História Imagines kpop - Capítulo 37


Escrita por:

Visualizações 207
Palavras 554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bora ler suas coisinhas!

Capítulo 37 - Você é minha águia!


Fanfic / Fanfiction Imagines kpop - Capítulo 37 - Você é minha águia!

{•Sehun on}

Eu estava inquieto, minha jagiya faria aniversário hoje, não fazia ideia de como presentea-la, eu já estava acordado porém a mesma se encontrava em um lindo sono, ela estava como sempre com uma camisa minha de calcinha e sem sutiã, como ela sempre diz: " Seios são como pássaros,devem sempre sair da gaiola um pouco!".

Foi lembrando desta frase que eu tive uma ideia, pássaros ela disse que ama pássaros, eu já sabia o que daria a ela de presente. Eu liguei para um amigo meu que me devia, ele consegui arranjar uma hora para que nós pudéssemos ver e participar da soltura de uma águia , depois de ser resgatada e cuidada em cativeiro ela voltará a natureza.

(...)

Encomendei um belo café da manhã em sua cafeteria favorita, arrumei tudo em uma bandeja, comprei um lírio rosa e coloquei ao lado junto com uma carta manuscrita feita por mim, levei até nosso quarto pus no criado mudo e tratei de acordar o amor da minha vida.

{•S/n on}

Eu acordei com pequenos beijos em minha face, lentamente abri meus olhos e me deparei com meu marido me olhando com aqueles belos olhos que fazem eu me apaixonar cada vez mais, ele pôs uma bandeja com café da manhã é um lírio rosa minha flor favorita, ao lado estava uma carta manuscrita.

Eu:O que é tudo isso, meu amor? - eu questionei-o depois de selar seus lábios.

Seh:Nada comparado a tudo que você merece minha deusa, agora como é depois vista a roupa(link nas notas finais) que comprei para ti, ainda vamos a um lugar hoje. - ele disse me dando um beijo na testa e saindo do quarto.

Eu comi e logo reconheci, ele havia pedido na minha cafeteria favorita de Seul, li a carta e coloquei o lírio num vaso com água, tomei um belo banho de espuma, levei os cabelos e me depilei. Sai do box e me enrolei no roupão, arrumei meu cabelo e vesti o look que ele havia comprado para mim.

Desci e o encontrei sentado no sofá, ele me colocou uma venda e disse que era uma surpresa, depois de entrarmos no carro e ficar lá por uma hora e me colocou em um helicóptero, eu já estava para morrer de ansiedade. Quando pousamos ele me ajudou a descer, tirou a minha venda e eu pude contemplar oblocal onde estávamos, era uma montanha cerca por uma mata um pouco fechada, olhei para a frente e me deparei com um moço segurando uma ave de rapina, mas especificamente uma Águia imperial asiática.

Eu:O que é isto amor? - eu questionei ele, eu estava muito emocionada.

Seh:Eu sei que você ama pássaros, então resolvi te dar a oportunidade de ver a soltura de um, essa é a Ming, ela vai voltar a natureza hoje depois de se recitar da asa quebrada. - ele falou passando a mão nas penas da ave.

Eu: Obrigada amor, obrigada! - eu agradeci indo abraça-lo.

O moço perguntou se já poderia soltar a águia, eu afirmei que sim, nós fomos um pouco para trás e apreciamos aquela ave majestosa voltar ao seu lar. Eu sempre gostei de pássaros pois me vejo neles, criaturas livres e plenas.

Seh:Espero que tenha gostado, minha águia poderosa. - ele disse me abracando de lado e beihando o topo de minha testa.

Eu:Amei oppa! - falei me aconchegado mais em seus braços.



Notas Finais


Foi isso meus amores!
https://goo.gl/images/Fm8vDD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...