História Imagines EXO - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Tao, Xiumin
Tags Baby
Visualizações 274
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi flores mais um capitulo, saindo do forno, eu espero que vocês gostem. Boa Leitura.

Capítulo 42 - Imagine Chanyeol (O encontro)


Fanfic / Fanfiction Imagines EXO - Capítulo 42 - Imagine Chanyeol (O encontro)

Imagine EXO – Chanyeol.

Após tomarmos aquele banho de banheira, com muitos beijos e muitos carinhos, e agora eu estava sozinha, vendo o mais velho fazer a sua barba com a toalha presa na cintura.

- Vai morar ai dentro? – pergunta o Chanyeol bem concentrado.

- Não já vou sair. – respondo bem relaxada. – Pode me passa a toalha. – completo levantando da banheira.

O Chanyeol me passa a toalha, me olha de baixo para cima com um sorriso.

- Obrigada. – agradeço, pegando a toalha.

Enrolo-a no meu corpo, eu estava saindo do banheiro, quando eu sinto uma palmada bem forte no meu quadril.

- Ai. – comento, com pouco de dor.

O Chanyeol sorri de canto e terminando de fazer a sua barba. Eu vou para o meu quarto, me enxugo, vou á minha cômoda, abro a gaveta pego a minha calcinha vermelha, visto e vou até a penteadeira, pego o meu hidratante e passo pelo o meu corpo. Vou á cômoda abro a outra gaveta e pego uma camisola de cetim vermelha e visto. Pego a toalha seco o meu cabelo e depois passo a escova no cabelo.

Eu vou para cama, levanto a coberta e deito na cama e me cobro. Alguns minutos depois, sinto a coberta ser levantada e ser abaixada e um corpo contra o meu, eu pego na sua mão e deixo junto aos meus seios. Ele beija a minha cabeça.

- Vou dormir aqui Baby. – avisa o Chanyeol dando outro beijo na minha cabeça.

Eu me viro, ficando de frente para o mais velho. Ele começa a fazer um carinho no meu cabelo. Eu vou relaxando com seu carinho e aos poucos nos dormirmos.

No dia seguinte, eu acordo muita atrasada. Pulo da cama e tiro a minha camisola, vou até a cômoda pego um sutiã vermelho eu o fecho. Corro no guarda-roupa pego uma calça social cinza de cintura alta e uma camisa vermelha. Corro para o banheiro escovo os meus dentes e lavo o meu rosto, escovo o meu cabelo. Volto para o quarto correndo e pego as minhas botas, calço e pego a minha bolsa. Vou até a cama e dou um beijo no Chanyeol. Depois eu saio correndo de casa, pego um taxi e vou até a empresa. Assim que eu chego bato o meu ponto e corro para minha mesa e quase caio, quando eu sentei na cadeira e comecei o meu trabalho.

Durante o expediente eu conversei um pouco com Noona do Chanyeol que deu umas dicas de pratos que eu poderia fazer para o jantar em família, que seria daqui dois dias e lá em casa.

- Eu estou ficando maluca por causa desse jantar. – comento mexendo no computador.

- Relaxar, que vai dar tudo certo. – comenta a Noona do Chanyeol com sorriso.

- O seu irmão me disse a mesma coisa. – comento, parando de mexer no computador.

- Em falar nele, não gostei nada que você me trocou. Na próxima vez me liga, para eu não ir à sua casa de graça, sabe o quando longe vocês moram? – pergunta a Noona do Chanyeol um pouco chateada.

- Eu sei me desculpa. – comento sorrindo.

Depois dessa conversa, voltamos ao trabalho. O dia foi muito cheio e no fim do expediente tudo que eu queria era chegar a minha casa, tira as minhas botas e me jogar no meu sofá. Mas o meu belo plano deu errado, na saída da empresa eu vejo o Chanyeol usando uma camisa branca, uma calça jeans preta e um, sobretudo cinza escuro com uma touca. O mais velho tira as mãos dos bolsos do seu, sobretudo e vem ao meu encontro.

- Oppa o que faz aqui? – pergunto colocando o meu crachá e fechando a minha bolsa.

O Chanyeol se aproxima pega na minha nuca e me beija e eu dou uma risada entre o beijo.

- Surpresa eu vim te buscar para jantar comigo, vamos? – responde o Chanyoel sorrindo.

Nós andamos até o restaurante que tinha perto da empresa. Alguns minutos depois e estávamos sentamos-nos à mesa e já tínhamos feitos os nossos pedidos.

- Então como foi o seu dia? – pergunto tomando um pouco de água.

- Foi bom, agora estamos trabalhando nas promoções do novo álbum e seu como foi? – responde o Chanyeol tomando um pouco de água.

- Para começa, eu levei uma bronca da sua irmã, porque ter a feito ir lá à nossa casa e depois fazer-la ir á social sozinha, mas ela me deu algumas dicas do que cozinhar para sua família. – comento dando o espaço para o garçom colocar os nossos pedidos.

Nós conversamos mais um pouco o sobre o nosso dia, mas não falamos nada sobre á noite passada. Comemos, pagamos a conta e voltamos para casa.

Na nossa volta, bateu uma vontade de comer um soverte, e aproveitamos que á noite estava bem quente, chegamos á barraquinha, eu comprei o soverte o Chanyeol foi á frente dizendo que estava cansado.

Eu vou andando para casa bem devagar, vou curtinho a noite quente e o meu sorvete, após alguns minutos, eu chego á minha casa e vejo tudo escuro, entro.

- Park. – chamo tirando as minhas botas.

Eu tiro a minha bolsa jogo no sofá, vou até a cozinha e encontro um na geladeira bilhete do mais velho.

- Querida, eu tive que ir ao dormitório do EXO e talvez eu vá fica por lá mesmo, não me espere acordada, beijos. – leio o bilhete. – Ele poderia pelo menos ter feito em rimas. – completo rindo.

Alguns minutos depois, de banho tomado, pijama e deitada na cama, com um livro sobre o colo, eu fico pensando no jantar dessa noite.

Eu já tinha tido diversas refeições com o Chanyeol, mas aquela foi diferente, porque o mais velho ficou o jantar inteiro olhando nos olhos, eu senti como se fosse o nosso primeiro jantar juntos. Diferente do primeiro mesmo que foi uma pizza que já a nossa cozinha na época não estava pronta.

Mais uma coisa eu tinha uma certeza depois da noite passada o nosso relacionamento seria um pouco diferente, não sei como, mas eu sentia isso.


Notas Finais


Desculpem pelos erros ou por qualquer coisa.
Por hoje é só, até o próximo.
Beijinhos da Tiah e tchauzinho. >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...