História Imagine so com suga - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga
Tags Suga
Visualizações 38
Palavras 1.692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Acredite em mim!!


Fanfic / Fanfiction Imagine so com suga - Capítulo 26 - Acredite em mim!!

Part. S\N

 

Acordo com uma dor de cabeça sem me lembrar do que aconteceu ontem, só que bebi de mais. Quando me deparei com o Suga no meu lado, não queria ver ele, mas parece que não deu certo. Quando ele me explicou o que realmente aconteceu e que eles não eram namorados me senti aliviada por um momento, mas este momento acabou quando ela chegou me deixando com raiva. Suga ate tenta acalma-la mas não deu muito certo e por fim acabo provocando.

-Nos meus sonhos...- ela da uma risadinha de malvada- Acho que você se confundiu de pessoa.

-Não e você mesma..- dou um sorriso falso para provocar ainda mais, e o Suga sem saber o que fazer- A mentirosa!!

-Como você ousa de me chamar de mentirosa!- ela chega perto de mim, tinha sinais que ela iria bater em mim mas não ligo muito.

-Da mesma forma que me chamou de fã maluca! Eu nem o conheço bem!- só a verdade que falo aqui, mas ela não cai neste papo.

-De pois diz que eu estou mentindo agora vai ver!- ela me da um tapa, não forte o suficiente, já tive piores, Suga se aproxima.

-Você está bem!- ele pergunta pra mim, então olha para a Irene- Já não foi longe de mais!

-Suga vai defende-la agora!- ele finge que não escuta e me ajuda a sentar na cama.

-Então e assim!- ela grita.- Você vai se arrepender de ter escolhido ela!- então ela sai batendo as portas que faz um barulho.

-Quer gelo!- ainda preocupado comigo.

-Não precisa.- tento dar um sorriso para conforta-lo, mas sei que não deu certo.

-Me desculpa pela Irene, ela nunca foi deste jeito.- foi fofo o que ele falou.

-Não, acho que eu que provoquei também, então peço  desculpas também.- quando falo isso ele da um sorriso e coloca a mão em cima da minha cabeça e me da carinho.

-Tenho uma pergunta...

-Pode perguntar.- ele responde sentando na minha frente.

-Por que você e assim... Por que nos somos assim um com o outro!- ele da um sorriso.

-Também não entendo, mas algo no fundo de mim acontece quando estou perto de você um sentimento bom, mas ao mesmo tempo assustador!- ele sabia mesmo como eu sentia.

-Pois e... um sentimento que nos já nos conhecíamos antes do hospital! Não sei...- ele me da um sorriso então chega e me abraça.

-Fique calmo, ate a gente se lembrar o que aconteceu e o por que sentimos isso irei te proteger ate o fim!- eu retribuo o abraço, adorando aquela onda de calor que vinha dele, como se fosse a primeira vez de ter abraçado ele, mas ao mesmo tempo de muitas vezes, não queria deixar isso passar.

-E uma promessa viu, se você não cumprir volto com os juros!- rimos juntos, mas parecia que nenhum dos dois queria sair daquele abraço, daquele lugar do momento, medo de perder algo que nunca foi meu, um sentimento horrível.

-Preciso ir..- ele fala me deixando, mas tive uma sensação que ele não queria.

-Também preciso, então tchau-  falo meio envergonhada e indo.

Fui para o parque, lugar marcado de meu esconderijo, sentei e pensei nos meus sentimentos. Será que isso era real ou uma mentira da minha cabeça. Esta pergunta desapareceu quando alguém me deu o maior susto.

-Te achei que bom- era o Jack, uma coisa fofa de pessoa- Achei que não tinha sobrevivido das bebidas de ontem- ele ri e senta no meu lado- Parece mais feliz o que aconteceu!

-Oi- rio envergonhada de falar- Estou vivinha triste ne...

-Para de tentar de escapar do assunto!

-Eu... Imagina por que eu faria isto!.

-S\N conta se não vou fazer cocegas em você!

-Tu não se atreveria!- quando parei de falar ele começo, ri monte ate ficar sem folego- Ok desisto você  venceu!

-Viu, agora conta!

Passou uma meia hora contando sobre este assunto e ele estava completamente concentrado no assunto, falei do tapa, do abraço e assim foi.

-Nossa, que legal!- Jack tenta fingir que se interessou pelo assunto, ate deu um sorriso falso que me deixou com vontade de rir muito.

-Preciso de uma opinião!- ele ergue as sobrancelhas, como se estivesse dizendo que poderia continuar- Você acha que este sentimento e falso! Ou verdadeiro.

-Não sei muito bem- ele para e pensa olhando para o céu-   Não conheço muito bem o Yoongi então não posso dizer nada, era mais fácil perguntar isso pra alguém que o conheça muito bem.

-Verdade...Obrigado por escutar historinhas loucas de uma garota apaixonada- rimos muito com o tema que me dei.

Continuamos conversar ate a hora que ele teve que ir.

 

Part. Suga

 

De pois que ela foi consegui respirar e meu coração parou de bater rápido de mais. Ela estava certo que sentimento era aquele, ela seria uma boa detetive. Fui para os ensaios e todos os meus amigos já souberam o que aconteceu e estavam me fazendo bilhões de perguntas chatas.

Quando cheguei em casa decidi sair para respirar ar puro, andando pela rua alguém me chama.

-Min Yoongi!!- me viro e vejo o Jackson vindo atrás de mim, o que este chato queria comigo.

-O que foi...- antes que eu pudesse terminar ele se aproxima e me da um soco que faz eu cair – O que pensa que esta fazendo!

-E só uma demonstração se você magoar, os sentimentos da S\N,!!

-O que acha que e! O irmão mais velho dela ou o pai!- ele da uma risada irônica.

-Alguém que não quer ver ela chorar, e você parece aqueles caras que fazem mocinhas chorarem!

-Fique calmo vou a proteger ate o fim, você não precisa se preocupar com nada!

-Espero mesmo, pois só vou te dar uma chance de cuidar dela!- quando ele falou isso senti raiva e queria bater nele, mas me segurei. Então cada um ficou se entreolhando pronto para atacar se der um ponto fraco.

“E eu não irei perder”

Este era o único pensamento que vinha na minha cabeça.

 

Part. S\N

 

Estava descendo umas escadas, indo para casa de pois de um dia maravilhoso, quando me encontro com a Irene, parecia que ela sabia que eu estaria aqui.

-Olha que coincidência, não acha!- finjo que não escuto e continuo a andar. Mas ela pega no meu cabelo e me puxa para perto dela.- Estou falando com você tenha mais respeito.

-Desculpa, mas acho que deixei meu respeito para gente mentirosa em casa!- ela se irrita e puxa mais meu cabelo, estava doendo muito- Poderia soltar o meu cabelo!

-Não antes de ouvir o que tenho a falar!

-Pode falar estou ouvindo!

-o Suga pode ter ficado no seu lado hoje, mas ele vai se arrepender! Então ira ficar comigo no fim dos acontecimentos!!!-começo a rir a deixando sem entender.

-Querida nunca perco! E ele não gosta de você quando vai perceber!!

-Você não o conhece bem, posso fazer ele te odiar para sempre em um piscar de olhos!- ela me irritou com esta fala, quem ela pensa que é!!

-Você e muito louca! Para mim você não gosta dele só quer ele como um objeto!

-Que bom que percebeu! Mas ele nem vai perceber fique calmo!- ela da uma risadinha que me irrita- Ele e bem fácil de controlar, um burro que sempre acreditou no amor verdadeiro! E um dos caras mais idiota que conheci e ficou na minhas garras!

-Não fale isso dele!! Você não merece ele tu que não consegue perder!- fico com raiva do que ela fala do Suga- Você e que não conhece ele!- ela me larga então me viro e dou um tapa na cara que faz ela cair de lado.- E isso que você merece.

-Sua vaca o que pensa que esta fazendo! – ela se levanta rápido.

-Só uma pequena vingança!- me viro para ir, já estava lá em cima bem longe quando ela grita:

-Quero ver como ele vai gostar de você! Se você me machucar!!

Não entendi estas palavras ate que ela abre seus braços e se joga nas escadas, vejo ela rolando e eu fico assustada e corro para ajudar, como ela pode fazer isso com ela mesmo. Rapidamente ligo para uma ambulância que chega rápido e leva ela no hospital. Ligo para o Suga e ele vem correndo, e explico tudo o que aconteceu.

-O medico diz que não foi tão grave! Já podemos fazer visita!- então Suga mostra que ele se importa mais com ela, e com isso fez com que eu ficasse triste, ele entra correndo e eu entro atrás. Quando ela me vê ela se encolhe e grita:

-Suga por que esta louca esta aqui!!- Suga me olha e eu também não estava entendendo.

-O que foi!- ele pergunta com um voz para acalmar ela.

-Foi esta menina louca que me empurrou das escadas!!!- me assusto com o que ela diz, uma mentirosa de primeira mesmo!

-Como assim, ela disse que estava longe, o que aconteceu!- fiquei com raiva, como ela pode mentir tanto.

-Eu encontrei com ela para pedir desculpas pelo tapa, ai ela me agarrou pelo meu cabelo e disse que não iria perder você para mim! Ai ela me deu um tapa e disse que iria fazer de tudo para tirar eu do caminho dela então ela me empurrou!! Mas parece que não deu certo- ela me olha  e eu fico com raiva.

-Como você  e uma grande mentirosa viu!!- então ela faz uma cara de coitada.

-Eu mentirosa só menti uma vez!! – então Suga vira para mim.

-Isto e verdade!- quando ele falou isso meu coração doeu, como ele poderia acreditar nela! Quando olho para Irene, ela me da um sorrisinho que me irrita profundamente.

-Suga não e verdade!! Acredite em mim por favor!

-Não de ouvidos a ela!! Acredite em mim!

Então o Suga estava no meio e eu e a Irene estendemos as mãos para ele escolher em quem acreditava, uma parte de mim acreditava que ele iria me escolher a outra dizia você não tem chances por que continua. E assim ele tem que escolher em quem mais confia!

Ele vai acreditar em mim ou na Irene!

 


Notas Finais


Ai quem sera!!
Bjs ate a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...