História Imagine Twice - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Novela, Romance
Visualizações 76
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bolinhos

Boa leitura

(^^)❤

Aviso importante

Coloquem coletes a provas de balas

Tchau Bolinhos

Capítulo 41 - Um pouco do passado pt2


Akane on


Light- Por que? Me fale por que de nem ser a metade

-Ela sofreu muito Light 

Light- Então me conta

-Eu não sei se posso Light 

Light- Por favor me deixe pelo menos tentar entender porque tanto ódio entre eles

-Ok me segue

Levei Light até meu quarto e eu tenho certeza de ter ouvindo Nam chorar e quebrar algo em seu quarto

Light- Terra chamando Akane responda Akane

-Desculpa.... Achei ter ouvido algo mas deixa pra lá 

Light- Eu não ouvi nada mas conte sobre o ódio de Appa e Omma e Nam 

-Ok vamos contar depois que Nam fugiu  de casa. Bom depois que ela fugiu tivemos paz em casa só por 1 ano....

Light- Por que só 1 ano?

-Nam tinha voltado mas voltou diferente

Flashback on


Tudo corria muito bem. Menos eu estava com muita saudades da Nam se fazia 1 ano que não tinhamos nenhum sinal de vida dela 

Sra.Kyo-No que tanto pensa pequena?

-Estou com saudades da Nam 

Sra.Kyo-Por que você simplesmente não esquece ela. Nam foi embora e tenho certeza que não irá volta a essa casa 

Sr.Kyo- Bom mesmo ela não volta aqui

Mordomo-Senhor e Senhora Kyo tem uma pessoa querendo falar com vocês

Sra.Kyo- Deve ser um desses pobres que pedem empregos

Mordomo- Pelas roupas que a mesma traja não parece precisar de emprego . Ela parece ter 16 anos e uma educação invejável , roupas impecáveis e e ela tem uma bela apareceria 

Sr.Kyo- Mande a entrar temos que conhece lá então

-Appa tenha plena consciência que mesmo que vocês gostem dela não irei me casa e com ela

Sra.Kyo- Akane você ainda nem viu a garota como pode falar isso?

???-Tenho total certeza que assim como eu Akane não gosta de um incesto

Aquela voz não podia ser 

Nam

Ela voltou Nam voltou. E como o mordomo tinha descrevido a aparência de Nam estava diferente mas ela não deixava de portar um belo sorriso em seu rosto

-Nam? É você mesma?

Nam- Que foi? Não lembra de mim? Agora estou triste hahaha brincadeira me dá um abraço pelo menos?

Nam abriu seus braços pedindo um abraço. É claro que eu fui correndo até ela. 

-Nam eu senti tanto sua falta

Eu estava abraçando ela tão forte eu não queria me soltar dela nunca mas não quero me afastar dela

Sra.Kyo- Por que você voltou?

Sr.Kyo- Nao deverias ter voltado

Nam- Eu só voltei pois senti saudades da minha irmã e de vocês. Não posso?

-Olha sentir saudades de mim até entendo. Mas deles?- Falo a última parte baixo só para ela ouvir-Voce tá doente?

Nam-Nao não estou doente. E tenho uma novidade para vocês

Sra.Kyo- Qual novidades a cobaia quer nos contar.

Nam-Eu vou voltar a morar aqui. E como filha e ser de menor ainda tenho que ter responsáveis por mim

Sra.Kyo-Sua vadia como voce....

Nam- Olha boca. Podem ficar despreocupado que eu ainda irei fazer da vida de vocês um inferno como fizeram com a minha


1 semana depois


Como eu posso descrever essa última semana? 

Nam voltou com o inferno junto. Appa e Omma não estão com sua sanidade mentais normais

Nam- Aff Akane tenho fome

-Nam você viu o que você fez na cozinha?

Nam-Ela nem tá tão destruída assim

-Voce tá destruindo a casa toda

Nam- Estou pegando leve com eles eu tô destruindo a casa eles destruíram meu psicológico. Sabe Akane eu tomo muitos remédios para não surta e matar todos que tiverem na minha frente.

-Nam por que você não faz tudo o que o quem tem que fazer de uma vez?

Nam- Ver eles surtarem é bem melhor do que fazer tudo de uma vez. Se me der licença vou colocar fogo em algumas coisa de valor

-De novo? Você já não fez isso com as jóias da Omma?

Nam- Foi engraçado ela tentar colocar a mão em mim 

Sra.Kyo- EU NAO AGUENTO MAIS SUA PIRRALHA VOCE VAI SE VER COMIGO

Omma descia as escadas com fogo nos olhos  Appa não era muito diferente ele não estavam controlando sua próprias ações. Mas eu só fui perceber isso mesmo quando Nam recebeu um soco no estômago e no rosto em cheio fazendo a mesma cuspir um pouco de sangue

Nam- Isso continuem me batam coloquei tudo pra fora vamos 

Sr.Kyo-Desgracada


Flashback off


Light- O que aconteceu depois?

-Nam e Appa tiveram um briga feia só pararam quando ouviram o primeiro disparo de arma

Light- Mas quem foi atingido?

-Nam ela recebeu um disparo no estômago mas como Appa era um cientista conseguiu fazer o primeiro socorros nela e depois...

Light- Depois?

-Nam foi novamente levada para o porão e torturada é sendo usada de cobaia novamente. Era horrível ouvir seus gritos de dor e ouvir as correntes indo de encontro ao chão frio era perturbador. Você nao sabe o qual perturbador era ouvir Nam gritar todos os dias sendo tratada como animal.

Light- Ela passou tudo Isso?

-Light , Nam salvou sua vida 

Light- Salvou?

-Voce sabe que você nao tinha 1 Rin muito bom não é mesmo?

Light- Sim Appa disse que um doador anônimo se ofereceu para doar para mim

-Foi Nam e Appa fez questão de fazer a doação mesmo sem a permissão de Nam. 

Light- Mas como?

-Appa fez questão de drogar a Nam para que ele fizesse a cirurgia depois Nam foi descartada como lixo. Ela não tomava antibióticos por causa da doação sofria de dores todos os dias mas ela aguentou só pra ver você feliz. Ela mentia que estava bem só pra ver um sorriso no seu rosto Light você não vê que Nam é a vítima nessa família ela não pediu para ser assim ela só queria ter o que você tem o que eu tenho o amor é carinho que nosso pais tem conosco. Ela só queria isso

Light já estava em lágrimas eu não estava diferente 

Light- Me de-desculpa

-Voce tem que falar Isso com Nam e não comigo 

Light- Você pode ir comigo?

-Claro pequeno

Ajudei light a levantar da cama e fomos em direção ao quarto de Nam. Mas tinha uma coisa muito estranha forte cheiro de sangue pelo corredor e vinha do quarto da S/n e do andar de baixo na sala

Light- Que cheiro insuportável Akane 

-Realmente tá vindo do quarto da S/n vamo ver o que é.

Entramos no quarto da S/n e tivemos uma visão nada agradável e um pouco perturbador.

S/n estava com os pulsos amarrados na cabeceira da cama e sem sua camisa seu abdômen sangrava tinha muitos cortes lá seu rosto não era diferente ela estava amordaçada pelo seus olhos medo e lágrimas apareciam.

Desci meu olhar para ver o corpo de S/n sua perna estavam amarradas também.

O quarto não era mais pintado com sua cor original e sim com puro e vermelho sangue de S/n.

S/n se debatia na cama tentando se soltar

-S/n puta merda quem fez isso com você?

Tirei sua mordaça e desamarrei da cordas a primeira reação dela foi me abraça e chorar muito 

S/n- A-akane... v-vai atrás da... N-nam ela es-esta com a ...Jihyo por favor

-Foi a Nam que fez Isso?

S/n nada disse  a não ser me abraça mais forte

-Light fica aqui com a S/n e tranque tudo caso Nam ainda estiver aqui na casa ela está fora de se 

Light- Ok

Saí do quarto e ouvir Light trancar a porta e fechar as janelas do quarto 

Nam o que você tá fazendo?

Fui em direção a sala e a cena era a mesma que a do quarto

Ryune estava nos destroço da pequena mesa de estar. Sangue e mais sangue manchavam a sala a televisão estavam em cacos Ryune sangrava muito 

-RYUNE

Corri até ela  Ryune não se movia mas ainda respirava com dificuldade mas respirava 

-Droga

Se Nam não esta em casa ela saiu pra fora nessa escuridão?

É suicídio de mais e ela está com a Jihyo como eu não percebi que ela poderia surta 

Droga Akane você é uma bela irmã


Akane off


Jihyo on


Eu estava no banco do passageiro do carro de Nam.

Eu estava amordaçada e com algumas lesões que ela me deu quando estávamos no quarto da S/n 

Nam- Ah Jihyo todos eles vão pagar todos eles

Era nítido que ela estava bebeda e eu estava com muito medo ela acelerava mais o carro e ela não estava em sã consciência para dirigir esse carro o qual eu tenho certeza que não tem um limitador de velocidade.

Nam- Você acredita que meu irmão não acredita em mim preferi acredita na merdas dos nossos pais mas eles vão pagar cada um

Nam saco uma arma do bolso do seu moleton. Pela direção que dirigia era para a cidade 

Nam- Vamos visita meus pais Jihyo depois você estará junto com S/n e Ryune.

Pera como assim? 

Nam-Se é que se elas já morreram

Não não elas não morreram . Eu não quero morrer.

Eu me debatia no banco do carro tentando me soltar das cordas 

Nam- Calma Jihyo daqui a pouco você estará nos braços da S/n novamente é só questão de tempo.

Eu consegui tirar a mordaça da minha boca

-Nam o que tá acontecendo com você

Nam- Questão de tempo.... Eu não tenho tempo

-Como assim tempo? Nam para esse carro logo a gente vai acabar morrendo nessa estrada 

Nam- Acabou

Meu tempo acabou

A minha vida acabou, direi adeus

Me arrependo das lembranças

Dos amigos que eu fiz 

só me deixaram pra morrer neste lugar

Logo eu tentei

Tentei sobreviver

Mas esses monstros não paravam de chegar

E desajava que as postar não se abrissem 

E ficasse nessa cama até o relógio me acorda 

[...]

Matarei 

Eu sempre matarei

Esse desejo de matar sempre terei

Não adianta das desculpas

De que a sua vida é

Mais importante do que eu nesse lugar

Mas eu gaguejei

Não consegui dizer 

Não ouvir o que tenho pra falar

Enquanto falo estou chorando

E ainda me lembrando

Que ninguém gosta de mim nesse lugar

[...]

Eu tentei lutar , não vai acabar

E logo vejo o pesadelo voltar

Tenho que aguentar

E continuar 

Esperando o amanhecer chegar

Minha força estar, a se esgotar 

E o que restou de mim irão devorar

(Não tenho tempo-Jimmy Maximus)


-Nam...

Nam- Calma Jihyo tudo vai acabar em poucos segundos

Antes de eu falar alguma coisa Nam apontou para frente e a última coisa que  vi e ouvi foi um farol de um caminhão vindo em direção ao carro e um

Nam- Desculpe








Notas Finais


Eita
Oi bolinhos

Como vocês estão?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...