1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine Park-Jimin ( MEMÓRIAS ) >
  3. Porto Seguro

História Imagine Park-Jimin ( MEMÓRIAS ) - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiie gente 👀

Vocês estão bem??🤔 Espero que a resposta seja positiva...👌

(Não liguem para o emoji sorry Ksksk )


Boa leitura pra vuceis !!!💕💕

Capítulo 14 - Porto Seguro


Fanfic / Fanfiction Imagine Park-Jimin ( MEMÓRIAS ) - Capítulo 14 - Porto Seguro

Estamos indo para casa do jimin nunca mas voltei lá desde daquele dia mas o que que tem não aconteceu nada demais eu só sei um selinho nele sem ele saber

Mas o meu selinho comparado a aquele beijo.... mordo os meus lábios de leve estamos todos a pé indo pra lá eu estava morta precisava de um banho urgente mas tudo isso me faz lembrar ao momento em que eu estava na casa dele

De camisola ele correndo atrás de mim assistindo um filme na mesma cama... Eu não sei mas ultimamente meus hormônios despertaram fico me perguntando se devia ou não ter dormido com ele só dormi não teria me feito mal algum não? Não Rayssa não devia você precisa foca, estar muito perto dele te deixa descontrolada

"Mas vai dizer q tu não gosta??"

Éhh.... fora de cogitação eu não gosto tanto assim de ficar perto dele



Falo a mim mesma implorando para meu subconciente acreditar - não gosto tanto assim dele eu não sinto nada por ele Kakau estava errada é tudo uma confusão- volto meu olhar para o trio ao meu lado e percebo que o Jimin me encarava o que me faz desviar o olhar, por que pareço uma criança que tem vergonha de tudo??? Deixa ele olhar oras eu queria olhar pra ele com olhar de indiferença mas sabia se ficasse o olhando e o mesmo também eu não conseguiria me aguentar iria ficar vermelha novamente e eu não suporto não ter controle da cor do meu rosto

- O que foi amor - fala sussurrando em meus ouvidos trazendo de volta aqueles arrepios que já tempo não sentia por causa da Jéssica- esteve quieta o caminho todo - fala ele com um sorriso enquanto suas mãos estão em cima do meu ombro

- Jimin oppa eu já disse- ele me interrompe colocando seu dedo em minha boca a silenciado eu não tinha percebido mas seus dedos eram muito fofus

Pego sua mão livre e comparo com a minha começo a sorrir ao ver aquilo

- Jimin seus dedos- ele me olha envergonhado - são uma graça que mãozinha de bebê mais linda - falo mexendo com suas mãos mas ele tira suas mãos de mim e esconde atrás de si

- Kakau olha as mãos do jimin vê se não é a coisa mais linda que tu já viu - falo toda animada tentando pegar umas das mãos novamente

- Deixa eu ver - ela chega um pouco mais perto do jimin tentando alcançar sua mão mas ele desvia

- Sai Kakau- fala ele rindo sem graça

- Por favor bebê deixa eu vê- Ela chamou ele de bebê por favor que isso não seja ciúmes eu não quero você sai de mim

- Eu também quero ver agora fiquei curioso- Pedro fala indo em busca das mãos do jimin

- Para gente são só mãos normais - ele fala indo pra meu outro lado

Eu olho pra Kakau

- Se prepara - pisco a ela

Vou até o Jimin e o abraço o que o deixa sem reação

- Agora - falo e a Kakau entende o recado é Pedro a segue ele estava imobilizado em meus braços- foi mal oppa - faço bico e ele sorri mas a lembrança de hoje mais cedo me faz desfazer o bico na mesma hora

- Acho que valeu apena no fim das contas- fala ele se referindo o abraço e chegando mais perto de mim o seu cheiro me encantava eu não sabia distinguir que cheiro era só sabia que nunca havia visto outro igual era um cheiro único que fazia eu reconhecer o Jimin mesmo sendo cega e surda 

"Será que não é exagero não?"

Não, estou falando serio

- Aiii meu deus - fala Kakau dando pulinhos - Eu sabia que era um bebê lindo mas não que tinha a mão de um

Jimin fica um pouco vermelho afinal de um lado era Kakau e do outro Pedro

- Nossa que mão macia- Pedro fala ao mexer na mão do meu oppa

- Deixa minha mão - fala ele tirando as mãos das deles e me abraçando- vamos logo pra casa tô morrendo da fome

Ele nitidamente estava mudando de assunto mas tudo bem saio do abraço dele assim que ele para de falar e começo a andar em direção a sua

- Ueh pra onde tá indo doida - fala Kakau atrás de mim junto com os dois

- Pra casa do Jimin- falo colo se fosse óbvio- pra onde mais iria ?

- Mas tu nem sabe o camin.....- Ela para temporariamente como tivesse lembrando de algo - Tá esquece

- O que que deu ??? - fala Pedro confuso - Você já...- ele olha pra mim com um olhar por essa eu não esperava dai eu entendo tudo

- Eii- falo indignada - Não... é isso...que Você tá pensando- falo ficando vermelha

- O que ele tá pensando? - Jimin entra na conversa se fazendo de inocente mas no fundo conseguia ver um sorriso sacana em seu rosto

- Vai me dizer que você não tem ideia??- falo e ele faz negativo com a cabeça "como ele se faz" ele queria ouvir dizer com minhas proprias palavras só pode - Ele acha que a gente dormiu junto.... seu...- estava preste a chingalo de algo muito infantil provavelmente mas ele me interrompe

- Vai me dizer que não dormiu lá em casa ??

- Simm.... mas não no mesmo cômodo- Pedro olha pra mim com um olhar de ata - que eu me lembro eu te tranquei no seu quarto


Pedro e Kakau começam a rir



QUEBRA DE TEMPO 》》



Depois que chegamos comemos as pizzas e colocamos um filme pra assistir de terror de novo, o oppa me deu uma coberta a pouco antes do filme começar e eu estava envolta nela como se ela me protegesse do que acontecia no filme estava fazendo o máximo pra não me assustar

Acho que Pedro percebeu isso pois começou a rir mas me ofereceu sua mão que nem no cinema eu a aceitei sem dó enquanto a minha outra ia na minha boca pra sufocar qualquer medo ou grito que pudesse surgir


《Rayssa off》




《Jimin on》



Estamos assistindo filme em minha sala de vez em quando olhava pra Rayssa e via ele se escondendo na cuberta quando olho novamente vejo Pedro rindo e oferecendo uma mão pra ela a mesma a pega sem hesitar e a entrelaça com a sua eu estava me segurando pra não falar "acabou o filme vamos dormir" mas não queria ser ciumento nem mesmo chato então engoli aquilo para mim e continuei a assistir ao filme quero dizer tentar assistir mas a partir dali eu apenas fingia que assistia


......


O filme graças ao céu acabou não aguentava mais aquilo vejo que Rayssa já havia soltado sua mão E suspiro de alívio

- Vamos fazer algo divertido gente - fala Kakau quebrando o silêncio

- Vamos - fala minha princesa animada

- Claro

- O que exatamente? -pergunta Pedro logo após eu responder

- Verdade ou consequência - puts

- Por que não? - falo mas não estava muito animado eu havia visto alguns filmes americanos antes de sair da Coreia e quando ia para o Estados Unidos com meu appa e sempre dava merda mas eu não podia fazer eu queria brincar mas ao mesmo tempo.... que saber deixa de ser medroso Park- Vamos brincar- falo sorrindo

- Por mim - fala Pedro ao que me parece adorando a ideia

- Tá.... - fala Rayssa meio hesitante do que ela tinha medo

- O que foi amor ? Tem algo a esconder ? - sussurro o suficiente pra a mesma que estava ao meu lado escutar só pude ver ela morder seus lábios o que me provocava de um jeito mas apenas sorri

Ela olhou pra mim e fez uma cara fofa não perdi a chance e apertei suas buchecas - Aiiii jimin - fala ela com dificuldade por conta de suas buchecas estarem sendo apertadas- para diacho

Começo a rir novamente e me levanto

- Aonde vai- meu amor me pergunta

- Na cozinha você vem?? - pergunto a olhando fixamente e um sorriso de canto se forma em meus lábios.

- Nã..não- fala ela imaginado coisas aposto

- Que pena - falo indo a cozinha e pegando um litro de vidro de refrigerante para usarmos - Vamos brincar já peguei a garrafa - falo me sentado no lado da Rayssa

Coloco no meio da roda que havíamos feito com apenas quatro pessoas e estávamos prontos pra começar


《Jimin off》



《Kauanny on》


Quando o jimin estava preste a girar a garrafa eu me pronuncio

- Mudei de ideia - ele me olha tipo oq?- tem algo forte pra beber aqui na sua casa ?

Ele me olha tentando entender o que eu queria dizer mas acho que tava difícil porque ele ainda me olhava com cara de tonto

- Tenho sim- fala receoso - Por que ?

- Vamos brincar de quem nunca.

Olho para Nana eu já havia bebido mas sei que ela não eu queria algo mais empolgante do que apenas verdade ou consequência e o Pedro não tem cara de inocente então a única coisa que preciso é convencer minha amiga a aceitar

- Kakau....- Ela fala como se estivesse ouvindo meus pensamentos mas eu não estava a fim de ceder eu sei que pode ser errado força-lá mas não pretendo fazer isso irei perguntar pessoalmente pra ela não na frente dos outros porque se não ela vai se sentir precionada


Pego Nana pelas mãos

- Vem Nana quero falar contigo - nos levantamos e fomos até um canto da parede longe o suficiente para eles não nos ouvir

Nana olhava para eles quando chamei sua atenção...

- Nana, tudo bem pra você???

- Kakau eu não sei... não sei se devia mas...

- Você tá com medo - falo com toda paciência com minha amiga - Eu entendo se você não quiser jogar eu evento uma desculpa se você quiser - talvez seria melhor se eu tivesse perguntado primeiro mas agora já foi - Desculpa devia ter te perguntado antes de falar com eles

Nana vira pra eles jimin não estava mais lá vejo que seus olhos buscam por ele quando ela encontra ele voltava da cozinha com as bebidas não era uma especialista em bebidas mas me parecia vodka, Nana volta a me olhar com um olhar nervoso

- Eiii - falei chamando sua atenção - você não precisa se forçar a fazer isso - falo tirando um cacho de seu rosto e botando atrás da sua orelha

Ela para por um segunda estava nervosa mas ao mesmo tempo parecia que o medo havia sumido do seu olhar eu não sabia se era forçado Ou eu se realmente o medo passara

- Tudo bem eu consigo- fala ela dando um sorriso parecia real mas tinha medo que ela se sentice forçada a algo - sempre tem uma primeira vez não eh???

- Tem certeza?- Ela acena com a cabeça- Certeza absoluta?? - pergunto pra ela

- Simmmm- Ela fala e eu olho fixo em seu olhar tentava distinguir qualquer tipo de mentira na sua fala, não sei se não havia nada ou eu era realmente péssima nisso- Eii para de me olhar assim daqui a pouco vou achar que você está interessada em mim- fala ela fazendo uma pose o que me faz rir - Sério Kau eu to bem não tô sendo obrigada quero saber como é tomar um porre

Chego perto do seu ouvido

- O porre cada um tem sua experiência mas se prepara para a ressaca amanhã- Ela começa a  rir de nervoso 

Pego a sua mão e a guio até a sala onde se encontrava os meninos sentamos cada um em um canto de uma mesinha que ficava perto do sofá cada um em frente a um copo prontos pra nós divertir

Dei um sorriso para a Nana e ela me retribui abro a garrafa de vodka enchendo um pouco cada copo

- Vamos começar

Pedro me dá um sorriso ansioso pelo jeito eu não era a única que estava animado


《Kauanny off》



《Pedro on》


Sorrio pra Kakau estava animado pra começarmos e esperava que minha mente não me desse bolo ficando em branco quando fosse minha vez de perguntar


A brincadeira começou o primeiro a fazer a pergunta foi Kakau

- Eu nunca - ela parou pra pensar- beijei ?- Ela faz um olhar tipo vamo começar de leve 


Todos nós naquele momento levamos o copo a boca eu sentia o líquido rasgando minha garganta Rayssa que estava a minha frente não fez uma cara agradável, por um momento achei que ela nunca havia bebido mas deixei essa ideia para trás por algum motivo 


 - Sua vez princesa - Rayssa estava preste a protestar mas desisti é começa a pensar numa pergunta pois era sua vez 

- Eu nunca Me mudei de cidade - encho o meu copo e ofereço ao Jimin que aceita sabia que estávamos no mesmo barco elas estavam se favorecendo - Yes peguei vocês 


Não me diga - falo a mim mesmo-


- Você é muito fofa falando "yes" - fala ele a ela - na verdade você é fofa em tudo - ele bebe mais um copo juntamente comigo eu estava acostumado com bebidas e ao que vejo com Jimin não era diferente o que faria nos ficar sóbrios por muito tempo

- Isso é uma injustiça vocês estão se ajudando falo manhoso 

mas acho que fui ignorado totalmente 


- Agora é sua vez mãos de bebê- fala Kakau o que não me pareceu bom Jimin fez uma cara de chegou tua hora e eu só observava louco pra ver a treta rolar

- Eu nunca - fala ele sorrindo travesso para Kakau- contei um segredo da minha melhor amiga! - Buuuum Kakau ficou quieta pegou seu copo e levou a boca

- Foi mal Nana- fala Kakau se sentindo culpada - seu traíra - Jimin ri 

- Não é o que eu tô pensando éh- Kakau olhava pra Rayssa como alguém que suplicasse misericórdia- Nooosa.....

O silêncio tomou por um leve estante o ar eu estava curioso pra saber do que eles falavam mas não me sentia no direito de perguntar

- I'm sorry?? - Kakau perguntou fazendo um sotaque perfeitamente

- Vou pensar no seu caso se tu me disser pra quem você contou- Ela fala com a Kakau sem a olhar nos olhos 

Eu estava completamente B U G A D O

- Alguém me chama pra conversa e me conta o que tá acontecendo é triste ser o único a não saber

Jimin permanece serio na verdade um pouco sorridente mas parecia que algo lhe preocupava o que eu achava estranho o que tem demais? o que Kakau contou? qual era o segredo de Rayssa ?

- Eu.... contei pro Jimin - Kakau fala e depois fica quieta - Rayssa pareceu pensar em algo por um tempo e quando volto meu olhar pro Jimin vejo que ele tinha uma cara de arrependido e era de se entender afinal nãosó Kakau que se ferrou 


- Tá bom - fala Rayssa com um leve sorriso - Eu meio que descobri que ele sabia é sabia que ou você ou Jéssica havia contado então me diga O que você ganhou em troca?


- Ele me pagou um almoço- Kakau ri o clima tenso havia se dissipado afora dava para ver as duas rindo e eu apenas pensava "que bipolaridade onde eu fui me meter "


- Então valeu apena devia ter me chamado que eu mesmo contava 


- É  a minha vez... vocês bipolares Shiiuuu- falo fazendo com que jimin desse um sorriso- Quem nunca... traiu ou mentiu 

Vejo que Kakau se movimenta de novo caramba essa guria vai ficar bebassa daqui a pouco só da nela 

- De novo - Kakau acena enquanto toma seu gole de vodka - Eu já sabia- fala levando todos a fazerem cara de surpresa - Eu já sabia que vc não havia ido é voltado da escola com o Lucas e sim com o Jimin 

Eu estava boiando mas também não deixava de captar cada momento das história  

- Mas como ?? - Kakau perguntou indignada o que fez a Rayssa rir 


- Me poupe você mente muito mal, se tu tivesse me falado que ia voltar com o Jimin provavelmente era mais fácil de tu me enganar ou talvez eu apenas acreditaria na verdade não sei?

Eu estava completamente B U G A D O

- Alguém me chama pra conversa e me conta o que tá acontecendo é triste ser o único a não saber - o susto novamente e percebo que ParkJimin ainda Estava serio preocupado dela saber sobre isso

Para...

- Vocês tão tendo um caso escondido! - afirmo mas era mais uma pergunta jimin me olha incrédulo como se estivesse falando o maior absurdo da face da Terra- O que é? Não me olhe assim você é bonito a Kakau também não me estranha em nada que pudesse ter acontecido...

- Nossa - Rayssa se pronuncia - e eu não sou bonita ??? - fala ela com uma cara de brava indignada


- Claro que é - falamos nos três em unisom

Rayssa vira a cara

- Sei- fala a mesma



《Pedro off》



《Rayssa on》



Fiquei indignada não precisava jogar na minha cara sobre minha beleza eu não queria mas logo me vejo irritada


- Nossa - me pronuncio - e eu não sou bonita ??? - falo com um ar de indignação

- Claro que é - falam os três em unisom mas eu não tava acreditando muito 

Eu viro a cara isso não fez com que me sentisse melhor as vezes palavras não passam de palavras como ia saber se só não estavam controlando o patinho feio?

- Sei- falo aos mesmos

Jimin que estava ao meu lado a pouco centímetros de distância me abraça mas eu não tava no clima

- Não fica assim meu amor- fala ele ainda me envolvendo em seus braços até que ele chega mas perto - quer que eu te de um beijo pra te animar ou quer.... - sinto meus olhos se abrirem mais por um breve momento bem rápido mas eles voltam ao normal me solto do seu abraço não deixando ele terminar de falar e ele começa a rir e acaba soltando aquela gargalhada que amo

- Oxiii... o que ele te disse - percebo que os dois me olhavam curiosos

- Vamos mudar de assunto.... quer dizer voltar ao jogo .... vamos?... ótimo é sua vez Kakau- eu falei com o máximo de tranquilidade que consegui eu estava eufórica por dentro os sussurros do jimin já me enlouqueciam dai ele me faz uma proposta dessas me pergunto se eu aceitasse ele faria ou apenas estava brincando com a minha cara e meus sentimentos

Kakau começar a sorrir eu nunca havia visto esse sorriso mas eu sabia que não era coisa boa fiquei com medo do que via por vir estava pensando será que eu devia ter ficado de fora? Mas eu expulso esses pensamentos são apenas perguntas bobas o que isso tem demais...


- Eu nunca - Kakau ainda sorria - beijei alguém que está nessa rodinha 


Eu estava soando frio, Kakau estava me sacaneando só pode que audácia a dela me aprontar uma dessas

Eu olho pra Jimin que me da um sorriso travesso ele enche o copo pra mim é depois pra ele levo a vodka a minha boca e tomo logo de uma vez 

- Aaaarrrgh- gruni baixinho minha garganta queimava e não só ela meu rosto possuía agora  uma coroação avermelhada

Viro pro lado e Jimin já havia tomado o dele ele sorria alegre, olho pra frente e vejo Pedro ele tinha um olhar de surpresa e eu sabia muito bem o porque

- Por essa eu não esperava....

- Você achou mesmo que eu estava tendo algo com o Jimin- Kakau ri da cara de Pedro- sabe que eu te amo neh Jimin mas nunca rolaria - Jimin ri descaradamente

Eu estava apenas observando o rumo da conversa entre os dois 

- Também te amo Kakau mas digo o mesmo - os dois riem eu apenas observo


......


Foram tendo mais perguntas bebi mais uns dois ou cinco copos e acabei ficando meio zonza mais não dei bola afinal estávamos nos divertindo


Me levanto meio sem equilíbrio e vou até a direção de Pedro

Deito no colo do mesmo que estava sentado enquanto bato de leve sem sei peito

- Você é..... é um baba..ca me chamou de feia na cara dura - fala ao par de olhos verdes que me fitavam

- Eu não te chamei de feia- fala ele rindo - e outra eu pedi desculpa

- Pediu nada, só disse que não era - Kakau aponta um fato ao meu favor

- Haha..han- começo a rir - verdade

- Rayssa se ta bem ?? - Kakau pergunta

- Lógico- me levanto e faço uma cara de brava - E vo...você para de me provocar oppa - o jimin me olha rindo incrédulo

Ele se levanta e vem até mim me pega no colo

- Não acredito que você já tá assim - fala ele se referindo ao meu estado

- Nana você é meio fraquinha pra bebida em, ou será que é porque é sua primeira vez- Kakau comenta - mas eu não me lembro de ficar assim na minha primeira quer dizer nem me lembro da primeira - ela começa a rir

- Vamos vou te levar pra tomar um banho - Jimin fala

- Me solta seu tarado - falo rindo que nem uma boba e ele começa a rir junto com os dois amigos meus que ainda estavam sentados

- Eu não vou fazer nada sua maluca você vai tomar banho sozinha - ele fala já estava me levando pro seu quarto ele me bota em cima do vaso e fecha a porta pra eu não fugir liga o chuveiro e me entrega uma toalha

- Tome seu banho daqui a pouco lhe entrego uma muda de roupa minha

Ele sai fechando a porta eu vou até o chuveiro e no início boto na água gelada mas estava muito frio

- Que sabe, dane-se - falo botando na água quente eu já tava bêbada mesmo qual era o problema de continuar

Com a água já quente faço tudo que tinha que fazer e saio pegando a toalha e me enrolando na mesma

- Jimin - falo alto o suficiente pra ele escutar - onde tu deixou minha roupa

- Atrás da porta - o mesmo fala do outro lado abro a porta bem pouco apenas o suficiente para conseguir pegar a roupa que se encontrava no outro lado avisto e trago pra perto de mim fecho a porta e começo a me trocar era o mesmo conjunto daquele dia uma camisola e uma cueca a mesma pra ser exata

Abro a porta e me deparo com aquele corpo deitado me chamando para perto dele e eu me aproximo cada vez mas como se o controle e a sanidade tivesse sumido naquele banho ou melhor ao tomar aqueles copos de vodka eu vou até ele

Ele estava olhando para o teto imerso em pensamentos mas eu não ligava me aproximava cada vez mais como se um imã me ligasse a ele e não parasse até eu estar beijando aquela boca maravilhosa que ele possuía

Eu subi em cima da cama e ele olhou pra mim

- Nem percebi que você estav.....- eu calo sua boca com a minha, subo em cima dele e ele senta, eu agarro sua nuca e ele se levanta segurando minha cintura me correspondendo em todos os sentidos eu estava frenetica e decepcionada comigo mesmo pois sabia que faltava pouco para o ar me faltar mas antes disso acontecer ele me leva de volta pra cama- Tentador mas não vou fazer nada com você bêbada desse jeito


Fico frustrada

- Eu não estou bêbada- falo manhosa beijando ele de novo o virando pra ficar em cima do mesmo novamente mas ele me vira ainda me beijando até me soltar

- Ta sim seu rosto esta vermelho
tá na hora de você dormir...

- Seu chato, nem meu pai fala assim comigo

- Você não provoca seu pai enquanto está bêbada tentando beija-ló e ele não sente nada por você além de amor fraternal pra ele é fácil

Suspiro

- Chatoooo

- Deu eu não vou ser provocado por você desse jeito eu não quero me aproveitar de você amor...me entenda não quero que se arrependa do que fez coisa que acho que não aconteceria mas em todo o caso não quero que fique brava comigo amanhã quando acordar com uma dor de cabeça desgraçada

- Tanto faz - falo mas no fundo eu estava dúvidas a entre ficar frustrada por não poder beijar ele e por ficar feliz por ele ser assim tão certinho..... é acho que tô mais frustrada mesmo mas pelo jeito não vai rolar

- Vem vamos dormir

- Você vai dormi comigo?? - pergunto com voz manhosa

- Só se você prometer não abusar de mim - fala meu oppa rindo enquanto eu deitava num lado de sua cama e ele me cobria com uma manta fina

- Eu prometo - levanto meu dedinho pra jurar

- Não precisa eu confio em você- fala ele abaixando minha mão e sorrindo ele me dá um selinho

- Ueh achei que não queria nada comigo nesse estado- falo rindo

- Um selinho não mata ninguém - Eu rio com esse pensamento

Ele se deita do outro lado da cama e fica ali deixando o silêncio como uma barreira nos separando e eu não estava gostando disso não estava gostando de me sentir longe dele mesmo ele estando a poucos centímetros de mim isso estava me matando

- Oppa

- Fala amor - ele diz com uma voz suave que se eu não estivesse bêbada me arrepiaria toda mas agora isso só me fez soltar um sorriso

- Me abraça - faço de tudo pra fazer uma voz provocativa e ao que parece deu certo pois acho que quase pude ouvi-lo murmurando algo tipo "alguém me ajuda" junto com um "estou pirando" enquanto eu pensava nisso sinto ele me abraçando me assustei no início mas aquele sentimento de conforto como se estivesse encontrado meu lugar seguro estava ali de volta e não havia mais distância entre nós....


Eu estava no meu porto seguro e não deixaria ninguém tirá -lo de mim 


Notas Finais


Foi isso pessoinhas do meu ❤

Espero que tenham gostado

Bjss e se cuidem please!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...