História Imagine red velvet (e vc) - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet
Tags Imagine, Imagine Kpop, Imagine Red Velvet
Visualizações 133
Palavras 2.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Mistério, Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ai gente, assunto novo nas notas finais


















estou devastada demais para falar aqui.


Edit: CARALHO 4.643 palavras???? vou diminuir isso aqui

Capítulo 35 - Sentimento estranho parte 1


POV S/N 

Fazia muito tempo que eu não sentia saudade de namorada... quer dizer, wendy foi promover o album no canadá e ficaria um tempinho lá. A ultima vez que senti isso foi quando a jungEun foi viajar para a casa dos avós 

 

FLASHBACK ON  

JungEun: aish eu vou sentir muito a sua falta. 

-eu também...  

JungEun: então vamos! - disse manhosa 

-melhor não, não vou conseguir me controlar com você lá... 

JungEun: você é muito pervertida – falou rindo e me dando um beijo. - não podemos ocultar o relacionamento pra sempre... 

-eu sei disso e quando a hora chegar, nós temos que ficar preparadas para enfrentar todos. 

JungEeun: eu... tenho medo disso – disse me abraçando - as vezes fico confusa com tudo... exceto com você - respondeu me olhando sem quebrar o abraço - eu não estou confusa sobre você. 

-fico feliz com isso e infelizmente pra você eu estou perdidamente apaixonada! 

Começamos um beijo tranquilo que mais tarde se transformou em intenso, quando vi ela ja estava em cima de mim tirando a minha blusa. Assim que se desfez da mesma, desceu seus lábios até o meu pescoço até que parou. 

JungEun: melhor eu ir...  

-ah... agora? - reclamei 

JungEun: é... agora – respondeu rindo e saindo de cima de mim 

-você me deixou na vontade agora. 

JungEun: sim, fiz de propósito. 

-ah é? - me levantei e tentei beija-la mas ela se afastou 

JungEeun: é... pra quando eu voltar o nosso sexo ser sedento. 

FLASHBACK OFF 

 

Meus pensamentos foram interrompidos por mensagens no celular. “Numero desconhecido” quem será que era essa pessoa? Fiquei pensando por uns minutos até que outra mensagem chega. 

Numero desconhecido> Oi s/n... 

Desculpe te incomodar, meu nome é o kim jongmi. 

 

Eu> hm, desculpe mas não te conheço. 

Kim jongmi> ah sim, eu sei... é que eu precisava conversar com você. 

Espero que não se incomode.  

 

Eu> ah... ta 

mas como conseguiu meu numero? 

 

Kim jongmi> com um colega em comum... choi jinwoo. 

Eu> ah, entendi kk 

Kim jongmi> Então, você é proxima da irene não é? 

 

Eu> sou. 

 

Kim jongmi> Ela é muito bonita. 

Você sabe se ela ta namorando? 

 

Mas que porra é essa? Do nada aparece um tio me pedindo  informação sobre a joo... será que jinwoo não contou nada do término dela com o irmão dele? 

Eu> Sei não... ela terminou faz um tempo. 

 

Kim jongmi> não queria ser chato mas 

Poderia investigar para mim?? 

 

Eu> claro, Só um minuto. 

 

Saí da conversa com ele e fui para o da joohyun. Eu não era muito acostumada com o kakao então nunca sabia quando as pessoas estavam online. 

Eu> Joohyun 

Bae Joohyun 

Hyunjoo 

Bae hyun joo 

Joo bae hyun 

 

Joohyun s2> Sim 

Sim  

Sim 

Eu> Você ta namorando??? 

Joohyun> Hm...?  

Que pergunta é essa? Kkk 

Eu> Só responde sim ou não. 

Joohyun> Hm... não. 

 

Saí da conversa e vi a notificação de uma outra resposta da bae, mas preferi voltar na conversa com o cara pra me livrar dele. 

Eu> Ela ta solteira. 

Kim jongmi> Hm... tem como você passar o numero dela? 

Eu> Não sei... não vou fazer nada que não seja do consentimento dela. 

Kim jongmi> Ah... :( 

Não tem como você nos apresentar? 

Eu> Eu nem te conheço! 

Mano que cara folgado! Além de eu nem conhecer ele, o cara quer que eu passe o numero dela e que apresente os dois?  

Kim jongmi> Joga meu nome na naver. 

Tem certeza que não pode passar o numero dela?? 

Ignorei a ultima mensagem e fui até a naver e joguei o nome dele, os resultados deram que era um empresario famoso no ramo do entretenimento e tal... acho que deveria ser um ceo. Como eu não sabia dessas coisas fui até uma pessoa que eu deduzi que conhecesse. 

Eu> suki não quero incomodar, mas eu preciso da sua ajuda. 

conhece um tal de kim jongmi? 

Pesquisei e ele é um ex cantor e agora CEO parece. 

suki> apesar de estar muito ocupada respirando eu posso te ajudar. 

Nossa... 

Não sei quem é. 

Eu> Ele pediu para eu passar o numero de telefone da joohyun. 

Eu não queria fazer isso porque joohyun é muito reservada. 

E agora??? :( 

suki> Acho melhor não passar...  

Pq ela é sapatão 

Eu> ela não é sapatão 

Suki> ela é sapatão, mas enrustida. 

QUAL O PROBLEMA DELA SER SAPATÃO EINH? 

Eu> suki, menos né? 

Suki> manda foto dele pra mim 

Eu> porque? 

Suki> só manda. 

Eu>     *fotinha* 

Suki> hm... tem cara de ter uma rola de 9cm grossa 

Acho que ela aguenta de boa. 

Eu> SUTEKION! CARALHO 

Suki> mana, vc quer passar o numero da sapatão enrustida? 

Eu> parte de mim não quer...  

Mas quero que ela seja feliz. 

suki> então não passa, porque ela é sapatão 

O que toda sapatão quer? Colar velcro. 

Voltei na conversa dele e li a mensagem que havia mandado. Respirei fundo, o que eu poderia fazer? Joohyun havia acabado de terminar o namoro e estava começando a ter uma nova rotina com tudo aquilo. E se ela ficasse brava?? Decidi fazer o que suki disse. 

Eu> Olha, não posso porque ela não vai gostar 

Também não posso apresentar porque mal te conheço. 

Mas posso te ajudar a chegar nela. 

Kim jongmiÓtimo! 

O que preciso fazer? 

Eu> Ah, ela é muito timida... então não espere ganha-la facil. 

Joohyun é menina para relacionamento sério, então nada de brincar com ela 

Converse sobre coisas que ela goste. 

Kim jongmi> O que ela gosta? 

Eu> Sei lá.  

Tem cara de gostar de cactus. 

Kim jongmi> Será? 

Eu> Ela curte passar roupa. Se conversar a respeito disso com ela, talvez facilite as coisas 

Kim jongmi> Nossa kkkk 

Entendi... então, se puder falar de mim para ela. 

Eu> Acho que posso. 

Kim jongmi> Então, podiamos marcar de sair juntos e aí você apresenta. 

O que acha? 

Eu> Pode ser. 

Kim jongmi> Quando você achar melhor, me avise. 

Aí nós podemos sair... chama seu namorado para ir junto. 

Até mais. 

Namorado? Em que mundo esse cara vive? Fala sério! Saí da conversa e respirei fundo... eu não queria que minha amiga se machucasse. Joy já havia conseguido essa vingança e eu nem sei como, porque bae joohyun de repente terminou com o jaehoon... decidi ver o que ela tinha me mandado antes de responde-la. 

Joohyun s2> Porque da pergunta? kkk 

 

POV JOOHYUN 

Eu fiquei esperando a sua resposta, mas ela não veio. Porque s/n queria saber se eu estava namorando alguém? Será que ela gosta de mim??? Confesso que depois de tudo que ela fez por mim acabou fazendo com que o meu outro lado ascendesse de uma forma rápida. Quando eu era mais nova eu tentava a todo custo acabar com o sentimento que crescia dentro de mim. Não aceitava, não queria. 

Quando comecei a ficar proxima da s/n, o mesmo sentimento começou a vir a tona depois de tantos anos. Porque ela fazia o meu peito bater tão forte? Porque eu ficava sem graça com o sorriso dela? Porque o seu toque me dava calafrio? Eu não queria aceitar. Durante o ensino medio comecei a ter sentimentos por uma menina, mas sempre o reprimi. Então no ultimo ano me permiti namorar com um menino, mas ainda não conseguia ter aquela sensação que tinha pela menina com ele. 

 

FLASHBACK ON 

Dong-sun: hey hyun... o que acha de hoje irmos ao karaoke? - disse enquanto me abraçava 

-não posso... tenho que estudar... 

Dong-sun: as provas começam depois do dia 20... ainda da tempo... 

Eu olhei para ele e respirei fundo. De certa forma as provas começariam só daqui a duas semanas, então eu poderia ir ao karaoke com ele.  

-ok... vamos. 

Eu e dong-sun começamos a namorar no inicio desse ano. Apesar de nunca ter me interessado pelos garotos da minha escola, ele em especial me chamou a atenção. Além do mais, eu estava disposta a esquecer a areum... não podia gostar dela e ela estava apaixonada por um outro garoto. Assim que chegamos no karaoke, esperei dong-sun colocar em alguma musica. Ele colocou em qualquer uma e sentou no meu lado do sofá. 

-não vai cantar? - perguntei rindo 

Song-sun: tenho coisas mais importantes pra fazer 

-tipo o que? 

Assim que perguntei, ele iniciou um beijo e logo começou a aprofundar. Eu estava em choque pelo que ele havia feito, mas ainda sim eu estava disposta a me concentrar. Logo senti suas mãos em minhas pernas e consequentemente elas subiram até o botão do meu uniforme com intenção de abrir. Foi aí que senti seu toque frio na minha pele tentando tocar os meus seios, mas eu não conseguia... não conseguia esquecer areum. 

-desculpa oppa... não posso – disse empurrando ele 

Dong-sun: porque? Você estava tão afim ontem... - perguntou incrédulo - o que ta acontecendo joohyun? Uma hora você quer fazer isso e do nada muda? 

-eu só não estou pronta e... não quero que seja dessa forma 

Dong-sun: e quer que seja como? - disse irritado – com pétalas de rosa? 

-eu não posso... - respondi me levantando.  

Dong-sun: espera! - disse puxando a minha mão com força - se sair por aquela porta nós terminamos.  

Era evidente que ele estava muito bravo comigo. Sempre que pretendiamos fazer sexo eu voltava atras e não fazia. Não era porque eu não queria, mas porque eu não conseguia parar de pensar na areum.  

-desculpe... - respondi e saí de lá 

Areum foi o meu primeiro amor. Gostava de passar horas admirando a sua beleza e o quão fofa era com as pessoas ao seu redor. Apesar dela ter namorado, todas as vezes que estudavamos na sua casa eu tinha uma esperança de que no primeiro contato visual que tivéssemos ela me beijaria... 

Areum: hyun, você entendeu agora? 

-hm? Sim! - respondi sorrindo 

Areum: então acho que é só - me encarou com aquele sorriso...  

Os lábios dela eram lindos e a vontade de beija-los só crescia. Encarei as suas mãos entrelaçadas com a minha e meu coração começou a pular que nem um bobo. 

Areum: então hyun,como estão as coisas entre você e o dong-sun? - pergunta sem tirar a atenção do livro 

-ah... nós saímos ontem... - respondi neutra 

Areum: ele é bonitão... - rebateu – fazem um casal bonito. 

-ah... - respondi timida – e você? 

Areum: vou bem... minho e eu fomos ontem no cinema comemorar um ano de namoro. Ele é perfeito, mal dá pra acreditar... - dizia empolgada – ele é lindo, gentil... carinhoso... incrivel! Vai ser um ótimo marido. 

Ouvir aquilo me machucava, não queria admitir, mas me machucava... ouvir aquilo fazia borboletas no meu estomago, mas não de alegria, mas de agonia. Eu deveria matar esse sentimento para que ele nunca mais existisse... ele era totalmente errado. 

 

FLASHBACK OFF 

 

Passei anos da minha vida tentando matar esse sentimento, mas por alguma razão não dava mais para esconde-lo. s/n estava mexendo demais com a minha cabeça... meu celular vibrou e vi ser ela. Instantaneamente nasceu um sorriso no meu rosto. 

s/n S2> Por nada. Só curiosidade. 

Eu> Ah... entendi. 

Como foi seu dia? 

S/n S3> Bom. 

E o seu? :) 

Eu> bom também :) 

Está cansada? 

s/n S2> não  

Joo, você pode me responder uma coisa? 

Eu> Claro. 

s/n S2> Se alguem te apresentasse a uma pessoa, você se sentiria ofendida? 

Decidi provocar a brasileira um pouquinho, afinal eu já estava fora de mim por conta do tempo que nós passamos juntas quando terminei com jaehoon. A ausencia dela por alguns dias me fez ficar aflita e passei a sentir muito a sua falta... foi aí que decidi aceitar o que eu sentia por ela. Eu estava disposta a dar uma chance para isso e sentia que s/n finalmente era a pessoa certa pra mim. Então fiz de tudo para deixar claro que eu possuia um interesse nela. 

Eu> porque? 

Quer me apresentar para alguém? Kkkkkk 

s/n> Hm? Não.  

Só curiosidade. 

Eu> Entendi.  

s/n> Tenha uma boa noite joo...  

Amanhã eu passo no restaurante para ver o que podemos fazer nos fundos. 

Eu> Tudo bem. 

Te espero s/n.  

Boa noite s2. 

S/n> Boa noite joo S2 S2 S2 

 

Aish s/n... o que eu faço com você? Fiquei sorrindo que nem uma boba com a ultima mensagem que ela mandou. 

 

                                                                                        ~ ~ * ~ ~ 

Eu estava ansiosa para ve-la. Meu dia foi maravilhoso, porque eu tinha certeza que sua presença era certa em meu restaurante. Assim que o horario chegou, fiquei proxima da porta do restaurante para ver se ela chegava, não demorou muito e s/n chega toda sorridente. 

s/n: demorei? 

-não... - respondi risonha - você vai ver no fundo né? 

s/n: isso.. 

Acompanhei a mesma até o fundo do restaurante e começamos a planejar o que nós faríamos lá. Muitas ideias nasceu, o que me fez perceber que tinhamos uma certa sintonia. Eu não conseguia parar de olhar seus lábios e reconheço que a todo momento fiquei perto demais dela apenas para sentir seu cheiro. Assim que terminamos, notei que estava tarde e decidi acompanha-la. 

-então... - comecei entrelaçando nossos braços - porque sumiu? 

s/n: eu sumi? 

-sim... não nos vemos desde o seu aniversário 

s/n: desculpa joo... - disse sem graça - é a faculdade e mal conversei com os amigos. 

-tudo bem... da proxima vez você me avisa. Fiquei preocupada – respondi fingindo estar brava 

s/n: claro que te aviso! - sorriu - aliás, como passou a semana? Aquele imbecil te encheu o saco? 

-hm? Ta falando do jaehoon? 

s/n: o proprio – senti uma pontada de raiva no seu tom e sorri com isso 

-Ele parou. 

s/n: que ótimo... espero que ele nunca mais chegue perto de você! 

-porque? - perguntei divertida  

s/n: ele não serve pra você. - rebateu séria - aliás... você ta saindo com alguém? 

-não... porque pergunta isso? Já é a segunda vez. 

s/n: é que... - ela disse e parou de andar – vai ter um jantar na empresa e gostaria de saber se quer ir comigo... 

Ela estava me chamando para um encontro? Assim do nada? Fiquei surpresa com seu pedido e dei um sorriso tímido. 

-claro... - respondi sorrindo – quando? 

s/n: terça agora... 

-claro que vou – respondi  

s/n: podemos ir juntas se quiser... 

-tudo bem. - respondi sorridente. 

CONTINUA.......

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~CARALHO~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

POV SUKI

Gente do céu, to postando esse capitulo hoje porque não sei se volto viva do Enem amanhã kkkk eu to literalmente falando socorro deus pq quem prestou o de humanas sabe do babado que eu to falando (ainda pra mim foi mais facil pq eu faço faculdade, mas a  prova FOI ELITISTA SIM).

EU NUNCA VI UM DEMONIO EM FORMA DE PAPEL NA MINHA VIDA, VAI SE FODER ENEM.

E pra assinar minha morte ainda tenho provas da faculdade semana que vem. Estou traumatizada? sim. To com medo da prova amanhã? sim, pq é capaz da porra do enem estar assim amanhã:

"Uma menina chamada Jessica Jung que não tem nada pra fazer da vida decide medir o tamanho da sua testa. ela pegou uma régua e constatou que a testa media 8 cm, em contra partida sua irmã krystal mediu o tamanho dois dedos de sua namorada Amber Liu e constatou que mediam respectivamente 7 cm e 6 cm. Qual é o valor da area do nariz de Jessica Jung?"

A-) 5,3.π 

B-) 10√2

C-) ∈ >ℕ.10

D-) 0,45

E-) 123 cm

 

VC SABE QUAL É A RESPOSTA? se sim vc já transcedeu na moral.


Notas Finais


EM NOME DE JESUS DAHYUN ABENÇOANDO GERAL NO LINK
https://www.youtube.com/watch?v=La_CzWUUnEo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...