutiã,sendo assim fiquei apenas de calsinha.

(S/N) Nao faz isso -falo baixinho pois não queria gastar forças -

O mesmo ignora o que eu falei e começa a "brincar" com meus seios,enquanto em um ele fazia varios movimentos de "tortura" com as mãos no outro ele fazia com a boca.

Eu simplesmente me rendi,eu não podia fazer nada somente aceitar aquela tortura maravilhosa,desse homem que eu nem conheço mas que seu olhar já me da vontade de... "s/n para de pensar essas merdas,acorda pra vida"

Após torturar por completos meus dois seios o mesmo desce os beijos e chupoes ate minha intimidade. Ele a olha com um sorriso cheio de malícia por alguns segundos e sem aviso tira minha calsinha a mandando pra longe , tento fechar minhas pernas em um sinal "Nao faz isso caraleo" . O mesmo me olhou feio e as abriu, a abocanhando em seguida,me fazendo soltar gemidos altos e baixos pois aquilo era muito bom. Eu tentava me soltar para tentar o sentir mais, mas essas correntes era super grossas e eu tinha certeza que seu eu continuasse me mechendo assim ,iria me machucar.

Após ele conseguir alcançar meu ponto G, o mesmo sobe até meu ouvido e sussurra em meu ouvido:

(Y) Esta gostando princesinha? - morde o lombo de minha orelha e meu cu literalmente se fecha-

Da minha boca não saia nada, eu tentava falar algo mais quando eu ia falar acabava a deixando em um formato perfeito de "O" saindo absolutamente nada. Por segundo eu olhei em seus olhos e os vi vermelhos  "Esse homem não é normal,isso não é normal,isso não é um sonho" , o mesmo me tira do transe selando nos lábios em um beijo feroz e cheio de desejo.

Eu simplesmente cedia a tudo que por mais que eu dissesse que não,Eu estava amando cada toque.

Com a ausência de ar nos separamos do beijo, e o mesmo saiu de cima de mim,tirou sua roupa é quando voltou pude ver seu membro ereto e que já estava com a camisinha.

      "EITA JIZUIS É AGORA"

Ele entao me soltou calmamente meus braços das correntes e eles estavam super vermelhos.  Enquanto eu passava minha mão aonde ardia sem aviso prévio Min Yoongi penetrou em minha intimidade,aquilo doeu pois eu não estava preparada, seguro rapidamente nos lençóis com força e solto um gemido alto. O mesmo então começou movimentos devagares e foi acelerando a cada penetrada.  No quarto so podiam escutar nossos corpos batendo um no outro e nossos  gemidos.

Após muitas estocadas consegui chegar ao meu ápice duas vezes,e ele também,estavamos cansados e quando íamos chegar ao terceiro ele se jogou ao meu lado na cama.

(Y) Essa como foi sua primeira eu peguei leve,você verá na próxima - fala com a respiração ofegante-

   "Perai proxima?"

• • • 07H00AM • • •

(S/P) S/N!! S/N!!! ACORDA -grita-

(S/N) O-oi?! -esfrego meus olhos acordando-

(S/P) Já são 7 da manhã e o seu trabalho? -diz saindo do quarto-

(S/N) Que trabalho? .... AÍ MEU DEUS A LANCHONETE -arregalo os olhos e pulo da cama e começo a trocar de roupa igual doida-

Não cômo nada,siquer faço minhas higienes matinais direito. Saio correndo de casa e por um milagre o ônibus número 17 estava passando e por sorte ele também parava em frente a lanchonete, entrei nele...

• • • QUEBRA DE TEMPO • • •

Chego no trabalho e percebo que o anão de meu chefe estava de conversinha com um homem super alto, mas pra mim que tenho 1,60 quase todo mundo é alto. Visto meu avental e quando eu pensei em sair de trás do balcão meu chefe me chama.

(CF) S/N !! -grita- VENHA AQUI.

" MEU CÚ GELO,OMMA QUE PARIU,MELHOR EU COMEÇAR A REZAR, Ave Maria cheia de graça...."

(S/N) o-o-oi  turo bom? - falo me virando bem de vagar para ele-

(CF) Atrasar nao é mocinha, e também cheia de marcas. - fala nervoso-

(S/N) Marcas? - falo sem intender indo até o grande espelho que na lanchonete havia- Omma que me -coloco a mão na boca- Eu tô cheia de chupões como assim zenhooo -falo baixinho colocando a mão nos chupões-

(CF) S/N -pude ver ele erguer as sombrancelhas então me virei rapodamente-  Depois conversamos sobre isso Ok?! Agora o assunto é esse aqui , temos um novo funcionario -o homem alto que estava atrás dele se vira revelando seu rosto-

(S/N) NAMJOON??

(RM) Oi garota estressada -sorri mostrando suas covinhas maravilhosas-





    





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...