História Imagines Bangtan Sonyeodan ;u; - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeodan, Bts, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Suga, Taehyung
Visualizações 210
Palavras 2.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, me perdoem os erros ortográficos, culpem meu teclado >.<.

Capítulo 2 - Cont. Imagine Park Jimin.


Estávamos saindo da sala eu e Jaebum, quando vi Jimin abraçando uma garota, ele parecia feliz com ela, apenas suspirei e baixei a cabeça, ah, por que eu estava gostando tanto dele e ele não estava nem aí para mim?

Jaebum me olhou e passou a mão em volta de meu ombro.

-S/a, está tudo bem?- Ele perguntou me olhando.

-Na verdade não, JB.-Levei meu olhar para ele que me olhava preocupado.

Eu olhei para Jimin que ainda estava abraçado da garota. Jaebum percebeu e olhou para Jimin, voltando a me olhar.

-Mas o que houve?-Perguntou ainda me olhando.

-É que assim, eu gosto muito do Jimin...-Jaebum me interrompeu.

-Não pareceu quando o professor formou as duplas.-Disse e eu ri fraco.

-Acontece que o Jimin me humilha muito, mas eu realmente gosto dele, e agora que estamos mais próximos, minha paixão só aumenta...-Mais uma vez fui interrompidos, mas dessa vez por uma voz que gritava por mim.

-S/N!!-Virei para trás e pude ver Jimin, revirei os olhos e parei. Logo Jaebum também parou ao meu lado e eu cruzei os braços.

-Sim?-Perguntei, parecendo não estar
interessada.

-Preciso falar com você, à sós.-Falou e olhou para Jaebum.

-Agora não dá, estou acompanhada.-Falei e apontei para Jaebum.

-Não tem problema, eu saio.-Falou e se retirou.

-Não...-Não deu tempo, ele já tinha ido, voltei meu olhar para Jimin.

-Não quer ficar perto de mim?-Falou fazendo um biquinho, como se estivesse triste.

-Aish, fale logo o que você quer.-Falei, eu não queria confessar que eu queria ficar perto dele quanto tempo fosse preciso.

-Eu estou ocupadíssimo hoje, não vai dar par eu ir par a sua casa.-Falou e eu arqueei a sobrancelha.

-E eu vou fazer só?-Indaguei e ele suspirou olhando para os lados.-O que é tão importante que você não pode ir fazer o trabalho?

-É...er, você não pode saber, é surpresa.-Falou ele e eu fiquei sem entender.

-E você não pode ir pelo menos até as 16:00?-Suspirei pesado, eu não queria fazer só.-Jimin, eu não posso fazer sozinha.-Falei em um tom nervoso,ele segurou meus ombros me fazendo olhar nos olhos dele.

-Tenha calma princesa, eu vou arrumar um jeito de ir. Eu te mandarei uma mensagem.-Selou meus lábios e sorriu, logo saindo.

Olhei para Jaebum que estava impressionado, assim como eu.

-Que garoto bipolar.-Falou JB e rimos.

-Sabe, eu acho que ele está começando a gostar de mim, é a terceira vez que ele me beija por conta própria.-Falei.

-Talvez ele esteja mesmo. Mas não crie expectativas tao cedo.-Aconselhou e eu assenti.

Fomos até a sorveteria e tomamos sorvete, foi muito divertido estar ao lado de Jaebum, ele é muito fofo e muito legal.

Estava na hora de ir para casa, eram 13:50PM, eu provavelmente iria receber um mensagem do Jimin.

Cheguei em casa e tomei um banho, logo vesti uma roupa simples(short preto de malha e um moletom, que ía até a metade de minhas Coxas) e desci. Arrumei meu cabelo e fui comer alguma coisa. Já se passavam das 14:10PM e nada do Jimin.

Peguei as coisas que usaríamos para fazer o trabalho, eu iria começar sem ele, para agilizar. Logo ouço meu celular apitar, pego ele e vejo uma mensagem de número desconhecido, provavelmente Jimin.

Mensagem on

?????:
Oi princesa.

S/n:

Jimin? 

???:
Eu mesmo. 

S/n: 

Você vai vir?

Park Jimin:
Já estou no caminho, me aguarde.

S/n: 

Estou esperando.

Park Jimin:
Ok, tchau princesa.


Mensagem off


Continuei a copiar e alguns minutos depois Jimin chegou, abri a porta para ele e ele deu um sorriso, logo depois do meu. 

Logo entrou e eu fechei a porta. Ele sentou na cadeira e eu sentei na frente dele.

-Eu vou terminar de copiar e depois você me ajuda com o resto.-Falei e ele concordou. 

Jimin apenas me olhava, sem comentar nada, virava a cabeça para um lado, para o outro, eu estava ficando meio envergonhada. Quando senti minhas bochechas esquentarem, tentei puxar assunto.

-E então, por que eu não posso saber dessa tal surpresa?-Perguntei, e ele continuava na mesmo posição.

-Está óbvio, por que é uma surpresa.-Falou e eu levei meu olhar para ele.

-E qual o problema em me contar?-Perguntei ainda focada em meu caderno.

-Você não pode saber, ora.-Falou e eu Fechei o caderno, já acabando de copiar.

-Aish, mas por que?-Fiz uma cara como se eu estivesse triste.

-S/n princesa, não insista.-Falou olhando para mim sério. O Jimin estava muito estranho esses dias.

-Mas se não é para mim, não tem problema eu saber, a não ser que...-Antes que eu completasse ele me interrompeu.

-Na verdade é pra você mesmo.-Falou e eu coloquei as duas maos nas bochechas, abrindo a boca, gesticulando que eu estava impressionada.

-Meu Deus.-Falei.

-O que foi, nunca recebeu surpresa não?-Perguntou e eu revirei os olhos.

-Não é isso, é que eu esperava de qualquer pessoa, menos de você.-Falei e peguei outro material para continuarmos a fazer o trabalho.

-Ah princesa, o mundo da voltas. Eu não sou uma pessoa ruim e arrogante.-Falou e eu arqueei uma sobrancelha.

-Agora não mais, por que você era, comigo.-Falei e ele suspirou.

-Está bem. Me desculpe.-Colocou a mão por cima da minha e nós sorrimos. Logo ele tirou e damos continuidade ao trabalho.

Poxa Park Jimin, você está fazendo eu me apaixonar mais ainda. Sobre essa mudança que o Jimin está fazendo, está muito melhor, o Jimin não m humilha e me trata muito bem, seria meu sonho?

Desta vez terminamos uma parte do trabalho bem mais cedo, ele iria de 17:00Pm e ainda eram 16:10PM, ficamos conversando assuntos aleatórios.

-Me fala uma coisa, você já duvidou da sua sexualidade? -Perguntei e ele artegalou os olhos.

-Sim, quando eu vi o Jungkook pela primeira vez.-Falou e nós rimos.

-REVELAÇÕES AQUI.-Falei e ele riu.-Mas o Jungkook, mano, homem maravilhoso aquele hein.-Ele revirou os olhos.

-Não mais que eu.-Falou convencido e eu ri fraco.

-Mas que convencido, olha só.-Ele deu um sorrisinho.

-Por que a pergunta? VOCE NÃO ESTÁ DUVIDANDO NÃO NÉ?-Perguntou nervoso.

-Calma, claro que não.-Falei e ele suspirou de alívio.-Já tenho crush, não se preocupe.

-Aposto que é o Jaebum.-Falou revirando os olhos.

-Esta com ciúmes?-Ele corou.-Park Jimin está com ciúmes?-Brinquei e ele riu, aaah que risada gostosa.

-Aish, pare.-Falou ainda corado.

-Admita sr. Park.-Pedi e ele negou com a cabeça.

-Mas eu não estou com ciúmes.-Ele falou corado.

-Suas bochechas não negam.-Eu ri e ele também. 

-Aish s/n, pare com isso, eu não gosto de ficar envergonhado.-Falou me olhando e eu dei uma risadinha fraca.

-Relaxe, Jaebum é meu amigo.-Estávamos sentados no chão, e ele se encostou no sofá.

-Estão muito próximos.-Revirou os olhos e olhou para o lado.

-Pare de ser ciumento Jimin, eu só tenho olhos para um garoto.-Falei e ele me olhou rapidamente.

-S/n você confia em mim?

-O que? Por que está...-Me interrompeu.

-Você confia em mim?-Perguntou mais uma vez.

-Confio, por que?-Falei e ele se aproximou mais.

-Me diga quem é este garoto.-Pediu e eu engoli em seco, se eu não falasse ele iria achar que eu não confiava nele.

-Er...er.-Gaguejei e ele se aproximava mais.-Mu-muito perto...-Falei e afastei um pouco ele.

-Diga, eu prometo guardar segredo.-Cruzou os braços e fez um biquinho.

-Ouw, você vai saber quando for a hora.-Apertei suas bochechas e ele revirou os olhos.

-Está bem, mas eu vou cobrar ok?-Olhou a hora no relógio e se levantou em um pulo-17:00PM, eu marquei com o Tae as 16:30PM.

Levantei junto dele e acompanhei-o até a porta.

-Bom, tchau, até amanhã.-Dei um abraço nele e ele beijou minha bochecha.

-Até amanhã, princesa.- Soltamos do abraço e ele sorriu, logo saindo.

Aish, por que você não falou que ele era seu crush, talvez as chances fossem maiores.

Fiquei olhando-o na porta, e ele virou, quando me viu, soltou um beijo no ar e deu um sorrisinho, logo voltando a andar.

Jimin on 

Aish, a s/n podia ter dito quem era o crush dela. Minhas chances de pedir ela em namoro diminuíram mais ainda, que droga.

Alguns minutos depois de sair da casa dela encontrei com o Taehyung e a Sook, que estavam me ajudando nisso.

-E ai?-Falou Taehyung.

-Ela tem um crush, e dificultou muito mais a minha vida. Merda.-Sentei no chão e eles me olharam.

-Ela te disse quem era?-Perguntou Sook.

-Ela me disse que eu ia saber quando fosse a hora.-Revirei os olhos.

-Relaxa aí, tenho certeza que é você.-Taehyung disse e eu arqueei a sobrancelha.

-Como pode ter certeza?-Indaguei olhando-o.

-Jimin você é burro ou se faz? Ja viu como ela te olha? Toda apaixonadinha?-Indagou Sook.

-Vocês estão falando isso para me animar, hoje ela passou o dia com o Jaebum.-Revirei os olhos.

-Nada disso, todo mundo pode perceber isso, ela é apaixonada por você.-Taehyung falou.

-Se vocês dizem, vamos colocar esse plano em dia, quero tê-lá para mim o mais rápido possível, não posso perdê-lá para outro.-Levantei e tirei os resíduos de sujeira que haviam em minha calça.

E assim passamos o resto da noite organizando esse pedido, ele tinha que ser perfeito, para a garota perfeita, eu realmente espero que a s/n goste e aceite. 

Aaah estou nervoso.

No dia seguinte 

Passei a noite em claro, as olheiras em meus olhos estavam fundas e eu estava lento e para baixo, mas era por uma boa causa.

Cheguei na escola e vi s/n entrando na sala de aula com o Jaebum, eles riam e pareciam tao felizes, tenho certeza que ele é o crush dela. Aish.

Eu queria ficar perto dela, mais não queria atrapalhá-los.

S/n on 

-Sook?-Arregalei os olhos.-Você gosta da Sook?

Ele assentiu e corou.

-Ah que fofo.-Apertei suas bochechas que estavam vermelhas.

-Pare.-Tirou minhas mãos de suas bochechas.-Eu não tenho chances com ela.

-Quem disse Jaebum?-Ele arqueou a sobrancelha me olhando.

-Ela é amiga do menino mais popular do colégio, o que a torna popular, você realmente acha que ela iria me notar?-Explicou meio triste.

"Poxa crush, por que não me nota?" Foi o que eu consegui pensar, mas logo voltei ao foco.

-Ahh Jaebum, por favor né, você é lindo, simpático e muito carinhoso, conquiste-a.-Falei e ele sorriu.


-Uh, okay.-Falou e eu olhava para p chão.-E você e o Jimin?

-Eu preciso me confessar para ele. Eu acho que ele gosta de mim, e eu gosto dele, se for para acontecer algo, vai acontecer.


Flashback on


-Deixa eu te perguntar uma coisa?-Ainda estávamos na mesma posição.

-Pergunte.

-Por que você me tratava tão mal?-  Perguntei.

-Por que você roubou meu coração.-Falou e eu sorri, logo ele me deu um selinho e nos soltamos. Nos despedimos e ele foi para sua casa.

Flashback off

-Você acha?-Perguntou Jaebum.

-Na verdade eu quase tenho certeza, talvez eu possa estar me precipitando.-Suspirei e logo levantamos do chão, indo para nossas cadeiras.Sentei em cima da mesa do Jaebum e ele me olhava, enquanto continuavamos conversando.

-Bem, tente, se não der certo, você ainda tem eu.-Brincou e nós rimos.-Agora sério, tente, não desista.

-Obrigada Jaebum.-Dei um beijo em sua bochecha e percebi que todos estavam entrando na sala, inclusive Jimin, que me olhava com uma cara nada boa.

A aula começou, eu não estava prestando muita atenção, eu estava pensando comi eu iria falar para o Jimin que eu gostava dele.

Felizmente eu estava ouvindo o que o professor dizia, só não estava tão focada.

-S/n? Você está prestando atenção?-O professor me olhou e antes que eu pudesse responder algum idiota gritou.

-ELA ESTÁ PENSANDO NO JAEBUM.-Gritou algum ser desocupado e todo riram, menos Jimin, que revirou os olhos e baixou o olhar.

Jaebum estava corado, assim iria parecer que tínhamos algo. Colabora Jaebum.

-Aish, vocês são idiotas.-Falei alto e eles riram mais ainda.

Logo Jimin se levantou rápido da cadeira, o que fez com que todos olhassem para ele.

-Posso ir ao banheiro?-Perguntou e o professor assentiu.

Todos estavam rindo e o professor pediu silêncio, logo dando continuidade à aula.

Alguns minutos depois Jimin volta, enxugando os olhos.

Pude ouvir os meninos conversando atrás de mim.

-Cara, seus olhos vermelhos.-Falou alguém.

-Estao coçando.-Falou Jimin.

Logo a aula acabou, era a hora do intervalo. Vi Jimin conversando com Tae e Sook, e me aproximei. Jimin estava de costas, então não me viu.

-Licença.-Falei e todo olharam para mim.-Jimin, preciso falar com você, tem um tempinho?

-Sim.-Falou e se levantou do banco  fazendo um gesto para seus amigos esperarem.

Fomos em um canto e ele estava encostado na parede, de braços cruzados.

-O que houve? Eu vi você chorando.-Falei.

-Mas eu não estava chorando, meus olhos estavam coçando.-Mentiu, e eu já sabia.

-Jimin, eu conheço a vermelhidão de coceira e de choro. Diga a verdade, estou preocupada.-Falei e ele suspirou.

-Se eu realmente te falasse, você ficaria com raiva provavelmente, então melhor não.-Falou, me deixando mais curiosa.

-Eu prometo não ficar com raiva, até porque, não tem como ficar com raiva de você.-Falei e ele assentiu.

-Eu estava com ciúmes de você e o Jaebum.-Assim que ouvi cruzei os braços.-Você prometeu.

-Tudo bem. Eu já falei que ele é só meu amigo. Aliás, preciso falar com você, urgente, uma coisa séria.-Falei.

-Fiquei nervoso, eu também tenho uma coisa para te falar, mas precisa ser à sós, eu digo, só eu e você, nenhum ser vivo mais.-Falou e eu arregalei os olhos.

-A coisa é séria mesmo. Então tá.-beijei sua bochecha e ele virou o rosto fazendo o beijo na bochecha virar um selinho.-Só você mesmo Park Jimin.-Logo dei um selinho nele e saí.

As aulas já haviam acabado, e fomos todos liberados, eu estava acompanhada de Jimin e Taehyung, quando uma garota nos parou, ah não, era a Maíra.

-Jimin!-Falou toda alegre, indo para cima dele.

Eu e Tae nos afastamos um pouco e nos olhamos.

Jimin colocou o braço em su frente, para que ela não o abraçasse.

-O que foi Maíra?-Jimin perguntou, nada interessado.

-Que seco, achei que estivesse gostando de mim.-Falou parecendo triste.

-Por que você só me persegue?-Perguntou e eu e Tae estávamos boiando.

-Você não percebe? Fomos feitos um para o outro.-Ela falou e eu dei uma tossida falsa, o que fez Tae dar uma risadinha fraca.

-Aish, o que você tem na cabeça garota?-Jimin revirou os olhos.

-Você.-Falou toda melosa e Tae puxou Jimin.

-Nós três estamos atrasados, tchau Maíra.-Tae falou puxando Jimin e eu ria fraco.

-Do que você está rindo, você não vai tirar o Jimin de minhas mãos sua nerd idiota.-Falou revoltada.

-Veremos.-Falei baixinho, mas pude perceber que Taehyung tinha ouvido, e deu um sorrisinho.

Saímos os três dali e continuamos nosso caminho, conversando bobagens e rindo. Jimin uma vez ou outra, ficava me olhando, todo apaixonadinho, que anjinho.


Notas Finais


Espero que vocês gostem ;u; se tiverem sugestões de imagines comentem aí, preciso de idéias.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...