História Imagine Sobrenatural -Imagine Jin- - Capítulo 30


Escrita por: e KimGraci

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 15
Palavras 2.611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Capítulo 30- Foi a marca não foi


Fanfic / Fanfiction Imagine Sobrenatural -Imagine Jin- - Capítulo 30 - Capítulo 30- Foi a marca não foi

Pov. Yumi

O dia estava uma perfeita merda, acordei de um pesadelo com a cabeça doendo, a viagem toda ouvia os pensamentos do quarteto mal-amado lamentando por não estarem com as pessoas q estavam ao seu lado, me sentia estranha e pra piorar todos não paravam de gritar. Nari deu um berro com todos que não dei nem atenção, minha cabeça latejava de modo q não me concentrava em nada.

Jk: Viram o q vcs fizeram?!

E pronto... Por algum motivo aquilo me fez perder completo controle do meu corpo e comecei a dar uma risada sarcástica fazendo todos me olharem com estranheza e ódio.

Nj: Jagi... Ta tudo bem...? – Namjoon se aproximou cuidadosamente de mim.

- AAAH claro querido... Está tudo ótimo! Afinal estamos todos muito felizes não? – respondi com ironia e vi muitos engolindo em seco – afinal Mi-cha, Yoongi, Nari e Jungkook estão exalando felicidade com seus namoros de merda...

Jk, Mi e Yoon: Como é q é?

Segurei minha cabeça ouvindo os pensamentos desesperados dos três, trinquei os dentes caindo de joelhos, Tae logo veio até mim tocando meu ombro, pro seu azar o maior erro q poderia ter cometido.

- CHEGA! – todos pararam e me olharam assombrados, sabia que estava com minhas presas a mostra, q meus olhos estavam num misto de azul com branco e q minhas tatuagens deviam estar brilhando em azul – vcs são uns imbecis! Porra vcs se amam e ficam nessa maldita palhaçada!

Jk: vc está...

- Não coelho, eu não to louca... Pelo menos ainda não, já q se vc e Mi-cha continuarem com essas provocações ridículas só pra não se assumirem com certeza eu vou enlouquecer. Assim como meu irmão e a Nari tbm... Vcs são uns completos idiotas de ficarem negando o que sentem e achando q ninguém percebeu...

Os três se encolheram e o restante da sala permaneceu em silêncio, olhei todos q abaixaram as cabeças envergonhados.

- Eu não tenho problema nenhum com Nari, não a odeio nem nada, mas ODEIO esse clima q vcs criaram pra gente... CACETE EU JÁ CONVERSEI COM ELA SABIA? Mas nããããããooooo os 4 bonitos tinham q fazer cena no jantar...

Yg: Eles chamaram nosso appa de...

- FODA-SE YOONGI! Tbm chamamos o appa do Joonie de appa... Eles vão casar um dia desses, vamos ter q conviver todos juntos então só pare com essa merda! – ouvi o coelho rir – e vc não está diferente pirralho... Traidor? Quer saber quem é traidor aqui? Aquela garota q enganou vc e o Yoongi, mas mesmo assim pra vc o único culpado foi meu irmão, sendo q quem traiu o mesmo com vc foi ela!

Ele engoliu em seco e abaixou a cabeça, minha cabeça doía demais, parecia a ponto de explodir, mas eu tinha q falar.

- E vc Mi... Pra mim já deu essas suas provocações infantis... Vc ama esse coelho e olha só q ironia? Ele tbm te ama! Só q são uns orgulhosos do caralho pra admitir...

Senti minha perna fraquejar e me apoiei no sofá colocando uma das mãos na cabeça.

Tae: Mana o q vc tem? – senti a preocupação em sua voz.

- Me tira daqui... Só isso...

Ele assentiu e me ajudou a ir pra fora, dispensei e comecei a caminhar pela praia até q caio perto de uma rocha, ou era pra ter sido já q todo o cenário mudou para um quarto vitoriano chique. Olhei em volta e vi uma mulher alta, cabelos ondulados negros e pele morena, olhos totalmente brancos, mas não como de metamorfos, na verdade tinha certeza q não se tratava de alguém da minha espécie ou de minhas origens... Não, se tratava de uma força antiga e, de um modo estranho, conhecida por mim.

- Lilith... – disse entre dentes e a mesma sorriu exibindo os dentes totalmente brancos.

Lth: bem-vinda querida! – abriu os braços e recuei – ora não precisa temer... Não farei nada a vc. – ela foi se aproximando e me rodeou ainda sorrindo – sabe... Lúcifer havia dito q vc era forte, eu duvidei, mas olha só pra vc... Exala até mais poder q seus pais...

Eu me afastei assim q ela mencionou os mesmo.

- Como sabe deles?

Lth: ora meu bem... Ninguém te contou? – seu sorriso chegava a dar calafrios, olhando-a neguei – seus pais morreram pelas garras do Valdenor... Nosso fiel servo... Foi um cão infernal tão obediente, vc o conhece né querida? Claro q conhece... Ele, a filha dele, aquela amiga de Mi-cha q acabou por ter o mesmo fim trágico q o pai e ambos por sua mão... Qual o nome dela mesmo...? – ela fingiu pensar e abriu um sorriso de escárnio – aé! Chamava-se Park Hye-Min... Lembra-se dela? A mesma garota que traiu seu irmão com o coelho... Sinceramente eu lamento ter q fazer isso com meu pobre menininho... Mas precisávamos do ódio de vcs um pelos outros...

- Pobre menininho...? – perguntei com ódio – vcs nem ao menos SE IMPORTAM COM ELE!

Lth: é mesmo... – riu debochada – o q importa era q vc tinha q ficar com Yoongi e não ser irmã dele. Aquele idiota do Dak-ho nem pra fazer a merda direito...

Senti um puxão na coluna e todo o cenário mudou novamente.

Flashback on

Estava novamente com 8 anos de idade, eu era uma total órfã agora, meu irmão e pais mortos, líder de dois clãs poderosos q disputavam minha liderança, estava no orfanato Beauregard na França, seria transferida para um novo orfanato na Coreia. Estava presa com correntes e uma mordaça de prata até que vejo a sra. Fleury se aproximar com sua postura altiva e ereta, logo acendi os olhos azuis e soltei um rosnado q fiou preso na malha prateada q me impedia de falar.

Fl: orra orra A pequena animale acordar... Levarremos oui parra su terra natale...

Depois disso me deram um calmante o qual me fez apagar. Quando acordei estava deitada em uma cama num quarto diferente, um garoto branquelo, baixo e de cabelo lisos escuros estava na minha frente me olhando com a cabeça inclinada. Sentia minha cabeça latejar e resmunguei me erguendo e percebendo que não estava mais acorrentada, tentei falar, mas ainda estava com a mordaça, tentei soltar, mas isso me queimava e só me deixava mais furiosa, o garoto se aproximou calmamente jogando uma bolinha para o alto.

Yg: quer ajuda? – olhei com os olhos azuis em sua direção – uma djinn... Ou melhor uma híbrida... Só me falta saber qual a outra metade... Que tal um acordo? – olhei para ele curiosa e o mesmo abriu um sorriso ladino estendendo a mão – que tal sua boquinha linda livre em troca vc me dá essa mordaça de prata incrível?

Arqueei a sobrancelha e apertei sua mão, no segundo seguinte minha a mordaça caiu e suspirei em alivio voltando a ter os olhos na cor verde. Ficamos encarando um ao outro, castanhos escuros contra verdes, depois de um tempo ele estendeu novamente a mão.

Yg: Yoongi...

- Yumi...

Yg: Então... Além de djinn...?

Me transformei no próprio garoto puxando suas lembranças, pai, mãe, irmãos, tudo q fez e deixou de fazer. Voltando ao normal sorri de canto.

- Vida interessante...

Yg: Tenho certeza q a sua foi mais... – sorriu de volta – vem... Vou te levar pra conhecer a floresta...

Assenti e segui o moreno, saímos pela janela em silêncio, corremos por entre as árvores. Eu me sentia bem ali correndo entre elas, pouco depois e um cheiro muito adocicado nos cercou.

- Sente isso...? – perguntei olhando em volta

Yg: sim... – ele murmurou em resposta e olhamos um ao outro.

A fragrância nos cercava e parecia nos atrair um ao outro até q um cheiro amadeirado me chama a atenção, havia outra fragrância tbm, mas sinceramente não me chamou tanta atenção como a primeira.

Yg: sente esse cheiro suave?

- Não... Mas sinto outro cheiro... – digo virando e olhando em volta.

Seguimos correndo atrás dos cheiros acabei por me deparar com um pequeno lobo negro ferido. Seus olhos dourados focaram em mim e algo dentro de mim se remexeu e pude sentir meus olhos queimando, por um tempo ficamos nos olhando então eu me aproximei e ele recuou.

- Não vou te machucar... Deixa eu te ajudar...

Ele me farejou e foi se aproximando aos poucos mancando ajudei com a pata machucada, pouco depois e um garoto de cabelos arroxeados e olhos negros com o braço enfaixado apareceu na minha frente, estava nu o q me fez tirar minha blusa e entregar a ele.

- Aqui... Use isso... – ajudei o mesmo a colocar a blusa e depois voltei a olhá-lo – vc é um lobisomem... Qual seu nome?

Nj: Namjoon... E o seu? O q vc é? Seu cheiro é diferente... Ele... É bom!

- Meu nome é Yumi... Eu sou uma híbrida de metamorfo e djinn.

Nj: vc é linda... – disse encantado.

- Vc tbm é lindo... – disse corada e sorrindo.

Flashback off

Lth: era para aquele palerma ter mantido todos longe e aquela fragrância era pra ter feito vcs se apaixonarem... Mas nãooooo o imbecil não fez nada direito e ai os mates foram traçados...

- Mates? – perguntei pasma e sentindo o repuxar de novo.

Lth: tire suas conclusões benzinho... – ela riu e então me contorci – bom foi bom essa conversinha com a minha casca... Nos veremos em breve pequena.

Seu sorriso foi a ultima coisa q vi, quando acordei estava rodeada por Sn e Yoongi.

- Sn... Yoon... O q...

Sn: o q aconteceu com seu braço? O q houve?

Eu olhei para o meu braço q ardia, vi a marcar de Kain que sangrava como se tivesse sido feita naquele momento, os filetes de sangue escorrendo por meu braço pingando na areia. Senti uma dor aguda ao me sentar e apoiar na rocha que cai próxima, senti meu rosto molhado e toquei o mesmo vendo meus dedos manchados naquele já tão conhecido tom carmesim, bufei revirando os olhos.

Yg: Yumi o q aconteceu?

- E-eu... Eu acho q vi Lilith... – murmurei ainda desnorteada e vi meu irmão engolir em seco – eles ainda não desistiram... Eles vão voltar!

Sn: como as...

Ouvimos meu irmão gritar e tocar sua testa, eu conhecia aquela parte e não esperava coisa boa.

Sn: Yoongi!

Ela correu e o mesmo a afastou com telecinese, corri e toquei suas têmporas, puxei suas memórias e visões pra mim e gritei de dor, uma explosão nos separou me fazendo bater na rocha mais uma vez e ele ser lançado pela areia. Senti minha visão ficando turva e minha nuca ficando úmida, ótimo... Mais sangue, isso já tava cansando.

Sn: Yumi... Yumi consegue me ouvir?

- Ugh... Sim... Cadê o Yoonie?

Levantei com sua ajuda e vi meu irmão mais adiante, nos aproximamos e vimos q tudo a sua volta estava tão negro quanto à noite. Ajoelhei-me ao seu lado e toquei seu rosto, estava frio, mas isso era normal, sua respiração estava lenta e fraca, resolvi sacudi-lo minimamente.

- Yoon... Yoonie? – chamei com os olhos começando a marejar.

Yg: Nari... – Sn me olhou de olhos arregalados – ajudar... Nari...

- Yoon... Acorda...

Num sobressalto ele acordou e olhou em volta logo focando em mim e Sn q olhávamos o mesmo assustadas.

Yg: Nari precisa de ajuda, ela ta correndo perigo!

Sn: C-como vc sabe? Alias onde ela está?

- A caminho de Fuji... – falei encarando meu irmão..

Sn: JAPÃO?! O q ela está fazendo lá?

Yg: Seguindo uma ilusão... – disse me encarando e engoli em seco pegando meu celular e discando imediatamente pro clã da noite, no segundo toque Jackson atende e já coloco no viva voz.

Ligação on

Jc: Sim Yumi...?

- Quem estava de guarda do Dak-ho?

Jc: era alguém do clã da Nari... Pq? – perguntou claramente confuso.

- Quem especificamente? – pressionei meu beta q levou um tempo para responder.

Jc: Ji-yong...

- Merda... – murmurei e comecei a puxar pela lembrança quem Nari confiaria – contate o Xander...

Jc: Ele saiu numa viagem de emergência...

- Como sabe?

Jc: a Hyuna ta tendo um caso com o lobo...

- Céus... Q Nari não descubra... – esfreguei a testa e comecei a puxar mais gente pela memória – fale com Chanyeol... Fale pra ele verificar se Dak-ho ainda está preso e diga pra ele entrar em contato comigo imediatamente com a resposta.

Jc: e se ele não quiser...?

- Diga q a alfa dele corre perigo, fale... Fale q o oráculo mandou avisar.

Jc: Oráculo? Q história é essa Yumi?

- Só passe o recado Jackson!

Jc: okok! Mais alguma coisa?

- Garanta 1 passagem...

Sn: Duas! Não vou te deixar sozinha, fora q Nari é minha amiga...

- Ok... Du...

Yg: Três passagens Jackson! – olhei meu irmão – te perdi uma vez... Não vou deixar isso acontecer de novo...

Jc: muito bem... Três passagens pra Fuji, Japão saindo... Logo o e-mail chega ai.

- Obrigada Jack...

Jc: só tome cuidado... Não quero perder minha alfa e melhor amiga.

- Não vai... eu prometo.

Jc: Cuidado os três. Até mais.

Nós três: até!

Ligação off

Yg: O q faremos agora?

Sn: vamos pra minha outra casa nos limpar – olhamos pra ela chocados – minha família é grande então temos vários chalés... Enfim em um deles tem roupas minhas q com certeza servem em vc Yu... E roupas do meu primo q devem servir em Yoongi... De lá vamos ao aeroporto atrás de Nari, sem ninguém mais... Não podemos arriscar o grupo, estão divididos demais.

Eu e meu irmão concordamos seguindo Sn até o outro chalé, deixei Sn ir mais a frente e segurei Yoon pelo braço.

- Foi a marca não foi? – Yoon não olhou em meus olhos e isso me deu raiva – respondi Yoongi!

Yg: sim... Foi a marca...

- Vcs estão ligados... Yoongi vc tem q terminar com Mi-Cha! Isso tudo não está certo!

Yg: e pq vc acha isso? Eu amo a Mi!

- Não do mesmo jeito q ama a Lírio! – disse olhando em seus olhos – vc pode até mentir para si, mas eu sei a verdade, sei q naquela primeira vez q nos vimos foi o cheiro dela q te atraiu... Sei q vcs já se beijaram e sei q vc ficou puto quando viu o coelho a beijando... Yoongi isso q vcs quatro estão fazendo é arriscado! – tirei sua franja da testa exibindo a marca – essa marca liga vcs dois... Se não ficarem juntos desastres vão acontecer!

Ele travou a mandíbula e abaixou a cabeça, doía ver meu irmão assim então eu o abracei e senti seu abraço forte ao meu redor.

Yg: As coisas não são assim tão fáceis...

- São sim... vcs q complicam... – ele ergueu meu rosto para encarar suas orbes castanhas q eu tanto amava (fraternalmente)

Yg: sabe as vezes eu acho q seria tão mais fácil se eu tivesse me apaixonado por vc, certeza q o appa iria apoiar. – eu ri fraco com sua fala, ele acariciou meu rosto e depois continuou – se vc a convencê-la q meu sentimento é verdadeiro eu me entrego a ela e termino com Mi...

Engoli em seco e voltei a abraçar meu irmão.

Sn: ei... vcs não vem?

- Desculpa, coisa de irmãos... – disse me afastando rapidamente de Yoon.

Sn: Relaxa... Eu entendo bem, mas temos q correr!

Concordamos e voltamos a segui-la, mas parei rapidamente olhando meu celular, Namjoon tentava falar comigo, engoli em seco e cancelei a ligação depois desliguei o celular, ao olhar pra frente vi e Yoon e Sn faziam o mesmo, doía esconder isso da nossa família, mas era o q tínhamos q fazer.

- Vamos. Temos q correr antes q eles venham atrás da gente.

Os dois assentiram e começamos a literalmente correr.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...