História Imagines BTS - Capítulo 122


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Visualizações 266
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que goste *-*
@Vivinoemi

Capítulo 122 - Especial Suga - Vitória


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Capítulo 122 - Especial Suga - Vitória

Alguns meses se passaram desde que nos separamos, e esses meses não haviam sido fáceis para mim.

Nosso casamento terminou por uma série de erros meus, admito. Depois do nascimento do nosso filho muita coisa mudou, principalmente nossa relação. Eu estava muito mal acostumado em ter sua atenção só pra mim, e não soube lidar quando tive que dividir. Foi egoísmo da minha parte, é meu filho.

Comecei a sair sozinho com frequência, bebia demais, não dava satisfação de nada e passei a ser um baita de um estúpido com a pessoa que mais me amou e me compreendeu em todos esses anos. Eu errei, e dessa vez não tive sua compreensão e seu perdão, mas ela estava com a razão, e agora eu estou perdido, preciso dela e não a tenho aqui comigo.

Mas isso não significa que eu iria desistir assim tão fácil. Irei reconquistá-la.

Cheguei a nossa antiga casa e toquei a campainha, quando ela abriu, nosso cachorro pulou em cima de mim e eu comecei a brincar com ele.

- Êêê garoto –sorri enquanto brincava com ele- Tava com saudade também?

- Entre, já estou terminando de arrumar as coisas dele –ela disse e eu entrei em seguida.

- Como você está? –a olhei.

- Estou bem, e você?

- Tentando..

- Yoongi, por favor..

- Estou esperando aqui –dei um breve sorriso e ela assentiu, subindo em seguida.

Fiquei olhando as coisas enquanto esperava. Nossas fotografias haviam saído dali, restou apenas uma com nosso filho. Peguei o retrato e fiquei olhando por alguns segundos. Nossa família era tão linda e eu destruí.

- Papai –senti o pequeno agarrar minhas pernas, coloquei o retrato lá de volta e o peguei no colo.

- E aí campeão, tudo certo? –sorri e beijei sua bochecha. Ele assentiu e agarrou meu pescoço abraçando- Papai estava com saudade –o abracei.

- Aqui está –me virei para onde ela estava e peguei a mochila dele.

- Ele dorme comigo hoje, tudo bem?

- Sim, qualquer coisa pode me ligar, tem tudo aí.

- Ok. Despede da mamãe pra gente ir.

O pequeno despediu da mãe e eu também. Fomos passear no shopping, parque, fomos a todos os lugares onde ele quis ir.

O dia foi divertido, tanto pra mim quanto pra ele, brincamos juntos. Mas a noite foi complicada, ele chamava pela mãe o tempo todo, e quando foi dormir, chorou até pegar no sono. Acordou no meio da madrugada ardendo em febre e eu não sabia o que fazer.

- Atende.. –pedi inconscientemente enquanto chamava.

- Oi Yoongi, aconteceu alguma coisa? –ela disse com voz de sono.

- Oi, desculpa te acordar, é que eu achei melhor avisar que estou com ele aqui no hospital.

- No hospital?!

- É, mas não se preocupe, ele só teve uma febre e já está sendo medicado.

- E por que só me ligou agora?! Eu estou indo aí.

- Não, ele acabou de receber alta, eu levo ele aí.

- Não demora.

- Até já –desligamos e eu fui levar ele lá.

Toquei a campainha e ela abriu rapidamente.

- Filho –ele foi para os braços da mãe, que o encheu de carinho, até que ele dormiu novamente- Venha –ela subiu as escadas com ele no colo e eu a segui.

Entramos no nosso antigo quarto e ela o colocou no meio da cama.

- Me desculpe.. Mais uma vez eu errei –suspirei e ela veio até mim.

- Não se culpe, acontece..

- Não, eu que fui descuidado, deveria ter ligado assim que ele te chamou a primeira vez.

- Ele tem que se acostumar lá também Yoongi, e você não vai levar ele no hospital toda vez que ele tiver uma febre né? Tinha remédio na bolsa, só era dar.

- Eu não soube o que fazer na hora.. Você não acha que isso é difícil demais pra ele?

- O que?

- Ter que se acostumar em duas casas, uma hora sem mim e outra sem você.. Ele ainda é pequeno.

- Eu sei, mas tem que ser assim.. As coisas são assim agora –eu sabia que ela também não estava feliz com tudo isso.

- A gente pode mudar isso..

- Você sabe que não dá mais certo, foi por isso que terminou, não adianta insistir em algo que não dá certo..

- Não daria certo da forma que estava, mas agora é diferente. Eu não sou mais o mesmo, você já percebeu isso, você também não é mais a mesma, agora pode dar certo. Vamos tentar de novo, recomeçar –me aproximei dela e coloquei uma mexa do seu cabelo atrás da orelha.

- Não sei se estou preparada –ela baixou o olhar.

- Vamos no seu tempo, como no início, lembra? Eu posso fazer de novo, basta você aceitar. Eu amo você, não posso perdê-la tão fácil assim. Dê mais uma chance pra gente.

- E se não der certo? E se um de nós errar de novo?

- Essas dúvidas sempre existiram e a gente soube passar por todas, eu errei uma vez e reconheci, não iremos errar de novo no mesmo ponto.

- Eu não sei..

- Confie em mim.

- É difícil.

- Não desista da nossa família.. Eu posso provar que mudei –suspirei, derrotado- Tudo bem.. –a soltei, mas ela segurou minha mão.

- Não vá, fique aqui. Não queria admitir pra mim mesma que sinto sua falta, que é difícil estar tão perto de você e não pode abraçá-lo como antes. Eu amo você, volte para a nossa casa, para a nossa família –não pensei duas vezes e a beijei.

Matamos a saudade que estava presente nos dois aquela noite.

Depois daquele dia eu percebi o quanto era fraco sem eles, e passei a dar o valor que minha família merecia e eu não soube dar antes. Juntos, fizemos tudo ficar bem novamente, fomos felizes novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...