História Imagines BTS - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 63
Palavras 560
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora ❤

Capítulo 15 - Taehyung - Nosso herói.


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Capítulo 15 - Taehyung - Nosso herói.

Filho, uma coisa preciosa que criamos com bastante amor e carinho, era como eu tratava o meu pequeno Xiumin.

Seu pai havia falecido no exército quando o mesmo tinha apenas 9 meses, agora Xiumin já tinha seus 6 anos.

- Mãe, Que saudades! Como está? - Indaguei, pelo celular, minha mãe estava no Brasil, fazia um tempo que não a via.

Sento-me no banco da praça, vendo Xiumin brincar com outros garotos em um balanço.

- Estou bem, e como vai meus dois amores?

- Sim, mãe, estamos aqui na praça, Xiumin já está fazendo amizade até com os pombos. - Digo em um tom brincalhona, escutando a risada da mais velha atrás da ligação. 

Havia me distraído conversando com minha omma, que quando volto meu olhar para onde estava Xiumin, não o via mais.

- Xiumin? Espera, mãe. - Pedi, levantando rapidamente, indo em direção às outras crianças. - Oi, tudo bom? Vocês sabem onde está o menino de cabelos pretos, e roupa azul?

As crianças disseram que ele havia corrido atrás de uma borboleta e apontaram o caminho.

Saio correndo, já desesperada, não aguentei as lágrimas, se eu perdesse Xiumin não saberia o que fazer.

- Xiumin?! Filho! Cadê você?! - Falo em um tom alto, perguntado as pessoas ao choro se haviam visto o meu filho, mas elas não haviam o visto.

Tinha até me esquecido de minha mãe na ligação, até que vejo Xiumin segurando algo em mãos no meio da estrada e um caminhão vinha em alta velocidade.

- XIUMIN!

Berrei em pânico, até ver um rapaz vestido de branco aparecer e puxar meu filho, vendo os dois caírem no outro lado no chão. 

Corri até lá, soluçando em direção do mesmo, puxando Xiumin para meus braços, eu estava em um estado de choque.

- Não faça mais isso comigo, eu perdi seu pai, acha que vou sobreviver se perder você?! - Digo, apertando o pequeno em meus braços que se desculpava, dizendo que estava atrás de uma bela borboleta.

Olho para o moço ao lado, soltando Xiumin e o ajudando a levantar, seu braço estava sangrando, havia se machucado na queda.

- Obrigada por salvar meu filho, sou S/n. - Me curvo um pouco, me apresentando ao rapaz que de fato, era bastante bonito.

- Não precisa agradecer, sou Taehyung. - O mesmo repete meu ato, com um sorriso lindo no rosto.

- T-Taehyung, seu braço... por favor, deixe-me cuidar disso, venha, vou te levar até minha casa!

O mesmo queria recusar, mas até Xiumin insistiu para que ele fosse com nós e Taehyung acabou aceitando.

Já em casa, eu havia cuidado de seu braço e conversado um pouco com o mesmo para nos conhecermos melhor, Taehyung realmente era um anjo.

Xiumin mostrava todos seus brinquedos ao Taehyung, e Taehyung dava toda sua atenção ao pequeno, o que era extremamente fofo.

- Taehyung! - Reclamo, ele decidiu brincar com Xiumin, mas havia machucado seu braço. 

- Acho que eu que sou a criança entre nós dois, amigo. - O mesmo diz ao Xiumin, me fazendo rir.

- De fato, Você é uma criança!




- Mas é Nosso Herói! - Xiumin o defende, abraçando Taehyung em seguida, o que faz qualquer pessoa se derrete em amor.




Eu tenho sonhado em ser um herói como o Superman

Eu pulei o mais alto que pude

Eu não tenho medo de arranhar o meu joelho

Essas são ilusões da minha infância inocente

Eu não sou um super-herói 

Não espere muito de mim

Eu posso ser seu herói 




Notas Finais


Em alguns eu boto músicas e em outros não porque.... Nem eu sei, gente 😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...