1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines BTS >
  3. Jeon Jungkook

História Imagines BTS - Capítulo 26


Escrita por:


Capítulo 26 - Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction Imagines BTS - Capítulo 26 - Jeon Jungkook

-Amor, tem certeza que quer fazer isso? Podemos voltar outra hora.

Meu namorado falava enquanto entravámos no estúdio de tatuagem.

-Jungkook, foi você que pediu pra gente vir. Qual seu problema?

-Tudo bem, vamos lá.

Tínhamos vindo no estúdio pois decidimos fazer uma tatuagem juntos.

Além de amigos de longa data, também namoravámos há três anos, sempre tivemos vontade de fazer algo juntos mas nunca tínhamos chance, agora que ele começou a se tatuar, por que não fazemos algo?

Nos encostamos no balcão e logo um rapaz todo tatuado veio nos atender.

-Olá, bom dia. Como posso ajudar? -Ele nos cumprimentou.

-Bom dia, viemos fazer uma tatuagem. -Respondi sorrindo.

-Você já tem ideia do que fazer, princesa? -O rapaz sorriu de modo galanteador.

-A gente tem. -Jungkook respondeu antes que eu abrisse a boca.

-Isso é ótimo, pois amigos sempre ficam dúvida do que fazer.

-Amigos? Somos mais que amigos, somos um casal, casal de namorados.

Meu namorado respondeu meio raivoso.

-Se acalma, amor. -Sussurrei em seu ouvido. Me virei para o rapaz sorrindo meio tensa. -Escolhemos fazer uma data. -Falei mostrando a imagem do modelo que tinha separado em meu celular.

Era a imagem da tatuagem que havíamos escolhido.

E vou dizer que essa tatuagem demorou para ser escolhida, viu?

Jungkook pensou em várias coisas. Tatuar nossos anos de nascimento um no outro, até queria que fizessemos a junção das bandeiras do Brasil e Coréia. Vê se posso com isso.

Mas dei a ideia de fazermos uma data.

A data que nos vimos pela primeira vez. A data pela qual nos apaixonamos pela primeira vez.

12/06/2005

Por coicidência, era o dia dos namorados no Brasil, o que para Jungkook casou muito bem.

-Em qual local querem fazer?

-No antebraço.

-Certo, vou fazer o esboço e já chamo vocês.

Eu e Jungkook fomos sentar em um sofá que tinha no canto da recepção, sua feição me chamou atenção.

-Por que está com essa carinha, coelhinho?

-Aquele homem te chamando de princesa, quem ele acha que é? -Respondeu cruzando os braços e fazendo um biquinho.

Ri fraco com sua reação e dei um beijo em sua bochecha.

-Mas é você que eu amo, não se preocupe com os outros.

Ficamos sentados ali por alguns minutos, até o rapaz nos chamou.

Jungkook foi primeiro, por insistência minha, óbvio.

-Está doendo? -Perguntei o encarando.

-Não, mas acho que é porquê já estou acostumado.

-Vai ser sua primeira tatuagem? -O tatuador perguntou enquanto fazia os últimos traços.

-Sim, por isso estou meio tensa.

-Não fique, vai ficar tudo bem.

Depois de uns minutos, a tatuagem tinha sido concluída, estava tão bonitinha.

-Agora é você, amor. Sente aqui.

Me sentei no lugar de Jungkook e estiquei meu  braço em direção ao rapaz.

-Olha, não vai demorar muito, mas se sentir algum desconforto, pode me avisar que paro. -Assenti.

-Me dê sua mão, jagi.

Meu namorado pegou em minha mão e estrelaçou nossos dedos, me passando confiança, assim o rapaz começou o processo.

Confesso que incomodou, mas nada exagerado e como ele mesmo disse, não demorou e assim logo a tatuagem foi terminada.

-Você precisa passar essa pomada, tudo bem? Ajuda na cicatrização. -O tatuador disse me entregando uma pomada.

-Certo, muito obrigada. -O agradecemos e saimos da sala que estavámos.

Pagamos o valor correspondente as tatuagens e fomos embora.

-Amor, agora temos uma tatuagem juntos, toda vez que olhar pra ela, se lembrará de mim. -Comentei o olhando dirigir.

-Eu já não tirava você da cabeça, agora então...

-Bobo. -Ri fraco.

-Um bobo que te ama.

-Que clichê, coelhinho.

-Pode até ser, mas é a verdade. -Ele desviou o olhar rapidamente. -Eu te amo, sabia?

-Também te amo, muito.

-Espero que nossa próxima tatuagem seja algo relacionado ao nosso filho.

-O quê? Que filho?

-O que vamos fazer hoje. -Ele sorriu malicioso.

-E vamos?

-Com certeza, é hoje que nosso bebê vai para o forno.

Ri alto batendo seu ombro.

Mas apesar da risada, isso era o que eu mais queria.

É hoje com nosso mini Kook vai para o forno!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...