1. Spirit Fanfics >
  2. Imagine TWICE >
  3. Capítulo VIII.

História Imagine TWICE - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capítulo VIII.


― Diferente. ― disse entregando-me a tela, com uma expressão que não consegui identificar, vi seus olhos ficarem admirados ao ver a do Shin. ― Quem fez essa? ― questiona indicando a tela, como se fosse algo importante saber quem foi.

― Shin Jo. ― digo com os braços cruzados, e sem expressões, e realmente eles não sabem o que é uma obra de arte, com certeza se soubessem a minha seria admirada, penso.

― Essa é o Gregório também, não é? ― questionou entregando-me a tela, com um sorrisinho, noto que em suas mãos haviam algumas tatuagens.

― Sim. ― respondo sem dar importância, guardando as telas com a ajuda dela, assim que ajeitamos a sala, não sei como apenas ficamos parados, mais a sala parecia que tinha sido revirada de cabeça para baixo. ― Obrigada. ― digo ao terminamos.

― Que isso. ― disse pondo umas das suas mãos sobre meu ombro, sorrindo mostrando suas covinhas, isso a deixou realmente fofa. ― Quando decidirem serem artistas denovo, me chamem. ― disse caminhando até a porta e acenando assim que se pôs a desaparecer no corredor. ― Até breve.

Fico pensando sobre o quê acabará de acontecer, e eu tinha conversando com Son Chaeyoung, um pouco desnorteada caminho até o jardim, passando pelas as escadas, os outros provavelmente estavam me esperando, os corredores estavam vazios, provavelmente a maioria estava no dormitório ou treinando nas salas, tínhamos horários diferente, apesar de ainda podíamos ficar treinando, mais infelizmente eu e os outros tínhamos preguiça, então treinavamos apenas o horário de recebemos, ainda estávamos acostumado também.

― Ein, vem cá. ― o chamo assim que o vejo, ele estava no colo de Gregório que estava agachado fazendo carinho nele e conversando com os outros, assim que o mesmo me ver correr até mim, pulando em meu colo assim que agacho. ― Como você está? ― o questiono num sussurro como se ele fosse me responder. ― Ele cresceu. ― digo levantado com ele no colo.

― E engordou. ― disse Gregório olhando fixamente para Yuri, como se a questiona-se o motivo realmente.

― Não tenho culpa, ele me olhava com aqueles olhinhos piedosos, e eu não resistir, quem resistiria? ― questionou afim de se livra de algum sermão que ele daria.

― Ein é por causa de Cowboy Bebop? ― questionou Shin se aproximando de mim querendo fazer carinho nele.

― É. ― disse Gregório orgulhoso sobre a escolha do nome, entrego Ein a Shin que sorriu largamente com isso, caminho até Yuri a abraçando.

― Own, meu nenêm cresceu também. ― disse Yuri me apertando forte no abraço, com seus braços sobre minha cintura. ― O que fez nesses últimos dias, meu amor? ― questionou ao beijar a ponta do meu nariz, com seus braços ainda envolta da minha cintura.

― Nada. ― digo encostando minha cabeça sobre seu ombro. ― Fez muitos mangás pra mim? ― questiono um pouco ansiosa.

― Sim, fiz um para vocês. ― disse se separando do abraço e o pegando no carro. ― Não é uns dos melhores, pois não tive tempo essa semana.

― Que isso, tudo que você faz é incrível. ― digo sorrindo para ela que retribuiu.

― E Hideo? ― questionou Gregório se pondo ao meu lado, sorrindo para o mangá que Yuri me entregará.

― Não pode vir, ele mudou o turno. ― disse sorrindo um pouco desanimada. ― Tenho que ir, só vim por alguns minutinhos, tenho trabalho.

― Vai falsificar outro documento para seu irmão? Só para ele ir no acampamento da escola? ― questiona Gregório a provocando, teve uma vez que o irmão de Yuri, Shougo queria ir no acampamento da escola, só que não podia pois estava de castigo, porque estava jogando Lol a altas horas da noite, e isso estava acabando com suas notas.

Yuri o ajudou a falsificar a assinatura dos pais, mais o diretor descobriu, apesar da assinatura ter saído idêntica, eles ganharam advertência, e apanharam dos pais.

― Não. ― disse Yuri com uma expressão séria, ela ficou semanas de castigo, não podia mexer no computador, e aquilo foi praticamente sua morte. ― Preciso ir. ― disse dando um beijinho e Gregório e em mim, Shin Jo entrega Erin para ela, eles apenas se despedirem com um aceno. ― Adios Muchachos. ― disse Yuri assim que entrou no carro e deu partida, com Ein latindo ao seu lado.

― Sayönara. ― dissermos juntos assim que ela virou a esquina.

― Ela fez um mangá para nós. ― digo e os vejo encarar os mangá em minhas mãos com sorrisos em seus rostos.


 

Quebra de tempo.

Era noite, umas 21h34m da noite, estávamos no dormitório.

― "Que a força esteja com você". ― digo acertando meu Sabre de Luz na orelha de Shin Jo que caiu da sua cama.

― Eu sou o He-man. ― gritou Gregório com a espada em mãos. ― "Pelos poderes de Grayskull, eu tenho a força" ― gritou Gregório levantando a espada no alto.

― E eu sou Xena a Princesa Guerreira. ― Akane, umas das garotas que treinava conosco, gritando seu grito de guerra, correndo para cima de nós.

― E eu sou Geralt de Rivia. ― disse Shin Jo se levantando com umas das mãos sobre a orelha, que estava vermelhada.

Lutamos e brincamos por horas seguidas, sem nos importar se estávamos incomodando os outros que já estavam dormindo, simplesmente divertimos sem se importar, estávamos exaustos assim que cansamos de brincar, agora encontrávamos todos no chão, pareciamos derrotados.

― Não sinto minha orelha. ― disse Shin Jo ofegante depois de um tempo deitado no chão, com sua mão sobre seu peito.

― Minha garganta dói. ― Akane com a mão sobre o pescoço, era notável o suor sobre sua testa. ― Dar o grito de guerra da Xena e muito difícil, nem sei como consegui. ― disse virando-se de lado para mim.

― Quem teve a ideia de descer as escadas pelo corriamos? Minha barriga dói.  ― questionou Gregório com a mão sobre o estômago, e indicamos o mesmo. ― Ah, fui eu, tinha esquecido, que ideia idiota, por que concordaram?

― Acho que meu nariz estar sangrando. ― digo com a mão sobre ele.


















 


Notas Finais


Me desculpem os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...