História Imagines Exo. - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Visualizações 969
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi
Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 26 - Vi amor em seus olhos ( Lay )


Fanfic / Fanfiction Imagines Exo. - Capítulo 26 - Vi amor em seus olhos ( Lay )

As coisas estavam ficando quentes entre a gente, Lay e eu nunca fomos próximos, quando éramos mais novos nos odiavamos, e olha como estamos hoje, aos beijos na piscina da casa de minha vó.

Não sei se é efeito da bebida, ou por ele está exageradamente lindo, alto e com um corpo maravilhoso.

-- Yixing... para..-- peço que ele pare mais eu continuo abraçando ele e apertando sua bunda.

-- não é isso que seu corpo pede, eu sei que você quer que eu continue.

Quero muito, mais não aqui na piscina, me afasto dele saindo da piscina semi nua juntando meu vestido e meu sutiã jogando por ele, olho pra trás e ele me olha com muito desejo, ele sai da piscina é possível ver sua ereção.

Entrei dentro da casa e meus pais me olham com certa raiva vindo até mim, sabia exatamente o que eles iam dizer, pois onde eles estavam deu pra ver o show na piscina.

-- você vai parar de beber agora___ olha como está, semi nua e molhada, vá ja tomar um banho e não saia daquele quarto hoje.-- minha mãe diz.

-- amanhã conversamos com você quando estiver sóbria.-- meu pai diz e vira as costas, subo rapidamente pro meu quarto, arrumo uma muda de roupa e uma toalha e vou seguindo ao banheiro, vou fechando a porta mais vejo uma mão segurando e Yixing entra trancando a porta.

-- Yixing..-- ele me cala com um beijo.

-- faça silêncio, estão todos la embaixo, e só vim tomar um banho com você.

Acabo rindo e vou entrando no box ligando o chuveiro ele entra comigo e tira suas roupas, eu faço mesmo tirando ficando completamente nua,puxo ele mais pra perto dando selares em seu peito, ele segura meu queixo me dando um beijo carinhoso, uma de suas mãos aperta minha bunda me fazendo gemer baixo, pego o sabonete e passo em seu corpo, começo pelo abdômen, e costas e vou descendo, seguro seu membro ja ereto e ele fecha os olhos, voltamos a nos beijar e ele passa o sabonete por todo meu corpo, não passamos de apenas mãos bobas a excitação estava alta, e mesmo sem entender o que está acontecendo eu preciso de Yixing dentro de mim, depois de muito enrolar saímos do chuveiro, ainda nos beijando muito e ele me senta no balcão que tem ao lado da pia, e se encaixa no meio de minhas pernas, nossas intimidades se encostam, e eu afundo minha mão em seu cabelo molhado e com a outra arranho suas costas, ele vai descendo os beijos até meu pescoço e volta a beija minha boca novamente.

-- você ta me deixando louco ___, posso continuar?

-- se me provocou tera que me fazer gozar.

Ouvindo isso ele suga meu seio direito com vontade, dando mordidas e passando a língua com agilidade no bico de meu seio, seguro pra não gemer, e ele sobe me olhando sério, a luxúria era visível em seus olhos, e sem demora ele circula os dedos em meu íntimos e me beija abafando o os gemidos que saiam sem controle de meus lábios.

-- Lay...-- gemia seu nome e ele me me puxa mais perto colando nossos corpos e me penetrando de uma vez, e tapando minha boca com sua mão, com a mão que está livre ele segura minha coxa e vai se movimentando rapidamente, é cada vez mais difícil segurar o gemidos, ele solta minha boca e me beija com certa dificuldade, ambos estávamos gemendo, prendo minhas pernas em sua cintura o deixando ainda mais dentro de mim, ele entrelaça a mão em meus cabelos puxando eles fortes e o mesmo faço com ele, mordendo sua orelha, já havia me esquecido que não estamos sozinhos nessa casa, o barulho de nossos corpos molhados se chocando era audível, e me dava ainda mais tesão.

--L-Lay...

-- T-Tá gostoso? hum? -- ele fala em meu ouvido.

Não consigo responder pois ele acelera seus movimentos me fazendo atingir um orgasmo sensacional, meu corpo todo arrepia, e meu ventre começa a formigar, é possível que até os vizinhos tenham escutado nosso gemido arrastado ao atingir o orgasmo, sinto seu líquido me preencher e ele fica imóvel dentro de mim, nossas respiração aceleradas aos poucos foram ficando calmas ele segura ainda no colo e me leva pra debaixo do chuveiro, tomamos um banho rápido e carícias foram trocadas e saimos do banheiro indo pro meu quarto, a essa hora minha bebedeira havia passado e eu estava surpresa por Lay e eu ter dado esse passo tão rapidamente ja  que passamos a tarde toda brigando, a infância toda nos odiando.

-- foi tão bom ___.-- ele diz sentado em minha cama, termino de me vestir e vou perto dele, ele me puxa me fazendo sentar de frente a ele em seu colo.

-- Foi, eu nunca imaginei que íamos acabar assim essa noite.-- digo e ele me puxa pra um beijo calmo e carinhoso.

-- desde que te vi de manhã meu coração acelerou... sei que brigamos muito quando éramos pequenos, mais quando você foi embora a dez anos atrás, eu sofri, passei esse tempo todo desejando que você voltasse pra que eu pudesse dizer o quanto eu senti sua falta.

-- você disse que me odiava, me batia e me dava apelidos maldosos..-- digo e ele abaixa a cabeça.

-- eu era criança tinha 9 anos, não queria aceitar que já era apaixonado por você, foi passando os anos e nós dois fomos brigando ainda mais, aí você foi embora e eu fiquei dias chorando te querendo de volta.

-- você é apaixonado por mim Yixing? Ainda é apaixonado por mim?

-- claro... eu sou louco por você pequena... e já que está aqui, promete não me deixar nunca mais?

-- prometo... Eu também, sempre te amei, mesmo você sendo odioso, eu ainda assim amava você, ainda assim eu amo você.

Ele deixou umas lágrimas caírem de seus olhos e me deitou na cama me beijando o rosto todo e finalizou em minha boca.

-- Namora comigo? Estou a dez anos ensaiando esse pedido.-- começamos a rir.

-- Sim... eu aceito... e eu estou a dez anos esperando você pedir.

Parece que foi tudo rápido demais, mais pensando bem, demorou pra isso acontecer, nunca imaginei que daquele ódio todo nasceria um amor entre nós, Lay está mais amável e é possivel ver amor em seus olhos e eu amo isso nele, não sei o que meus pais vão pensar disso ja que odeiam Lay com todas as forças, mais estou disposta a lutar esse por esse até a morte.

Fim


Notas Finais


Sei que fiquei a postar ontem mais não consegui 😅😅desculpa.

Próximo vai ser D.O ❤


Pra quem gosta de Fic Yaoi, minha amiga começou uma hoje muito Boa, se quiserem dar uma olhadinha:

https://spiritfanfics.com/historia/eu-vi-o-amor-em-seus-olhos-9677623


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...