História IMAGINES DA MAGCON ❤ - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Blake Gray, Brandon Rowland, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Jacob Sartorius, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Sartorius, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Imagine, Imagine Hot, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Sartorius, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Shawn Mendes, Taylor Cannif
Visualizações 1.076
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas um bad pra vocês!!!
Chorem comigo
Pedido da:
~daddygrier

Boa leitura ❤

Capítulo 25 - Nate Maloley (Bad)


Fanfic / Fanfiction IMAGINES DA MAGCON ❤ - Capítulo 25 - Nate Maloley (Bad)

Fazia dois dias que eu não o via, ele havia desaparecido do mapa e aquilo estava me deixando muito preocupada, ele saiu duas noites atrás e ainda não voltou, eu não fazia ideia de onde procurá-lo, Nate Maloley era um mistério.

Ouço meu celular tocar e pego o mesmo.

- Alô?

- Você deve ser a namorada do Nate, então ele tá mal - fala uma voz de uma garota visivelmente drogada.

- Aonde vocês estão?

- Ah tem uma placa de sorvete e um estacionamento, também tem uns bichinhos caindo do céu - a menina fala e conceteza ela estava muito chapada.

- estacionamento e placa de sorvete, acho que já sei o local - falo e desligo, pego o meu carro indo para o lugar o mais rápido possível.

Assim que chego me assusto ao ver a quantidade de gente chapada em um lugar, haviam alguns garotos que começaram a falar algumas palavras sujas pra mim, apenas ignoro e tento procurar Nate e eu queria não ter visto o que eu vi, Lá estava ele jogado no chão desacordo.

Vou correndo até o mesmo e me ajoelho na sua frente.

- Nate - começo a chacoalho, atitude que fiz em vão, lágrimas já escorriam pelo meu rosto. Coloco minha mão sobre o seu coração, as batidas estavam tão fracas que quase não eram possíveis de se sentir.

Pego meu celular e ligo pra ambulância.

- O que ele tomou? - pergunto pra um garoto que estava ao lado.

- Ah acho que Ecstasy - ele diz chapado pra variar.

-ECSTASY? Quantas pílulas ele tomou? - grito pro mesmo.

- Para de gritar garota minha cabeça tá doendo eu não sei quantas pílulas ele tomou acho que umas três ou quatro - ele diz

Droga Nate! Ecstasy mata! O que ele tava pensando quando fez isso? Basta umas duas pílulas pra causar uma morte dependendo da pessoa.

Ouço o barulho da ambulância e logo alguns homens vão até o mesmo o colocando em uma maca.

- O que ele tomou? - uma mulher pergunta.

- Acho que Ecstasy, por favor não deixa ele morrer, por favor - falo enquanto as lágrimas molhavam todo o meu rosto.

- Vamos fazer o possível, você vai acompanha-lo até o hospital?

- Sim - falo meio ao choro e entro na ambulância que sai voando para o hospital.

Os médicos ligaram ele em milhares de aparelhos eu não conseguia parar de chorar, meu coração doía de ver aquele daquele jeito e eu não consiguiria me imaginar sem ele ao meu lado todos dias. Eu estava sentada em um sofá ao lado da sua maca porém ele permanecia desacordado.

- Ei parar de chorar - ele fala me olhando

- Filha da puta olha como você tá você quer que eu fique sorrindo- falo me aproximo dele segurando sua mão, eu não sabia se sorria por ele estar acordado ou chorava por ele estar naquele estado.

- Você nunca muda - ele fala

- E você também não - falo e ele ri fraco.

- Eu te amo - ele fala

- Eu também te a... Nate fica comigo por favor! NATE - eu iria acabar de responder mas o aparelho apita e tudo que eu via naquela tela era uma linha branca.

- Você não pode ficar aqui - uma mulher fala e me tira da sala, eu chorava tanto não conseguia conter os meu soluços ele não poderia morrer, ainda teriam tantas coisas que a gente poderia viver, ele poderia ser todo errado mas o amor que eu sentia por ele superava qualquer coisa.

- Eu sinto muito - o médico fala assim que sai da sala, segurando uma prancheta nas mãos.

- E-ele Morreu? - falo meio aos soluços e o médico ascente com uma expressão triste. Caiu de joelhos no chão e começo a chorar.

Eu estava sem chão, era como se alguém tivesse levado todo minha felicidade para longe e só ter sobrado a tristeza em meu corpo.


                           ...



- Ei acorda eu tô aqui eu não vou morrer- acordo com Nate falando enquanto acariciava meus cabelos e tudo que eu consigui fazer foi começar a chorar, ele passou seus braços por mim me envolvendo em um abraço.

- Promete pra mim que você nunca vai me deixar? - falo o abraçando forte e como eu amava aquele perfume...

- (s/n) eu nunca vou fazer isso

- Promete?

- Prometo

- Eu te amo - falo meio ao choro e selo nossos lábios

- Eu também te amo - ele fala e encosta sua testa na minha.


Notas Finais


Podem me xingar que eu deixo kakakak
Vejam pelo lado bom era só um sonho e ele não morreu :)
Amo vcs ❤
Comentem o que acharam!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...