1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Pain - Lados opostos >
  3. Tensão - conheça a dor

História Imagine Pain - Lados opostos - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem meus amores 🧡🖤

Capítulo 24 - Tensão - conheça a dor


Foram arremessados por Pain, caíram dentro do terremoto e se feriram gravemente por ele, e outros foram sugados e arremessados pelo furacão do meu irmão

Outros ninjas: - nani? – eles se afastaram

Christ: - o que foi gente? – sorri de lado

- Estão com medo agora? Deveriam ter sentido isso antes

Pain: - vocês erraram em vir provocar a ira de um Deus

Christ: - *sussurra no meu ouvido* s/n, teu namorado é gente boa, mas não bate bem da cabeça não

- *sussurro no ouvido dele* é eu sei disso, mas ele tem o poder de um

Pai: - PORQUE NÃO ATACAM?! SÃO SÓ 3 NINJAS! – ele gritou pros shinobis

- Não vê o medo no olhar deles papai? – ele olhou pros shinobis que tavam quase de joelhos

Pai: - o que fizeram... – ele falou de olhos arregalados – onde eu errei com vocês...

Christ: - você sabe onde errou, porque ainda pergunta? – ele perguntou sério

Mais uma leva de shinobis chegou, e eu conheço ela leva.

- Droga...

Pain: - o que foi? Sabe quem são esses shinobis

Christ: - claro que ela sabe, são os que sequestraram o Lay, e queriam forçar ela a se casar com um herdeiro ou foi o chefe

- Eu quero aniquilá-los agora!

Pain: - são a quantidade perfeita para me satisfazer

Christ: - tem uma pessoa que eu quero matar ali no meio – ele olhou com fúria pro meio dos shinobis

- Aquele miserável... – vi o chefe do clã e um rapaz que aparentava ter minha idade.

Chefe: - S.r Yogan, aquela é sua filha certo?

Pai: - sim, ela mesmo

Chefe: - continua bonita, olha filho, você iria se casar com ela

Rapaz: - ela é bonita, pegava

Pain: - fale isso olhando nos meus olhos, Bancho Ten’in – ele o puxou e o segurou pelo pescoço – repita

Rapaz: - ela é gata, eu PE-GA-VA

Pain: - admire a dor, aprecie a dor... conheça a dor – ele o jogou no chão formando uma cratera no mesmo e colocou cravas nos pontos vitais dele

Rapaz: - AAAAAAAHHH – cuspiu sangue

Chefe: - nani? Como isso aconteceu?

Pain: - nunca mais falem assim da s/n, nunca mais – ele falou extremamente sério

Christ: - até eu gelei aqui, caramba

- Vamos logo atacar, não quero perder tempo

Corremos em direção a eles e vieram também. Corri na direção do chefe que é o meio, Pain foi pra parte direita, Christ foi pra parte esquerda

- Você é meu – veio 5 ninjas na minha direção com kunais, um jutsu de água, um de raio e shurikens gigantes

(Tempo em fração de segundos a partir de agora)

Desvio do Jutsu de fogo

Dei um giro no ar

Segurei duas shurikens com as mãos e lancei contra dois dos ninjas

- *Sinais de mão* Estilo vento: espada cortante – bati as mãos e joguei contra o jutsu de raio que o desfez

Veio uma kunai na direção do meu rosto e a peguei com a boca

Pisei na cabeça de um

Joguei a kunai na cara de outro

Outra shuriken grande na minha direção

Peguei o centro dela, girei e joguei em um ninja qualquer

Ninja: - Estilo terra: - rocas de pedra! – colocaram as mãos no chão e várias rocas gigantes apareceram no chão

- Yogan ga tokeru – derreti as rocas, virando um grane rio de lava – vocês estão me estressando já, Sekka – petrifiquei os ninjas e me voltei ao chefe – minha presa – avancei nele com a katana e ele sacou uma kunai e bloqueou

Chefe: - s/n, pare de resistir, você é mulher! – ele falou com dificuldade

- Só porque sou mulher não quer dizer que não posso ter opinião própria! – dei uma rasteira nele e ele caiu no chão e enterrei a katana na região do intestino delgado

Chefe: - AAH *cospe sangue* p-porque – ele falou fraco

- Você quase matou meu irmão, me tratou como se eu fosse um objeto de uso masculino, e ainda tentou fazer eu me casar com o idiota do seu filho

Chefe: - v-você não v-vai s-sair dessa... – ele falou cuspindo mais sangue

- Você não está em condições de dizer isso velho nojento, vou acabar isso de uma forma mais rápida – tirei a katana da barriga dele

Chefe: - o o que v-vai fazer? – ele perguntou fraco

- Sekka – petrifiquei ele e joguei dentro da lava

Pai: - eu mesmo irei te parar minha filha – ele falou com a katana amarela do clã na mão

- Tente e falhe miseravelmente – avançamos na direção um do outro

Batemos as katanas uma contra a outra e ficamos frente a frente

Pai: - você tem mais força...

- Muito mais, velhote

Ele abaixou pra cortar minhas pernas

Pulei e dei um chute no rosto dele, ele voou pra perto do rio de lava

- Você enfraqueceu, quem sabe se tivesse uns 8 anos mais novo, poderia me deixar desarmada – me aproximei dele caminhando

Pai: - se eu morrer, eu vou te levar junto comigo – ele foi com a katana na minha direção, desviei, mas cortou meu pé

- AAAAAH – vi meu pé saindo – velho miserável! – enfiei a katana nele e ele segurou com as mãos

Pai: - espero que possa me perdoar – ele sorriu sangrando pela boca

- O que vai fazer? – perguntei puxando a katana

Pai: - por isso – ele me jogou dentro do rio de lava

- AAAAAAAHHHHH – senti a lava me queimando

PAIN ON

Olhei e vi s/n dentro da lava, e eu sei que não é genjutsu

- S/N! – fui lá em alta velocidade – o que você fez com ela seu imundo?!

Pai dela: - dei um fim na minha única filha, me sinto culpado, mas foi preciso... – ele falou meio aliviado – você a amava?

- Ela é o amor da minha vida, agora você vai pagar, todos que estão aqui – falei secamente e ele suou frio – Bancho Ten’in – puxei o pescoço dele e o joguei no chão formando uma cratera e prendi cravas em pontos vitais, incluindo as mãos

Pai dela: - AAAAAAAHHHH

- A partir de agora, todos vocês conheceram a dor... Chibaku Tensei – formei uma bola que atrai todos os seres pra ela

Christ saiu do alcance rapidamente e foi pro meu lado

Christ: - quando a s/n falou que você tem o poder de um deus, ela não tava brincando

- Shinra Tensei – mandei a esfera pra uma longa distância.

Christ: - cadê a s/n? – ele falou a procurando

- Dentro desse rio de lava, ela morreu... – falei triste

Christ: - não precisa se preocupar com isso

- REPITA ISSO PRA MIM DE NOVO!

Christ: - calma – ele sorriu nervoso – vem comigo – ele me chamou e foi até a lava e se abaixou lá perto

- O que vai fazer? Quer morrer também?!

Christ: - dá pra parar de ser afobado?!

- *respira fundo* wakata

Christ: - ê maluca! Tá ruim de nadar?

Nada aconteceu

Christ: - S/N SAI LOGO DAÍ!

Aconteceu um movimento na lava

- Nani? – olhei mais de perto

s/n levanta de lá de uma vez

Christ: - demorou a dar sinal de vida né? Vem eu te ajudo – ele deu a mão pra ela e a tirou de dentro, não consigo me mexer

s/n: - eu tô sem meu pé sabe, o papai tirou ele

- Aquele desgraçado...

s/n: - cadê os outros? Acabou a luta?

Christ: - seu namorado deu um jeito na tropa

s/n: - obrigada Pain, você não vai me abraçar não seu pateta? – ela perguntou sorrindo divertida e a abracei aliviado

- Nunca mais me dê um susto desse mulher! – falei ainda no abraço

s/n: - nem eu sei como eu vivi, Christ, você sabia que eu não ia morrer?

Christ: - sabia – ele falou como se fosse a coisa mais normal do mundo – o Attakainogan proibido dá essa vantagem, seu corpo vira composto de lava também

- Porque não falou isso imbecil? – perguntei tedioso

Christ: - eu achei que ela sabia, num sou adivinho não – ele deu os ombros – agora vamos dar um jeito nesse seu pé


Notas Finais


Espero que tenham gostado❤até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...