História IMAGINE Rm - REGRAS QUEBRADAS (TERCEIRA TEMPORADA) - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Kim Namjoon (RM), Personagens Originais
Visualizações 67
Palavras 716
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 66 - A emoção ainda não acabou - Final



Uma hora depois, estamos de volta à minha casa. É a vez de Ryeong escolher o filme, o que significa que posso tomar um banho, porque ela sempre leva um tempo ridiculamente enorme para decidir o que quer ver. Dez minutos depois, entro na sala e a vejo aconchegada sob uma manta, mexendo no telefone.
Quando me vê, fica boquiaberta. “Ai, meu Deus, Namjoon. Por que você tá pelado?”
“Não gosto de camiseta.”
“E calças?”, exclama ela. “Tem alguma coisa contra elas também?”
Atravesso a sala e deixo minha bunda pelada cair no sofá, em seguida pego uma ponta da manta e cubro a parte inferior do meu corpo. Ryeong me observa, divertida.
“O quê?”, pergunto, na defensiva.
“Nunca conheci ninguém tão avesso a roupas. É tão estranho.”
Pego sua mão e trago para debaixo da manta. Coloco bem em cima do meu pau semirrígido. “Estranho ou impressionante?”
Ela esfrega o dedo ao redor da cabecinha, em seguida, suspira. “Impressionante”,corrige-se.
“E aí, o que você escolheu?” Aponto para a tela da TV, o tempo todo apreciando o movimento lento e preguiçoso sob a manta.
“Ah, você vai gostar desse!” Sua mão para, e Ryeong se vira para mim, um sorriso escancarado no rosto. “Ganhou um Oscar.”
Deixo escapar um gemido. “Não, gata. Não. Me recuso a assistir mais um dos seus ‘vencedores do Oscar’.”
Ela aperta um botão no controle remoto com a mão livre, e meus olhos se arregalam de delírio.
“O exorcista?!”, exclamo. “A porra do Exorcista?” Nem registro mais o carinho debaixo da manta. Estou empolgado demais que ela escolheu um filme de terror, e Míni Namjoon está pagando o preço por minha felicidade não baseada em sexo.
“Tá vendo que namorada boa eu sou? Faço tudo por você.” Ela sorri. “Esse relacionamento é demais.”
“Demais mesmo.” Beijo sua bochecha e, em seguida, prendo o fôlego diante do que acaba de me ocorrer.
“O que foi?”, pergunta ela, preocupada.
Fito Ryeong com olhos ainda mais esbugalhados. “Gata… viramos dois chatos?”
Minha namorada dá uma gargalhada. “Você acabou mesmo de perguntar isso?”
“Acabei!” Gesticulo com uma das mãos para a sala vazia. “Olha só pra gente. É sexta à noite, e estamos no sofá da sala, falando sobre como o nosso relacionamento é demais. É a coisa mais chata que a gente podia estar fazendo.” Suspiro alto. “Esta é a nossa vida agora? Condenados a ficar em casa abraçadinhos todas as noites? A emoção acabou?”
“A emoção não acabou”, me assegura ela.
“Tem certeza? Porque parece…”
“Oi.” A voz de Jungkook me interrompe, e nós dois erguemos o rosto e o encontramos de pé, junto da porta.
“Oi.” Franzo a testa. “Achei que você ia sair com JB hoje.”
“Mudança de planos.” Ele entra na sala, assimilando a visão de nós dois sob a manta. “Suga Hyung e Hoseok Hyung estão em casa?”
Nego com a cabeça. “No alojamento.”
“Merda.” Ele deixa a mão cair junto do seu corpo. Sua expressão tensa é alarmante.
Assim como o jeito como fica mudando o peso do corpo de um pé para o outro, como se não conseguisse encontrar a posição certa.
“Tudo bem?”, pergunta Ryeong, sutil.
Jungkook hesita. “Eu… Porra, estava torcendo pra que estivessem em casa, pra eu dar a notícia para todo mundo logo de uma vez.”
“Que notícia?” Minha inquietação aumenta.
“Eu… hmm…” Ele para, fecha a boca. Abre a boca. Para de novo. Então solta uma expiração que parece saída do fundo da sua alma. “Vou ter um filho.”
O silêncio cai sobre a sala.
De canto de olho, vejo a boca escancarada de Ryeong. Seu choque é tão palpável quanto o meu.
Como um idiota, fito a barriga de Jungkook por uns bons dez segundos, antes de me lembrar que não vivemos num mundo em que Arnold Schwarzenegger pode carregar uma criança na barriga.
“Você vai ter um filho?” Minha mente continua a girar como um carrossel, o que dificulta muito falar sem gaguejar. “Com… com quem?”
Jungkook fita meus olhos confusos e responde: “Nana...Ana Clara...”.
E, ao meu lado, Ryeong começa a rir.
Viro a cabeça na direção dela, mas sua risada continua a lhe escapar, baixa e ofegante, até que enfim ela recupera o fôlego e me lança um sorriso irônico. “A emoção acabou, é?”
Eu que o diga.


Notas Finais


Então gente aushaushaush acabou aaaaaaa mais uma kkkk e de um jeito bem doidão como sempre.
Bom, dois avisos
1 - A última temporada vai sar dia 11 de outubro. "A mas pq, vc disse que já estava pronta e blablabla"....bem hihi, não está completamente, falta alguns ajustes e bem kkkkkkkkkkkkkk sinopse nunca foi meu forte e to com medo de arruinar tudo.
2 - Na vdd um complemento da 1, eu irei terminar de postar as outras fics
3 - vou ficar sem pc kkkkkkkkkkkkkkkkkk rindo para não chorar
4 - Nanaaaaa meu amor, não me mate kkkkk
5 - como sempre, nova temporada, novos personagens, então quem quer participar é só falar
Então é isso, se vemos nas fics por ai, ou, até IMAGINE JUNGKOOK - REGRAS QUEBRADAS (Final)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...