História Imagine Suga: Meu Ginecologista - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Visualizações 84
Palavras 1.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opaaaaaaaaa pessoas turu pão? Obg de verdade pelos 77 favoritos, mesmo sendo pouco, faz muita diferença pra mim, pq esse é meu primeiro imagine INT.. é MT importante pra mim saber se estão gostando, mas era isso, MT obrigada de verdade e fiquei com o episódio

Capítulo 12 - Até mais Jungkook


Depois ficamos conversando e acabamos dormindo, eu e Jungkook, juntinhos, abraçados um com o outro...

Quando eu acordei, Jungkook não estava lá, eu me levantei, tomei banho e vesti um short preto jeans, uma regata preta e uma camiseta xadrez preto com vermelho, peguei meu chinelo e fui para sala.

- Jungkook acabou de sair e pediu para avisar que já voltava logo.

- Hum.

- O que aconteceu? - Minha mãe me olha de cima em baixo.

- Nada.

- S/n, eu te conheço.

- Jungkook me pediu um favor, então eu fiz.

- Entendi, bom, eu acabei de chegar, comprei algumas coisas para fazer um sanduíche ou sei lá, se quizer, tá na cozinha.

Entrei na cozinha e vi as coisas, eu simplesmente peguei o salpicão que minha mãe tinha feito e os pães e fiz um sanduíche um pouco saudável.

- Você acordou.- Eu levo um susto mas logo vejo que era Jungkook.

- Ah oi.

- É acostumada a transar sem camisinha?

- Sim, bom... O povo com que eu transo não tem doença.

- Entendi.- Ele estava estranho.

- Você tem?

- Não é isso, é que... Sei lá, fui criado ouvindo que sem camisinha não pode e pá.

- É estranho eu sei.

- Bom... Tá comendo o que?

- Quer também? É um sanduíche com salpicão.

- Seria bom junto com isso.

Ele coloca uma garrafa de refrigerante em cima da mesa. Ficamos lá, conversando sobre a nova vida de pessoas que entendem sobre prazer com relação sexual, já que Jungkook não era mais inocente, depois de comermos, ele perguntou sobre o braço e como eu estava me sentindo, eu disse que estava bem, que não estava mais sentindo desconforto por causa do gesso e só.

- Bom, eu tenho que ir, vou estudar.

- Para que? Jeon, você estuda demais, terminou a escola aos 12 anos, devia ter mais tempo para você.

- Eu sei, mas estudar me faz feliz, eu quero descobrir coisas, tipo, uma cura para alguma doença, ter uma carreira de médico e cientista.

- Eu sei, mas terá tempo o bastante para isso, você é prodígio, todo mundo vai te aceitar.

- O que quer que eu faça então?

- Vai se divertir, conhecer algumas garotas, beber um pouco.

- Você sabe... Eu não bebo.

- Nunca experimentou.

- Eu sei...

Eu vou até o armário e pego alguma bebida e faço um suco de maracujá, misturo os dois e dou pra ele.

- Você vai beber puro quando estiver pronto.

- Não sei se é o certo...

- BEBE LOGO!

- Ok.

Ele toma tudo.

- Bom... É meio amargo.

- Porque o suco tá sem açúcar e a bebida é forte, pronto, gostou?

- Um pouco.

- Que bom, viu? Achou algo que gosta.

Ele ri, depois de conversar mais ainda, resolvemos sair, então eu prendi meu cabelo numa trança de lado e vesti um tênis vermelho, saímos de casa e ficamos andando na rua onde tudo aconteceu, onde eu fui atropelada, passamos na frente da casa de Yoongi, ele não estava lá, ainda bem.

Quando fomos para a praça, vimos um garoto igual ao Yoongi deitado debaixo de uma árvore bêbado... Meus Deus, era o Suga.

- Deveríamos ajudar? - Jungkook pergunta confuso.

- Mesmo destestando dizer... Sim... Ele é humano...

Eu e Jungkook levamos o Suga para casa, quando chegamos, ele começou a chorar, e olhou para mim.

- Vo-você parece f-familiar...

- Imagino...

- Sa-sabe... Eu conhe-nheci uma garota bonita... Linda... Mas eu fiz uma coisa que ela não gostou... E-ela... Não quer falar mais comigo... Eu... Iria até parar d-de ser um babaca por ela... I-iria... M-mudar... Pe-pedir ela em namoro.- Ele coloca a mão na cara e começa a chorar mais ainda, aquilo partiu meu coração de alguma forma... Ele estava tão triste...

- Ok, melhoras para você.- Jungkook diz e me leva para fora.

- Olha... Me desculpa, por fazer você passar por isso.- Digo olhando para os olhos de Jungkook, aqueles olhos castanhos.

- Tudo bem, bom, quer sair hoje a noite? Eu conheço alguns lugares legais, podemos ter uma noite legal.

- Eu topo, pode ser, talvez seja bom para nós dois.

- Combinado então, te busco as 18:00, pode ser?

- Claro!

Ele me dá um beijo na bochecha e se despede, eu vou indo para casa.

- Parece que se resolveu com o Jungkook.- Eu olho para o lado e vejo Jin me olhando com aquele olhar alegre.- Fico feliz de saber que está bem.

- Eu também, bom, eu até tô me resolvendo com kokie, mas o Suga...

- Eu sei.

- Eu vou indo.- Sorri e ele sorriu de volta.

Eu fui para minha casa, entrei e depois me sentei no sofá, liguei a TV e fiquei assistindo até adormecer.

Eu acordei e já era 16:30, eu fui para meu quarto e fui tomar banho, um banho quente, aquelas horas de água quente caindo sobre a minha pele, o barulhinho das mesmas caíndo no chão... Meus olhos se fecharam e a sensação do acidente voltou, meu braços doeu e eu terminei meu banho...

Voltei para meu quarto com a toalha enrolada ao meu corpo e peguei o vestido preto que eu adorava, ele tinha um caimento rodado e na barra rodada tinha brilho dourado... Eu vesti uma lingerie preta e o vestido, eu penteei meu cabelo e sequei com o secador, depois eu passei maquiagem leve na minha pele, passei um lápis no olho, fiz um delineado de gatinho, passei um rímel e um batom vermelho, depois eu prendi a parte de cima do meu cabelo deixando minha franja solta, e o resto do meu cabelo solto... Passei um perfume doce e depois vesti uma botinha preta com uma correntinha de detalhe.

Eu fui para sala e encontrei a minha mãe.

- Nossa, tá poderosa em, onde vai?

- Vou dar uma volta com Jungkook.

- Entendi... Uma volta.

Nós começamos a rir, conversamos até Jungkook chegar, quando ele chegou eu encantei por aquele garoto mais novo que eu impecável, ele estava com um tênis preto, uma calça preta rasgada uma camiseta branca com uma blusa de manga cumprida xadrez vermelho e branco por cima, seu cabelo castanho estava organizadinho.

- Nossa... Como você tá linda...

- Você também!

- Eu não chego aos seus pés.

- Que isso.- Eu coro.

- Bom divertimento para vocês.- Minha mãe disse saindo da sala.

- Então, vamos?

- Sim.

Nós saímos e fomos para um restaurante, era lindo, sentamos na mesa de fora, debaixo de uma cerejeira, aquelas folhas rosas eram lindas... Aquela luz da lua que clareava deixava aquele ar calmo, os olhos castanhos de Jungkook... Era lindo.

- Bom, o que vai querer?

- Eu não sei... E você?- Eu digo olhando em dúvida.

- Bom, eu vou pedir uma sopa de carne com acompanhamento de pão.

- Eu acho que vou pedir isso também.

- Tah sem ideia do que pedir ou quer me imitar?

- Eu tô sem idéia.

Nós rimos e depois pedimos, comemos e conversamos sobre a área de medicina, eu descobri um lado curioso de Jungkook, é que o que ele mais gosta na área de medicina é a psicologia criminal.

Quando terminamos de comer nós ficamos falando coisas sem sentido.

- Ei Jungkook, já que você começou a beber, que tal pedirmos um vinho?

- Bom... Tá, podemos pedir um vinho.

Eu peço o vinho que eu adoro e não demorou muito para chegar, Jungkook deu um gole e começou a rir.

- Isso é bom mesmo.

- Neh!

Depois de bebermos, Jungkook pagou a conta e fomos indo para casa, Jungkokie me acompanhou até na porta de casa, quando chegamos, Jungkook me deu um abraço e agradeceu pelo dia maravilhoso que tivemos, eu sorri e ele me beijou, me deu um beijo doce... 

- Até mais princesa.

Ele me disse e saiu indo embora, eu fiquei com o sorriso bobo, eu achei bom o dia com Jungkook, nunca pensei que ele fosse tão legal.

"Até mais Jungkook".


Notas Finais


É isso meus amores, um bj e flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...