1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines Fanboy >
  3. Peter Parker

História Imagines Fanboy - Capítulo 3


Escrita por: Hott_Chocolate

Notas do Autor


Feito por: straygodss

Capítulo 3 - Peter Parker


Fanfic / Fanfiction Imagines Fanboy - Capítulo 3 - Peter Parker

Convidar as pessoas para sair não era difícil.

Isso era pelo menos o que as pessoas diziam a Peter o tempo todo. Todo mundo estava namorando: todos os seus colegas de classe, seus professores, apenas todo mundo. Parecia a coisa mais normal a se fazer na escola. As pessoas namoraram, se casaram e viveram felizes para sempre.

Era assim que Peter pensava que seria, quando era mais jovem, mas agora ele sabia melhor.

Namorar era muito mais complicado do que qualquer outra coisa no mundo, e Peter não sabia disso, até conhecer Y / N. Um bom garoto de sua idade, da mesma classe que ele. De boa aparência e no geral o que as pessoas chamam de dez de dez.

Quando Peter começou a se apaixonar pelo menino, ele realmente não sabia como lidar com isso, ou o que estava acontecendo com ele. Quer dizer, ele sabia que existiam diferentes sexualidades, mas ele nunca pensou que poderia estar apaixonado por um cara. Mas foi esse o caso. Cada vez que ele via o outro garoto, seu coração batia mais rápido. Suas mãos ficaram suadas e ele começou a gaguejar. Foi um milagre que Y / N não tenha percebido isso, mas foi bom assim

Peter não contou a ninguém e manteve isso em segredo. Não, porque ele estava envergonhado ou com medo. Ele simplesmente não falava muito sobre seus sentimentos. Seus amigos não sabiam, Y / N não sabia, e ele queria que continuasse assim, então tudo o que lhe restou foi admirar o garoto por quem se apaixonou à distância. Olhando para ele na aula de matemática, observando-o mordendo o lápis enquanto tentava resolver as tarefas. Vendo Y / N sentado ao lado de seus amigos no refeitório na hora do almoço, rindo.

Peter nunca tinha realmente falado com Y / N. Eles não eram amigos e não faziam parte dos mesmos grupos de amigos. As únicas vezes em que conversavam eram durante as aulas, às vezes até no corredor, mas não com tanta frequência. Peter pensou muito em pedir a Y / N para ser amigo dele. Eles podem sair, rir e fazer coisas que os adolescentes fazem quando são amigos. Mas isso nunca aconteceria.

Peter fechou o armário e encostou a testa no metal frio. Ele respirou fundo algumas vezes e pressionou os livros contra o peito, antes de se virar para ir para a próxima aula, quando de repente S / N estava parado na sua frente. Peter engasgou e recuou um pouco para olhar o menino que estava parado na sua frente, um pouco mais de espaço.

"Ei, Peter," Y / N disse e deu a ele um daqueles sorrisos lindos.

"Oh, Oi Y / N." Peter tentou parecer casual, quase entediado, mas não sabia se funcionou.

"Você está melhor agora? Eu percebi que você não estava ontem," S / N perguntou, e Peter deu de ombros. Ele ficou surpreso que S / N estava falando com ele assim, normalmente não fazia isso.

"Estou melhor agora e você?"

"É bom ouvir isso. Estou muito bem, eu acho." Y / N olhou para suas mãos e Peter seguiu seus olhos. Ele estava segurando um envelope nas mãos.

"Isso é algo que nosso professor de matemática nos deu ontem, quando você não estava aqui. Não é nada importante." Ele ofereceu a Peter e ele aceitou sem hesitar.

"Obrigado, Y / N! Vou abri-lo mais tarde", disse Peter e sorriu para Y / N novamente. O outro garoto balançou a cabeça e girou nos calcanhares.

"Te vejo mais tarde em Química?"
Ele perguntou por cima do ombro e Peter acenou com a cabeça.

"Certo! "

----------------------------
A porta se fechou atrás de Peter e ele jogou sua mochila em um canto da sala. Ele caiu na cama e se lembrou de todos os eventos do dia. Escola, lição de casa, testes. Y / N. Eles conversaram no corredor e durante a aula de química. Y / N era tão legal, exatamente como Peter esperava que ele fosse. Ele sorriu para si mesmo e pensou sobre todas as coisas sobre as quais eles conversaram. Matemática, filmes e música. E amigos e família e coisas assim. E Y / N havia dado a ele a carta de seu professor de matemática. Peter se levantou da cama e abriu sua mochila. Ele procurou a carta e puxou-a alguns segundos depois. O envelope parecia com qualquer outro envelope que ele recebeu na escola, mas era especial. Y / N o havia dado a ele, tornando-o uma das coisas mais preciosas do mundo. Peter sorriu e abriu lentamente. Ele puxou a carta e percebeu que não era o que ele esperava. Não era uma carta da escola, digitada em um computador e impressa com uma fonte muito pequena para ler. Foi escrito à mão, com a escrita de Y / N. Peter balançou a cabeça em confusão e começou a ler

"Querido Peter.

Quando você está lendo isso, eu era muito tímido para falar com você pessoalmente, então agora você tem que parar de fazer o trabalho e ler esta carta.

Você sabe como todo mundo está sempre dizendo que é fácil convidar uma pessoa para sair? Não é. Procurei na internet uma instrução sobre como convidar alguém para um encontro e gostei da ideia de escrever uma carta.

Então agora a minha pergunta: Você quer sair comigo?

Você obviamente não precisa, mas eu realmente gosto de você e ficaria muito feliz se você dissesse que sim.

Eu gostaria de te levar a um café e ir ao cinema depois, você pode escolher o filme.

Espero que isso não tenha te assustado nem nada,

Y/n

P.S .: Acabei de perceber que sou muito ruim para escrever cartas, me perdoe."

Peter piscou algumas vezes e deixou seus olhos vagarem pela carta uma e outra vez, sem realmente ler as palavras. Isso foi um sonho ou um sonho se tornando realidade? Ele não sabia. Suas mãos tremiam quando ele colocou a carta na mesa e ficou confuso em seu quarto. Seus pensamentos estavam correndo tão rápido quanto seu coração, mas um pensamento estava muito presente: S / N gostava dele também, e isso tornava Peter a pessoa mais feliz do mundo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...