História Imagines kpop - Capítulo 40


Escrita por:

Visualizações 130
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu aqui, esse hot é um presente para uma raposinha que eu amo, espero que tanto vocês como ela apreciem. Beijo e vamos ler.

Antes de ler o capítulo peço que ouçam o link que vai estar nas notas finais, é melhor para já estar no clima.

Capítulo 40 - Daddy


Fanfic / Fanfiction Imagines kpop - Capítulo 40 - Daddy

{•Taehyung on}

Eu andava pelos corredores da empresa a procura de S/n, quando passei por uma sala de ensaio com a porta entre aberta, de lá saia uma melodia bem conhecida por mim, era "House of cards", eu adentrei a sala me deparando com a melhor cena do meu dia, S/n estava virada para a parede dançando, ela mexia os quadris de forma habilidosa, rebolava no ritmo da música e descia levemente a cada batida enquanto passeava com as mãos por suas curvas. Só aquela cena foi suficiente para me deixar duro, eu quis que ela sentisse como eu estava, então silenciosamente me coloquei atrás dela apertando fortemente  sua cintura, a mesma soltou um gemido tão manhoso que fez com que meu corpo estremecesse.

{•S/n on}

Eu já conhecia aquelas mãos, e não contive o gemido quando elas me apertaram, Taehyung beijou meu pescoço fazendo eu suspirar pesado, ele distribuía beijos molhados e pequenas  mordidas até minha clavícula, ele deslizou uma de suas mãos até o botão de meu shorts que ele abriu logo se livrando dele, a outra mão retirou minha regata deixando meus seios a mostra já que estava sem sutiã.

Th:Que baby girl abusada, veio sem sutiã para provocar o daddy? - ele perguntou depois de por de frente para o mesmo.

Eu:Talvez oppa. - disse o provocando.

Th:Oppa não, daddy! - o mais velho falou antes de dar um tapa na minha coxa fazendo eu gemer seu nome.

Ele me beijou logo invadindo minha boca com sua língua macia, logo eu estava sem calcinha e ele só com sua cueca box. O fôlego nos faltou fazendo assim pararmos o beijo, ele me olhou maliciosamente e pegou na minha nuca me forçando a ajoelhar.

Th:Chupa! - ele disse depois de retirar a cueca.

Coloquei tudo o que cabia na boca e comecei com leves movimentos, enquanto eu chupava seu pau massagiava suas bolas, Tae gemia alguns palavrões, eu logo aumentei a intensidade dos movimentos, ele pegou meus cabelos e impulsionou minha boca contar seu pau fazendo ele bater em minha garganta. Ele começou a literalmente foder a minha boca, quando ele ia gozar se retirou da minha boca, ele se abaixou e ficou em frente a minha intimidade, Taehyung pôs minhas pernas em seus ombros e colocou sua língua macia encima do meu clitóris, chupando e bijando todo o local, meus gemidos ecoavam por toda a sala, ele enfiou dois dedos e mim e comecou a me masturbar tanto com com sua língua quanto com seu polegar que estimulava meu pontinho. Meu corpo todo estremecia com a sensação de ter ele me fidendo com os dedos, minhas pernas tremeram indicando meu orgasmo.

Tae logo se levantou, e me penetrou sem aviso algum fazendo eu gritar de prazer sem dar tempo de eu me acostumar com seu tamanho ele começou a meter em um ritmo frenético, ele pegou uma se minhas pernas e levantou dando mais acesso a ele, eu maltratava suas costas e ele maltratava meus seios, ele chupava os mamilos e os puxava entre os dentes.

Eu:Tae vai mais rápido. - eu disse com dificuldade.

Th:Do que me chamou? - ele questionou diminuindo a velocidade.

Eu:Daddy, mais rápido. - implorei 

Th:Agora sim.

Ele então começou a se mover rapidamente fazendo eu gritar seu nome, ele metia forte, senti suas veias engrossarem ; ele meteu mais uma vez e gozou saindo de dentro de mim, ele começou a me masturbar pressionando meus clitóris, ele dizia coisas sujas ao meu ouvido aumentando a excitação.

Eu agarrei seus ombros como sinal de que estava quase lá, ele continuou no mesmo ritmo, não aguentei mais e gozei. Ambos se jogaram no chão ofegantes.

Eu:Te amo Daddy.

Th:Também te amo baby girl !


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...