História Imagine Park Jimin Twenties Life - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Idol, Imagine Jimin, Jimin, Kpop
Visualizações 6
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo mochis, Espero que gostem desse capítulo.
Queria agradecer a Yumipak por ter feito nossa linda e maravilhosa capa, passem lá no perfil dela eu garanto boas histórias para se ler. Então é só isso pessoinhas. Boa leitura.

Capítulo 3 - Um Stalker


Fanfic / Fanfiction Imagine Park Jimin Twenties Life - Capítulo 3 - Um Stalker

 Quinta-feira, 20:30

 Como dito, eu acordei só quinta-feira às 8h da noite, eu estava a brincar viu Deus?!.

 Levantei e desci. Minha omma estava a lavar louça, então eu fui devagarzinho e a abracei por trás, eu a amo demais!.

 "Ue kskskkks"- ela disse meio assustada.

 "Boa Noite Omma, te amo!"- eu disse  a soltando e me pondo a mesa.

 "Você dormiu bastante kkksksks, eu sei que estava bastante cansada, quer jantar?"

 "Sim eu estava bem cansada, sim por favor"

 Ela botou o jantar para mim, eu jantei. Logo após terminar de jantar subi para o quarto, tomei um banho, e vesti roupas confortáveis, hoje eu iria ensaiar, mesmo que já estivesse de noite.

 Fiquei lá horas ensaiando uma coreografia que eu gostava, e treinando o vocal, será que eu ainda era boa em cantar?, Ou simplesmente eu nunca fui?.

Passou-se mais um dia!.

                          (...)

 Acordei cedo, para ir ao mercado, a Omma havia pedido para comprar algumas coisas.

 Após ter chegado no mercado, peguei um carrinho para fazer as compras.

 Alguns minutos de compra se passaram.
 fui para o corredor dos ramens, eu também mereço alguma coisa, fui correndo para aquele corredor como uma criança, mas acabei tendo que parar forçadamente acertando o pé de um dos passageiros do corredor.

 -Meu Deus!, Me desculpe, desculpe, eu não queria ter lhe machucado, oh my god oque deu em minha cabeça, sair correndo por aí como uma criança...

 -moça

 -me desculpe eu não queria te machucar!.- falei levantando a cabeça para olhar para o mesmo.

 -Você!?- falamos ao mesmo instante.

 -estas a me seguir?!- perguntei para o mesmo, envergonhada e curiosa ao mesmo instante.

 -eu iria lhe perguntar o mesmo...

 -ah...mais você se machucou?!- perguntei-lhe preocupada ainda.

 -Não, eu estou bem.... mas é sério, você está a me seguir?! por que isso é um bocado estranho.- ele me perguntou ao levantar uma das sombrancelhas, fazendo uma expressão de curiosidade.

 -Não, eu não estou a te seguir, eu só mudei de pais... novamente...

 -ah, Sim... Bom eu não me apresentei sinto muito, me chamo Park Jimin!

 -Me chamo Cho Soo-ah.-me apresentei sendo educada ao mesmo.

 Após ficarmos ali a vários segundos, que pareciam milênios, se encarando, ele quebra o silêncio.

 -Sou de 95, ou seja tenho 23 anos...- ele disse meio tímido ainda.

 -sou de 93....- eu lhe disse, parando de encarar o mesmo e ajeitando minha postura.

 -então eu lhe chamarei de Noona- ele sorriu, e seus olhos ficaram apenas duas linhazinhas, que eu sinceramente achei fofo.

 -Ok Dongsaeng!-eu disse após dá uma risada.

 Eu havia acabado de rir!?, Fazia algum tempo que eu não ria assim. Na verdade a última vez que eu ri foi com Lilli então faz algum tempo sim, eu estou com saudade de minha Unnie!.

 -Bom eu preciso ir, minha Omma está esperando!- eu disse após sair de meus desvaneios e o encarar novamente.

 -Ah ok..., pera!, Me dê seu número ok?!- ele disse em um tom um pouco alto.

 Eu lhe dei meu número, e ele me prometeu me mandar alguma mensagem, e então eu fui para casa.

                           (...)

 Após chegar em casa com as mãos cheias de sacolas. A Omma pegou de minha mão algumas, e pôs sob a mesa, eu fiz o mesmo e comecei a tirar as coisas que haviam dentro.

 -Você demorou Soo-Ah, encontrou algum rapaz bonito no caminho e decidiu lhe ó paquerar?!

 -Omma!-eu disse exclamando-Eu não faço isso-dei uma gargalhada.- que coisa mais idiota, mas, sim, encontrei um menino, que eu havia meio que esbarrado em Nova Iorque, cheguei até a pensar que ele era um "stalker" mas tivemos uma conversa, e minha percepção sobre ele mudou, ele pareceu ser um menino do bem- eu lhe disse, ainda tirando os itens que haviam naquelas diversas sacolas.

 -Ah....mas me diga, Ele é bonito?!

 -Omma você não se cansa?!- eu lhe disse dando boas risadas- sim ele é bonito.- Eu dizia ainda a rir.

 -Ahhhh..-ela começou a rir.

 Depois de terminar de tirar os diversos itens que haviam naquelas sacolas eu fui tomar um banho quente e relaxante. Após terminar de tomar o banho eu me vesti e desci para Almoçar. Nós almoçamos e então eu saí de casa para caminhar no parque.


 Eu andava e andava, então parei na faixa de pedestre para eu atravessar, pós eu iria ir na farmácia depois voltaria para casa. Porém quando fui atravesar um carro veio em alta velocidade, e eu só senti duas mãos me puxando para trás.

 


Notas Finais


Obrigado por ler, espero que tenha gostado, até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...